WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Força-tarefa’

Restrição Noturna: força-tarefa de fiscalização em Lauro de Freitas passa ser punitiva

Foto: Danilo Magalhães

Depois de atuar por uma semana com caráter educativo, a força-tarefa de fiscalização da Operação de Restrição a Circulação Noturna passa, a partir desta quinta-feira (10), a punir cidadãos e estabelecimentos que desrespeitarem medidas estabelecidas nos decretos editados para conter o avanço do coronavírus. As punições vão de advertência ao pagamento de multas e outras sanções. As receitas geradas pela aplicação da multa serão incorporadas ao Fundo Municipal de Saúde.

A Força Tarefa é composta por fiscais da Prefeitura e conta com o apoio da Guarda Municipal e das Companhias Independentes da Polícia Militar que atuam no município. “É um esforço conjunto para garantir a preservação da saúde da população de Lauro de Freitas. Infelizmente ainda tem muita gente que não se deu conta da gravidade da situação”, explicou Smith Neto, secretário de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP) e responsável por comandar a operação.

A fiscalização não se limita a circulação noturna. Durante o dia, no decorrer de toda a semana, a equipe da Prefeitura está nas ruas conferindo o cumprimento dos protocolos de segurança e prevenção à COVID-19. Além disso, caso haja necessidade de denúncia de descumprimento do decreto, o CIMU – Centro Integrado de Mobilidade Urbana continua de plantão atendendo através do número 156 / 3369-3710 ou pelo WhatsApp 98153-4034. :: LEIA MAIS »

Força-tarefa combate coronavírus no Centro de Abastecimento

Foto: Whashington Nery

O Governo Municipal estará realizando uma força-tarefa, neste domingo, 25, visando o combate à proliferação do coronavírus no Centro de Abastecimento de Feira de Santana. A operação de limpeza e desinfecção será coordenada pela Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) em parceria com a coordenação do entreposto comercial.

Para realizar a limpeza e desinfecção serão utilizados 10 mil litros de hipoclorito na lavagem das instalações com auxílio de  caminhão-pipa. A força-tarefa contará com a participação de cerca de 20 homens na execução dos serviços, que será acompanhado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, e o diretor do Centro de Abastecimento, Cristiano Gonçalves. :: LEIA MAIS »

Força tarefa vai unificar fiscalizações municipais

Força tarefa vai unificar fiscalizações municipais

Feira de Santana

Uma força tarefa com objetivo de centralizar o trabalho de fiscalização das várias secretarias municipais será criada pela Prefeitura de Feira de Santana. A proposta de criação foi debatida por representantes de várias secretarias em uma reunião realizada na Secretaria Municipal de Serviços Públicos, e vai ser submetida à apreciação do prefeito Colbert Martins Filho. De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Justiniano França, determinados serviços necessitam de atuação conjunta. “Assim como na FPI da Micareta, queremos que isso seja algo constante, para que no nosso dia-a-dia tenhamos maior efetividade”, explica.

Para o secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, a fiscalização integrada vai preencher uma lacuna. “Existem questões que são de meio ambiente, outras de ordem pública, e de segurança. Um exemplo é ocupação de calçadas com mercadorias, araras, manequins, carrinhos de mão, não dando ao pedestre o direito de ir e vir, desrespeitando, assim, o Estatuto do Pedestre, o Estatuto do Idoso e o Estatuto do Deficiente. Então, esse é um dos problemas que serão pensados com essa fiscalização integrada”, garante.

Outras reuniões vão acontecer. O primeiro encontro reuniu representantes das secretarias do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente, Serviços Públicos, Superintendência Municipal de Trânsito, Saúde (Vigilância Sanitária) e Procon. A proposta será encaminhada ao prefeito Colbert Martins Filho, para avaliação e mudanças, caso necessárias. Logo após, a criação da força tarefa será oficializada pelo município.

Força tarefa vai combater poluição visual

A Prefeitura de Ilhéus, o Ministério Público do Estado da Bahia e a Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) se uniram para combater a poluição visual no município. Na primeira etapa do trabalho, explica o promotor de Justiça Paulo Sampaio, os fiscais vão priorizar a conscientização dos proprietários de estabelecimentos comerciais e dos empresários que exploram a veiculação de mensagens publicitárias.

O trabalho inicial vai se concentrar na legislação que regulamenta o setor. Após a fase de conscientização, caso os empresários e comerciantes não se adequem à lei, “os órgãos fiscalizadores encaminharão as ocorrências ao MP”, informa o promotor. Segundo Paulo Sampaio, antes de eventual processo na Justiça, as empresas terão o tempo necessário para se regularizar.

Nessa segunda-feira (3), o auditório da Justiça Federal em Ilhéus sediou reunião entre policiais da CIPPA e fiscais da Superintendência de Meio Ambiente, que faz parte da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável. O Ministério Público mediou a atividade, introduzindo os participantes nos principais pontos do decreto que regulamenta a exposição de propagandas visuais.

A força-tarefa vai intensificar a fiscalização a partir da segunda quinzena de abril. Antes disso, a Superintendência de Meio Ambiente promoverá uma campanha educativa junto aos estabelecimentos comerciais.

A iniciativa segue recomendação do Ministério Público. Entre outros pontos, os órgãos envolvidos consideram que a poluição visual prejudica a sinalização de trânsito e empobrece as paisagens naturais e urbanas do município.

Força tarefa se reúne para combater estragos provocados pelas chuvas em Teixeira de Freitas

teixeiraApós a criação da força tarefa criada pra agir diante dos estragos provocadas pelas chuvas que caíram em Teixeira de Freitas, com destaque para a noite de sexta-feira onde a cidade recebeu uma tromba d’água indicado pela previsão de 90 milímetros o que configurou em um forte temporal, a ação de contingência continua.

A força tarefa entrou ação já na noite de sexta-feira(18) onde foram priorizadas pontos de alagamentos, famílias desalojadas, e com atenção especial para as áreas cronicamente mais prejudicadas, tais como o Shopping Teixeira Mall, Bairro Bela Vista, Avenida Estados Unidos, Ladeira do Colina Verde e Bairro redenção.

A força tarefa se reuniu novamente na manhã desta segunda-feira(21) a pedido do prefeito Dr João Bosco para elaborarem um plano de ação para correção dos estragos e prevenção nas áreas de risco, sabendo que as previsões para os próximos dias ainda é de tempo nublado e não se pode prever um possível temporal.

Participaram da reunião o coordenador da força tarefa o Secretário de Infraestrutura Henrique, defesa civil, Secretário de Serviços Extraordinários, UEL ( Unidade executora Local das obras do PAC), Secretário de segurança, Secretário de Planejamento, EMBASA, além de técnicos da área de infraestrutura urbana.

Segundo a UEL a macrodrenagem do Bairro Bela vista já está com 80% das obras concluídas e com a conclusão dos 20% restantes, soluciona os principais problemas de alagamentos no Bairro, de acordo com a coordenação as obras ficaram sujeitas a atrasos devido ao período de chuvas, mas tudo dentro do previsto pelo cronograma de execução.

Na reunião desta segunda foi definido que a força tarefa continua dando suporte nas áreas danificadas e de risco, além de montar um plano de execução e orçamento para os locais mais atingidos pela forte chuva, também se discutiu a construção de um plano de prevenção.

O Prefeito Dr João Bosco já tem conhecimento das áreas atingidas via relatório construído pela força tarefa e solicitou soluções imediatas com prioridade para situações que coloque em risco a vida e a integridade do cidadão.

Força-tarefa deflagra operação para cumprimento de mandados de prisão em sete municípios baianos

O cumprimento de cinco mandados de prisão, 11 de condução coercitiva e nove de busca e apreensão está em andamento com a deflagração na manhã de hoje, dia 4, da “Operação Borda da Mata”. É o resultado de cinco anos de investigação que desvelou um esquema fraudulento de sonegação fiscal e uso de “laranjas” por um grupo formado por 12 empresas, que atuam principalmente no ramo de distribuição alimentícia na região sul da Bahia. Em 24 anos de atuação do esquema, entre 1990 e 2014, o prejuízo ao erário chega a pelo menos R$ 27 milhões, valor do crédito reclamado em nome das empresas. A operação foi articulada mediante força-tarefa realizada pelo Ministério Público estadual, a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) e a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de Jequié, Vitória da Conquista, Itiruçu, Salvador, Gongoji, Ibicuí e Itamari. As investigações apontam para várias práticas criminosas cometidas pelo grupo: constituição ou compra de empresas em nome de familiares e em nome de empregados sem condições econômicas para tanto; simulações sucessivas de alterações nos contratos sociais das empresas, para modificar os quadros societários e confundir a fiscalização; realização de compras e transporte de mercadorias diversas, cujos veículos fogem da fiscalização por meio de desvios localizados próximos aos postos fiscais; indícios de blindagem patrimonial, por meio de doação de bens a familiares; e emissão de documentos fiscais em nome de empresas fictícias.

A Operação conta com a atuação de promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e a Crimes contra a Ordem Tributária (Gaesf) e da Promotoria Regional Especializada no Combate à Sonegação Fiscal de Vitória da Conquista; de servidores da Sefaz e de delegados e policiais da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap).

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia