WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS - Mobilidade - Pavimentação EMBASA - SITE POLÍTICA IN ROSA

:: ‘humanização do parto’

Bloco do Hospital da Mulher defende mais uma vez na avenida a Humanização do Parto

Bloco do Hospital da Mulher defende mais uma vez na avenida a Humanização do Parto

Foto: Andrews Pedra Branca

No primeiro dia da Micareta de Feira 2019 adereços como animação, conscientização, incentivo e gestos de solidariedade abre alas para a passagem, a partir de 18h, do bloco do Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher, que desfila pela segunda vez no Circuito Maneca Ferreira. Com o tema “Mulheres sabem parir, bebês sabem nascer”, o bloco tem como proposta fortalecer o movimento nacional da humanização do parto e nascimento, bem como garantir a experiência positiva e o protagonismo feminino na gestação e no momento tão esperado do parto.

A previsão para este ano é de aproximadamente 500 participantes entre profissionais da área da saúde, funcionários, colaboradores, amigos e simpatizantes do parto humanizado. As camisas estão disponíveis no ambulatório do Hospital da Mulher e podem ser adquiridas, entre 8h e 16h, mediante a troca por 1kg de alimento não-perecível e também por um frasco de vidro com tampa plástica (de maionese ou café solúvel), utilizados para estocar leite materno no Banco de Leite Humano (BLH). Os alimentos não-perecíveis serão encaminhados para as mães doadoras do BLH organizados em uma cesta de alimentos como forma de incentivo da Prefeitura Municipal de Feira de Santana (PMFS).

Segundo Siomara Souza, enfermeira e coordenadora do Serviço de Parto Humanizado, a iniciativa visa a defesa e apresentação do trabalho realizado pelas enfermeiras obstetras e gestores do projeto junto à comunidade feirense. “O bloco é o espaço ideal de chamamento e atenção para assegurarmos a assistência digna e respeitosa à mulher durante o trabalho de parto e no pós; além de permitir a livre escolha do acompanhante e todas as garantias para que o ato seja o mais natural possível”, explica. :: LEIA MAIS »

Micareta 2018: Hospital da Mulher lança bloco com o tema humanização do parto

Hospital da Mulher lança bloco com o tema humanização do parto

Bloco do Hospital da Mulher

Entrando no clima da Micareta de Feira de Santana 2018 – que completa 80 anos de criação – o Hospital Inácia Pinto dos Santos, Hospital da Mulher, “bota o bloco na rua” e estreia na ‘Festa de Momo’ desfilando no Circuito Maneca Ferreira, no dia 18 de abril, data que antecede a abertura oficial da festa momesca. Programado para sair às 20h do Centro Cultural Amélio Amorim, o bloco é voltado para os profissionais da área da Saúde, funcionários, colaboradores, amigos e simpatizantes do parto humanizado. As camisas serão entregues no dia 18 de abril, das 14 às 19h, na Academia Body Work – Rua São Domingos, nº 498, mesmo local onde poderão ser adquiridas na troca por 1 quilo de alimento não perecível e 1 frasco de vidro com tampa plástica.

Com o nome “Mulheres sabem parir e bebês sabem nascer”, o bloco, além de proporcionar mais alegria na Micareta, tem como intuito principal levar informação para os foliões, fortalecer o movimento nacional da humanização do parto e nascimento, garantindo assim o protagonismo da mulher na hora do parto. “Vamos promover uma ação educativa, que reforçará a importância da humanização do parto normal. A equipe [de humanização] estará à frente da divulgação”, pontua a presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas.

Segundo a diretora do Hospital da Mulher, Charline Portugal, o foco da inciativa é fortalecer junto à comunidade local e circunvizinha a informação real sobre o parto humanizado. “Ao longo do tempo esse tipo de parto vem perdendo a preferência entre as mulheres devido à praticidade em parir um bebê em apenas 40 minutos através do parto cirúrgico [cesáreo]”, alerta a diretora.

Entretanto, aponta Charline Portugal, a realização da chamada cesária leva algumas consequências para as mulheres e os bebês. “Por isso, só devem ser realizadas quando houver indicação obstétrica necessária”, alerta.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia