WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Hospital Regional de Ilhéus’

Vereador defende continuação do Hospital Regional de Ilhéus

Vereador Gil GomesO vereador de Ilhéus, Gil Gomes (PV), segue com o seu posicionamento em não concordar com o fechamento do Hospital Regional Luiz Viana Filho, mesmo com a entrega do Hospital Costa do Cacau, localizado na Rodovia Ilhéus-Itabuna.

O parlamentar defende não apenas a continuação do Luiz Viana Filho, como a recuperação da Maternidade Santa Isabel, um aparelho importantíssimo de saúde que não existe mais. “Apenas a COCI e o Hospital São José não atendem mais a demanda. O Costa do Cacau não atenderá apenas os pacientes de Ilhéus, e sim de toda a região. Será um grande hospital, mas não fará o papel que o Regional vem fazendo há mais de quarenta anos. Continuarei nesta posição, inclusive tentarei uma audiência com  o governador Rui Costa sobre assunto” advertiu Gil Gomes.

A unidade funciona há cerca de 40 anos no bairro da Conquista e será um Hospital Materno-Infantil. Para Gil Gomes, a transformação do Hospital Regional em materno infantil acarretará um caos nas unidades e postos de saúde sediados na cidade. A preocupação do vereador tem lógica, pois com a inauguração do Hospital da Costa do Cacau, o Governo da Bahia encerrará  as atividades do Hospital Geral Luiz Viana Filho. A Prefeitura de Ilhéus assumirá as instalações do Regional para transformá-lo numa unidade de atendimento especializado apenas no tratamento infantil.

Hospital Costa do Cacau

A área construída é de 17.500 metros quadrados, mas o projeto foi pensado visando uma futura expansão. Por isso, a área total do empreendimento é de 55 mil metros quadrados. O novo hospital terá Ortopedia, Cardiologia e 30 leitos de UTI já na primeira etapa. Oito salas para cirurgias simultâneas e 180 leitos para internação. Pela primeira vez o serviço de cardiologia do Estado será implantado em uma cidade do interior com cirurgia cardíaca para atender a toda a região sul. Para uma futura etapa de ampliação estão previsto mais 120 leitos.

Terceirizados do Hospital Regional de Ilhéus em condições precárias

 Hospital Regional de Ilhéus em condições precáriasTrabalhadores teiceirizados que prestam serviços ao Hospital Regional do município sul-baiano de Ilhéus reclamam de falta de estrutura decente para desenvolver o trabalho e local adequadro para refeição. Esta semana funcionários da Mape, empresa responsável pela contratação da mão de obra, resolveram fazer denuncia ao Sindicato para pressionar a empresa e o Hospital.

O Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul (Sindilimp) atento ao problema se colocou a disposição da categoria e estuda as medidas possíveis para nos próximos dias, encontrar um caminho, seja através do diálogo ou com ação judicial.

“Não é a primeira vez que os trabalhadores reclamam da falta de local adequado para suas refeições. O local atual é sujo e insalubre. Queremos uma solução logo, pois terceirizados merecem respeito”, afirma o dirigente regional do Sindicato, José Carlos Conceição de Jesus.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia