WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Fala Feira 156

:: ‘Colbert Martins Filho’

Prefeito de Feira diz que pretende reativar a Região Metropolitana

Colbert Martins Filho

Foto: Jorge Magalhães

O prefeito Colbert Martins Filho (MDB) falou ao site Política In Rosa mais uma vez sobre a Região Metropolitana de Feira de Santana (RMFS). Colbert informou que fez uma viagem a cidade de Campinas, no Estado de São Paulo e realizou uma visita a Agência Reguladora da Região Metropolitana de Campinas. A preocupação do prefeito é a falta que o Centro Industrial do Subaé (CIS) fará a cidade quando a RMFS for instalada.  “Nós pretendemos reativar a Região Metropolitana de Feira de Santana e quem sabe conseguir uma estância que a gente consiga botar pra funcionar uma área que seja de coordenação técnica que supra a ausência do CIS”, afirmou.

O prefeito ainda explicou o papel do CIS para a cidade. “Uma empresa quando chegava à cidade com interesse em se instalar o CIS fazia o estudo da melhor localização com luz, água, acesso e esgoto. Era ele quem dava as condições para quem vem para Feira de Santana. Com o fim do CIS isso não poderá mais acontecer”, finalizou.

Colbert Filho vai se reunir com a direção da FIEB

Prefeito de Feira pede que deputados rejeitem o projeto de extinção do CIS

Foto: Reprodução

Atendendo aos apelos das classes produtoras de Feira de Santana, preocupadas com as consequências decorrentes da extinção do Centro Industrial do Subaé (CIS), conforme consta da reforma administrativa anunciada pelo governador Rui Costa, o prefeito Colbert Martins Filho se reunirá com a Direção da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), na próxima segunda-feira (10), em Salvador. A interlocução do prefeito de Feira de Santana junto à FIEB e o governador Rui Costa, foi externada em carta aberta à comunidade,  subscrita por uma comissão formada por lideranças de instituições representativas do comércio e da indústria locais, cujo conteúdo foi reiterado na manhã desta quinta-feira (06), durante reunião ocorrida num restaurante da cidade.

O prefeito Colbert Filho, que defende a manutenção do Centro Industrial do Subaé enquanto autarquia, ponderou que o órgão “é de grande importância para a política de desenvolvimento industrial de Feira de Santana, e vamos buscar o apoio dos setores produtivos do Estado, para que o CIS não seja extinto”, disse.

Oposicionista questiona postura de Colbert e diz que a cidade vive um marasmo

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT) usou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana para criticar o posicionamento do atual prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB). De acordo com o vereador, em entrevistas recentes a veículos de imprensa, o prefeito afirmou que o seu governo será de continuidade, o quê na opinião do oposicionista, não solucionará os problemas do município. “Continuidade de quê, Sr. prefeito? Do marasmo em que se encontra a cidade? Continuidade das obras paradas? Continuidade do caos que vive o centro comercial de Feira de Santana, sem qualquer ordenamento urbano?”  questionou. Para Nery, a expectativa dos eleitores e dos moradores da cidade é bem diferente do que está sendo apresentado. “Colbert, você lutou durante décadas para se tornar prefeito. Quando finalmente consegue conquistar o cargo, não imprime sua identidade e não mostra a sua cara? Veja o legado deixado pelo seu saudoso pai”, ponderou.

Ainda durante seu discurso, Nery sugeriu a mudança no secretariado que ele afirmou viver um cansaço. “Muitos fizeram um bom trabalho, mas é preciso renovar, conferir ânimo novo e mostrar a cara da sua gestão. Todo gestor público busca sua equipe e nós esperávamos isso de Colbert também”, opinou. Problemas da gestão anterior, a exemplo de denúncias em irregularidades de licitação e o péssimo posicionamento do município em um ranking da Educação, também foram abordados. “Parece que a prefeitura não mudou a gestão. O ex-prefeito continua dando as ordens de lá de sua casa. Já tivemos a informação de que ele se manifestou contra a aprovação do orçamento impositivo, sob o argumento de que a medida dá “poder” a oposição. Felizmente o atual prefeito parece não pensar assim e o projeto já foi aprovado em primeira discussão e já estou cobrando ao presidente da Casa que coloque a segunda discussão na pauta ainda este ano”.

Nery finalizou o seu discurso lamentando a postura. “É muito triste ver que Colbert se tornou o prefeito e não está tendo sabedoria para dar a sua direção ao governo. Esperávamos muito mais dele. Recentemente eu e alguns colegas fomos visitar uma obra. Segundo o secretário da pasta, em 90 dias ela seria concluída. Mas, na semana seguinte, a obra estava finalizada. Quer dizer: Eles mesmos estão boicotando a gestão do prefeito? Está na hora de Colbert mostrar a cara. Vem aí 2019, e nós esperamos que ele possa verdadeiramente assumir a prefeitura e fazer as mudanças necessárias para o desenvolvimento de Feira”.

Prefeito de Feira pede que deputados rejeitem o projeto de extinção do CIS

Prefeito de Feira pede que deputados rejeitem o projeto de extinção do CIS

Foto: Reprodução

O prefeito da cidade de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), visitou a sede do Centro Industrial do Subaé (CIS) na manhã desta quarta-feira (05). Colbert lamentou o fato de que o CIS possa não existir mais nesta quinta-feira por decisão do governador Rui Costa. “O governador quer exterminar, acabar e sepultar o CIS. São mais de 550 médias, pequenas e grandes indústrias. O segundo maior centro do Estado. Isso é uma ação contra Feira de Santana. Estamos apelando à sensibilidade do governador para que ele evite isso e estamos pedindo para os deputados da Assembleia Legislativa da Bahia para que rejeitem essa posição de extinção do Centro Industrial do Subaé. Essa é uma posição contra o povo de Feira de Santana”, lamentou.

Prefeito de Feira quer movimento contra extinção do CIS

Colbert Martins Filho

Foto: Jorge Magalhães

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), não está nada satisfeito com a decisão do governador Rui Costa (PT), anunciada este fim de semana, de extinguir o Centro Industrial do Subaé. Em entrevistas concedidas na imprensa local, o prefeito disse considerar um “enorme prejuizo acabar com a autarquia”. Ele está na expectativa de que o governador faça uma reflexão sobre o assunto e procure ouvir os diversos segmentos interessados. “Ainda há tempo de se discutir esse tema. Creio que não deve ser algo a ser sacramentado assim, sem um mínimo debate”, diz o gestor municipal. O prefeito diz que este seria um “presente de grego” do governador ao povo de Feira de Santana menos de dois meses após ter sido reeleito e bem votado  no  município.

Colbert lembra que a autarquia CIS foi criada em 1983, conta com cerca de 200 empresas e mais de 2.500 funcionários. Ele conclama as representações do empresariado, das classes trabalhadoras e dos diversos organismos da sociedade feirense a lutar contra a medida. O Centro Industrial do Subaé, diz o prefeito, é um órgão interlocutor deste setor importante da economia com o Governo do Estado, “que não pode ser encerrado assim, de forma abrupta, em apenas uma canetada do governador”.

Prefeito de Feira dá prazo para resolver situação da troca de lâmpadas de LED

Colbert Martins Filho

Foto: Jorge Magalhães

O prefeito da cidade de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), em entrevista ao programa Silvério Silva na rádio Sociedade News falou sobre a licitação que para a colocação de lâmpadas de LED na cidade. Segundo o prefeito, uma briga entre as empresas que participaram do certame que se arrasta há quase um ano fez com que todo o processo de troca das lâmpadas atuais pelas de LED se tornasse demorado. “Há uma disputa judicial e a decisão final de todo esse processo provavelmente acontecerá no dia 5 de dezembro. Esse é o meu limite. Se isso não se resolver no dia 5 de dezembro eu vou acabar com a licitação e farei uma contratação para que as lâmpadas de LED sejam adquiridas diretamente”, garantiu.

Obras do Terminal BRT na Ayrton Senna são reiniciadas e devem ser concluídas em dezembro

Obras do Terminal BRT na Ayrton Senna são reiniciadas e devem ser concluídas em dezembro

Foto: Divulgação

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, visitou, na manhã desta quarta-feira (07), as obras de terraplanagem do Corredor Getúlio Vargas/João Durval para construção do Terminal do BRT (Bus Rapid Transit), na avenida Ayrton Sena, reiniciadas há uma semana. Sob a responsabilidade técnica da Via Engenharia, a obra entrou na fase de fixação de 190 “bate-estacas”, sobre as quais serão erguidas as estruturas metálicas pré-moldadas do equipamento. Com mais de 75% das obras de construção civil concluídas, os terminais são a última fase de implantação do BRT, sendo que o da Pampalona está previsto para operar plenamente no início do próximo ano.

O secretário de Planejamento, Carlos Brito, destacou que “a rede de drenagem estará terminada até o mês de dezembro, sendo que 42 poços foram executados, 2.669 metros da rede de túnel linear foram finalizados, restando 495 metros da rede em concreto para concretizar as obras até o Riacho do Fato”. Brito afirmou que se encontra em fase final o Corredor da avenida João Durval, e que estão faltando alguns detalhes para que as oito estações da avenida Getúlio Vargas fiquem prontas. O secretário de Planejamento destacou ainda a construção do prédio da Central de Controle Operacional do BRT, na avenida Francisco Pinto, também em fase conclusiva.

Colbert Filho pontuou que estas obras fazem parte do Projeto de Mobilidade Urbana da cidade, “e uma vez em funcionamento, o Sistema BRT vai reduzir o tempo de deslocamento do usuário do transporte público, que passará a contar com mais conforto, segurança, rapidez e eficiência”.

Semana Global do Empreendedorismo promove avanço e inovação

Semana Global do Empreendedorismo promove avanço e inovação

Foto: Washington Nery

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), disse que a Semana Global de Empreendedorismo é um evento necessário para que a cidade avance nas mais diversas áreas e inove neste setor. Ele também falou sobre o projeto Feira 2030, voltado ao desenvolvimento sustentável como mecanismo de se alcançar avanços sociais, econômicos e ambientais. “O que se busca é uma nova cultura, novos modos culturais. Se não mudarmos, ainda vamos ficar ainda mais para trás (em termos tecnológicos)”, afirmou o prefeito. “Temos que acompanhar a capacidade de transformação. Como sabem, sou entusiasta das tecnologias”. Para o prefeito, o município deve acompanhar ainda mais o desenvolvimento tecnológico sob pena de aumentar a defasagem em relação às cidades que o adotaram. “Temos que acompanhar a capacidade de transformação”. O Dia da Cultura foi comemorado nesta segunda-feira, (05).

Para o vice-presidente da FIEB, João Batista Ferreira (foto), que também coordena o projeto Feira Empreende, a Semana Global busca fortalecer a cultura empreendedora e incentivar as pessoas a participar destas iniciativas e desenvolver a política e o ambiente de negócios no município. “Feira de Santana é adaptada para todos serviços”, afirmou o dirigente classista. Para ele, o município passa por um período de desenvolvimento, com a criação de planos municipais, como o de Desenvolvimento Urbano, Mobilidade Urbana, entre outros, que abrem novas e importantes perspectivas.

O secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, disse que empreender é fomentar o desenvolvimento, tanto no aspecto econômico como no lado educacional. “São metas que apenas são alcançadas através da capacitação e do conhecimento”.

Prefeito de Feira busca emendas parlamentares em Brasília

Colbert Martins Filho

Foto: Jorge Magalhães

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), se encontra  em Brasília, desde o final de tarde de ontem. Ele viajou a capital federal para defender emendas parlamentares em benefício do município de Feira de Santana. Esta semana vence o prazo para apresentação e definição das emendas ao Orçamento da União de 2019. Também fará visita a ministérios para tratar da liberação de recursos previstos para esta cidade e que se encontram com pendências em órgãos do governo. Colbert retorna à cidade nesta quarta-feira (31).

“Ele chegou lá por um acidente de percurso”, diz Targino sobre Colbert Martins

Deputado Targino Machado

Deputado Targino Machado (DEM)

O deputado estadual Targino Machado (DEM) em uma entrevista ao programa Jornal do Meio Dia da rádio Princesa FM, falou sobre o atual prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB). Questionado sobre se, como médico, concordava com a decisão do prefeito de querer sair do Consórcio que administra a Policlínica Regional de Feira de Santana, Targino afirmou que cada político tem um estilo de agir. E, na opinião de Targino, Colbert não tem nenhuma experiência, nunca participou de uma administração municipal, nunca foi um operário da política em Feira de Santana. “Eu tive que lutar para fazer meu nome, minha historia e cheguei onde estou fazendo meu próprio caminho. Se o nome de Colbert fosse Manuel ele não teria chegado a lugar nenhum. Ele foi trazido onde está pelo seu nome que é uma legenda viva que tinha muitos seguidores. Embora no momento muitas viúvas de Colbert pai já morreram, assim como as de José Falcão e João Durval. A fila vai andando e os mais jovens não conhecem o velho Colbert. Mas ele está estabelecendo uma nova forma nova de fazer política: sem conversar. Ele não conversa. E não chegou ao poder pelo voto porque ninguém votou nele. Votou em José Ronaldo. Ele chegou por um acidente de percurso que eu sei bem como foi porque foi gestado em minha casa”, disparou.  Targino disse que Feira de Santana está perdendo o protagonismo do equipamento.

Falta atendimento ao povo

Targino ainda fez graves reclamações sobre Colbert. Segundo ele, o prefeito não atende mais ninguém. “Tenha paciência com o povo. Atenda as pessoas. Os vereadores levavam até 30 pessoas e você proibiu de levar as pessoas para você atender”, lamentou. O deputado disse ainda que espera que o prefeito mude e lhe mandou um recado. “Colbert, toma juízo. Você precisar conversar e interagir com a sociedade. Pare com essa coisa de não querer atender gente. O principal investimento de um político é nas relações e você está desconstruindo as relações. Está todo mundo zangado com você. Só quem não lhe diz isso são os puxa-sacos que estão aí atrás de um empreguinho, de uma boquinha e de uma migalha que cai da sua mesa”.

Feira de Santana: Órgãos municipais funcionam até as 16h nesta sexta

Prefeitura de Feira de Santana foto Jorge Magalhaes

Prefeitura de Feira de Santana

Devido à necessidade de disponibilização de pessoal, veículos e equipamentos públicos municipais em favor do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE), para atendimento das quatro zonas eleitorais do município, em decorrência do pleito do próximo domingo, 28, os órgãos municipais que não prestam serviços continuados funcionam em horário especial de expediente nesta sexta-feira (26). Conforme decreto publicado no Diário Oficial Eletrônico, assinado pelo prefeito Colbert Martins Filho, os orgãos da Administração Direta e Indireta funcionarão das 08h30 às 12h; e das 14h às 16 horas. A convocação de pessoal e disponibilização de equipamentos já ocorrem a partir desta sexta.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia