WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘educação’

“Na segunda quinzena de fevereiro ou início de março”, diz prefeito de Salvador sobre volta às aulas

Foto: Matheus Morais

Durante o início do terceiro dia de vacinação na capital baiana, no bairro de São Caetano, nesta quinta-feira (21), o prefeito Bruno Reis falou sobre a possibilidade de retorno das atividades escolares em Salvador, após pressão do setor que representa as escolas particulares.

Segundo Bruno, a estimativa dos representantes era para que o retorno das aulas fossem no início do mês de fevereiro. No entanto, ele descartou essa possibilidade e afirmou que irá avaliar a decisão, a depender dos números de casos e de internações de Covid-19 na cidade.

“Está tendo, na verdade, vai iniciar a pouco, uma reunião da nossa equipe de governo com os representantes das escolas particulares, onde estarão sendo discutidos os protocolos e discutindo essa previsão de retorno para que, em seguida, eu possa junto com o governador, tomar essa decisão. Em uma reunião que eu realizei com eles ainda no final de dezembro, fui claro ao colocar para eles que ainda precisava de pelo menos um mês para se organizar. Diferente das escolas públicas, que nós já temos os nossos alunos, as escolas particulares têm que anunciar a matrícula, até porque os pais só vão realizar a matricula quando tiverem uma certeza de retorno”, disse o prefeito, que revelou não haver, ainda, data concreta de retorno, mas que estuda algo para a segunda quinzena de fevereiro ou início de março. :: LEIA MAIS »

Volta às aulas será em fevereiro na modalidade remota, assegura secretário de Educação de Guanambi

Foto: Divulgação / PMG

O retorno às aulas no município de Guanambi está previsto para o início do mês de fevereiro, segundo o secretário de Educação Georgheton Melo Nogueira. Em visita à Escola Beneval Boa Sorte no Bairro BNH, na manhã desta quarta-feira (13), ele falou dos desafios a serem enfrentados e as principais medidas a serem implementadas. O educador está visitando as unidades educacionais para fazer um levantamento da estrutura da rede física e dialogar com os gestores.

Segundo o secretário, a princípio, as aulas serão ainda na modalidade remota, mas os preparativos estão sendo feitos para eventual mudança para a forma presencial, assim que o programa de vacinação for implementado e em diálogo com os profissionais da educação, autoridades de saúde pública e sociedade.

Ainda segundo Georgherton Nogueira, está sendo preparada uma série de estratégias para que a educação de Guanambi volte a melhorar os seus níveis e transforme-se em referência regional. :: LEIA MAIS »

Ministério Público solicita informações sobre preparação para aulas no Estado em 2021

O Ministério Público estadual se reuniu terça-feira, dia 12, com representantes das Secretarias de Educação (SEC) e de Saúde (Sesab) do Estado da Bahia para acompanhar o andamento dos planos de ação sanitário e pedagógico destinados a organizar e preparar a retomada da oferta de ensino no estado. Nesta quarta-feira (13), o Grupo de Trabalho de Enfrentamento ao Coronavírus (GT Coronavírus) do MP encaminhou ofícios à SEC e à Sesab solicitando o envio de informações que ficaram pendentes na apresentação dos planos realizada durante a reunião. Segundo o GT, o direito à educação deve ser garantido, independentemente da decisão administrativa que for tomada quanto ao modo de realização das aulas, considerando-se também as condições dadas pelo quadro epidemiológico e as medidas de segurança sanitária adotadas.

Em caso de possível decisão pela retomada das aulas presenciais, ainda que em formato híbrido, o GT solicitou à SEC a relação das escolas que já estejam fisicamente ajustadas para eventual retorno, discriminadas por município; o planejamento para atendimento dos alunos das unidades escolares que não foram ou possam ser adaptadas; a Nota Técnica mencionada no plano e o cronograma de execução da preparação de retomada. Ao Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES), ligado à Sesab, o GT solicitou o plano de ação, com protocolo encaminhado à SEC de preparação das escolas para a retomada e o posicionamento do Centro sobre os parâmetros necessários a uma eventual decisão de retorno das aulas presenciais. :: LEIA MAIS »

Estudantes poderão requerer aproveitamento de estudos para conclusão do ensino médio

Foto: Divulgação / SEC

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) publicou a Portaria n° 985/2020, que dispõe sobre as regras de aproveitamento de estudos para os concluintes do Ensino Médio de 2020, em todas as ofertas e modalidades integrantes do Sistema Estadual de Ensino da Bahia. Nos termos da Portaria, será possível requerer o aproveitamento de estudos a partir dos resultados obtidos nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM); do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA); nos exames de certificação aplicados pela Comissão Permanente de Avaliação (CPA); e nas atividades com características de terminalidade desenvolvidas pelas unidades escolares da rede estadual de ensino, sob coordenação da SEC.

A superintendente de Políticas para a Educação Básica de SEC, Manuelita Brito, ressaltou a importância da iniciativa, que tem caráter excepcional. “O desejo e o empenho da Secretaria da Educação do Estado é para que as provas do ENEM sejam adiadas para o mês de maio, mas independente da sua data de aplicação, é necessário oportunizar a todos os estudantes, e não apenas os inscritos no ENEM, a conclusão do Ensino Médio, considerando as adversidades impostas pela pandemia do novo Coronavírus, em 2020, e, sobretudo, os conhecimentos e saberes adquiridos por eles ao longo de seus percursos escolares”.

Para requerer o aproveitamento de estudos, o estudante interessado deve estar regularmente matriculado no ano letivo de 2020; ser concluinte do Ensino Médio naquele ano; fazer a solicitação do aproveitamento de estudos na secretaria escolar; e se submeter a um ou mais processos avaliativos e/ou de certificação. :: LEIA MAIS »

Após fala do prefeito, vereador questiona se a Secretaria de Educação está preparada para que às aulas retornem agora

Vereador Professor Ivamberg (PT) – Foto: site Política In Rosa / Anderson Dias

O vereador eleito, Professor Ivamberg (PT), disse ao site Política In Rosa que sua bandeira na Câmara Municipal de Feira de Santana será educação e saúde. “O prefeito Colbert Filho falou em seu pronunciamento, ao tomar posse, a questão do retorno das aulas. Temos que ver se a Secretaria Municipal de Educação está preparada para que essas aulas retornem agora com essa segunda onda da Covid-19 que estamos enfrentando. A gente sabe que a educação é dever de todos, direito do Estado e da família. E, se é dever de todos, nenhum aluno vai poder ficar sem estudar e para nenhum aluno ficar sem estudar a gente tem que levar essa tecnologia, esses computadores que aqui foram ditos pelo prefeito a todos os rincões de Feira de Santana. Aos lugares mais distantes e mais longínquos. Então isso requer uma vigília constante. Nós vamos estar fiscalizando para que a educação seja prioridade na cidade”, disse.

Liderança do PT

Como líder do PT no Legislativo feirense, Ivamberg disse que vai buscar o diálogo com o Governo Municipal cobrando, principalmente as promessas de campanha. “Temos uma promessa de reforma de mais de 50 mil casas e dentre outras. Temos que cobrar as promessas que tragam benefício para a população, pois tem promessas que sabemos que são faraônicas. Mas foram ditas e iremos cobrar”, declarou.

Prefeito de Feira de Santana diz que só depende de autorização do Governo do Estado para iniciar aulas

Colbert Martins Filho (MDB)

O prefeito reeleito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), durante seu pronunciamento na sessão solene de posse dos eleitos para o mandato de 2021 a 2024, afirmou que depende de autorização do Governo do Estado, através do seu Conselho de Educação, o retorno das aulas na rede municipal de ensino em Feira de Santana.

“O Estado tem um decreto que proíbe o reinício até o princípio deste ano. Assim que permitam, retomaremos às nossas aulas presenciais. Temos computadores e demais recursos”, disse Colbert Filho. Em seguida, sinalizou com a necessidade de uma pesquisa, que será feita pela Prefeitura, com pais e mães de alunos, para saber se eles querem que os filhos frequentem as escolas enquanto não há uma vacina para a Covid-19. Colbert lembra que na rede privada o ensino andou, mas foi paralisado na escola pública. “Está na hora de voltar para que as crianças não tenham lapso tão grande e sofram um atraso ainda maior no que precisam aprender”. :: LEIA MAIS »

Complexo Poliesportivo Educacional é inaugurado em Conceição do Coité

Foto: Camila-Souza / GOV-BA

A comunidade de Conceição do Coité passou a contar com um Complexo Poliesportivo Educacional, que foi inaugurado pelo governador Rui Costa, durante visita feita ao município do nordeste baiano, na manhã desta terça-feira (29). Construído pelo Estado, com cerca de R$ 3,2 milhões em recursos próprios, o equipamento fica localizado na Rua Antonio Felix de Araújo, no bairro Olhos D’Água.

“Esse é o primeiro de muitos complexos que vamos entregar ao longo de 2021. É uma nova modelagem que estamos fazendo, de centro poliesportivo, que os estudantes da rede estadual possam utilizar em cada cidade e também na rede municipal. Com isso nós queremos dar as condições de infraestrutura pra acelerar a melhoria do processo educacional, que prevê não só a aprendizagem das matérias de uma grade curricular, mas a formação do cidadão de forma completa, com atividades esportivas e culturais”, afirmou o governador Rui Costa.

A estrutura implantada conta com campo society (27x47m); pista de atletismo e arquibancada; quadra de voleibol de areia; área de urbanização e academia. Além disso, foram executadas a manutenção civil  e elétrica do ginásio esportivo que já existia.

O secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues, lembra que o espaço será utilizado por estudantes de diversas escolas da região e também pela comunidade. “O uso do equipamento passa pelas atividades escolares das unidades das redes estadual, municipal e particular. Além disso, de forma organizada, a comunidade, por meio de associações de bairro e outras entidades, também fará uso do complexo poliesportivo”, explicou. :: LEIA MAIS »

Secretaria de Educação da Bahia solicita ao MEC adiamento das provas do Enem

Foto: Divulgação / Secretária de Educação do Estado

A Secretaria de Educação do Estado da Bahia encaminhou ofício ao Ministério da Educação (MEC) solicitando o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o mês de maio de 2021. As provas, na versão impressa, estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, na versão digital, para 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Esta é a segunda vez que a Secretaria da Educação do Estado envia ofício ao MEC e também ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela execução do Enem, requerendo a prorrogação da aplicação do exame.

No ofício atual, o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, aponta o aumento expressivo das taxas de contaminação pelo novo Coronavírus, que teve crescimento recente acentuado em todo território brasileiro. “Entendemos que não é razoável expor milhões de estudantes ao risco de aglomeração e contaminação quando o adiamento das provas – não falamos em cancelamento – terá impactos financeiros e logísticos administráveis e plenamente justificáveis face ao valor incalculável de tantas vidas”, afirmou o secretário.

Jerônimo lembrou também que o quadro de desigualdade econômica, ainda mais evidenciado pelo contexto de suspensão das aulas, coloca em situação de desvantagem os estudantes com menor acesso aos bens de consumo e de cultura e que precisam de mais tempo para a preparação. “Reiteramos todos os argumentos que apresentamos anteriormente ao Inep e ao MEC, notadamente, o incentivo que o Enem representa para os estudantes concluintes da escola pública que sonham ingressar no Ensino Superior. Esta geração já vem sofrendo as consequências, no curto prazo, dessa tragédia mundial e não podemos, como gestores de políticas educacionais, comprometer também suas perspectivas de médio e longo prazos”, acrescentou. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia