WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mutirão de Negociação de Dividas 2019

:: ‘Comissão de Saúde’

Zé Curuca diz que Neinha queria ser a presidente da Comissão de Saúde e ele não deixou

Vereador Zé Curuca

Vereador Zé Curuca (DEM)

O vereador Zé Curuca (DEM), em seu pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira (07), na Câmara Municipal de Feira de Santana, tratou sobre as visitas realizadas nas unidades de saúde de Feira de Santana e teceu duras criticas a vereadora Neinha (PTB) que também faz parte da Comissão de Saúde da Casa. Curuca é presidente da Comissão de Saúde. “Atentamente, a Comissão de Saúde desta Casa e eu, no papel de presidente, creio que estamos fazendo nossa parte. Estamos visitando as unidades de saúde na cidade e semana passada convidei a Comissão para ir ao HGCA e fui com o vereador Alberto Nery conversar com Pitangueira para saber sobre o conflito entre médicos. Acredito que é a direção do hospital quem deve resolver, não podemos nos envolver em todas os conflitos que acontecem lá. A vereadora Neinha precisa entender que não podemos mediar todos os conflitos que ocorrem dentro do HGCA”, pontuou mostrando posicionamento divergente ao da colega em assuntos relacionados à saúde.

De acordo com Zé Curuca, “as portas do Clériston Andrade se fecharam para a vereadora Neinha”. Curuca disse ainda que a conheceu lá mesmo no Clériston “mandando e desmandando”. “Agora que as portas se fecharam ela [Neinha] quer bater no hospital e jogar a culpa para a Comissão de Saúde”, completou.

Ainda de acordo com Curuca, Neinha queria ser a presidente da Comissão de Saúde e ele [Curuca] e o também vereador Luiz da Feira não deixaram, pois fizeram um compromisso no mandato. “Na época ela [Neinha] estava sem mandato e está sendo vereadora porque o ex-vereador Tom foi eleito deputado. Respeito todos os vereadores e quero ser respeitado também”, finalizou.

Comissão de Saúde da ALBA visita Hospital da Mulher

Comissão de Saúde da ALBA visita Hospital da MulherA Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa da Bahia aprovou, por unanimidade, visita ao Hospital da Mulher, em Salvador, na próxima segunda-feira (16).

De acordo com o presidente do colegiado, deputado Alex da Piatã (PSD), o objetivo é conhecer as instalações, as condições de funcionamento e conhecer as intervenções necessárias para o melhor atendimento dos cidadãos, visto que a unidade foi inaugurada pelo governo do Estado neste ano.

A deputada Maria del Carmen (PT) sugeriu à Comissão de Saúde estender o convite da visita para a Comissão de Direitos da Mulher. A petista disse que o assunto interessa aos dois colegiados e que as deputadas precisam entender o funcionamento de um hospital com demanda fechada.

OUTRAS VISITAS – A Comissão também aprovou um calendário de visitas no interior do Estado. No dia 6 de novembro, os deputados vão à Feira de Santana visitar as unidades hospitalares do município.

Os parlamentares visitarão o Hospital Cleriston Andrade, Hospital da Criança, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e visitar a construção da Policlínica. O convite do colegiado vai ser ampliado à Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores da cidade.

“Teremos sensibilidade para propor discussões e apresentar projetos de lei mais qualificados. No final, quem ganha é o cidadão”, disse Alex.

Os deputados também aprovaram visita à Santa Casa de Misericórdia, em Cachoeira, e nos hospitais de Santo Antônio de Jesus para o dia 14 de dezembro.

Vereadores fazem visita ao Hospital Geral Clériston Andrade

Vereadores em visita ao Clériston AndradeNa manhã desta quinta-feira (06), vereadores da Câmara Municipal de Feira de Santana, inclusive os membros da Comissão de Saúde, visitaram o Hospital Geral Clériston Andrade. Participaram da visita Cadmiel Pereira (PSC), Zé Curuca (DEM), Roberto Tourinho (PV), Luiz da Feira (PPL) e Gilmar Amorim (PSDC). Eles ainda conversaram com o diretor geral do Clériston, José Carlos Pitangueira, para buscar informações sobre o funcionamento da unidade e se colocarem a disposição para oferecer uma saúde de melhor qualidade para o povo de Feira de Santana. “Devemos nos unir para buscarmos melhorias para nossa cidade”, destacou Luiz.

Comissão quer ouvir ex-secretário de Itabuna sobre carta aberta

O presidente da Comissão de Saúde, Enderson Guinho (PDT), articula a vinda à Câmara do ex-secretário de Saúde de Itabuna, Vitor Lavinsky. Em carta aberta na qual comunicava o desligamento do governo, Lavinsky escreveu que a “forma [de gestão] sugerida, muitas vezes, fugia ao que mandam os preceitos da legalidade” e criticou “a falta de total visão do prefeito em relação ao que deveria ser uma gestão voltada para os compromissos técnicos”.

“Queremos dar espaço para que o ex-secretário, se assim o quiser, clareie alguns tópicos da carta. Nela há termos fortes como propostas indecentes, jogadas sujas e mumunhas políticas”, frisou Guinho. Entre os significados dicionarizados de mumunha constam negócio ilícito e corrupção. “A presença dele na Casa do povo seria de muita valia para a cidade”, arrematou.

Na sessão ordinária da quarta, 22, vereadores como Jairo Araújo, Antônio Cavalcante, Ricardo Xavier endossaram a importância de ouvir Lavinsky. Na ocasião mais temas da saúde vieram à tona como o abandono de postos de saúde e o fim do atendimento psiquiátrico no Hospital de Base e. De acordo com a médica Célia Kalil, que usou a Tribuna Popular, o setor de psiquiatria itabunense atendia, por ano, 20 mil pacientes.

Levante a Voz - Todos contra a Dengue


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia