WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Qualifica Feira

:: ‘Embasa’

Embasa e Coelba lideram ranking de reclamações

Procon Feira de Santana

Procon Feira de Santana – Foto: Divulgação

A Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) e a Coelba (Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia) lideram o ranking de reclamações recebidas pelo Procon/Fsa (Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor). A lista, divulgada nesta terça-feira (05), pelo órgão da Prefeitura de Feira de Santana traz a relação das 20 empresas que os consumidores mais reclamaram de janeiro até outubro deste ano.

A primeira colocada, Embasa, teve 1.539 ocorrências. Logo atrás a Coelba vem com 963. O top cinco é composto pela Claro (679), Oi (606) e Tim (557). O restante da lista é composto por bancos, instituições de crédito, operadoras de telefonia, operadoras de tv à cabo, seguradoras e marcas de eletrônicos. A lista completa pode ser conferida no final da matéria.

Foram registradas 6520 reclamações neste mesmo período. O Procon vem recebendo as reclamações no atendimento presencial e também pelo seu aplicativo, disponível para IOS e Android. Atendendo a determinação do prefeito Colbert Martins Filho, o Procon tem agido com rigor junto as empresas, visando garantir os direitos dos consumidores. :: LEIA MAIS »

Abastecimento de água será suspenso em Conceição da Feira, São Gonçalo e parte de Feira de Santana

Para possibilitar a realização de serviços de melhorias no abastecimento, a Embasa informou que será preciso suspender o abastecimento de água nesta quarta-feira (09), nos municípios de Conceição da Feira, São Gonçalo e nos seguintes bairros/localidades de Feira de Santana: Tomba, Sitio Matias, Fraternidade, Eucalipto, Jomafa, Olhos d’ Água, Serraria Brasil, Brasília, Jardim Acácia, Chácara São Cosme, Centro, Jardim Cruzeiro, Barroquinha, Queimadinha, Estação Nova, Ponto Central, Calumbi, Rua Nova, Muchila, Nova Esperança, Pedra do Descanso, Caseb, São João, Kalilândia, Jussara, Feira VII, Feira IX, Feira X, Sobradinho, Aviário, além do distrito de Humildes.

De acordo com a Embasa, o abastecimento será retomado, de forma gradativa, tão logo os serviços sejam concluídos, com previsão de retomada no final do próprio dia 09. A Embasa recomenda que os moradores façam a utilização racional da água armazenada em seus reservatórios domiciliares até a completa normalização do fornecimento. (Ascom)

No primeiro semestre desse ano, Embasa localizou 724 fraudes em Feira de Santana

Operação da Embasa combate “gatos” de água em Feira de Santana

Foto: Divulgação

No primeiro semestre desse ano, a unidade regional da Embasa em Feira de Santana localizou 724 fraudes, que vão desde a violação dos hidrômetros.  As fraudes acontecem para que não seja feita a contabilização da água consumida. São realizadas até a intervenção direta na rede da Embasa para desvio da água. De acordo com o órgão, essas fraudes contabilizaram um desvio de mais de 50 mil metros cúbicos de água no semestre. “Ações de combate às fraudes como estas visam beneficiar os consumidores que pagam suas contas em dia”, destacou a gerente local da Embasa, Thais Dias. (Ascom)

Operação da Embasa combate “gatos” de água em Feira de Santana

Operação da Embasa combate “gatos” de água em Feira de Santana

Foto: Divulgação

Residências na localidade de Candeal II, distrito de Matinha, foram flagradas, na semana passada, desviando água da rede distribuidora da Embasa, durante ação de fiscalização da empresa. A operação, que durou dois dias, suprimiu 11 ramais que desviavam cerca de 127 mil litros de água por mês. No Corredor João Francisco de Souza, os técnicos da Embasa descobriram uma única ligação clandestina abastecendo seis imóveis. Para regularizar a situação junto à Embasa, além de pagar multa, os responsáveis deverão pagar o valor referente à quantidade de água desviada. Nos últimos meses, ações como essa já foram realizadas nos distritos de Ipuaçu, Humildes e Maria Quitéria. Os “gatos” podem ser descobertos através de análises de consumo e do cruzamento de dados no sistema comercial da empresa. A Embasa ainda conta com a colaboração da sociedade, recebendo denúncias anônimas de irregularidades pelo telefone 0800 0555 195.

“Qualquer intervenção no hidrômetro e na rede distribuidora de água com o intuito de furtar água é crime. A Embasa vem intensificando as operações para coibir essa prática que prejudica toda a coletividade”, destacou a gerente local da Embasa, Thais Dias. Quem desvia água está sujeito ao cumprimento das penalidades previstas no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, que qualifica a prática de furto de água como crime contra o patrimônio, sujeita a pena de reclusão além de multa. :: LEIA MAIS »

Prefeitura inicia tratativas para renovação de contrato com Embasa

Prefeitura inicia tratativas para renovação de contrato com Embasa

Foto: Divulgação

A melhoria do Saneamento Básico de Vitória da Conquista foi tema de uma reunião ocorrida na tarde da última quinta-feira (12), em Salvador, entre a Prefeitura Municipal e a presidência da Embasa. No encontro, o prefeito Herzem Gusmão esteve acompanhado de representantes da FIPE/GO Associados, que estão realizando os estudos do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), além do secretário de Infraestrutura José Antônio Vieira.

Durante a reunião, o prefeito discutiu com o presidente da Embasa, Rogério Cedraz, pontos apresentados nos estudos do PMSB, que já está em sua fase final. “Ao realizar o estudo de forma independente, com técnicos renomados em âmbito nacional, a Prefeitura de Vitória da Conquista potencializa seu poder de negociação, permitindo fechar o melhor contrato para a população”, explica o professor Fernando Marcato, representante da FIPE/GO Associados.

“Foi um diálogo muito cordial. Nós reforçamos o pedido para a doação da área que compreende a antiga Estação de Tratamento do Esgoto, também conhecida como ‘Penicão’, para que integre o Parque Municipal – o qual está sendo desenhado por Jaime Lerner e sua equipe -, e demos início às tratativas para a renovação do contrato junto à Embasa. Ou seja, foi um encontro muito proveitoso, que tenho certeza trará bons frutos para a população de Vitória da Conquista”, declarou o prefeito Herzem. :: LEIA MAIS »

Governador diz que a Embasa precisa melhorar sua comunicação com a sociedade

Governador Rui Costa

Governador Rui Costa

O governador Rui Costa criticou a Embasa no programa Papo Correria desta terça-feira (10). “Já disse isso mais de uma vez e espero que a diretoria da Embasa esteja ouvindo. A Embasa precisa, urgente, melhorar a sua comunicação com a sociedade”, reclamou.

Rui ressaltou que a comunicação não é propaganda. É a interlocução. É a resposta. “Uma empresa que fornece água, que tem rede de esgoto e, periodicamente, precisa interromper o serviço de água por horas para fazer a manutenção tem que se comunicar com o povo. Se não avisa ou não previne a população vai ficar muita gente sem água, sem saber o que está acontecendo e com muitas reclamações”, disse.

Programa Partiu Estágio tem vagas para a Embasa em Feira de Santana

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) está selecionando estudantes de graduação para estágio em Feira de Santana. Ao todo, serão selecionados onze estagiários – Administração (1 vaga), Direito (5 vagas) e Engenharia Civil (5 vagas). A seleção dos estagiários será feita através do Programa Partiu Estágio, mantido pela Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb), e as inscrições podem ser feitas até o dia 4 de outubro. A Embasa, assim como outros órgãos e entidades da administração pública estadual, seleciona seus estagiários a partir do banco de dados do programa.

Podem participar estudantes que já tenham concluído, no mínimo, 50% do curso, e que estejam regularmente matriculados em cursos de graduação presencial, com sede no Estado da Bahia, ou em cursos de Graduação a Distância (EAD) com pólo no Estado da Bahia. A carga horária do estágio será de 4 horas diárias e 20 horas semanais. Os interessados podem se inscrever no site www.programaestagio.saeb.ba.gov.br

Abastecimento de água será interrompido em Tanquinho

A Embasa informa que o abastecimento de água precisará ser interrompido na no município de Tanquinho, nesta segunda-feira (02), para a interligação de novas redes na adutora que fornece água para a sede e as localidades da zona rural, e a substituição de trechos que vem apresentando vazamentos. Os serviços serão iniciados às 8h da segunda-feira e devem ser concluídos no início da manhã da terça-feira (03).

O abastecimento será retomado, de forma gradativa, tão logo os serviços de sejam finalizados. A Embasa recomenda que os moradores mantenham a utilização racional da água armazenada em seus reservatórios domiciliares até a completa normalização do fornecimento, que deve ocorrer em até 72 horas. (Ascom)

Abastecimento de água será interrompido em Humildes

Para possibilitar o entroncamento de novo trecho da adutora de Humildes, o fornecimento de água será temporariamente interrompido em todo o distrito, incluindo sede e povoados a partir das 6 horas da manhã de terça (13). O serviço faz parte da obra de substituição de trechos da adutora que leva água para o distrito, intervenção que visa garantir maior confiabilidade operacional à distribuição de água reduzindo ocorrências de vazamento.

O abastecimento será retomado, de forma gradativa, após a finalização dos serviços prevista para a tarde do mesmo dia. A Embasa recomenda o uso racional da água armazenada nos reservatórios domiciliares até a completa normalização do fornecimento.

Vereador critica troca de hidrômetros nas residências de Feira de Santana

Vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (PSC)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC) em seu discurso na sessão ordinária da última quarta-feira (07), na Câmara Municipal de Feira de Santana, informou que a Embasa está realizando troca gradativa de hidrômetros em Feira de Santana. Segundo ele, com essa atitude as contas de água estão chegando mais caras. “Desde ontem quero retratar sobre o que vem acontecendo em Feira de forma gradativa: a troca de hidrômetros feita pela Embasa. Se uma rua tem 50 casas, eles trocam de cinco para não chamar atenção. As casas em que os hidrômetros foram trocados, as contas de água saíram de R$ 50 para R$ 436. Estamos vendo nos bairros manifestações, onde as pessoas estão tomando conhecimento das trocas e a Embasa, para não explodir de vez, está trocado de forma gradativa”, disse Cadmiel.

De acordo com o edil, tiveram pessoas que prestaram uma queixa e com isso a conta saiu de R$ 436 para R$ 230. “A Embasa, há muito tempo, vem ofertando um serviço que está deixando a desejar. A terceirizada da Embasa está estragando o piso da cidade, não deixa igual e não volta para resolver. Embasa é campeã de queixas no Procon. Ainda temos bairros com problemas de abastecimento de água e na zona rural muitos lugares que ainda não têm esse fornecimento. Peço as pessoas que estão com esse problema que venham até mim, pois vamos dar entrada em uma ação civil pública contra esta atitude da Embasa”, disse.

Mais de R$ 800 mil serão investidos no sistema de abastecimento de água e esgotamento

Mais de R$ 800 mil serão investidos no sistema de abastecimento de água e esgotamento

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Ibititá firmou contrato com a Embasa para que no período de 2019-2022 sejam investidos quase R$ 1 milhão no sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário na sede e zona rural. Ao longo do período, em parceria com a Administração Municipal, serão realizadas melhorias operacionais, ampliação da capacidade de produção do sistema, instalação de Parque de Hidrômetros, execução de novas ligações e extensão da rede em Ibititá. De acordo com o Plano Quadrienal de Metas da Embasa, o investimento total será de R$ 848.600,80. No documento, a empresa se compromete a prestar os serviços à população do município com “qualidade, regularidade e eficiência”. “Essa é mais uma vitória da nossa cidade”, avaliou o prefeito Cafu Barreto.

Plano Municipal de Saneamento Básico é tema de reunião entre Prefeitura de Jequié e Embasa

Plano Municipal de Saneamento Básico é tema de reunião entre Prefeitura de Jequié e Embasa

Foto: Divulgação

Com vistas à elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), aconteceu, nesta terça-feira, dia 9, em Salvador, uma reunião entre a Prefeitura de Jequié e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). Na ocasião, estiveram presentes o secretário de Desenvolvimento Econômico, Celso Galvão, representando o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira; o presidente da Embasa, Rogério Cedraz, e diretores técnicos da entidade. O Plano Municipal de Saneamento Básico é o instrumento de gestão obrigatório, regido pela Lei Federal n° 11.445/2007, que servirá como norteador para prestação dos serviços das áreas de saneamento ambiental; abastecimento de água de forma satisfatória qualitativamente e quantitativamente; coleta, afastamento e tratamento de esgotos e microdrenagem e macrodrenagem de águas pluviais, no município; além de contemplar, também, as áreas de drenagem e tratamento de resíduos sólidos.

Durante o encontro, foi tratado a respeito do apoio técnico para a criação de uma agência regional de regulação e fiscalização de serviços e discutido, também, sobre o Contrato de Programa entre a Embasa e o município, com foco nos investimentos para a comunidade, com a ampliação e melhoria dos serviços. “Atendendo a uma solicitação do prefeito, Sérgio da Gameleira, estamos iniciando a construção do nosso Plano Municipal de Saneamento Básico, que é um planejamento norteador de ações para o saneamento básico da cidade e onde serão definidos, por exemplo, as prioridades e as metas de atendimento, quais as áreas prioritárias de investimento em obras civis e de fortalecimento institucional, em quanto tempo poderá se alcançar a universalização de atendimento de saneamento para toda população, qual o custo de tarifa ideal para a cidade, como implantar os sistemas de gestão e micromedição de consumo de água, dentre outros temas que são importantes para todos nós, jequieenses.”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Celso Galvão.

Embasa investe R$ 4 milhões em ampliação e melhorias em estação de tratamento de água do Pontal

Embasa investe R$ 4 milhões em ampliação e melhorias em estação de tratamento de água do Pontal

Foto: Divulgação

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Pontal recebeu R$4 milhões em investimentos, que já estão melhorando sua eficiência operacional e beneficiando mais de 50 mil moradores de bairros e localidades da zona sul de Ilhéus atendidos pelo equipamento. As intervenções foram responsáveis por aumentar a capacidade operacional da ETA de 200 para 300 litros por segundo, por meio da reforma dos filtros e da construção de novos floculadores e decantadores, que agrupam e removem da água partículas sólidas e impurezas. “Na prática, alterações de cor e turbidez da água captada no Rio Santana, especialmente em períodos chuvosos, não vão mais produzir impacto na oferta de água tratada à população”, enfatizou o gerente do escritório local da Embasa em Ilhéus, José Lavigne.

Outro benefício trazido pelas obras é a redução do impacto ambiental das operações, já que foram feitas reformas nos tanques de reaproveitamento. A água utilizada na limpeza periódica dos equipamentos usados no tratamento é direcionada a este tanque, sendo 100% reaproveitada, e volta à etapa inicial do tratamento. Com isso, menos água bruta é retirada da natureza, o que aumenta a disponibilidade hídrica do Rio Santana.

Os recursos empregados na obra foram obtidos por meio de concorrência pública junto a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Além de 27 localidades da zona sul, a ETA reformada também auxilia no fornecimento de água tratada para o eixo central da cidade: parte da Avenida Princesa Isabel, Centro e Cidade Nova.

Ação socioeducativa marca Dia do Meio Ambiente em Feira de Santana

Na próxima quarta-feira (05), a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) realiza no Espaço Marcus Moraes, na Avenida Getúlio Vargas em Feira de Santana, uma ação socioeducativa que marca a passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente. Com o tema “Quem sintoniza com a vida, cuida do entorno”, a ação inclui exposição temática, com demonstração do processo de tratamento de água, além de atividades recreativas e educativas, palestras e oficinas.

A atividade vai de 8h às 17h e é aberta a toda a comunidade. No local também haverá atendimento da Embasa com serviços como pedido de religação de água, revisão tarifária, cadastro na tarifa social, registro de reclamações, sugestões e denúncias de irregularidades. O espaço contará, ainda, com serviços de saúde para a comunidade, como aferição de pressão e teste de glicemia. O evento tem como parceiras a Faculdade Pitágoras, a Faculdade Estácio, a Secretaria Municipal de Saúde e a Prefeitura Municipal de Feira de Santana.

PROGRAMAÇÃO :: LEIA MAIS »

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia