WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Expofeira2019

:: ‘Câmara Municipal de Feira de Santana’

Vereador pede que diretor do Zilda Arns trabalhe com coração, coragem e sem sacrificar os funcionários

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (PPS)

O vereador João Bililiu (PPS) em discurso, na sessão ordinária desta terça-feira (13), na Câmara Municipal de Feira de Santana, tratou sobre o déficit de funcionários na Comunidade de Atendimento Socioeducativo – Case Zilda Arns. “Está acontecendo um descaso muito grande naquele local. O Governo Estadual e administração do Zilda não têm consideração com os funcionários. Cuidar de adolescente infrator não é fácil e o déficit de pessoal está grande. Os reclames chegaram até mim e não posso deixar passar em branco. Peço ao colega, vereador Alberto Nery que ajude a intermediar esse problema”, pediu Bililiu.

O edil disse ainda que “o número de funcionários chega a 50% a menos do garantido por lei, o que coloca em risco a vida do que estão cumprindo suas funções. Eu preciso dizer que o diretor não está agindo como deve; está forçando muito os funcionários, que inclusive saem de férias e só recebem o pagamento 30 dias depois. Peço ao diretor que trabalhe com coração e coragem, sem sacrificar os funcionários”, relatou.

Município deve ter participação em arrecadações da Embasa, diz José Carneiro

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB), em entrevista ao site Política In Rosa, falou sobre a renovação do contrato do Município com a Embasa. De acordo com Carneiro, o contrato que deve ser assinado com a Embasa deve ser revisado. “A Embasa explora o solo do Município ao longo dos anos e ela não dá uma contrapartida ao Município. Esburaca as ruas, usa e ocupa o solo do Município e até a água que o Município consome tem que pagar”, reclamou o vereador.

Na opinião do presidente, para renovar um contrato dessa natureza, o Município não pode simplesmente ser bondoso e dar a Embasa a oportunidade que teve nos últimos 20 anos de explorar o solo em troca de absolutamente nada. “Entendo e sou defensor de que o contrato deve ser renovado. Só que o Município deve ter no mínimo 5% do montante arrecadado nas ligações, no consumo de água e esgoto sanitário”, relatou. José Carneiro finalizou dizendo que “o Município não pode ficar isento das arrecadações já que o solo é do Município e a Embasa explora”.

Vereador evangélico defende espaço para encontro de paredões

Vereador Isaias de Diogo

Vereador Isaias de Diogo (PSC)

O vereador evangélico Isaías de Diogo (PSC), na manhã da última quarta-feira (08), em seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, solicitou ao Poder Público a concessão da área do Parque de Exposição João Martins da Silva para recreação e encontro de paredões. “Feira de Santana não tem espaço para explorar por essas pessoas que utilizam esses equipamentos. Entrei com uma indicação solicitando do prefeito Colbert Martins Filho para que ele ceda o espaço do Parque de Exposição João Martins da Silva para ser colocado semanalmente a exploração da localidade por essas pessoas que praticam os paredões”, disse.

De acordo com Isaías, o Parque de Exposição João Martins da Silva é uma área afastada do centro da cidade.

Zé Curuca diz que Neinha queria ser a presidente da Comissão de Saúde e ele não deixou

Vereador Zé Curuca

Vereador Zé Curuca (DEM)

O vereador Zé Curuca (DEM), em seu pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira (07), na Câmara Municipal de Feira de Santana, tratou sobre as visitas realizadas nas unidades de saúde de Feira de Santana e teceu duras criticas a vereadora Neinha (PTB) que também faz parte da Comissão de Saúde da Casa. Curuca é presidente da Comissão de Saúde. “Atentamente, a Comissão de Saúde desta Casa e eu, no papel de presidente, creio que estamos fazendo nossa parte. Estamos visitando as unidades de saúde na cidade e semana passada convidei a Comissão para ir ao HGCA e fui com o vereador Alberto Nery conversar com Pitangueira para saber sobre o conflito entre médicos. Acredito que é a direção do hospital quem deve resolver, não podemos nos envolver em todas os conflitos que acontecem lá. A vereadora Neinha precisa entender que não podemos mediar todos os conflitos que ocorrem dentro do HGCA”, pontuou mostrando posicionamento divergente ao da colega em assuntos relacionados à saúde.

De acordo com Zé Curuca, “as portas do Clériston Andrade se fecharam para a vereadora Neinha”. Curuca disse ainda que a conheceu lá mesmo no Clériston “mandando e desmandando”. “Agora que as portas se fecharam ela [Neinha] quer bater no hospital e jogar a culpa para a Comissão de Saúde”, completou.

Ainda de acordo com Curuca, Neinha queria ser a presidente da Comissão de Saúde e ele [Curuca] e o também vereador Luiz da Feira não deixaram, pois fizeram um compromisso no mandato. “Na época ela [Neinha] estava sem mandato e está sendo vereadora porque o ex-vereador Tom foi eleito deputado. Respeito todos os vereadores e quero ser respeitado também”, finalizou.

“A gente tem que fazer papel de vereador e não ficar na mão de diretor de Hospital”, dispara Neinha

Vereadora Neinha

Vereadora Neinha (PTB)

A vereadora Neinha (PTB) rebateu as críticas feitas pelo edil Zé Curuca (DEM). Neinha ressaltou que quando cobrou a visita ao Hospital Clériston Andrade, ao invés do presidente da Comissão de Saúde, Zé Curuca, chamar os membros acabou chamando o vereador Alberto Nery (PT) que é oposicionista. “Zé Curuca vive na mão do diretor do HGCA”, disparou Neinha.

A edil ainda disse que o vereador Zé Curuca serve a dois senhores. “Se tem a demanda, o senhor vai à unidade com um vereador do PT e volta caladinho, omitindo informações. Inclusive a minha pessoa ele omite informações”, disse.

Neinha ainda negou que haja alguma magoa por ela nao ser a presidente da Comissão de Saúde da Casa. “O atual presidente da Comissão não sabe se está com o Município ou com o Estado. Quem se divide nunca vai saber ou trazer aquilo que o povo precisa. A gente tem que fazer nosso papel de vereador e não ficar na mão de diretor de hospital. Ser amigo é uma coisa, ocultar as informações é outra”, finalizou.

Lulinha pede que atrações dos festejos juninos sejam mescladas

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O vereador Lulinha (DEM) em seu discurso na sessão ordinária desta terça-feira (07), na Câmara Municipal de Feira de Santana, lembrou que as festas juninas estão se aproximando e pediu que o prefeito Colbert Martins Filho e o secretário de Cultura, Esporte e Lazer Edson Borges contratem bandas de grandes nomes e também artistas da terra.

“Se aproximam as festas juninas e temos instituído no Calendário de Festas do Município o São João e São Pedro dos distritos e a Prefeitura já está avaliando as contratações que serão feitas. Portanto, peço ao prefeito e ao secretário Edson Borges que contratem tanto bandas de nomes, como Os Clones, Asas Livres, Naldinho e também artistas da terra. Entendo que deva haver ainda outros ritmos e não apenas o forró pé de serra. Espero que o prefeito entenda a necessidade de mesclar as atrações”, pontuou Lulinha.

Presidente da Câmara diz que pretende convocar novos concursados em 2020

Presidente da Câmara diz que pretende convocar novos concursados em 2020

Momento do juramento de posse dos novos servidores – Foto: Anderson Dias

A Câmara Municipal de Feira de Santana empossou mais quatro novos funcionários públicos aprovados no concurso ocorrido em 2018. São eles: Clebson Silva de Jesus vai ocupar o cargo de interprete de libras e Mário Martins Rocha Neto irá atuar na função de fotógrafo. Já Mateus Souza de Oliveira e Felipe Alison Saraiva serão auxiliares legislativos. Todos foram empossados pelo presidente do Legislativo, José Carneiro Rocha (PSDB), nesta segunda-feira (6).

Na cerimônia, o presidente da Casa ressaltou a importância da contratação dos novos funcionários e pediu que todos exerçam seus cargos com honra e dedicação. “ Aqui o trabalho é árduo e diário. Estou feliz pelo crescimento da equipe. Espero que vocês vistam a camisa e façam o melhor.  Meu tempo como presidente é passageiro, porém o de vocês é efetivo. Cuidem desta instituição”, aconselhou.

José Carneiro acrescentou que no início de 2020 a Câmara convocará mais servidores.

Câmara de Feira gasta mais de R$ 70 mil com viagens de vereadores para cursos, fóruns e encontros

Câmara Municipal de Feira de Santana

Foto: Anderson Dias / Política In Rosa

Em um levantamento feito pelo site Política In Rosa através de dados disponíveis no Portal da Transparência da própria Câmara Municipal de Feira de Santana que compreende entre o período de 24/02/19 a 14/05/19, o Legislativo feirense gastou com inscrições e viagens de vereadores para cursos, fóruns e encontros um valor de R$ 78.155,00. Vale ressaltar que todas as despesas decorrentes da execução destes Decretos Legislativos são por conta de verba existente na Secretaria da Casa.

Vejam quais foram os cursos, fóruns e encontro: :: LEIA MAIS »

Projeto proíbe cobrança de taxas de pátio aos finais de semana e feriados em Feira de Santana

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (Patriota)

O vereador Marcos Lima (Patriota) apresentou na Câmara Municipal de Feira de Santana o projeto de lei 36/2019 na Câmara Municipal de Feira de Santana que dispõe sobre apreensão de veículos de duas e quatro rodas nas sextas-feiras, sábados, domingos, feriados e no último dia útil que anteceder a feriados em Feira de Santana. De acordo com o projeto, os veículos que forem apreendidos pela Superintendência Municipal de Trânsito de Feira de Santana nestes dias específicos, a diária do pátio terá início no primeiro dia útil subsequente. Na opinião do vereador, nesses dias não tem como fazer pagamento das taxas. “Então por que cobrar? Não há necessidade de cobrança nesses dias”, reafirmou o vereador.

O projeto diz ainda que, o proprietário de veículo apreendido que conseguir comprovar com documento de identificação oficial com foto será permitido retirar itens pessoais a qualquer momento. Ainda de acordo com a matéria, a SMT não poderá cobrar valores superiores aos estabelecidos pelo Estado da Bahia para a diária de pátio e guincho. A própria SMT ficaria responsável pela fiscalização da lei.

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Casa deu parecer contrário a proposta. A justificativa é de que ela possui vícios que impossibilitam a sua tramitação. “A matéria diminui a receita do Município de modo que tal redução não consta na Lei Orçamentária Anual”. A CCJR ressalta ainda que esse tipo de ação compete apenas ao Poder Executivo. “A Lei Orgânica Municipal diz que compete privativamente ao prefeito municipal projetos que implicam nas receitas para o Município”.

Líder do Governo diz que Secretaria de Meio Ambiente de Feira de Santana é apática

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (Patriota)

O vereador e líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Marcos Lima (Patriota), em seu discurso na sessão ordinária da última quarta-feira (24), voltou a repercutir as construções realizadas em cima de lagoas na cidade de Feira de Santana. “Até que enfim estão voltando a falar sobre o meio ambiente nesta Casa. Depois que o Atakarejo construiu é que estão falando. Quero falar também da Lagoa do Subaé, onde foi construído o Atacadão e até hoje não se viu nenhuma atitude contra a construção. Está se construindo um shopping na Avenida Nóide Cerqueira, onde também há lagoa e não houve contrapartida, mas houve licenciamento. Quem liberou este licenciamento sem contrapartida da empresa responsável pela construção? Até hoje não se fez nada em relação à proteção das lagoas”, criticou Marcos Lima.

E as críticas continuaram e sobrou até para o atual secretário, Arcênio Oliveira.  “Infelizmente a pasta está hoje com esse secretário e está parada. Não faz nada em relação ao meio ambiente. A proteção das lagoas que foi dado início das obras está parada, dinheiro público parado e até hoje não se fez mais nada em relação. O ex-secretário Sergio Carneiro encontrou nascentes entulhadas, retirou os entulhos e a nascente reviveu. Só se pensa na Secretaria de Meio Ambiente em apreensão de sons de carro e equipamentos sonoros. Temos que chamar a atenção do Governo e da Secretaria que precisa mostrar as ações”, afirmou.

Em aparte, o vereador Roberto Tourinho (PV) pediu que o líder governista peça a instauração de uma CPI na Casa para apuração da construção do Atacadão. “Marcos, Vossa Excelência, que foi quem indicou o chefe de gabinete da SEMMAM, deveria pegar cópia do processo do licenciamento do Atacadão e trazer para cá, pois todos os documentos foram levados ao Ministério Público na época. Eu esperava um comportamento diferente do senhor referente a denúncia do Atakarejo porque quem trouxe a denúncia a esta Casa na época foi o senhor”, sugeriu. :: LEIA MAIS »

Vereador denuncia irregularidade em obra do Atakadão Atakarejo

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PV)

O vereador Roberto Tourinho (PV) na sessão ordinária desta terça-feira (23), na Câmara Municipal de Feira de Santana, denunciou que a unidade do Atakadão Atakarejo inaugurada na avenida José Falcão cobriu o canal de macrodrenagem existente no local para construção do estacionamento. O parlamentar disse que a cobertura do canal, construído na década de 80, é irregular. Ele explicou que, no ano passado, durante a construção do supermercado seu colega Marcos Lima (Patriota) denunciou o caso na tribuna da Casa. “Eu era presidente da Comissão de Obras e Meio Ambiente e fui junto com vários vereadores verificar a situação. Vimos que o canal estava sendo coberto e questionamos. Quando saímos de lá fomos até o secretário de Desenvolvimento José Pinheiro, ele disse que não foi liberada a cobertura do canal de macrodrenagem. Pasmem vocês, quando voltamos a empresa acompanhados do secretário não permitiram nossa entrada. Ele assegurou que iria interditar a obra”, explicou.

Tourinho salientou que a vinda de novas empresas e a consequente criação de novos postos de trabalho é benéfica para a cidade. Mas que as mesmas devem respeitar e cumprir as leis do Município. “Não podemos permitir que se instalem à revelia. Que a empresa chegue e faça o que quiser. Isto só acontece em cidade que não tem prefeito”, reclamou. :: LEIA MAIS »

Zé Curuca pede Micareta em Humildes

Vereador Zé Curuca

Vereador Zé Curuca (DEM)

O vereador Zé Curuca (DEM) em seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta segunda-feira (22), para tecer elogios ao Governo Municipal pelo apoio na realização do Esquenta Micareta do distrito de Humildes, que aconteceu no último sábado (20). O edil fez questão de agradecer ao prefeito Colbert Martins, ao deputado José Nunes e ao ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho pelo incentivo. “Não posso deixar de citar os nomes desses parceiros que sempre me ajudaram a levar o melhor para o distrito de Humildes”, disse.

Curuca defendeu a ideia de oficializar um carnaval fora de época para Humildes. “Nosso distrito tem porte de cidade grande. Merecemos uma Micareta nossa. Vou lutar por isso”, afirmou.

“Sinto que ainda não é a vez dele”, dispara Carneiro sobre pré-candidatura de Zé Neto

Vereador José Carneiro (PSDB)

Vereador José Carneiro (PSDB)

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro Rocha (PSDB), foi questionado pelo site Política In Rosa sobre a pré-candidatura do deputado federal Zé Neto a prefeito de Feira. “Tenho por Zé Neto um grande respeito, mas eu sinto que ainda não é a vez dele. O grupo comandado por Zé Ronaldo não tenho dúvida que fará o sucessor, Colbert Martins, ou o próprio Martins pode se eleger já que faz um governo de continuidade. Acredito muito que pela liderança de Ronaldo ganharemos as eleições em 2020”, disse.

“Às vezes, o político se permite ser apiado”, diz vereadora

Vereadora Eremita Mota

Vereadora Eremita Mota (PSDB)

A vereadora Eremita Mota (PSDB), em seu discurso na sessão ordinária desta terça-feira (16), na Câmara Municipal de Feira de Santana, usou metáforas e histórias da sua infância para dizer que continuará com sua postura independente no Legislativo feirense. A edil fez a leitura de um pensamento de Douglas Coelho, que diz que as pessoas não devem depender de outras para fazer suas escolhas. “Aprendi isso com meu pai que era um agricultor. Às vezes, o político se permite ser apiado (peões usam esta palavra como sinônimo montar). A vida pública é comparada a isso. Comigo é diferente. Quando me candidatei adotei a ideia de que deveria andar com minhas próprias pernas e se não chegar ao 5º mandato não dependo disso aqui para viver. Se eu não ganhar a eleição, tenho certeza de que Feira de Santana sempre lembrará de Eremita”, afirmou a vereadora.

Eremita destacou ainda que consegue circular em todos os meios. “Eu fui convidada, por exemplo, para um evento do PT e o convite aconteceu pessoalmente”, disse a vereadora.

A edil pediu ainda aos colegas que a deixassem em paz e parassem de procurar saber da sua vida, principalmente a pessoal. “Não adianta ficar buscando informações da minha vida, até mesmo da minha vida particular. Se meu brilho está ofuscando alguém na política, tomem conta da sua vida, pois já vi muita gente naufragar porque cuidou da vida do outro. Eu cuido da vida do outro porque gosto de cuidar do outro e não da vida dele”, finalizou.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia