WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS - Transparência Combate Coronavírus SECOM - HGCA2

:: ‘Hospital Geral Clériston Andrade’

Barraqueiros serão transferidos para praça de alimentação do HGCA 2

Barraqueiros serão transferidos para praça de alimentação do HGCA 2

Foto: Divulgação / Ascom

Os 11 barraqueiros que trabalham em frente ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, serão transferidos para a praça de alimentação do HGCA 2 na próxima terça-feira (23). A novidade, que era aguardada ansiosamente por pais e mães de família que trabalham há mais de 20 anos no local, foi confirmada ontem (19) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Junto a diretora administrativa da Sesab, Janaina Lima, o deputado federal Zé Neto se reuniu com proprietários das barracas para definir a mudança para o novo espaço, que será inaugurado no dia 29 deste mês. “A nossa intenção é realocar esses trabalhadores informais de forma pacífica e ordenada, trazendo mais comodidade e segurança para eles. O governador Rui Costa e o secretário Fábio Vilas-Boas tiveram bom senso nessa questão, reconhecendo que o Hospital Geral Clériston Andrade 2 será uma grande conquista para Feira e região”, afirma Zé Neto. (Ascom)

Secretário da Saúde anuncia que novo Hospital Clériston Andrade será entregue no dia 29

Novo Hospital Clériston Andrade

Foto: Divulgação/Sesab

O novo Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA 2), em Feira de Santana, deve entrar em funcionamento no próximo dia 29, fortalecendo a rede de saúde com mais 40 leitos de UTI, disponíveis para o tratamento dos pacientes mais graves do Covid-19. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (dia 05), pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, em suas redes sociais.

“Serão 60 leitos exclusivos para Covid, sendo 40 de UTI. Terá ainda tomografia, ressonância e toda a infraestrutura necessária”, disse o secretário, destacando que o HGCA 2 será o maior centro de excelência de saúde do interior do estado. No total, o Governo do Estado investiu mais de R$ 50 milhões, entre obras físicas e aquisição de equipamentos para o HGCA 2.

A nova unidade possui 8.000 m², divididos em três pavimentos. No andar térreo será instalado o setor de bioimagem, com dois tomógrafos e ressonância, bem como o maior Centro de Hemorragia Digestiva do interior do estado. O primeiro pavimento será destinado aos 40 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e o segundo terá o segundo maior centro cirúrgico do estado, com 12 salas operatória. O prédio terá uma estrutura moderna e será o primeiro hospital 4.0 da Bahia, o que evita o preenchimento de prontuários manualmente. :: LEIA MAIS »

Hospital Clériston Andrade realiza visita virtual entre pacientes e familiares

Hospital Clériston Andrade realiza visita virtual entre pacientes e familiares

Foto: Divulgação/HGCA

Em tempos de isolamento social o uso da tecnologia e de ferramentas digitais está cada vez mais presente na vida dos brasileiros. Objetivando amenizar a saudade entre pacientes internados e seus familiares, o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, adotou a Visita Virtual para os pacientes que estão internados nas unidades fechadas, como Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), semi intensiva e estabilização.

O Projeto de Visita Virtual está sendo desenvolvido pelo serviço de psicologia hospitalar do HGCA e realizado em parceria com a equipe médica, de enfermagem e do serviço social. Para tornar possível a funcionalidade da Visita Virtual, o hospital disponibilizou um ambiente tecnológico com distribuição de sinal de Wi-Fi. Fazendo uso de um tablet com câmera e microfone integrados o profissional de psicologia realiza a vídeochamada entre paciente e familiar.

Segundo Kamilla Lopes, coordenadora do serviço de psicologia hospitalar do HGCA, a opção de realizar as visitas virtuais nas unidades fechadas se deu por se tratar de pacientes mais isolados e que não têm acesso aos telefones pessoais. “O adoecimento e hospitalização são condições difíceis para os pacientes e suas famílias, por isso manter a ligação afetiva entre eles é muito importante, pois contribui para a diminuição da ansiedade e do sofrimento psíquico. Com a suspensão das visitas presenciais, a visita virtual (através de chamada de vídeo) é uma alternativa viável para a maioria das famílias e tem surtido um efeito muito positivo, dando a possibilidade de se verem e conversarem, contribuindo para a manutenção do vínculo familiar e amenizando o sofrimento diante desse período difícil que estamos vivendo”, concluiu Kamilla Lopes acrescentando que na unidade de tratamento da COVID 19, a visita virtual será viabilizada pela enfermagem e a psicologia atenderá os familiares por telefone. :: LEIA MAIS »

Colbert diz que obras do novo HGCA continuam em último plano na Bahia

Colbert Martins Filho

Prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB).

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), teceu duras críticas as obras do novo Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). “Anunciadas há dois anos, as obras do novo Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, se arrastam até hoje, enquanto, no mesmo período, cinco novos hospitais foram inaugurados pelo governador Rui Costa. Isso é que deveria estar preocupando o secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, principalmente nesse momento tão crítico”, cobra o prefeito.

Colbert disse ainda que esta é uma prova irrefutável que Feira de Santana, a maior cidade do interior, está em último plano para o Governo do Estado. “Cinco hospitais foram inaugurados em Salvador e no interior, mas o nosso Município está ficando por último, pois não há nem previsão de inauguração do novo Clériston”, afirma o prefeito.

O prefeito acrescenta que, além dos cinco inaugurados, o Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas, está com 97% das obras concluídas, conforme “comemora o próprio governador, mas as obras do novo Clériston continuam se arrastando”. :: LEIA MAIS »

“Feira de Santana precisa de um Hospital Público Municipal”, diz Carlos Geilson

Carlos Geilson

Carlos Geilson – Foto: Reprodução

O Ouvidor Geral do Estado e pré-candidato a prefeito em Feira de Santana, Carlos Geilson, usou suas redes sociais para dizer que Feira de Santana possui uma rede de saúde que não atende completamente as necessidades do município. De acordo com Geilson, apesar de na cidade tem várias policlínicas, não há estrutura necessária para atender o paciente e cuidar dele até a sua recuperação. “Elas dão os primeiros socorros e acionam o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) para receber esses pacientes. Temos que pensar urgentemente”, disse.

Ainda de acordo com Carlos Geilson, Feira de Santana precisa de um Hospital Público Municipal por causa do seu porte e das necessidades da população. “É importante que esse Hospital Municipal faça ligação com as policlínicas e deixando apenas os casos mais graves ou com soluções de alta complexidade deverão ser transferidos para o HGCA ou outros hospitais”, sugeriu.

Ele afirmou que a estrutura de atendimento básico ao cidadão que precisa de cuidados médicos também precisa ser revista. “Não é humano e não é admissível que pessoas doentes, na maioria idosos, precisem chegar pela madrugada numa Unidade de Atenção Básica para receber uma guia e marcar um exame para o mês seguinte ou mais. Não dá para entender porque insistir nesse sistema. A gestão municipal precisa entrar forte no sistema de atendimento e cuidar da saúde da população”, finalizou Geilson. Confira o vídeo:

Conversa Franca – Saúde

Feira de Santana possui uma saúde que não atende completamente as necessidades do município. Apesar do grande número de problemas, essa situação pode sim, ser resolvida. Nesse vídeo falo sobre esse assunto com mais detalhes.

Publicado por Carlos Geilson em Terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Comissão Nacional de Residência Médica credencia HGCA para programas de Ortopedia e Medicina Intensiva

Comissão Nacional de Residência Médica credencia HGCA para programas de Ortopedia e Medicina Intensiva

Foto: Divulgação

A equipe técnica da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), credenciou sem nenhuma ressalva e na primeira visita, o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) para os programas de Ortopedia e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além de ampliar o número de vagas para o programa de Clínica Médica.

Segundo o coordenador-geral da Residência Médica do HGCA, Francisco Freitas, o programa de residência do HGCA é uma pós-graduação em Latu Sensu, reconhecida mundialmente. “O fato de sermos credenciado sem ressalva demonstra que temos não apenas estrutura, como também profissionais capacitados para oferecer este serviço de pós-graduação e aqui formar novos profissionais médicos”, comemorou.

A visita da CNRM foi realizada à unidade no dia 29 de novembro objetivando avaliar a unidade hospitalar para implantação destes novos programas de residência. O HGCA é um hospital de Ensino desde 1991 e também universitário por possuir convênio com a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). :: LEIA MAIS »

HGCA registra redução de atendimentos a vítimas de acidentes automobilísticos em 2019

Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA)

Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA)

O Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) registou, em 2019, uma redução no total de atendimentos a vítimas de acidentes automobilísticos na emergência, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Este ano, foram registrados 3.028 atendimentos, enquanto em 2018 o total foi de 3.613 pessoas, uma diminuição de 585 casos. O destaque foi para a redução a vítimas de acidentes de moto: este ano foram 1.852 casos registrados na unidade até o momento, um número bem menor que o mesmo período de 2018, quando deram entrada 2.392 pacientes. “Consideramos o número ainda alarmante de acidentados de motos, mas acredito que a redução se deu por conta da boa atuação da Polícia Militar, especialmente pelo pelotão Asa Branca, que realizou várias blitz na cidade. Geralmente, os casos de acidentes sobrecarregam o setor de ortopedia uma vez que estes pacientes necessitam de uma permanência maior e a maioria de cirurgia, o que gera custos altos para a unidade”, informou José Carlos de Carvalho Pitangueira, diretor-geral do HGCA.

Ainda de acordo com a direção do hospital, em todo o ano de 2019 foram registrados 21.298 atendimentos na emergência, destes 10.055 foram clínicos, seguidos dos automobilísticos (3.028), quedas (1.828) e violência (1.432), que também apresentou redução em relação ao ano anterior quando foram registrados 1.546 casos.

Estatística Geral 2019 :: LEIA MAIS »

Enfermagem do Clériston Andrade vai implantar programa pioneiro de Assistência Sistematizada

Enfermagem do Clériston Andrade vai implantar programa pioneiro de Assistência Sistematizada

Foto: Divulgação

A diretoria de enfermagem do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em parceria com a Coordenação de Pesquisa da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e o Curso de Engenharia da Computação da UEFS, está finalizando o processo de implantação do sistema informatizado da unidade. Trata-se da SAE (Sistematização da Assistência de Enfermagem), que é um instrumento específico da enfermagem, idealizado pela enfermeira Dra. Silvone Santa Bárbara, e visa avaliar individualmente os pacientes explicitando quais os tipos de cuidados que ele precisa.

De acordo com Gislane Marins, diretora de enfermagem do HGCA, a SAE é um marco histórico para a Enfermagem da unidade, pois trará benefícios para a assistência prestada no hospital. “A SAE irá ofertar segurança e principalmente autonomia para a equipe. Trata-se de um processo sistematizado do cuidado, ou seja, uma melhor assistência ao nosso paciente. Quando registramos de forma organizada e padronizada garantimos a continuidade do tratamento com segura, integração e qualidade, além de favorecer mapas de assistência que nos permite avaliar indicadores de cuidado fornecendo dados para pesquisas importantes na melhoria da assistência de enfermagem”, afirmou Gislane. Ela acrescentou que a emoção e gratidão são os sentimentos que estão aflorados na equipe de enfermagem, pois possuem consciência do impacto benéfico que será gerado tanto para o grupo, quanto para os pacientes.

O projeto de implantação do sistema vem sendo construído ao longo dos últimos 7 anos. O objetivo é prestar uma melhor assistência ao paciente e ao profissional da área de enfermagem. O sistema já foi testado e validado por profissionais do HGCA, que aprovaram a instalação na unidade. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia