WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Vacinação Antirrábica

:: ‘Lagoa Grande’

Plantio de árvores na Lagoa Grande marca Dia Mundial do Meio Ambiente em Feira

Plantio de árvores na Lagoa Grande marca Dia Mundial do Meio Ambiente em Feira

Feira de Santana

O plantio de árvores na Lagoa Grande, na avenida Eduardo Fróes da Motta (Anel de Contorno), vai marcar a passagem pelo Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), esta terça-feira. A iniciativa conjunta entre o Departamento de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), a Pirelli e a Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia) está prevista para começar às 9h. Membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia, localizada na Rocinha, também vão participar dessa ação.

À tarde, a equipe de Educação Ambiental participará de uma exposição na Escola João Paulo I, com a apresentação dos trabalhos desenvolvidos pelo órgão municipal.

“Estão dando um banho e usando as mesmas peças íntimas”, reclama vereador sobre Lagoa Grande

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (PPS)

A retirada das baronesas da Lagoa Grande, é considerada como “meia-sola” para o vereador João Bililiu (PPS). Segundo o edil, estão tirando as plantas que fica por cima, mas os desejos, a sujeira continua por baixo da lagoa. “Eles estão dando banho e usando as mesmas peças íntimas. É a mesma coisa que não tomar banho. É um descaso muito grande com os moradores daquela localidade e uma falta de respeito com o eleitor feirense”, disse.

Ele concluiu sua fala clamando ao governador Rui Costa que zele mais pela cidade de Feira de Santana onde ele foi muito bem votado.

José Carneiro repudia abandono da Lagoa Grande

 

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

Indignado com a poluição da Lagoa Grande, o presidente do Legislativo feirense, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), durante pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta quarta-feira (18), cobrou providência por parte do Governo do Estado. Fazendo referência ao colega vereador João Bililiu (PPS), o edil reforçou às criticas em torno da degradação e abandono das obras de revitalização do equipamento. “O Governo do Estado acertou quando deu início ao projeto de revitalização daquela lagoa, fazendo dela um verdadeiro espetáculo, com seu espelho d’água que atraia a todos para apreciar sua beleza. Hoje tive o desprazer de parar na Lagoa Grande e ver que não existe sequer um metro do espelho d’água. O governo gastou milhões para revitalizar a Lagoa Grande e, de forma irresponsável, permite que a poluição tome conta e volte a apresentara a sujeira e fedentina que tinha antes”, criticou.

Carneiro solicitou aos vereadores Alberto Nery (PT) e Zé Filé (PROS) que intercedam junto ao governo estadual visando assegurar a conclusão das obras de esgotamento sanitário previstas no projeto de revitalização da lagoa. “Quero repudiar esse descaso. Lamento que o dinheiro público investido naquele projeto desça pelo ralo. O Governo do estado precisa dar satisfação ao povo feirense sobre o que está acontecendo. Estou aqui cobrando uma ação imediata para o bem do nosso povo, de Feira de Santana e da Lagoa Grande”, protestou

Líder do Governo diz que a Lagoa Grande está sendo depósito de esgoto

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O vereador e líder do Governo, Lulinha (DEM), em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta quarta-feira (07), denunciou que a Lagoa Grande está sendo depósito de esgoto e pediu a fiscalização da Vigilância Sanitária no local.

“Estão jogando esgoto na lagoa e dizendo que estão fazendo a drenagem. O Governo do Estado gastou milhões naquela obra e não faz a rede de esgoto daquelas residências, permitindo que os dejetos sejam descartados na lagoa. De dia é tudo lindo, mas à noite é um mal cheiro que ninguém aguenta. Como fazem uma obra tão bonita sem drenagem? Nossa lagoa está sendo contaminada”, denunciou Lulinha.

Em aparte, o vereador João Bililiu (PPS) disse ter ficado feliz com o discurso de Lulinha e que a obra já deveria estar pronta. “Era para ficar pronta em menos de dois anos e já se foram cinco. Zé Neto disse que a obra estava quase pronta, mas não sei como se até o momento não foi construída nenhuma bacia, como prometido”, pontuou.

Bililiu pede socorro para os moradores do Caseb

Vereador João BililiuEm seu discurso na manhã desta segunda-feira (05), o vereador João Bililiu (PPS) reclamou mais uma vez da obra de esgotamento sanitário no bairro do Caseb, em especial dos que moram ao redor da Lagoa Grande.

“O Caseb clama pela atenção do Governo do Estado. O povo está sofrendo o que nenhum ser humano agüenta. O esgoto está a céu aberto o que causa doenças”, lamentou. Bililiu solicitou que uma comissão de vereadores para ir a Conder, Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia, e solicitar uma explicação de quando eles pretendem terminar o serviço.

Vereador cobra conclusão de obras de saneamento no entorno da Lagoa Grande

Vereador João BililiuO vereador João Bililiu (PPS), em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana na manhã desta terça-feira (21), cobrou do Governo do Estado a conclusão das obras de esgotamento sanitário para os bairros vizinhos à Lagoa Grande. De acordo com o edil, a obra foi iniciada em junho de 2012 com previsão de entrega para dezembro de 2013, mas até o momento apenas 45% do serviço foram executados.

“Já gastaram quatro vezes mais do valor previsto. Estão pegando dinheiro do nosso povo. Não acredito que o Governo do Estado, a Conder e o líder do Governo, deputado Zé Neto, não vão terminar aquela obra, uma obra faraônica. Tomem vergonha e concluam o que poderia ter sido concluído em até seis meses e já tem quase seis anos sem concluir”, reivindicou.

Primeira Feira da Agricultura Familiar e Economia Solidária movimenta a Lagoa Grande neste final de semana

Feira da Agricultura FamiliarA Lagoa Grande receberá, neste domingo (29), a partir das 7h, a 1ª Feira da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Território Portal do Sertão, em Feira de Santana. O evento é organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e a Associação dos Pequenos Agricultores do Município de Feira de Santana (APAEB), e teve o apoio do mandato do deputado estadual Zé Neto, da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado (SDE), da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e da Bahiater.

Na feira, serão expostos produtos de agricultores familiares e pequenos produtores de Feira e região, a fim de consolidar esse importante setor da sociedade, responsável por 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros.

O espaço também será importante para fortalecer o artesanato e a economia produtiva, áreas fundamentais para o desenvolvimento econômico e para a geração de renda dos pequenos produtores. A feira contará ainda com apresentações culturais do grupo de samba São Francisco do Rosário e do grupo de capoeira São Francisco, show com participação de sanfoneiros, banda Afro Pop, e diversas outras atividades para marcar esse novo momento da agricultura familiar em Feira de Santana.

Os presentes também poderão aferir a pressão arterial e medir a glicemia com a equipe do Hospital Geral Clériston Andrade. O SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) estará presente no espaço para realizar agendamento de serviços.

Serviços de limpeza e manutenção foram iniciados na Lagoa Grande

O deputado estadual Zé Neto (PT) destacou que visitou o complexo Lagoa Grande na manhã deste domingo (16) e verificou que os serviços de limpeza e manutenção do local já foram iniciados. De acordo com o deputado, já foram limpos as margens do espelho d’água e todo ao redor do mesmo.

Ainda segundo Zé Neto, o Governo do Estado também instalará iluminação, concluirá as obras de saneamento básico e também de drenagem de águas pluviais o que ele diz ser uma atribuição da administração municipal não apenas na área da Lagoa, mas também nas ruas localizadas no seu entorno. “Isso beneficiará sobremaneira as comunidades que vivem nos arredores Estimo que dentro de, mais ou menos, um ano o governador Rui Costa estará entregando aos feirenses o Parque Lagoa Grande totalmente finalizado e tenho certeza que o equipamento se converterá em um belíssimo espaço de lazer”, afirmou.

Críticas

Zé Neto ainda criticou o prefeito José Ronaldo por ter sancionado a Lei 3.717, dando ao Complexo Lagoa Grande o nome de Parque José da Costa Falcão. “É totalmente absurdo o prefeito ter sancionado essa lei. Esclareço que não me oponho ao nome, já que o empresário José Falcão foi um grande e querido amigo, assim como seus familiares também são. O que me causa estranheza e, ao mesmo tempo, indignação é o fato de o prefeito tomar para si o direito de “batizar” o equipamento logo após negar-se a receber a sua segunda etapa e a realizar a sua manutenção, mesmo sabendo que a responsabilidade pela prestação desse serviço era inteiramente do município”, criticou.

Licitações do Governo do Estado trazem melhorias para Lagoa Grande e entorno

Lagoa GrandeNos próximos dias, o Governo do Estado divulga a homologação do resultado final da licitação que autoriza a contratação da empresa para prestação de suporte técnico em serviços de paisagismo, manutenção, conservação e limpeza da área verde (área de proteção permanente e gramado), do espelho d’água e da área pavimentada do entorno da Lagoa Grande, em Feira de Santana. A licitação foi aberta no último dia 12.

O deputado estadual Zé Neto, líder do governo na Assembleia Legislativa, comemorou. “Ótima notícia para a nossa Lagoa Grande. Estamos aguardando, dia 27, a homologação dessa licitação para que ela volte a ficar do jeito que foi entregue à população, em novembro de 2016. De lá para cá, pela Prefeitura não ter compreendido as necessidades desses serviços e assumido a responsabilidade de cuidar da Lagoa, infelizmente, vimos esse importante espaço chegar numa situação que incomodou a todos nós. Serviços como coleta de lixo, corte de grama, como também a manutenção de todos os equipamentos ali ao redor, viabilizando a abertura imediata dos quiosques, que trarão mais conforto para os usuários, serão realizados pelo próprio governo do Estado”, pontuou. A previsão é que nos próximos 30 dias os serviços de manutenção comecem. O contrato com a empresa tem duração de um ano.

Ainda no dia 27, uma licitação para obras de intervenção nas ruas adjacentes à lagoa, com a captação de águas pluviais, através de rede de drenagem em concreto, será aberta. Serão contempladas as ruas Piracatu, João Nice, Angra dos Reis, Mauá, Varginha e Muriti. A obra será executada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano, através da Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia), com recursos do Governo do Estado da ordem de R$ 3.550.981,16.

Sobre a intervenção de drenagem nas ruas, Zé Neto salientou que essa era uma reivindicação dos moradores das ruas adjacentes à lagoa e que na área já foram feitas cinco mil ligações de esgoto. “Vamos não só encerrar a parte de saneamento básico, como também a drenagem de águas pluviais, que é outra situação que, em tese, deveria ser cuidada pelo município, como a própria norma prevê. Entretanto, o governo do Estado assumiu essa responsabilidade, no intuito de fazer com que toda a parte de saneamento seja cuidada, de forma abrangente, nas ruas ao redor da Lagoa, atendendo a cinco mil famílias. E isso, com certeza, refletirá na qualidade da água que chega à Lagoa, já que será tratada, evitando que tenhamos dificuldades relacionadas à poluição de seu manancial. Agradeço a Rui Costa, pelo empenho na resolução das demandas da nossa cidade; à secretaria de Desenvolvimento Urbano, através do secretário Fernando Torres, pela celeridade na atuação desses processos; e também a Conder, através do presidente José Lúcio, responsável pela obra. À população, digo que o caminho é esse. Aos poucos, a Lagoa vai consolidando a presença no nosso dia a dia, não só como uma referência paisagística, mas também ambiental e histórica”, disse.

Licitação garante obra complementar na Lagoa Grande

Lagoa GrandeObras complementares de drenagem, iluminação e pavimentação serão executadas na Lagoa Grande, em Feira de Santana. Licitação nesse sentido será publicada nesta sexta-feira (26), no Diário Oficial do Estado.

Nessa nova intervenção está prevista a captação de águas pluviais de ruas adjacentes à lagoa, através de rede de drenagem em tudo de concreto. O vertedouro implantado vai permitir controlar e manter o nível, conforme cota de espelho d´água, evitando retorno e inundações nas ruas próximas à lagoa. A obra vai contemplar as ruas Piracatu, João Nice, Angra dos Reis, Mauá, Varginha e Muriti.

A licitação prevê, também, a pavimentação nos locais de intervenção do sistema de drenagem, passeio e pavimentação em concreto. Também está prevista a proteção do espelho d´água, com gradil ou alambrado, além de projeto de iluminação.

A obra será executada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano, através da Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia). O valor do investimento é de R$ 3.550.981,16. A obra tem prazo de duração 8 meses.

MANUTENÇÃO

Um outro edital de licitação destinado a manutenção, conservação e limpeza das áreas verdes, do espelho d´água e da área pavimentada no entorno da Lagoa Grande, também será publicado nesta sexta-feira (26).

O investimento do Governo do Estado será de R$ 871.496,88, com prazo de execução de 12 meses. Esses serviços preveem a continuidade de prestação de serviços à população, com melhoria na qualidade de vida, fornecendo suporte de educação, cultura, inclusão social e cidadania aos moradores e visitantes.

A Lagoa, que já foi responsável pelo abastecimento de água na cidade entre 1958 e 1970, terá a criação de um complexo de esporte, lazer e convivência com 2,3 km de pista de cooper e ciclismo, quiosques, campo de futebol no tamanho oficial, quadras esportivas, estacionamento para mais de 600 veículos, espelho d’água com aproximadamente o tamanho do Dique do Tororó em Salvador, espaço para eventos e uma companhia da Polícia Militar, que vai melhorar a segurança no local e região.

Prefeitura só assume Lagoa Grande após conclusão das obras

José Ronaldo de CarvalhoO Governo Municipal somente vai assumir a administração da Lagoa Grande, que está sendo urbanizada pelo Governo do Estado, com verbas da União, após conclusão das obras de saneamento básico nos bairros de seu entorno. A rede de esgotamento sanitário ainda está sendo implantada através da Conder para garantir a recuperação do manancial e possibilitar a utilização do espaço de forma adequada pelos visitantes.

A decisão foi anunciada pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, nesta quinta-feira, 22, durante entrevista ao programa Levante a Voz, transmitido pela rádio Sociedade de Feira AM. Revelou que já vem mantendo entendimentos com o Governo da Bahia visando esta finalidade.

Afirmando concordar em receber a Lagoa Grande para o Governo Municipal gerir, José Ronaldo afirma ter condicionado o acordo com a conclusão da implantação de rede de esgotamento sanitário para sanar o problema de poluição das águas do manancial. Para tanto, o saneamento básico deve ser implantado nos bairro Parque Getúlio Vargas, Rocinha, Caseb, Estação Nova e Ponto Central.

Além desta exigência, o Governo Municipal também está cobrando da Conder a revisão nas obras de recuperação da pavimentação que não ficaram com qualidade. Em diversos locais onde as artérias foram abertas para instalar redes de esgotamento sanitário, a manutenção já está comprometida e afundando, fato que vem sendo constantemente reclamado por populares residentes nestas localidades próximas à lagoa.

Durante a entrevista ao programa de rádio Levante a Voz, com a participação dos radialistas Luiz Santos, Lancaster e Zadir Marques Porto, José Ronaldo também abordou sobre várias obras que o poder público municipal pretende realizar já no início do próximo ano, a promoção de concurso público para preenchimento de mais vagas nos quadros do Município e a implantação do Shopping Comercial.

Parceria garante preservação de espécies na Lagoa Grande em Feira de Santana

parceria-garante-preservacao-de-especies-na-lagoa-grande-em-feira-de-santanaO coordenador do Zoológico de Salvador, Vinícius Dantas, e técnicos da CONDER – Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia visitaram, na última sexta-feira (18), a Lagoa Grande em Feira de Santana, que está com obras de revitalização em fase final de execução. Com tamanho similar ao Dique do Tororó, a lagoa abriga espécies da fauna e da flora típicas da segunda maior cidade baiana, conhecida como Princesa do Sertão.

Desde que a limpeza do espelho d’água foi realizada, com a retirada da vegetação típica (taboa) que prolifera em ambientes insalubres, e de toneladas do material orgânico acumulado no solo, antigos habitantes passaram a ser vistos com frequência, tomando sol – jacarés do papo amarelo.

Espécie em extinção por algo muito comum em todo Brasil, que está sendo revertido na Lagoa Grande pelas obras do Governo do Estado: a poluição das águas. Com o objetivo de não só preservá-los, como de evitar acidentes, a CONDER e o Zoológico de Salvador estão desenvolvendo ações que envolvem o cercamento da área e a conscientização da população.

De acordo com Vinicius, o jacaré de papo amarelo não oferece risco à população, desde que seja respeitado seu espaço. “São animais protegidos por lei que vivem muito bem em regiões como essa de grande cobertura hídrica, se alimentando de aves, peixes e cobras. Antes de nós chegarmos aqui, eles já estavam. Lugares como esse que concentram fontes de água são importantíssimos para qualquer cidade e devem ser valorizados, não só pela beleza da lagoa como por todas as espécies da fauna existentes. A CONDER está de parabéns pelo trabalho”.

Além de passar orientações sobre como realizar o isolamento da área da lagoa, Vinícius, que é veterinário, identificou algumas espécies de aves, durante o passeio pelo local, de quase 2,5 km. “Encontrei o passarinho conhecido como chapéu de couro, que já não vemos mais na capital, o quero-quero e três espécies de garças. A tendência é que com a qualidade do ambiente e a lagoa cada vez mais revitalizada, um número maior de aves apareça por aqui.”

Saneamento Ambiental

Enquanto isso, a quarta e última etapa segue em andamento e irá garantir a preservação ambiental da Lagoa Grande, com a implantação do sistema de esgotamento sanitário nas comunidades vizinhas. No total, são mais de seis mil famílias beneficiadas, vivendo em 180 ruas que deixarão de contribuir para a poluição da lagoa.

A expectativa é que a área, responsável pelo abastecimento de água do município, entre as décadas de 50 e 70, se transforme no principal cartão postal da região, além de um centro de lazer ideal para a prática esportiva, reunindo pista de cooper, ciclovia, campo de futebol, quadras poliesportivas, academias ao ar livre e parques infantis.

Algo que já vem ocorrendo mesmo antes da conclusão dos trabalhos, segundo a assistente social, Norma Cardoso. “Nos finais de semana costuma aumentar muito o número de pessoas e grupos que frequentam aqui, com rodas de capoeira, pessoas caminhando, crianças com patins e bicicletas”.

Vale ressaltar que as duas primeiras etapas das obras foram concentradas na relocação das mais de 600 famílias que viviam sem dignidade no local, conhecido como Rocinha, convivendo com os alagamentos e inundações nos períodos de chuvas mais intensas.

Estas famílias passaram a morar com mais segurança e qualidade de vida no Núcleo Habitacional Conceição, construído com toda infraestrutura pela CONDER, companhia vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano, que responde pelas obras de requalificação urbana. Um investimento da ordem de R$ 70 milhões está em curso, graças à parceria estabelecida com o Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades.

 

Inema recebe trezentas mudas de árvores para a Lagoa Grande

lagoa-grandeCom mais de 95% das obras concluídas, a Lagoa Grande contará com um belo projeto de arborização. Nesta sexta-feira, às 16 horas, serão entregues à unidade regional do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), em Feira de Santana, 300 mudas de árvores típicas da região que serão plantadas no entorno da  Lagoa. O plantio contará com a participação de estudantes da rede pública de educação.

O deputado estadual Zé Neto ressaltou a importância de promover o plantio, destacando os ganhos para a cidade com a revitalização da Lagoa Grande. “Feira de Santana estará recebendo mais árvores, algumas dessas espécies que serão plantadas no entorno da Lagoa encontram-se ameaçadas de extinção. Iremos promover uma ação envolvendo nossas crianças e adolescentes numa ação de promoção à conscientização ambiental”, informou Zé Neto.

Jacaré da Lagoa Grande já é acostumado a comer gente, diz David Neto

Jacarés viram atração na Lagoa Grande em Feira de Santana. (Foto: Ed Santos)

Jacarés viram atração na Lagoa Grande em Feira de Santana. (Foto: Ed Santos)

O jacaré da Lagoa Grande virou tema de discurso na Câmara de Feira de Santana. Segundo o vereador David Neto (PTN), não se deve retirar o jacaré da Lagoa por que ele virará um “ponto turístico”. Neto ainda pediu cuidado aos que estão visitando o animal. “O tanto de corpos que jogaram ali o jacaré já é acostumado a comer gente. É melhor ninguém entrar na Lagoa”, pediu.

Karoliny Dias

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia