WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Codevasf’

Municípios baianos receberão recursos da Codevasf para desenvolvimento de infraestrutura

Foto: Divulgação / Ascom

O apoio para comunidades rurais das 235 cidades baianas de abrangência da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), chegará em breve. Nesta terça-feira (02), o deputado federal Alex Santana (PDT), em conjunto com os pares Ronaldo Carletto (PP) e Elmar Nascimento (DEM), se reuniram com o presidente da estatal, Marcelo Moreira para agilizar a liberação de recursos para obras de desenvolvimento de infraestrutura.

A iniciativa beneficiará as produções agrícolas e de pecuária do interior da Bahia com impacto direto nos produtores rurais e empreendimentos que utilizam recursos hídricos, em especial, além da tecnologia que poderá chegar aos agricultores familiares. :: LEIA MAIS »

Codevasf investe mais de R$ 10 milhões em sistema de tratamento de esgoto

Codevasf investe mais de R$ 10 milhões em sistema de tratamento de esgotoA Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vai concluir as obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário de Rodelas, município situado na margem direita do rio São Francisco, a aproximadamente 547 quilômetros de Salvador. As obras são empreendidas pela 6ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Juazeiro – no semiárido baiano.

O sistema está em fase final de obras, com 96% da estrutura de engenharia civil concluída. No começo de 2018 serão iniciados os testes do sistema para que a obra seja entregue ao município em pleno funcionamento. Cerca de 10 mil pessoas serão diretamente beneficiadas com tratamento do esgoto. Até o momento foram investidos mais de R$ 10 milhões – os recursos têm origem no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. A ação integra o Programa de Revitalização das Bacias Hidrográfica dos rios São Francisco e Parnaíba.

O sistema é composto por 23 quilômetros de rede coletora, 9 quilômetros de ramais prediais, 2 quilômetros de ligações domiciliares, uma estação elevatória e uma estação de tratamento de esgoto, onde está localizado o Digestor Anaeróbico de Fluxo Ascendente (DAFA). O DAFA realiza a decomposição da matéria orgânica por fermentação e encaminha os afluentes para lagoas de estabilização, onde eles são tratados por processos químicos e biológicos para retenção de matéria orgânica e liberação de água com qualidade para retorno ao meio ambiente.

“A obra vai melhorar as condições sanitárias locais e a conservação hidroambiental da bacia, e contribuir para a preservação dos recursos naturais e a eliminação de focos de poluição, além de gerar mais qualidade de vida para todos os habitantes daquela região”, avalia Luis Cláudio Gomes Santos, técnico da 6ª Superintendência Regional da Codevasf e membro da equipe que acompanha a realização dos serviços.

Entre 2007 e 2017, a Codevasf investiu mais de R$ 67 milhões na implantação de sistemas de esgotamento sanitário, semelhantes ao de Rodelas, na região norte da Bahia. Foram atendidos os municípios de Santa Brígida, Glória, Abaré, Morro do Chapéu, Mirangaba, Macururé, Várzea Nova e Pilão Arcado.

Saúde

Com a implantação de sistemas de coleta e tratamento de esgoto é possível diminuir a incidência de doenças transmitidas pela água, como hepatite, febre tifoide, cólera, leptospirose, giardíase e a ascaridíase – que ataca principalmente crianças.

Autoridades sanitárias calculam que para cada R$ 1 investido em obras de tratamento de esgoto são economizados cerca de R$ 4 em serviços de saúde. Além desse benefício, estima-se que cada R$ 1 milhão investido em obras de esgotamento gere 30 empregos diretos e 20 indiretos, assim como empregos permanentes quando o sistema entra em fase de operação.

Codevasf e Cerb promovem revitalização no Médio São Francisco baiano

Codevasf e Cerb promovem revitalização no Médio São Francisco baianoA Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em parceria com o Governo do Estado da Bahia, por meio da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), realizará ações que irão beneficiar a população do Médio São Francisco baiano. Convênios foram firmados entre as instituições atendendo municípios localizados na área de atuação da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Bom Jesus da Lapa (BA).

O investimento é de aproximadamente R$ 26 milhões em recursos do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por emendas parlamentares. “Esse é um dos maiores investimentos diretos na revitalização de bacias no Brasil neste ano. Isso demonstra a seriedade e atenção com que a Codevasf está tratando o rio da unidade nacional”, diz o superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa, Harley Nascimento.

“Revitalizar o rio São Francisco é um dos principais objetivos da Codevasf. Esses três convênios demonstram a responsabilidade da Companhia com o rio e fazem parte de uma continuidade de ações de preservação e recuperação, que utiliza conhecimentos já adquiridos, testados e melhorados pela empresa. São ações que contemplam a sustentabilidade do rio e a convivência de municípios ribeirinhos”, completa o superintendente regional.

“Essas ações com a Codevasf são muito significativas para revitalização hidroambiental do Médio São Francisco baiano. Serão executadas em consonância com a Política Nacional de Meio Ambiente e têm como objetivo maior proteger as nascentes, recuperar as matas ciliares mediante a recomposição da vegetação por meio de plantio de mudas de espécies nativas, acompanhada da implantação de práticas de conservação de solo e da água, preservando zonas de recargas hídricas”, afirma o presidente da Cerb, Marcus Vinicius Bulhões.

Ação da Codevasf gera emprego e renda em comunidade rural no Norte da Bahia

Ação da Codevasf gera emprego e renda em comunidade rural no Norte da BahiaRoupas infantis, lençóis e panos de prato são alguns dos itens confeccionados por mulheres da Associação Comunitária e Assistencial dos Pequenos Agropecuaristas de Mônica, povoado a 34 quilômetros da cidade de Morro do Chapéu, município localizado no Norte da Bahia, a 391 quilômetros de Salvador. A produção é resultado de uma ação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) que estruturou a entidade com um kit de corte e costura.

O investimento do governo federal foi de R$ 14,2 mil – recurso do Orçamento Geral da União, destinado à Codevasf por meio de emenda parlamentar. O kit é composto por máquina portátil de costura 24 pontos, máquina Interlock industrial completa, máquina galoneira, ferro de passar a vapor industrial, mesa retangular para enfesto de tecido, máquina bordadeira computadorizada, duas tesouras industriais e fitas métricas.

Segundo o analista da Codevasf Everaldo Andrade, da 6ª Superintendência Regional, sediada em Juazeiro (BA), a maior importância da ação refere-se à questão da inclusão de gênero. “A maioria das beneficiárias são mulheres, que muitas vezes, por heranças culturais, ficam relegadas apenas aos afazeres domésticos e, às vezes, aos trabalhos desgastantes no campo. A atividade de Corte e Costura constitui-se como um caminho para geração de ocupação e renda mesmo nos períodos de estiagem prolongada, sendo permanente e não sazonal como as culturas agrícolas”, explicou.

“A seleção da associação dos pequenos agropecuaristas de Mônica observou a boa organização e o comprometimento da entidade frente as demandas comunitárias, a proximidade com parceiros para alavancar os negócios e o histórico de sucesso do grupo”, completou Everaldo Andrade.

Prefeitura de Guanambi viabiliza contrapartida para o Projeto de Irrigação de Ceraíma

Prefeitura de Guanambi viabiliza contrapartida para o Projeto de Irrigação de CeraímaO prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães, se reuniu na manhã desta terça-feira, 14, com dirigentes da Codevasf discutindo diversos temas relacionados a questões hídricas, entre eles, com destaque para o Projeto de Irrigação do Perímetro de Ceraíma.

Na ocasião, Jairo informou que a Prefeitura já depositou na conta do Convênio a contrapartida no valor de R$ 184.975,47, referente ao repasse de R$ 2.400.000,00 da União para elaboração do Projeto Executivo e aquisição de equipamentos. “Nos empenhamos nesta parceria por entender a importância social da irrigação de Ceraíma para gerar emprego e renda”, destacou o Prefeito.

Participaram do encontro o Superintendente Regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa, Harley Xavier Nascimento, o Diretor do órgão em Guanambi, Péricles Carvalho, Dr. Sérgio Coelho, Secretário de Governo, Edilmar Ladeia (Nenzinho), Secretário de Administração, Walguimar Cotrim (Guima), o Assessor Jurídico Dr. Vá Boa Sorte e o Assessor José Bonifácio Teixeira.

Codevasf investe R$ 5,9 mi na recuperação de canais em projetos públicos de irrigação do Norte da Bahia

Codevasf obra em CuraçaProdutores dos projetos públicos de irrigação Curaçá e Maniçoba, localizados em Juazeiro – na região Norte da Bahia –, terão melhor captação de água para suas atividades em lotes agrícolas irrigados. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está investindo, por meio de sua 6ª superintendência regional, cerca de R$ 5,9 milhões na recuperação e na construção de canais de irrigação usados na agricultura irrigada desses projetos. Os recursos são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

No projeto Maniçoba, o investimento foi de R$ 1,7 milhão e beneficiará cerca de 620 famílias de pequenos agricultores. Foram recuperados 80% dos 126 quilômetros de canais. No perímetro irrigado de Curaçá, os recursos ultrapassam R$ 4,2 milhões para atender cerca de 260 famílias de pequenos produtores, além de atender a 17 lotes empresariais.

O gerente do Distrito de Irrigação Maniçoba, Valter Matias de Alencar, considera as intervenções importantes para o desenvolvimento agrícola. “A recuperação feita através da Codevasf foi muito benéfica para os produtores, que passaram a fazer um melhor aproveitamento da água. Além disso, conseguimos reduzir bastante o desperdício de água causado pelas infiltrações. Realmente foi uma ação que só trouxe pontos positivos para eficiência da irrigação de Maniçoba”, avalia.

De acordo com o analista em desenvolvimento Alaôr Granjeon de Siqueira, da superintendência da Codevasf em Juazeiro, os canais de irrigação que estão sendo restaurados têm mais de 40 anos de funcionamento. “Com o tempo, eles vão se deteriorando, o que prejudica a irrigação dos lotes. Com essa restauração de canais, conseguimos não só melhorar a produção, como também atenuar os impactos ambientais. Estamos trabalhando uma área por vez, para que os irrigantes não parem suas produções, e tenham água para suas lavouras assegurada”, conclui.

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Misael Aguilar Silva Neto, visitou recentemente o local onde a recuperação de um canal do perímetro irrigado de Curaçá está sendo realizada, e acompanhou parte do trabalho de concretagem. “Esse trabalho é vital para o bom funcionamento dos perímetros de irrigação, pois garante o abastecimento de água sem desperdício. Neste perímetro que estamos visitando (Curaçá) serão recuperados mais de 300 quilômetros de canais, e já realizamos 40% desse total”, destaca.

Codevasf apresenta ações no Médio São Francisco baiano para parlamentares em Bom Jesus da Lapa

O superintendente regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Bom Jesus da Lapa (BA), Harley Nascimento, apresentou as principais ações da Companhia no Médio São Francisco baiano – área de atuação da 2ª Superintendência Regional da empresa – a deputados federais e estaduais do estado, para expor oportunidades de destinação de recursos de emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União.

“Mais do que oportuno, com a presença dos deputados, queremos efetivar essa parceria e mostrar a realidade da Codevasf e reforçar a nossa busca para melhorar a qualidade de vida de todos da região. Os deputados logicamente conhecem a Codevasf, mas uma apresentação como essa permite que nós mostremos muito mais coisas”, explicou o superintendente Harley Nascimento, durante apresentação realizada no auditório da superintendência em Bom Jesus da Lapa, no último sábado (16). “E aproveitamos para solicitar o apoio dos parlamentares para ajudar a fazer acontecer essas ações, com recursos, expondo as nossas demandas e o recurso necessário para fazer com que sejam atendidas”, acrescentou.

Entre os tópicos da apresentação estiveram investimentos realizados em projetos de irrigação implantados pela Companhia na região e demandas para que investimentos continuem sendo feitos. Durante o encontro – que contou com a presença de prefeitos da região –, também foi apresentada a área de atuação da superintendência, que alcança 88 municípios, e sua estrutura – inclusive o quadro de empregados.

“Estive em Buritirama e, por exemplo, tinha acabado de chegar um trator, com implementos. Vários poços estão sendo instalados lá. Estamos chegando em municípios e a presença da Codevasf está lá, com as máquinas, com os tratores, com equipamentos agrícolas, que mudam a realidade das comunidades. E farei tudo o que puder para ampliar e facilitar esse atendimento”, diz o deputado federal Jutahy Magalhães.

Ainda estiveram entre os tópicos abordados, ações de revitalização empreendidas na bacia do rio São Francisco, como serviços de controle e recuperação de processos erosivos e implantação de sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário. Ações focadas na convivência com o semiárido foram citadas, como a instalação de cerca de 39 mil cisternas para acumulação de água pluvial em 45 municípios, a construção de barreiros, a estruturação de associações com kits de irrigação, apicultura e piscicultura, e ações que reforçam a infraestrutura.

“Nós sabemos que a Codevasf atende a 88 municípios dessa região, desenvolvendo ações diretas para beneficiar quem mais precisa, tanto na zona rural quanto na zona urbana – e sempre com muita credibilidade. Destaco, inclusive, ações como a criação de sistemas de abastecimento de água e outras relacionadas a recursos hídricos”, afirma o deputado estadual Augusto Castro.

Ação da Codevasf garante água para comunidades rurais na Bahia

Com um investimento de mais de R$ 1 milhão, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), por meio da 6ª Superintendência Regional, sediada em Juazeiro, no norte da Bahia, está beneficiando cinco associações de pequenos produtores rurais do município de Campo Formoso que sofriam com a escassez de água na região. Cada entidade foi estruturada com um caminhão pipa que vai auxiliar nas atividades de administração, operação e distribuição de água potável para os produtores familiares associados.

André Custódio de Souza, que desde 2004 faz parte da Associação de Agricultores e Moradores da Região de Cacimbinha, comemora a chegada do equipamento. “Estamos muito felizes com esse caminhão pipa. Agora podemos captar água doce e disponibilizar para o pessoal. A Codevasf trouxe um grande benefício para nossa região. Só temos que agradecer todo apoio prestado”, afirma.

Na Associação Comunitária do Brejão da Caatinga, a entrega do caminhão, além de ser uma solução para o acesso à água, trouxe mais economia. “Antes tínhamos que pagar em torno de R$ 100 reais para adquirimos mil litros de água por meio de um caminhão pipa. Esse volume só conseguia suprir nossas necessidades durante cinco dias. Hoje a realidade é outra. Além da felicidade de ter água aqui pro nosso povo, não vamos mais gastar pagando por um caminhão pipa de fora. Temos o nosso próprio ”, conta com entusiasmo Jaelson Ribeiro, um dos produtores.

Cada caminhão pipa custou R$ 201 mil. Os recursos investidos na ação são do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por emenda parlamentar.

O superintendente regional em Juazeiro, Misael Aguilar Silva Neto, ressalta que a Codevasf tem um saldo positivo na realização de atividades para amenizar os efeitos da longa estiagem. “É importante realizarmos ações que possibilitem aos sertanejos conviverem com a escassez de água. A entrega de carros pipa é uma dessas ações, e está ajudando as entidades de pequenos produtores a economizarem dinheiro, possibilitando a continuidade do trabalho no campo”, conclui.

Oferta de água

Gerar alternativas que mitiguem os efeitos causados pela seca no semiárido, diante da crise hídrica que afeta milhares de pessoas, é uma das ações da Codevasf em sua área de atuação. De 2014 a 2017, foram investidos no Nordeste mais de R$ 47 milhões no desenvolvimento de ações que estão viabilizando o acesso a água para mais de 150 mil famílias em Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. Entre as ações destacam-se construções de cisternas; instalação de poços, barreiros e barragens; perfuração e instalação de sistemas de captação flutuantes em projetos públicos de irrigação; e desassoreamento de canais.

Para Maria Jaciara de Oliveira Paiva, chefe da Gerência Regional de Infraestrutura da Codevasf em Juazeiro, esse é um importante trabalho desenvolvido pela empresa. “Com o baixo índice pluviométrico e a má distribuição de chuvas, características do Nordeste brasileiro, há uma necessidade constante de atenção governamental nesta região, e as ações do governo, executadas pela Codevasf, visam amenizar a carência hídrica existente, atendendo as demandas mais urgentes das famílias”, destaca.

“Essas ações também têm o objetivo de incentivar as práticas associativas, a integração dos pequenos produtores às cadeias produtivas, o desenvolvimento sustentável no âmbito socioeconômico e ainda proporcionar a melhoria na qualidade de vida da população rural”, acrescenta Jaciara Paiva.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia