WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mobilidade - CoronaVírus X Transporte Mais Saúde Bahia 2020

:: ‘Infraestrutura’

Jauá vai receber investimento de mais de R$ 10 milhões em obras de infraestrutura

Jauá vai receber investimento de mais de R$ 10 milhões em obras de infraestrutura

Foto: Thiago Canuto

O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, assinou as ordens de serviço para realização de várias obras de infraestrutura, esporte e lazer para toda a localidade. Ao todo, serão investidos R$ 10 milhões para reforma da praça e requalificação de todo o entorno da Lagoa de Jauá, construção de equipamentos esportivos, ações de acessibilidade, pavimentação e requalificação de 42 ruas. O anúncio foi feito em um dia simbólico: hoje completa 22 anos que a praça foi inaugurada na gestão do atual vice-prefeito, José Tude.

Através de vídeo com animação em 3D, o prefeito apresentou para os moradores o projeto que contempla a instalação no local de pisos de bloco de concreto intertravados, elaborando um layout em diversas cores, além de trechos em placas de concreto lonado com molduras em granito; construção de quioques, parque infantil e monumento em homenagem aos quatro pescadores da comunidade desaparecidos em novembro de 2012. O projeto contempla ainda uma pista de skate, uma quadra poliesportiva, um vestiário e um campo de futebol com arquibancadas.

A antiga vila de pescadores, famosa pelas praias com quebra-mar e formação de piscinas naturais, ganhará mais um importante atrativo turístico: um deck de madeira no entorno da lagoa, com elevado de acesso ao papagaio. Realizado pela Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur) e Secretaria de Turismo (Setur), o projeto já passou pela validação da comunidade, análise de dotação orçamentária e licitação. A previsão de execução das obras é de 10 meses. :: LEIA MAIS »

Vitória da Conquista poderá contar com mais R$ 60 milhões para infraestrutura da cidade

Vitória da Conquista poderá contar com mais R$ 60 milhões para infraestrutura da cidade

Foto: Divulgação

Vitória da Conquista poderá contar com mais R$ 60 milhões de recursos junto ao Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), da Caixa Econômica Federal. Os projetos de lei que autorizam a operação já foram encaminhados para apreciação da Câmara Municipal de Vereadores. Os recursos são referentes ao Finisa Ilumina, para investimento em iluminação pública; e o Finisa 2, com destinação a obras. “Temos R$ 10 milhões para energia em LED, não só para a cidade, como também para várias localidades da zona rural. E 50 milhões, nós temos obras importantes para esses recursos serem aplicados”, explica o prefeito Herzem Gusmão.

As obras às quais o prefeito se refere incluem pavimentação, drenagem, recapeamento, infraestrutura de saneamento e melhoria do sistema viário em diversas localidades. As ações devem beneficiar os bairros como Santa Cecília, Nossa Senhora Aparecida, Bruno Bacelar, Renato Magalhães, Panorama e Conjunto Vitória. “Um dos graves problemas de drenagem que a cidade tem é no bairro Santa Cecília, que já causou danos na estrutura da sede da Embasa e até mesmo na pavimentação da Genésio Porto. Por isso, queremos utilizar o recurso para resolver essa questão, possibilitando ainda o alargamento de pista da via conhecida como estrada da Barra”, exemplifica o gestor.

O Finisa 2 também inclui ampliação e construção da estação de tratamento do chorume do aterro sanitário; além da reforma do Ginásio de Esportes Raul Ferraz e do Estádio Municipal da Zona Oeste, o “Murilão”. :: LEIA MAIS »

Rui defende união do Nordeste para atrair investimentos para a infraestrutura

Rui defende união do Nordeste para atrair investimentos para a infraestrutura

Fotos: Jorge Ramos

Em Teresina, nesta quinta-feira (22), o governador Rui Costa participou de fórum organizado pela Associação Brasileira de Infraestrutura (Abdib), que teve como objetivo fomentar o interesse do mercado e atrair novos negócios para os estados do Nordeste. A programação incluiu espaço para a apresentação de diretrizes, programas e projetos de investimento em infraestrutura por meio de concessões e parcerias público-privadas (PPP).

Rui Costa destacou a importância da integração entre os estados da região e a oportunidade de apresentar projetos para a captação de recursos e investimentos. “Os estados do Nordeste têm um potencial enorme para atrair negócios e investimentos em infraestrutura e mobilidade urbana. Ganhamos força quando nos apresentamos juntos, pois somos quase 57 milhões de pessoas e consumidores, com um PIB de R$ 898 bilhões, o que, certamente, se configura como oportunidades para investidores”, afirmou. :: LEIA MAIS »

Plano de tecnologia prevê mais infraestrutura e inclusão digital em Salvador

Plano de tecnologia prevê mais infraestrutura e inclusão digital em Salvador

Foto: Bruno Concha

Garantir acesso às tecnologias de informação e comunicação a todos os soteropolitanos, melhorar a qualidade de vida, principalmente de quem mora em comunidades carentes, é um dos focos do Plano Diretor de Tecnologia da Cidade Inteligente (PDTCI), que será elaborado num prazo de seis meses. Nesta quinta-feira (25), o Hub Salvador, no Comércio, reuniu empresários dos ramos de tecnologia, engenharia e consultoria interessados em conhecer o termo de referência para construção do documento.

A proposta para construção do PDTCI foi apresentado pela Prefeitura, por meio da Companhia de Governança Eletrônica (Cogel), numa apresentação que contou com transmissão via videoconferência, inclusive, para empresas que não possuem escritório na capital baiana. “Já fizemos uma consulta pública e pesquisa de preço. Queremos trazer de forma clara e mais transparente o termo de referência aos parceiros interessados, tirando as dúvidas para que todos possam fazer as propostas para participar da licitação de elaboração do plano”, disse o presidente da Cogel, Alberto Braga. :: LEIA MAIS »

Rui garante a líderes dos setores produtivos investimento em infraestrutura e logística

Rui Costa

Foto: Ulisses Dumas

Logística para alavancar investimentos. A desconcentração regional das atividades econômicas, apoiada numa estrutura consolidada de vias logísticas de transporte de carga e escoamento da produção, foi o compromisso reafirmado pelo pré-candidato ao governo da Bahia pelo PT, Rui Costa, no encontro com os líderes dos setores produtivos do estado, na manhã desta terça (7), no Hotel Mercure, no Rio Vermelho. “Mantivemos os investimentos do Estado e criamos condições para atrair novas empresas para o estado, mesmo diante da grave crise econômica que o País enfrenta. Acredito que o Brasil vai reencontrar o caminho do crescimento e faremos ainda mais pela Bahia e pelos baianos”, garantiu Rui.

Representantes da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA) e Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) puderam interagir com o candidato, debatendo propostas e diretrizes para a economia baiana nos próximos quatro anos. Prioridades como avançar na execução de projetos estruturantes, a exemplo do Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol), obras geradoras de avanço significativo no desenvolvimento da Bahia, consolidando a infraestrutura capaz de acelerar o crescimento e a oportunidade de emprego no interior do estado. Rui Costa garantiu o apoio necessário ao encaminhamento das soluções de entraves burocráticos, para acelerar as obras e contribuir na interlocução com os municípios.

A Educação Profissional também se mantém entre as prioridades do candidato, que antecipou aos líderes da economia baiana o interesse de criar um conselho de Educação Profissional, com diretrizes e metas para gerar cursos específicos, direcionados a cada setor produtivo. De 2007 a 2015, quando investir na formação e preparação dos jovens para o mundo do trabalho tornou-se prioridade na agenda estadual, a Educação Profissional cresceu de 4 mil para 70 mil matrículas. Em 2018, a Bahia já tem 140 mil alunos matriculados em cursos profissionalizantes. “Nossa meta é ter cursos profissionalizantes em todos os 417 municípios baianos, com escolas estaduais como formadoras de mão de obra”, assumiu o candidato.

A regionalização da saúde, hoje uma realidade no estado, também foi apresentada como compromisso mantido por Rui Costa, buscado desde o início da gestão, em 2015. O candidato reforçou a premissa de levar o atendimento para mais perto de quem precisa. Só em 2018, já foram inaugurados três novos hospitais, quatro policlínicas e mais de 13 mil cirurgias realizadas de forma itinerante, contemplando 371 municípios. Um investimento que ultrapassou a casa dos R$ 5 bilhões em obras, serviços e recursos humanos, ao longo do ano.

Prefeitura pretende recuperar 6% da dívida ativa para investimento em educação, saúde e infraestrutura

Prefeitura de Alagoinhas

Prefeitura de Alagoinhas

A arrecadação é a forma de obtenção de recursos para investimentos em saúde, educação, infraestrutura e outras áreas da administração pública. Para honrar o compromisso com o desenvolvimento do município o gestor precisa da receita adquirida por meio dos tributos, como Imposto sobre a Propriedade Territorial Urbana (IPTU), Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS), Taxa de Fiscalização do Funcionamento (TFF), Imposto sobre Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis (ITIV), entre outros. Em cumprimento à Lei Federal nº 9.4942/1997 e ao Decreto Municipal nº 4298/2015, é que a Secretaria Municipal da Fazenda (SEFAZ) faz valer a possibilidade de protesto da certidão de dívida ativa e eventual inscrição do devedor no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

A dívida ativa de Alagoinhas apenas no exercício de 2017 corresponde a R$ 65.494.897,89. São 72 mil cadastros de IPTU, destes apenas 1,5 mil estão em dívida ativa. Os 30 maiores devedores municipais equivalem a 52,59% da dívida ativa total do município, acumulada em R$ 34.444.386,85. Portanto, a Prefeitura de Alagoinhas pretende recuperar 6% deste valor para investimentos em áreas fundamentais. “Quando o cidadão contribui com os impostos municipais eles estão permitindo que a gestão aplique a verba em obras estruturantes, como recuperação de ruas e avenidas, reformas e construções de escolas, por exemplo. Conseguimos realizar diversas obras com recursos próprios, mas recuperando o saldo da dívida ativa podemos avançar ainda mais”, explica Daniel Grave, secretário da fazenda.

Para facilitar e viabilizar a quitação dos débitos a SEFAZ encontrou alternativas cômodas e práticas para a arrecadação de tributos, são elas: parcelamento da dívida em até 60 vezes, pagamento dos impostos com cartões de débito e crédito. A intenção da Secretaria não é negativar indiscriminadamente os contribuintes devedores, mas sim, oferecer soluções para o pagamento das contribuições de melhoria e, assim, dar continuidade ao processo de transformação da cidade.

Governador destaca investimento histórico na infraestrutura e na saúde de Ilhéus

Governador destaca investimento histórico na infraestrutura e na saúde de Ilhéus

Ilhéus

Em mais uma visita de trabalho ao sul do estado, o governador da Bahia, Rui Costa, acompanhado da primeira-dama Aline Peixoto, pelo ex-governador Jaques Wagner e por uma comitiva formada por autoridades políticas regionais, inaugurou, hoje, 4, a Barragem do Rio Colônia, na localidade de Estiva de Cima, no município de Itapé. A obra é resultado de um investimento de R$ 111 milhões e garante abastecimento de água para mais de 300 mil baianos de Itabuna, Itapé, Uruçuca e região. O prefeito de Ilhéus em exercício, José Nazal Soub, acompanhou a comitiva.

Na oportunidade, o governador destacou que “além do Hospital Regional Costa do Cacau – que já entregamos, temos a estimativa de entrega, para o segundo semestre de 2019, da nova ponte que ligará o centro da cidade ao bairro Pontal e isso vai implicar em mudanças no sistema viário da região. Mas o trabalho não para por aí. Iremos iniciar as obras de construção da Unidade Pronto Atendimento (UPA 24h) de Ilhéus e construir e transformar o antigo hospital regional numa grande maternidade de referência, de alta-complexidade, que vai atender não apenas à cidade de Ilhéus, mas à região. O projeto está sendo concluído e nos próximos dias vamos licitar a reforma completa do antigo hospital Regional”, acrescentou Rui Costa.

Parceria consolidada – Na última conversa que tivemos, informa Rui Costa, “eu ofereci ao município a possibilidade de construir mais Postos de Saúde. Hoje, o desafio de Ilhéus é ampliar sua cobertura de Atenção Básica e com a construção de novos postos vai ajudar o município a avançar na Saúde. Eu quero ser um parceiro ajudando a construir estes equipamentos. Eu digo sempre que a melhor política pública de saúde é a prevenção. De fato, o hospital é importante, mas o principal investimento deve ser nos postos de saúde. Firmo meu compromisso com Ilhéus para fazer com que a Atenção Básica chegue em pelo menos 80 por cento de cobertura”, assegurou Costa.

Na tarde de terça-feira (3), o prefeito de Ilhéus em exercício, José Nazal Soub, visitou à obra de construção da nova ponte. Ele foi recebido pela equipe técnica responsável pelo acompanhamento da obra, que já tem 40 por cento dos trabalhos executados. Nazal procurou saber do andamento da obra e obter mais informações em relação à execução dos trabalhos. A obra é de responsabilidade do governo do estado e a celeridade na construção da primeira ponte semi-estaiada da Bahia é uma das preocupações do governador Rui Costa.

FIOL – Porto Sul – Integrante da comitiva do governador, a deputada estadual Ângela Sousa destacou que a Bahia nunca recebeu tantos investimentos desde quando o ex-governador Jaques Wagner esteve à frente do executivo estadual. Agora, com Rui, ressalta a parlamentar, “já podemos ver que este sonho de ver Ilhéus integrar um complexo logístico FIOL–Porto Sul, uma Zona de Processamento e Exportação (ZPE) e um aeroporto com logística industrial, cria-se aí as condições fundamentais para atração dos inúmeros investimentos que são considerados fundamentais para a retomada do crescimento econômico de Ilhéus e da região”.

Ibititá vai investir mais de R$ 5 milhões em infraestrutura e qualidade de vida

Edicley Souza Barreto-Cafú Barreto

Prefeito da cidade de Ibititá, Cafú Barreto.

Nesta quinta-feira (14) o prefeito da cidade de Ibititá, Cafu Barreto, assinou ordem de serviço no valor total de mais de R$ 2,6 milhões para execução de melhorias sanitárias e pavimentação na sede e na zona rural. Além disso, Cafu Barreto assinou na tarde de hoje um outro convênio no valor de R$ 512 mil para melhorias sanitárias. Outros R$ 2 milhões foram empenhados para garantir o abastecimento de água potável em comunidades do berço da vereda.

O recurso é fruto de emenda do deputado federal João Bacelar, parlamentar amigo da cidade. Atualmente, moradores destas localidades têm acesso à água por meio de carro pipa ou poços artesianos. “Aqui o trabalho não para… Graças a Deus, vamos mudar a realidade de centenas de famílias. Estou muito feliz e orgulhoso. E vem muito mais por aí. Aguardem”, afirmou o prefeito Cafu.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia