WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Seminário

:: ‘feira de santana’

Atendimento no Hospital da Mulher neste ano é 12% maior do que no mesmo período de 2018

Hospital da Mulher

Foto: Divulgação

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana informou que até agosto deste ano o número de pacientes atendidas no Hospital da Mulher foi aproximadamente quase 12% maior do que o registrado durante o mesmo período do ano passado. Em 2018, de acordo com estatística da FHFS (Fundação Hospitalar de Feira de Santana), entidade mantenedora da instituição, foram realizados 33.037 atendimentos e, neste ano, 36.867.

Ainda segundo a gestão, destas que foram atendidas neste ano, 7.210, que correspondem a 23,4% deste universo, foram internadas – para ter seus filhos ou para serem submetidas a curetagem. Em 2018 foram 6.667. A média mensal de atendimentos, neste ano, chegou a 4.608, contra 4.129 nos primeiros oito meses de 2018, com pico em julho, com quase quatro mil atendimentos. A média de internamentos de janeiro a agosto de 2019 chegou a 901 pessoas, contra 883 em 2018. Em março deste ano foram 976 atendimentos.

A Prefeitura ainda informou que em todo o ano passado, o Hospital da Mulher fez 50.365 atendimentos, com quase dez mil internamentos – março, com 898, foi o mês com maior número de internamentos. (Secom)

Vistoria da frota de táxis de Feira de Santana será iniciada em outubro

Vistoria da frota de táxis de Feira de Santana será iniciada em outubro

Foto: Divulgação

A vistoria da frota de táxis de Feira de Santana, que é formada por 1350 veículos, será iniciada no dia 1º de outubro e encerrada no dia 29 de novembro. A fiscalização é anual e obrigatória. A vistoria será realizada no pátio da SMTT (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito), à avenida Nilton Rique, no São João, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30. Visando melhor atendimento, diariamente serão distribuídas 30 senhas sendo 15 pela manhã e a mesma quantidade à tarde.

Para realização da vistoria, é obrigatório o pagamento prévio do DAM. Os autorizatários devem ir à Divisão de Concessões e Permissões para retirar o Documento de Arrecadação Municipal. O pagamento deverá ser efetuado com antecedência estabelecido para a vistoria, com limite máximo até o dia 29 de novembro.

Os veículos aprovados terão 30 dias para aquisição do Selo, sob pena de terem a vistoria anulada. Quem não comparecer à vistoria será submetido a processo administrativo e poderá ter a concessão cassada. :: LEIA MAIS »

Duplicação do anel de contorno de Feira é prioridade para 2020, garante ministro

Duplicação do anel de contorno de Feira é prioridade para 2020, garante ministro

Foto: Divulgação

A duplicação de mais um trecho do anel rodoviário de Feira de Santana, entre o  viaduto próximo ao antigo Clube de Campo Cajueiro e o Complexo Viário Deputado Miraldo Gomes, acesso a BR 116 norte (Feira-Serrinha) é prioridade do Ministério da Infraestrutura para o ano que vem. É o que  afirma o próprio titular da pasta, Tarcísio Freitas. A declaração foi dada por ele ao receber em audiência em seu gabinete, em Brasília, o prefeito Colbert Martins Filho e o deputado federal João Roma, na noite de segunda-feira, 10.

De acordo com a o prefeito de Feira, já está assegurado no Ministério, para este fim, a quantia de R$ 47,8 milhões. O ministro, o deputado e também o prefeito Colbert Filho trabalham, agora, para buscar mais recursos junto ao Orçamento da União, com o objetivo de ampliar este valor, uma vez que a obra completa deve custar cerca de R$ 120 milhões.

“O resultado dessa visita é muito positivo para Feira de Santana, pois conseguimos confirmar um compromisso do ministro com a cidade”, diz o deputado João Roma. Segundo ele, esta não é “obra de uma pessoa só”, mas, de sua parte, quer colocar o mandato “junto deste movimento, para ajudar no que estiver ao meu alcance”.

O prefeito Colbert Filho lembra que o presidente Jair Bolsonaro, em visita à Bahia para inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista, recentemente, comprometeu-se de realizar a obra, mas agora o ministro responsável pelo investimento “não apenas confirma isto, como coloca como uma prioridade, o que para nós, de Feira de Santana, é algo que significa muito”. :: LEIA MAIS »

Vereador governista cobra a construção de um hospital municipal em Feira de Santana

Vereador Luiz da Feira

Vereador Luiz da Feira (PPL)

O vereador Luiz da Feira (PPL) em seu pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (09), solicitou ao prefeito Colbert Filho a construção de um hospital municipal. “Somos a segunda cidade do estado, municípios menores como Coração de Maria, São Gonçalo, Cachoeira, entre outras possuem um hospital mantido pela Prefeitura. Acredito que já passamos da hora de construir o nosso. Direciono meu pedido ao nosso gestor, ele que é médico, com certeza refletirá sobre o assunto”, pediu.

Luiz da Feira também falou sobre a necessidade de um hospital que realize cirurgias ortopédicas em Feira de Santana. “Sei que temos convênios com algumas instituições de saúde. Mas precisamos de uma coisa mais definitiva. Não basta só realizar exames, temos que garantir cirurgias também”, finalizou.

Vereadora volta a criticar Central de Regulação e pede que familiares procurem o MP

Vereadora Neinha

Vereadora Neinha (PTB)

A vereadora Neinha (PTB) em seu discurso na sessão ordinária desta segunda-feira (09), na Câmara Municipal de Feira de Santana, falou sobre a importância da assistência médica na cidade e criticou a Central de Regulação Estadual. “O que salva vidas é atitude e não reformas. A fila da morte continua, ela escolhe quem vai viver e quem vai morrer”

Neinha falou para os familiares de pacientes que estão nas policlínicas ou UPAs, a espera da regulação: “Procurem o Ministério Público (MP), vão lá e denunciem. Levem os documentos dos pacientes. Porque esses locais não podem absorver o paciente por 24 horas. Pronto atendimento tem acontecido em Feira, mas continuar internado na policlínica e UPA não pode. Paciente grave precisa ser transferido. Recebi ligação da esposa de um homem que quebrou o pé e a Central de Regulação transferiu para outra cidade, que não Feira. Uma fratura de perna, foi para Irecê”, relatou.

Segundo Neinha, o direito do povo não está sendo respeitado. “Enquanto a Justiça prevalecer, vá para cima. Quantas pessoas morreram no final de semana, quantos acidentes? Isso é perda para nossa cidade. O Hospital da Mulher está lotado. Eu nunca vi transferir pessoas de Feira ou região para outras cidades. O Estado abandonou Feira, sim. Reforma não adianta nada. Não estamos falando de cidade pequena não, estamos falando da segunda maior cidade do Estado. Gostaria de pedir a atenção do MP em relação a isso. Vai continuar assim? Precisa ter um coração separado para cuidar do povo de Feira de Santana”, finalizou.

Oposicionista diz que prefeito de Feira parece deputado federal

Vereador Alberto Nery e o prefeito de Feira, Colbert Martins Filho - montagem site Política In Rosa

Alberto Nery e Colbert Martins Filho – montagem site Política In Rosa

O vereador oposicionista Alberto Nery (PT) em seu pronunciamento na sessão ordinária desta segunda-feira (09), na Câmara Municipal de Feira de Santana, criticou a ausência do prefeito Colbert Martins Filho durante a paralisação dos ônibus, ocorrida na semana passada. “Sabe aonde o prefeito estava? Em Brasília. Ele só anda lá e não vejo trazer nada, parece que é deputado federal. Espero que ele assuma, verdadeiramente, seu papel de prefeito”, anseia.

Colbert em Brasília

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, esteve em Brasília semana passada, quando foi recebido em audiência pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Já nesta segunda-feira (09), no início da noite, Colbert teve uma audiência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, em Brasília. “Temos vários assuntos a tratar e esperamos retornar de Brasília com informações positivas para o nosso município”, disse o gestor da maior cidade do interior da Bahia, pela manhã, quando autorizou início de obras de pavimentação em cinco ruas do bairro Papagaio. Ele preferiu não antecipar detalhes.

Após 170 anos, Lucas da Feira terá direito a ampla defesa assegurado pela Defensoria Pública da Bahia

Após 170 anos, Lucas da Feira terá direito a ampla defesa assegurado pela Defensoria Pública da Bahia

Foto: Divulgação

Robin Hood do sertão, escravo fugitivo em luta pelo abolicionismo ou apenas um assaltante aterrorizando a população? Lucas Evangelista, mais conhecido como Lucas da Feira, será o personagem da 7ª Edição do projeto Júri Simulado – Releitura do Direito na História da Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA. A simulação de julgamento acontecerá no dia 25 de setembro (quarta-feira), às 14 horas, no Centro Universitário de Cultura e Arte/UEFS, na cidade de Feira de Santana.

Nas simulações, defensores públicos representaram o tripé da Justiça – defesa, acusação e julgamento – e atores são especialmente convidados para assumirem o papel dos réus. Ficou a cargo do ator Jailton Nascimento que integra a Companhia Cuca e do Grupo Recorte de Teatro interpretar Lucas da Feira. Já o júri é escolhido, por sorteio, entre as pessoas do público. A proposta do projeto é resgatar os direitos de personagens populares que historicamente não contaram com a prerrogativa de todo acusado: o contraditório e a efetiva ampla defesa. O evento é gratuito.

O réu

Figura cuja própria vida é objeto de polêmicas historiográficas, Lucas da Feira foi um negro nascido escravo em 1807 na região que viria se constituir na cidade de Feira de Santana, razão aliás da sua alcunha. Por volta dos 20 anos, Lucas da Feira se liberta do cativeiro, juntando-se a um grupo de salteadores que mais tarde chega a ter cerca de 30 integrantes e que ele mesmo irá liderar. :: LEIA MAIS »

Bairro Alto do Papagaio receberá um investimento de mais de R$ 300 mil

Bairro Alto do Papagaio receberá um investimento de mais de R$ 300 mil

Foto: ACM

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, na manhã desta segunda-feira (09), deu ordem de serviço para o início das obras de pavimentação de cinco importantes ruas do Bairro Alto do Papagaio. De acordo com o gestor, dentro de seis meses, a 5M Construtora assegura que os 7.720 metros quadrados de calçamento a paralelepípedo estarão devidamente concluídos. Trata-se de um investimento de R$ 305.085,42 que beneficiará as ruas José Wilton, Pirassunguense, 14 de Jauá, Catanduva e Votoporanguense. Importante vetor de desenvolvimento urbano do Município, a Rua Francisco Rubens Dias ( Estrada dos Coqueiros, ou simplesmente Estrada Velho do Papagaio, como foi popularizada) dá acesso a todas estas artérias, e,  de acordo com o mandatário, deverá, futuramente,  ser duplicada e integrada às avenidas Fraga Maia e  Ayrton  Senna. (Secom)

Programa Partiu Estágio tem vagas para a Embasa em Feira de Santana

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) está selecionando estudantes de graduação para estágio em Feira de Santana. Ao todo, serão selecionados onze estagiários – Administração (1 vaga), Direito (5 vagas) e Engenharia Civil (5 vagas). A seleção dos estagiários será feita através do Programa Partiu Estágio, mantido pela Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb), e as inscrições podem ser feitas até o dia 4 de outubro. A Embasa, assim como outros órgãos e entidades da administração pública estadual, seleciona seus estagiários a partir do banco de dados do programa.

Podem participar estudantes que já tenham concluído, no mínimo, 50% do curso, e que estejam regularmente matriculados em cursos de graduação presencial, com sede no Estado da Bahia, ou em cursos de Graduação a Distância (EAD) com pólo no Estado da Bahia. A carga horária do estágio será de 4 horas diárias e 20 horas semanais. Os interessados podem se inscrever no site www.programaestagio.saeb.ba.gov.br

HEC adere campanha do Setembro Amarelo com realização de roda de conversa e ato público

HEC adere Campanha do Setembro Amarelo com realização de roda de conversa e ato público

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (10), a partir das 14 horas, o Hospital Estadual da Criança (HEC), através do Grupo de Humanização, realizará com os colaboradores, no auditório da unidade, a roda de conversa ‘Diálogos sobre suicídio e saúde mental, porque viver vale a pena’. A ação integra as atividades do Setembro Amarelo, marcado, internacionalmente, com a campanha que objetiva alertar a população a respeito da realidade do suicídio, destacando suas formas de prevenção. A programação se encerrará com um ato público na área externa da unidade, com o tema ‘Se te incomoda, deixa ir!’, onde serão lançados balões amarelos para o céu representando um ato de libertação das aflições do dia a dia.

Estarão presentes Dr. Gabriel Cedraz Filho (médico psiquiatra), Dra. Elizama Rios (psicóloga/dedica-se ao estudo do Suicídio e Automutilação) e os voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV), Maria Gorete e Paulo Souza. (Ascom)

Regulamentação dos aplicativos de transporte poderá ser discutida em Feira

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (Patriota), em seu discurso na sessão ordinária da última quarta-feira (04), na Câmara Municipal de Feira de Santana, sugeriu uma discussão sobre a regulamentação do transporte alternativo intermediado por aplicativos.

Marcos informou que uma Lei que possibilita o cadastramento e acompanhamento dos motoristas que trabalham pelo aplicativo foi aprovada em Salvador, e a cidade de Feira de Santana precisa tomar medidas semelhantes. “Temos conhecimento e informações de que mais de 8 mil veículos já circulam em Feira de Santana com aplicativos. Então, nós devemos, como poder público e legislativo, estar discutindo as questões desse transporte na cidade.  O que não podemos é deixar sem controle”, disse. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Feira diz como recursos arrecadados com multas estão sendo investidos

Prefeitura de Feira diz como recursos arrecadados com multas estão sendo investidos

Foto: Abnner Kaique

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), investiu em todo o ano de 2018 mais de R$ 15 milhões na manutenção e custeio da própria estrutura da SMT, além de campanhas educativas, como o Maio Amarelo, Semana Nacional do Trânsito, dentre outras, e melhorias no trânsito com o aprimoramento das sinalizações horizontal, vertical, eletrônica e semafórica. Segundo a gestão, houve investimento também na locação das viaturas 04 rodas e aquisição de 06 novas motocicletas, pavimentação com asfalto visando a melhoria do trânsito em alguns locais, além de todas as ações e eventos realizados durante o ano. São realizados ainda repasses para o Denatran e o Detran.

De acordo com o Superintendente Municipal, Maurício Carvalho, o valor de R$ 17 milhões divulgado na previsão orçamentária é diferente da arrecadação. “A arrecadação não alcançada na previsão orçamentária não significa nenhum tipo de ilegalidade. Como o próprio nome diz, é uma previsão. No ano de 2018 tivemos uma previsão orçamentária de 17 milhões de reais, mas arrecadamos cerca de 14 milhões. A queda de arrecadação se justifica por dois motivos: primeiro que em 2018 com a crise econômica do país, muitas multas não foram pagas dentro do próprio exercício”, explica.

Ele acrescenta que segunda grande razão para a diminuição na arrecadação se deve à queda do número de registro de multas. “Os números mostram que estamos diminuindo o número de multas no trânsito, porque estamos implantando um trabalho educativo de conscientização dos motoristas. Além disso, estamos investindo na maior eficiência da sinalização, o que colabora com a diminuição das infrações. De 2016 até agosto de 2019 houve uma queda de 30% nas notificações, o que é algo positivo, uma vez que também conseguimos diminuir em 34% o número de acidentes com vítimas”, conclui. :: LEIA MAIS »

Aberto do Cuca acontece na próxima quinta-feira (12)

13ª edição do Aberto do Cuca

Foto: Divulgação

A 13ª edição do “Aberto do Cuca” irá celebrar as diversas formas de artes no dia 12 de setembro, a partir das 8h, no Centro Universitário de Cultura e Arte da Universidade Estadual de Feira de Santana (Cuca/Uefs), localizado na rua Conselheiro Franco, 66, Centro. O evento tem entrada franca e conta com dezenas de apresentações e atividades nas áreas de artes plásticas, cinema, dança, literatura, música e também teatro. O objetivo da programação é oferecer espaços para pessoas e grupos exporem suas distintas linguagens artísticas. De acordo com a direção do Cuca, o Aberto irá contar com algumas medidas para garantir a segurança do público, como vistorias, controle da entrada de bebidas alcoólicas e detector de metais.

De acordo com o diretor do Cuca, Aldo Morais, a atividade desenvolvida é plural e tem grande valor cultural para a cidade, oferecendo visibilidade às pessoas que fazem arte em Feira de Santana. “Muito se diz sobre Feira de Santana ser uma cidade sem vida cultural, mas em eventos como esse observamos que existe um enorme número de grupos que fazem cultura aqui, eles só não têm visibilidade”. Ainda segundo o diretor, a expectativa é abrir o Cuca para que a comunidade veja o que é produzido, e também apresente as várias linguagens artísticas que ela mesma faz. O objetivo é que o evento seja a vitrine para esses artistas. :: LEIA MAIS »

Região Metropolitana de Feira de Santana poderá sair do papel

Região Metropolitana de Feira de Santana poderá sair do papel

Foto: ACM

Determinados a tirar a Região Metropolitana de Feira de Santana do papel, prefeitos e secretários dos municípios que a integram se reuniram no Parque de Exposição João Martins da Silva, na manhã desta quinta-feira, 5, quando esboçaram algumas estratégias preliminares para obter a regulamentação definitiva do Governo do Estado.

Criada há oito anos pela Lei Complementar Estadual, um dos objetivos da RMFS é organizar um modelo de gestão voltado a atender as demandas comuns dos municípios de Feira de Santana, São Gonçalo, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Tanquinho e Amélia Rodrigues. Para que as cidades/membros possam capitar recursos da União para investir em obras de infraestrutura, saneamento básico, saúde e educação, por exemplo, a Região Metropolitana precisa criar um fundo destinado a administrar estes recursos.

Outra medida considerada estratégica pelo prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, autor do projeto que originou a criação oficial da RMFS, é a implantação de uma agência de desenvolvimento, composta de técnicos das mais variadas áreas, destinados a elaboração de projetos que venham a suprir as necessidades comuns da região. :: LEIA MAIS »

Levante a Voz - Todos contra a Dengue Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia