WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Vozes da Terra 2019

:: ‘Coleta de lixo em Ilhéus’

Empresa de coleta de lixo rescinde contrato com Prefeitura de Ilhéus

Coleta de lixo em Ilhéus

Coleta de lixo em Ilhéus

A Prefeitura de Ilhéus informou na tarde desta quinta-feira (08) que a rescisão do contrato administrativo com a Solar Ambiental atendeu ao pedido da própria empresa, após trâmite de processo administrativo iniciado pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsurb). O processo administrativo contou com parecer favorável da Procuradoria Geral do Município (Proger) referendando a rescisão amigável do contrato.

De acordo com o município, as providências técnicas e jurídicas estão sendo adotadas, a fim de suprir a demanda do serviço essencial e continuo da população ilheense. “O governo municipal lamenta a decisão da Solar Ambiental, e garante que os serviços de coleta de lixo serão mantidos por servidores municipais, até a contratação da nova empresa, que deverá começar a coleta na próxima segunda-feira (11)”.

Aterro sanitário preocupa prefeito de Ilhéus

Coleta de lixo em Ilhéus

Coleta de lixo em Ilhéus

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, acompanhado do secretário municipal de Serviços Urbanos, Hermano Fahning, se reuniu esta manhã (20) em Salvador, com o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Demir Barbosa. Na sede do órgão, trataram de um dos assuntos considerados como “grave” pela atual gestão municipal, que é a situação do Aterro do Itariri, situado na rodovia BA-262, que liga a cidade a Uruçuca, gerenciado pelo Governo da Bahia. O prefeito se mostra extremamente preocupado com o desfecho da transferência do aterro do estado para o município, que deve acontecer em breve. “Há uma necessidade ambiental que exige o fechamento das atuais células do aterro, a recuperação de sua estrutura e toda a requalificação da área. Nossa proposta é que somente a partir destas ações é que o estado nos entregue para iniciarmos o processo de terceirização da gestão”, afirmou Mário Alexandre.

Serviços normalizados – Enquanto isso, ações corretivas feitas pela equipe de Ilhéus garantem o retorno a normalidade dos serviços a partir da tarde desta quarta-feira (20) a tarde. Os serviços estavam parados nas últimas horas em virtude da inadequada operação no local. Segundo a Secsurb, o município de Ilhéus quase sempre intervém com iniciativas financeiras, de recursos humanos e maquinários para dar paliativos à grave situação.

Para Hermano Fahning, esta operação deve ser da Conder que é a administradora do aterro.  “O diálogo que vem sendo estabelecido entre o prefeito de Ilhéus e o titular da Sedur é no sentido de que, antes da concretização da transferência, o estado faça novos investimentos no equipamento”, comentou. Ainda em Salvador, os gestores debatem um plano de otimização do Aterro do Itariri até o fim do ciclo de vida útil. Inaugurado em 2000, até hoje o aterro permanece sendo administrado pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), mas esta função não está entre as suas atribuições e, em breve, o estado deverá entregar esta gestão a Ilhéus. Itariri atende à demanda de Ilhéus e Uruçuca, recebe diariamente cerca de 250 toneladas de lixo e entulho, mas já ligou o seu sinal de alerta necessitando de novos investimentos.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia