WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘estudantes’

Estudantes irão representar a Bahia no Parlamento Jovem Brasileiro na Câmara Federal

Foto: Emerson Santos

Os seis estudantes baianos selecionados para participar do programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) 2020 foram recepcionados, nesta quinta-feira (15), pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia e Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). Eles estão entre os 78 jovens selecionados de todo o país que tomarão posse, com data prevista de 11 a 14 de maio de 2021, para exercer o mandato como deputados jovens durante cinco dias, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Durante o encontro na Secretaria da Educação, que foi realizado no auditório, seguindo todos os protocolos sanitários de prevenção ao novo coronavírus, os estudantes — acompanhados por familiares e orientadores — tiveram a oportunidade de apresentar seus respectivos projetos de lei criados para ingressar no programa. Além disso, os estudantes Igor dos Anjos, Mariana Nunes e Maria Antonia Carvalho, que participaram do programa em 2019, falaram sobre as suas experiências como deputados jovens em Brasília.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, parabenizou os jovens e ressaltou a importância do programa. “Este é um programa que se complementa com a atividade pedagógica das escolas, no qual os estudantes têm a oportunidade de elaborar e debater projetos de lei de interesse deles e da sociedade brasileira. Os projetos trazem temas como meio ambiente, nome social, educação e moradores de rua. São temas estratégicos e importantes que são debatidos através deles. É a juventude fazendo o seu protagonismo vibrar no Congresso Federal”. :: LEIA MAIS »

Secretaria Municipal de Educação iniciará entrega do segundo kit de alimentos para estudantes

Foto: Divulgação / PMFS

A Secretaria Municipal de Educação inicia, nesta terça-feira (13), a entrega do segundo kit de alimentos destinado aos estudantes da Rede Municipal de Educação. A entrega do primeiro nas 206 escolas da sede e dos distritos foi encerrada na manhã da última sexta-feira (09). Ao todo, foram distribuídos 51.304 kits. Algumas escolas ainda não concluíram a entrega às famílias.

Nesta segunda etapa, as escolas que funcionarão como zonas eleitorais serão as primeiras a receberem os kits. “Como as gestoras escolares ainda precisam ter cuidados específicos para repassar os kits às famílias, o processo de entrega demanda mais tempo. E as escolas que funcionam como zona eleitoral precisam adiantar todas as atividades para atender à solicitação da Justiça. Por isso, a entrega nelas será prioridade”, explica o secretário de Educação, Justiniano França.

A recomendação é a mesma da etapa anterior: a escala de entrega às famílias é feita por cada equipe de gestão escolar, pensando na melhor forma de evitar aglomeração e garantir as medidas de biossegurança – geralmente, a escala é estipulada por dia e horário para cada série em que a criança está matriculada. :: LEIA MAIS »

Estudantes da rede estadual recebem terceira parcela do vale-alimentação a partir desta terça-feira (28)

Os estudantes regularmente matriculados na rede estadual de ensino começam a receber, a partir desta terça-feira (28/07), a terceira parcela do Programa Vale-Alimentação Estudantil. O benefício é de R$ 55 por estudante e será creditado nos cartões distribuídos pelo Governo do Estado. No total, envolvendo as três parcelas, estão sendo investidos R$ 132 milhões.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ressaltou a importância do benefício para os estudantes. “O Governo da Bahia investe mais R$ 44 milhões para o pagamento da terceira parcela do Programa Vale-Alimentação Estudantil, para garantir a segurança alimentar dos nossos estudantes que moram desde os grandes municípios até às comunidades indígenas, quilombolas e no campo. E tudo isso utilizando recursos próprios que não estavam no orçamento de 2020, em um momento de perdas orçamentárias e sem nenhum apoio do Governo Federal”, afirmou.

As compras com o cartão vale-alimentação estudantil são, exclusivamente, para gêneros alimentícios, como feijão, arroz, leite e carne, e podem ser feitas em mais de 18 mil estabelecimentos comerciais que aceitam a bandeira Alelo, nos 417 municípios, distritos e povoados da Bahia. A Secretaria da Educação do Estado da Bahia reforça a orientação para que se dirija ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia. :: LEIA MAIS »

MP pede que município distribua merenda escolar para estudantes durante pandemia

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Jailson Trindade Neves, acionou o Município de Igaporã para que os gêneros alimentícios já adquiridos ou que vierem a ser adquiridos em processos licitatórios sejam distribuídos pela administração municipal aos estudantes durante a pandemia do coronavírus. “O Município deve observar todas as medidas de segurança quanto à prevenção do contágio do Covid-19, adotando, por exemplo, um sistema de rodízio e descentralização no processo de entrega, bem como acompanhamento e fiscalização por parte do Conselho de Alimentação Escolar (CAE)”, destacou o promotor de Justiça Jailson Trindade.

Na ação, o MP requer também que a administração municipal faça a distribuição dos alimentos de forma a evitar aglomerações de pessoas e proibindo, por parte dos beneficiários, a venda dos alimentos ou a sua destinação a finalidade diversa que não seja a alimentação dos alunos. Além disso, o Município deve apresentar ao MP os extratos relativos aos recursos provenientes do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) que se encontram disponíveis em conta específica. (MP)

Prefeito aguarda decisão da Justiça sobre compra de alimentos com 8% do Fundef

Prefeito aguarda decisão da Justiça sobre compra de alimentos com 8% do Fundeb

Foto: Divulgação/PMFS

O prefeito Colbert Martins Filho disse que está aguardando a decisão da Justiça Federal local sobre o pedido do Governo Municipal para que 8% dos recursos do Fundef sejam desvinculados e aplicados na compra de alimentos a serem distribuídos às famílias dos estudantes da rede municipal.

A iniciativa da Prefeitura foi apresentada à Justiça Federal há cerca de três semanas e no sábado passado, o MPF (Ministério Público Federal) remeteu à Justiça manifestação favorável à desvinculação dos recursos e à sua destinação. “Fomos nos que pedimos à Justiça a utilização destes recursos”, afirmou o prefeito. “Caso haja esta autorização, vamos o mais rápido que pudermos adquirir estes alimentos e fazer a sua distribuição. O dinheiro está aí para isto”.

Colbert Filho destacou o trabalho realizado conjuntamente entre a Secretaria de Educação e a PGM (Procuradoria Geral do Município), que está prestes a concretizar mais esta ação social do governo municipal. :: LEIA MAIS »

Secretaria da Educação discute estratégias para levar conteúdos pedagógicos a estudantes sem acesso à internet

Secretaria da Educação discute estratégias para levar conteúdos pedagógicos a estudantes sem acesso à internet

Foto: Divulgação / SEC

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) promoveu, na última segunda-feira (6), um encontro virtual com mais de 100 participantes ligados aos movimentos territoriais, para discutir estratégias que atendam a estudantes quilombolas, indígenas, aqueles que moram em áreas remotas e até nas cidades, mas que não têm acesso às plataformas digitais e redes sociais. O objetivo é promover atividades para crianças e jovens que moram em locais que não possuam acesso à internet durante a suspensão das aulas, em decorrência da prevenção e do combate ao Coronavírus (COVID-19).

O secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, falou da importância de acolher os estudantes de todas as regiões do estado. “A suspensão das aulas já completou 20 dias e estamos fazendo um grande esforço, junto aos diversos segmentos da Educação, para apresentar alternativas de aprendizagem para os estudantes, sobretudo com atualização da tecnologia. Porém, sabemos da realidade daqueles que não vivem nos centros urbanos e não têm fácil acesso à internet. Por isso, estamos procurando sugestões concretas daqueles que conhecem a realidade dos territórios”, destacou.

O coordenador de Articulação de Projetos para a Educação da SEC, Hélder Amorim, explicou ser fundamental conhecer as necessidades de cada região. “Acredito que precisamos fazer um mapeamento para identificar como podemos chegar a esses estudantes, ou seja, ir além e aperfeiçoar as diversas atividades que estamos desenvolvendo, evitando que haja um desinteresse do estudante e possível evasão”, disse. :: LEIA MAIS »

Programa Partiu Estágio convoca 587 novos estudantes

O Governo do Estado publicou, nesta quarta-feira (11), uma nova lista de convocados para o Programa Partiu Estágio. Serão convocados, no total, 587 estudantes de universidades espalhadas por toda a Bahia. A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa durante o #PapoCorreria, transmitido na noite desta terça-feira (10).

Para ocuparem as vagas ofertadas pelo terceiro edital do programa, que foi lançado em setembro de 2019, os selecionados precisam apresentar a documentação exigida até o dia 26 de março. Estudantes que não apresentarem toda a documentação ou não se apresentarem dentro do prazo perderão a vaga de estágio automaticamente. A lista completa dos selecionados poderá ser consultada no site institucional da Secretaria da Administração (Saeb). O grupo de estudantes também será convocado por e-mail, mensagens de celular e ligações por telefone.

Este edital do programa somou mais de 20 mil inscritos, que concorreram a uma das 2.838 oportunidades de estágio para 110 cursos de graduação presenciais e EAD de instituições com sede/polo de ensino na Bahia. Dúvidas sobre a seleção ou sobre as regras do programa devem ser encaminhadas para o e-mail partiuestagio@saeb.ba.gov.br. :: LEIA MAIS »

Estudantes da rede estadual podem se inscrever no Programa Mais Estudo até 4 de março

Estudantes da rede estadual podem se inscrever no Programa Mais Estudo até 4 de março

Foto: Elói Corrêa

A segunda edição do Programa Mais Estudo está com inscrições abertas para 10 mil vagas de monitorias para as disciplinas de português e matemática. A iniciativa da Secretaria da Educação do Estado é voltada para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 4º ano do Ensino Médio. Está é a segunda edição do programa que neste ano tem investimento de R$ 6 milhões. Os estudantes podem se inscrever até o dia 4 de março e devem procurar a secretaria da unidade de ensino na qual estão matriculados. O programa será realizado entre os meses de abril e maio e cada aluno receberá uma bolsa mensal de R$ 200.

No Colégio Estadual Governador Otávio Mangabeira, no Saboeiro, nove estudantes participaram do Mais Estudo. O jovem Thiago Ramos foi um deles e garante que a iniciativa também o ajudou. “É um projeto nota 10 e que só veio para ajudar na democratização do ensino público. A gente tem uma experiência em que se coloca no ponto de vista do professor e para quem pretende ser professor, que é o meu caso, só traz ganhos. É uma ideia excelente fazer com que os alunos que sabem um pouco mais possam compartilhar conhecimento”, destacou.

Para se candidatar às vagas de monitoria é necessário que os alunos tenham média a partir de oito pontos em Língua Portuguesa e Matemática em 2019 e a monitoria ocorre em horário oposto às aulas. O secretário de Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ressalta os pontos positivos do programa. “Tivemos uma boa repercussão no processo estudantil com a realização da primeira edição, e este é um projeto inédito no Brasil. Com o programa, conseguimos fazer com o que estudante fique oito horas a mais na escola com atividade pedagógica. Sendo que duas horas são para tratar de planejamento, organização e formação desses monitores e as outras seis horas é para que ele possa compartilhar com seus colegas o processo de aprendizagem. Já percebemos melhorias nos indicadores de aprovação e evasão nas unidades escolares em que o Mais Estudo foi implantado. Também houve maior envolvimento entre estudantes e professores”. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia