WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Feira do Livro’

Flifs promove diversas atividades culturais até domingo

Flifs promove diversas atividades culturais até domingo

Foto: Divulgação

“A Flifs é fruto de um esforço coletivo, que entrega à população feirense a oportunidade de formação de leitores, acesso às mais diversas construções literárias, artísticas e de cidadania”. A declaração partiu do reitor da UEFS, Evandro do Nascimento Silva, durante a cerimônia da abertura da Flifs – 11ª Feira do Livro – Festival Literário e Cultural de Feira de Santana, no final da tarde desta terça-feira, 25. O Festival ganhou este ano sua sigla, Flifs. O evento, que segue até o domingo, 30, voltou ao seu local de origem, a Praça Padre Ovídio, espaço em que foram realizadas as duas primeiras edições. “O festival continua existindo devido às nossas fortes parcerias, que colaboram para que, anualmente, possamos oferecer este evento para a comunidade”, destaca o reitor.

O prefeito Colbert Martins da Silva Filho prestigiou a cerimônia de abertura. “Ficamos muito felizes em colaborar para a realização de um evento que é tão importante para a cultura da nossa cidade”, defendeu.

Representando a Secretaria de Educação, a psicóloga Luscilla Carvalho Lima, chefe da Divisão de Planejamento e Técnicas Pedagógicas, reforçou a importância da Flifs para a educação do município. “Sabemos o quanto a leitura e a cultura são imprescindíveis para o desenvolvimento dos nossos alunos e alunas. Este é um espaço em que eles têm contato com os livros, o ambiente artístico e literário; e nós, da Seduc, acreditamos na importância desta parceria”, declara. A Secretaria Municipal de Educação colabora com a participação de alunos na visitação, apresentações culturais e artísticas e fomenta o uso do vale-livro. São oferecidos a 2.600 estudantes vales-livros no valor de R$ 28,00 e para 500 professores, no valor de R$ 50,00. Diversas outras secretarias municipais contribuem para a estrutura do evento, segurança pública e limpeza.

A Praça Padre Ovídio, de acordo com os organizadores, oferece melhor infraestrutura para os expositores e também para o público. São esperados 65 mil visitantes durante os seis dias de festival. Além da venda de livros, a Flifs promove apresentações culturais, contação de histórias, literatura de cordel, mesas redondas, oficinas e diversos shows. “Com um espaço ainda mais amplo e maior circulação de pedestres, aguardamos um bom público este ano. Além da comunidade local, pessoas de municípios circunvizinhos a Feira de Santana prestigiam o nosso festival todo ano”, estima a professora Eliana Carlota Marques Lima, coordenadora geral do evento. Também estiveram presentes à cerimônia do Flifs o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges; o diretor do Núcleo Regional de Educação, Ivamberg dos Santos Lima; o diretor da Fundação Pedro Calmon, Zulu Araújo; o arcebispo de Feira, Dom Zanoni Demettino Castro. :: LEIA MAIS »

Feira do Livro é reconhecida como Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado

Feira do Livro é reconhecida como Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado

Foto: Edvan Barbosa

Realizada pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), desde 2008, a Feira do Livro – Festival Literário e Cultural de Feira de Santana ganhou o status de Patrimônio Imaterial e Cultural do Estado. O Projeto de Lei 22.709/2018, que deu este reconhecimento ao evento e é de autoria do deputado estadual Zé Neto, foi aprovado, por unanimidade, pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) esta semana.

Segundo o reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, essa é uma conquista importante, pois consolida um projeto que tende cada vez mais a pertencer à sociedade. “O deputado Zé Neto honrou um compromisso assumido ano passado em aprovar esse projeto e por isso o parabenizamos. Agora precisamos usufruir desse reconhecimento para angariar apoios institucionais e recursos, de forma a viabilizar a perenidade da Feira”, destacou.

A Feira do Livro é uma ação na Pró-reitoria de Extensão (Proex) da Universidade. Sobre a conquista deste reconhecimento, o pró-reitor Márcio Campos destacou que “há muitas pessoas envolvidas nela e, além da equipe da Proex, é preciso destacar a importância das duas anteriores gestões da Uefs, que nos antecederam, e contribuíram de forma significativa para este reconhecimento da Feira do Livro”.

A expectativa do deputado Zé Neto (PT) em relação à aprovação do Projeto de Lei proposto por ele é a ampliação do evento, sobretudo, no que diz respeito à busca de investimentos. “Isso, com certeza, vai garantir a nossa Feira do Livro reconhecimentos extraordinários e vai ampliar os seus horizontes para buscar recursos e ainda mais visibilidade para este e demais eventos culturais da cidade”, afirmou.

Este ano, a programação acontece no período de 25 a 30 de setembro, com expectativa de público de cerca de 70 mil pessoas. A realização da Feira do Livro conta com a parceria da Prefeitura Municipal, da Fundação Egberto Costa, do Governo do Estado da Bahia, da Arquidiocese de Feira de Santana e do Serviço Social do Comércio (Sesc).

Escolas municipais fazem apresentações culturais na Feira do Livro

Nesta segunda-feira (28), a Secretaria Municipal de Educação irá divulgar a relação das escolas inscritas para apresentações culturais na 10ª Feira do Livro, cujo lançamento aconteceu na manhã da última quinta-feira (24). O lançamento, que aconteceu no auditório do Sesc, reuniu autoridades e personalidades da cultura feirense.

A Feira do Livro – Festival Literário e Cultural de Feira de Santana acontece tradicionalmente acontece na Praça João Barbosa de Carvalho, a Praça do Fórum. Este ano, será entre os dias 26 de setembro e 1º de outubro próximos.

Durante o evento, o público assistiu às apresentações do tenor Cláudio Cerqueira Mendes e dos estudantes de música da UEFS, que levaram ao palco uma Camerata de Sopro. O secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Felloni Borges, representou o prefeito José Ronaldo de Carvalho, enquanto a diretora de Ensino, Jozelia Araujo, esteve pela Secretaria de Educação.

Na Rede Municipal, as inscrições para participação dos alunos – com transporte e distribuição de vales-livros no valor de R$ 28,00 – foram feitas até o último dia 18. Dezenas de escolas também levam apresentações artístico-culturais ao evento.

O Festival Literário é promovido pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) com o apoio de várias instituições, dentre as quais, a Prefeitura, através das secretarias de Educação e Cultura, Esporte e Lazer, além de outras entidades como o Serviço Social do Comércio (SESC) e a Arquidiocese de Feira de Santana.

Como incentivo à leitura, a Seduc investe R$ 100 mil na compra de vales-livros que são distribuídos, além dos alunos, também para os professores da Rede Municipal, no valor de R$ 50,00.

Feira do Livro da Uefs terá lançamento dia 24 de agosto

10ª. edição do Festival Literário e Cultural de Feira de SantanaA 10ª. edição do Festival Literário e Cultural de Feira de Santana, que reúne literatura, teatro e música na Praça João Barbosa de Carvalho (Praça do Fórum), promete muitas novidades na ampla programação que será ofertada ao público. O lançamento da Feira do Livro  acontecerá no próximo dia 24(quinta-feira), às 8h, no Serviço Social do Comércio (SESC), localizado na rua Guaratatuba 345, bairroTomba.

A Feira do Livro é realizada graças a uma parceria entre a Universidade Estadual de Feira de Santana, Prefeitura Municipal de Feira de Santana, Governo do Estado, Arquidiocese de Feira de Santana, SESC e Fundação Egberto Costa. O evento está programado para o período de 26 de setembro a 1 de outubro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia