WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Fafen’

“Nós temos um líder e eles têm um gerente”, diz Joseildo sobre ACM Neto

Deputado Joseildo Ramos

Deputado Joseildo Ramos

Durante a Audiência Pública que debateu o possível fechamento da Fábrica de Fertilizante Nitrogenado (FAFEN) na Bahia, o deputado estadual e líder do PT na ALBA, Joseildo Ramos, aproveitou o discurso para comentar a decisão do prefeito ACM Neto (DEM) de não disputar o cargo para o Governo do Estado neste ano. “Como político, sou feliz porque sou liderado por um governador que é solidário [à causa das FAFENs]. Mas presto a minha solidariedade aos companheiros que nos são opositores porque eles não têm um líder, têm um covarde”, alfinetou o parlamentar.

Ainda durante o discurso, Joseildo afirmou que ACM teria “saído pela tangente” e desistido da disputa por conta da avaliação popular do Governo Rui Costa. “Nós temos um líder e eles têm um gerente. Política é coisa mais séria, é de gente que tem que ter sangue de trabalhador correndo nas veias”, afirmou. Sobre o cenário nacional, o parlamentar concluiu: “este é o ano de acertar as contas com esses carcamanos que estão vendendo o nosso país”.

 

‘’Querem que o Brasil seja apenas exportador de óleo’’, denuncia Rosemberg

deputado estadual Rosemberg Pinto

Deputado Rosemberg Pinto

O deputado estadual Rosemberg Pinto participou, nesta segunda-feira (o9), da Sessão Especial na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), que discutiu o possível fechamento da Fábrica de Fertilizantes da Bahia (Fafen-BA), já anunciado pela Petrobras. O encontro, proposto pela presidência da Alba, após solicitação do deputado Rosemberg, um dos principais defensores da Fafen, contou com a participação de parlamentares, sindicalistas e trabalhadores da unidade baiana, que compareceram em peso à Casa de Leis do estado. “Eles querem que o Brasil seja exportador de matéria-prima, e no nosso caso, exportador de óleo, porque eles estão trabalhando muito bem essa questão na Venezuela. Asfixiaram a Venezuela, porque ela é apenas exportadora de petróleo, e querem fazer isso com a gente”, denunciou o petista.

Conforme Rosemberg, a prorrogação de 120 dias para iniciar a hibernação da Fafen – medida anunciada no últimou dia 27 de março, após pressão das classes trabalhadora e política, é uma manobra para tentar desmontar a Fafen após as eleições gerais deste ano. “Nós precisamos fazer uma grande caminhada para retomar nosso projeto de Brasil. O Brasil que deu certo com Lula, com Dilma; e a Bahia, que deu certo com [Jaques] Wagner e com Rui [Costa]”, completou.

Todos os participantes que utilizaram a tribuna da Alba fizeram referência à luta do deputado Rosemberg que, na época em que dirigia a Federação Única dos Petroleiros (FUP), valorizou os sindicatos ligados aos trabalhadores do petróleo, químicos e petroquímicos. Além de ser um dos articuladores, em 1995, que impediu a privatização da Petrobras, tramada pelo governo FHC.

Deputado Rosemberg conclama ACM Neto a convencer Michel Temer a não fechar fábrica de fertilizantes na Bahia

Deputado Rosemberg conclama ACM Neto a convencer Michel Temer a não fechar fábrica de fertilizantes na Bahia

Rosemberg Pinto na Câmara de Camaçari

O deputado Rosemberg Pinto conclamou, nesta terça-feira (20), durante audiência na Câmara Municipal de Camaçari, que o prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, um dos principais aliados do presidente Michel Temer no Nordeste, convença o mandatário emedebista a não fechar a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia (Fafen), localizada no Polo Petroquímico de Camaçari.

O governo federal anunciou o fechamento da unidade até o final do primeiro semestre deste ano. Com o encerramento da produção de insumos essenciais à produção agrícola, a soberania alimentar e a produção agrícola brasileira correrão sérios riscos, já que passarão a depender da importação de fertilizantes. “Nesta hora, precisamos superar a disputa política e criar uma unidade na defesa da empresa e do desenvolvimento do nosso estado. O prefeito de Salvador tem que pegar o telefone e dizer ao presidente Michel Temer que ele não pode fechar empresa na Bahia”, conclamou o parlamentar petista.

O governador Rui Costa (PT) já se pronunciou sobre o assunto e anunciou, nesta terça-feira (20), durante o programa “Papo Correria”, que entrou em contato com o governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), para traçar uma ação conjunta entre os dois governos com o objetivo de reverter a decisão de Temer. O governo também anunciou o fechamento da Fafen sergipana, instalada no município de Laranjeiras.

De acordo com o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA), com o fechamento da Fafen-BA, 700 postos diretos de trabalho serão encerrados, impactando toda cadeia produtiva do Polo Petroquímico, que depende dos insumos produzidos pela unidade baiana, o que pode aumentar ainda mais o número de demissões, além de provocar uma forte queda na receita do Estado e dos municípios da Região Metropolitana de Salvador. “Nós precisamos entender que não se trata apenas da defesa do emprego dos trabalhadores, um pleito importante e fundamental, mas algo bem maior: a defesa do desenvolvimento da Bahia, de Camaçari e do Nordeste”, alertou Rosemberg.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia