WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Operação Tapa buracos

:: ‘Câmara Municipal de Feira de Santana’

“Fiasco”, diz Alberto Nery sobre encontro de José Ronaldo

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT) considerou um “fiasco” o encontro promovido pelo candidato do Democratas ao Governo do Estado, José Ronaldo de Carvalho, na última segunda-feira (13), em uma casa de shows em Feira de Santana. O edil criticou a ausência do prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, e do candidato a Senador Jutahy Magalhães.

“Não acredito que os vereadores desta Casa acreditam que existe de José Ronaldo ganhar a eleição para o Governo do Estado. Fizemos um evento no Parque de Exposição e reunimos mais de 30 mil pessoas. Os vereadores acreditam mesmo que ele irá derrotar o nosso governador? Colocaram o ex-prefeito na guilhotina. Jutahy não veio, ACM Neto não veio. Não tinha um deputado federal presente. Tinha um João de Roma, um forasteiro. Vendo as fotos do evento percebemos que foi um fiasco”, criticou.

Vereador acusa governistas de comprar quentinha e dar transporte a participantes de eventos

Vereador Carlito do Peixe

Vereador Carlito do Peixe (DEM)

O vereador Carlito do Peixe (DEM) não ficou em silêncio e rebateu as críticas feitas pelo vereador Alberto Nery (PT) sobre o encontro promovido pelo candidato do DEM ao Governo do Estado, José Ronaldo de Carvalho. Carlito garantiu que o público presente no evento não foi obrigado, “como acontece nos eventos do PT”.

“Não diria que para uma segunda-feira, em horário de trabalho, aquilo foi um fiasco, como disse o nobre colega Alberto Nery. Foi um evento com casa cheia, as pessoas que lá estiveram foram de boa vontade e por apoio ao projeto de José Ronaldo para o Governo da Bahia. Quem tem o Governo na mão usa a máquina para comprar quentinhas, água e lotação para obrigar as pessoas a comparecer e lotar eventos. Aguardem que vocês irão ver a vitória”, afirmou justificando as ausências de ACM Neto e Jutahy Magalhães Junior. “Eles já tinham outros compromissos agendados”, concluiu.

Vereadores com partidos na base de Rui apoiam Ronaldo

Marcos Lima (PRP), Edvaldo Lima (PP) e Ron do Povo (PTC) - montagem Política In Rosa

Marcos Lima (PRP), Edvaldo Lima (PP) e Ron do Povo (PTC) – Montagem: Política In Rosa

A Câmara Municipal de Feira de Santana tem três vereadores que estão em partidos que fazem parte da base do Governo do Estado apoiam o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho que concorre nas próximas eleições ao cargo de governador. São eles: Marcos Lima (PRP), Edvaldo Lima (PP) e Ron do Povo (PTC). Não se sabe se os partidos cobram dos seus componentes com mandato a fidelidade partidária. Ao que parece não. Os três não fazem nenhuma questão de esconder de que lado estão.

Coligação de Rui

Ao todo 14 partidos compõem a coligação da chapa que tem como candidato a reeleição o governador Rui Costa. PT, PSB, PSD, PP, PC do B, PR, PDT, PRP, PMB, PTC, PMN, Podemos, Avante e Pros já garantiram o apoio a Rui.

Resultado do concurso da Câmara será divulgado no dia 22

Câmara Municipal de Feira de Santana

Câmara Municipal de Feira de Santana

O resultado do concurso público da Câmara Municipal de Feira de Santana será publicado no próximo dia 22 de agosto no Diário Oficial Eletrônico do Município, bem como no endereço eletrônico do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) responsável pela realização do certame. A nomeação dos candidatos aprovados dentro do número de vagas ofertadas obedecerá à estrita ordem de classificação, ao prazo de validade do Concurso Público e às disposições legais pertinentes. O processo de convocação para nomeação dos candidatos aprovados aos cargos será realizado através de publicação em jornal de circulação local, responsável pelas publicações das matérias oficiais do Poder Legislativo e correspondência oficial.

PUBLICAÇÕES

Na próxima quarta-feira (15) serão publicados: o Ato e resultado da análise de recursos contra o resultado preliminar da avaliação de aferição dos afrodescendentes e indígenas; o Ato e resultado definitivo da avaliação de aferição dos afrodescendentes e indígenas e a classificação preliminar do concurso público. Na quinta-feira (16) haverá a apresentação de recursos contra a classificação preliminar do concurso público. No dia 20, será encaminhado à Casa o resultado final e homologação do concurso público para publicação do diário oficial.

Por falta de quórum, sessão na Câmara de Feira é encerrada

Câmara de Feira encerra sessão por falta de quórum-foto-Política In Rosa

Câmara de Feira encerra sessão por falta de quórum / Foto: Política In Rosa

Às 8h45 o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador José Carneiro (PSDB) abriu a sessão desta segunda-feira (13) para logo em seguida encerrá-la. O motivo? Não havia quórum. Apenas cinco vereadores estavam presentes: Ron do Povo (PTC), Carlito do Peixe (DEM), Tom (PATRI), Gerusa Sampaio (DEM) e ele próprio.

O Regimento Interno da Casa exige que 1/3 dos vereadores estejam presentes, ou seja, sete deles. “Ainda demos a tolerância de 15 minutos. A sessão teria que ser aberta às 8h30. Fiz a minha parte e o meu papel de presidente cumprindo o Regimento e encerrando a sessão”, afirmou.

O presidente destacou ainda o grande número de vereadores que são candidatos a deputado e que a ausência pode ser em decorrência disto, muito embora Tom e Gerusa estavam presentes. “Cada vereador tem consciência dos seus compromissos e se não estão presentes tem os seus motivos e razões”, disse, justificando a ausência de alguns vereadores. Aos demais, Carneiro garantiu que cortaria o ponto, exceto os que apresentarem as devidas justificativas.

“Ao fazer parte de um grupo não vendi a minha alma e nem calei a minha voz”, dispara Tourinho

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PV)

O vereador Roberto Tourinho (PV) afirmou, em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, que nunca mudou o curso da sua trajetória política, ou seja, nunca se elegeu por uma coligação e no curso do mandato aderiu a qualquer que fosse o governo. “Se existe alguém que tem lado sou eu. Estou no meu sétimo mandato de vereador e durante seis deles fui vereador de oposição do primeiro ao último dia. Na última eleição o meu partido apoiou o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, mas isso não me tirou o direito, o raciocínio e muito menos a minha independência de me posicionar nessa Casa. Eu sou aliado, não sou alienado. Eu penso e tenho as minhas posições”, disparou.

Tourinho lembrou ainda que quando ficou insatisfeito com o ex-prefeito José Ronaldo fez questão de protocolar em seu gabinete uma solicitação em que o deixava a vontade para exonerar os poucos cargos que o pertencia. “O meu mandato é muito maior do que cargos que possam ter”, completou. Ele ainda ressaltou que é aliado do atual prefeito, Colbert Martins, mas que é ate o dia em que entender que deve se portar desta forma sem com isso lhe tirar o direito de divergir. “Não cheguei a esta Casa por causa de prefeito ou deputado. Cheguei principalmente pelo meu trabalho político e pelos amigos que tenho. Isso me dá a liberdade de votar como eu devo votar. Ao fazer parte de um grupo não vendi a minha alma e nem calei a minha voz”, explicou.

“Não mordo e assopro ao mesmo tempo”, diz José Carneiro

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

Após o discurso do vereador Roberto Tourinho (PV), dizendo que “é aliado político e não alienado” e que por isso age de acordo com a sua consciência na vida pública, o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB) parece que enviou não uma indireta, mas uma direta para o colega. Na sequência da fala de Tourinho, Carneiro disparou. “Quero dizer a quem interessar possa que não mordo e assopro ao mesmo tempo”.

E ainda fez uma observação, essa já se dirigindo diretamente ao colega. “O senhor não ficou a vida na oposição. O senhor se elegeu com o prefeito José Falcão e não fez oposição a ele”. Tourinho explicou que quando tomou posse em seu primeiro dia de mandato como secretário e assim que voltou a Casa já o fez como oposição. “Eu participei do Governo, por isso não fiz oposição”, explicou.

Não satisfeito, José Carneiro voltou a rebater. “O senhor também participou do Governo José Ronaldo como secretário”. E Tourinho mais uma vez não fugiu ao debate. “Participei do Governo porque participei da campanha, não fui candidato a vereador e fui convidado. Como também tive e tenho a total liberdade para dizer o que eu penso e o que eu acho”. Carneiro garantiu que também goza da mesma liberdade.

Líder do Governo espera verbas do Fundo Partidário para campanha

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Lulinha (DEM), falou sobre suas expectativas para as próximas eleições. O vereador, que é candidato a deputado estadual,  tratou da distribuição de verbas oriundas do Fundo Partidário. “Espero que dessa vez não destinem verbas apenas para as candidaturas de deputado federal e lembrem o vereador que os candidatos a deputados estaduais também precisam de recursos para suas campanhas”, concluiu.

“Proposta indecente”, diz Tourinho sobre chamado para Gerusa ser candidata a deputada federal

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PV)

Fazendo uma análise da candidatura da vereadora Gerusa Sampaio (DEM) a deputada federal, o vereador Roberto Tourinho (PV) pontuou algumas dificuldades que a candidata deverá enfrentar. “Para candidata a deputado estadual seriam necessários 45 mil votos. Para federal, a senhora vai precisar de 80 mil votos. Fica uma dica, comece pegando o apoio dos vereadores desta Casa, ligados ao seu líder, e que ainda não têm candidatos definidos”, sugeriu.

Tourinho lembrou ainda que em 2010, Colbert Filho foi candidato a deputado federal pela oposição e na eleição seguinte saiu candidato aliado de José Ronaldo e teve uma queda expressiva na votação. “Tenha cuidado. Esses candidatos que vêm de fora, são trazidos pelos líderes. Essa proposta que lhe fizeram é indecente”, alertou.

Gerusa era candidatura a deputada estadual e, na opinião de Tourinho, com reais chances de conseguir a sua eleição. Com a desistência de Zé Chico, o DEM ficou sem candidato a deputado federal e o ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho pediu que Gerusa ocupasse esse espaço que ficou vago.

“Se a Via Bahia estiver quebrada tem desvio de muito dinheiro”, dispara José Carneiro

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

Nesta terça-feira (07), o presidente do Legislativo feirense, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), falou sobre sua insatisfação com os serviços da concessionária Via Bahia em especial dos municípios de Santo Estevão, Antonio Cardoso e os demais da região na BR 116. Ele ainda lamentou a morte de seis pessoas em um acidente ocorrido recentemente na via citada. “Essas pessoas morreram em consequência da irresponsabilidade da Via Bahia e do Governo do Estado que não cobra providências. Isso não pode continuar. O nome disso é roubo, estelionato. Pasmem, ainda ouço falar que a Via Bahia está quebrada. Se estiver tem desvio de muito dinheiro”, finalizou.

12º aniversário da Lei Maria da Penha é lembrado por Gerusa Sampaio

Vereadora Gerusa Sampaio

Vereadora Gerusa Sampaio (DEM)

A vereadora Gerusa Sampaio (DEM) comemorou em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana o 12º ano de resistência da Lei nº 11.340, conhecida como Lei Maria da Penha. Esta lei garante o rigor nas punições de crimes domésticos. Para a democrata, só a aplicação da lei não é suficiente para frear as agressões contra as mulheres.

“Sabemos que os números de mulheres agredidas só têm aumentado. Isso é lamentável. Mas, há 12 anos temos disponibilizado amparo para as mulheres que têm a coragem de denunciar. Há 12 anos a agressão era vista como algo comum nos relacionamentos. Hoje é diferente. Temos muito o que fazer ainda. Volto a dizer que precisamos tratar o agressor, o homem que comete esse crime está psicologicamente doente e necessita de tratamento e reintegração social. Precisamos educar nossos filhos de maneira diferente. Precisamos mudar essa cultura”, defendeu.

“Concurso da Guarda Municipal é para enrolar o povo”, diz vereador

Vereador Zé Filé

Vereador Zé Filé (PROS)

O vereador Zé Filé (PROS) criticou o número de vagas disponibilizadas no edital do concurso da Guarda Civil Municipal de Feira de Santana. Para Filé, o Município está indo de encontro com a Lei 56/2016, que estabelece o número de 471 guardas municipais em atuação no município, que tem uma população de 627.470 habitantes. “Esse concurso é para enrolar o povo. Em Feira de Santana existem 155 guardas, enquanto deveria ter 471. É uma falta de respeito com o povo feirense. Assim como o gestor que faliu Feira de Santana, esse de agora também não tem condições de administrar nossa cidade”, criticou.

Em aparte, o vereador e líder governista, Lulinha (DEM), rebateu as críticas. “O nobre colega não leu o edital do concurso. Inicialmente, serão convocados 50 aprovados no concurso e haverá cadastro de reserva, podendo convocarem, posteriormente, até 500 novos guardas municipais”, explicou.

Vereadores e secretário foram barrados em fiscalização de obras

Vereador Gilmar Amorim

Vereador Gilmar Amorim (PSDC)

O vereador Gilmar Amorim (PSDC) em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta segunda-feira (06), contou que foi barrado durante a visita às obras de construção de um supermercado em uma área localizada entre as avenidas de Canal e José Falcão da Silva. O edil estava acompanhado dos vereadores Alberto Nery (PT), Marcos Lima (PRP) e Roberto Tourinho (PV) e o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro.

“Confesso que fiquei muito decepcionado com a forma como fomos tratados. Estávamos lá para cumprir o nosso dever. Realmente foi constatado que a construção do supermercado invade parte da área pertencente à Prefeitura. De imediato o secretário enviou um fiscal, que embargou a obra. Da mesma forma como fiscalizamos uma pessoa comum que constrói em lugar inapropriado também fiscalizaremos grandes empresas. Os grandes empresários têm que entender que em Feira de Santana existem leis e elas devem ser cumpridas”, concluiu.

Projeto altera edital do concurso da Guarda Municipal

Câmara Municipal de Feira de Santana

Câmara Municipal de Feira de Santana

O vereador e presidente do Legislativo feirense, José Carneiro Rocha (PSDB), recebeu nesta segunda-feira (06) o Projeto de lei complementar nª 007/2018, de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre alterações nos dispositivos da Lei Complementar nª 056, de 11 de julho de 2011, que dispõe sobre o Estatuto da Guerra Municipal, institui novo plano de carreira e dá outras providências.

O Projeto, entregue à Casa pelo secretário municipal de Prevenção à Violência, Pablo Roberto, altera o inciso VI, do artigo 23 da Lei Complementar nª 056/2011, modificando do requisito da estatura para provimento dos cargos da Guarda Municipal, passando para 1,60m para homens e 1,55 para mulheres. “Com essa alteração, ficamos tranquilos quanto ao aumento da possibilidade dos cidadãos poderem participar desse importante concurso. A Guarda Municipal de Feira de Santana é uma instituição de extrema importância para nosso município, tem credibilidade e, com certeza, muitos concorrentes estarão dedicados a fazerem parte da Família Azul Marinho”, destacou o presidente.

Líder do Governo alfineta presidente da Câmara

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

A votação que aprovou o projeto de lei de autoria do vereador Alberto Nery (PT) que dispõe sobre a divulgação das listagens dos pacientes que aguardam por consultas com especialistas, exames e cirurgias na rede pública do município de Feira de Santana foi apertada. Após um empate, o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro (PSDB), teve que usar o seu voto de minerva. Carneiro optou pela aprovação da matéria para que ela não ficasse prejudicada, já que vários vereadores tinham simpatia pela mesma.

O líder do Governo, vereador Lulinha (DEM), orientou a bancada governista que não aceitasse a sua aprovação porque algumas pessoas poderiam não gostar de ver o seu nome exposto. Chateado com o voto do colega, Lulinha disparou: “José Carneiro já tem quatro votos garantidos para a sua reeleição de presidente desta Casa”. O presidente não deu importância ao seu colega e disse que não responderia a sua fala infeliz.

José Carneiro diz que exigência de tamanho no concurso da Guarda Municipal pode ser revista

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro (PSDB), em seu discurso informou que haverá concurso público para a Guarda Municipal e fez uma ressalta em relação a um dos critérios de aprovação do certame. “Há a exigência de tamanho: mínimo de 1,70 para homens e 1,65 para mulheres. Acredito que esta exigência pode ser revista e seguir o concurso do Rio de Janeiro, onde a estatura mínima para o homem é de 1,65 e para as mulheres 1,60. Tenho vontade de convencer o secretário a realizar esta mudança no concurso da nossa cidade”, disse.

Vereador critica condições da estrada que dá acesso a praia de Cabuçu

Vereador critica condições da estrada que dá acesso a praia de Cabuçu

Foto: Lulinha na estrada de Cabuçu / Montagem Política In Rosa

O vereador e líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Lulinha (DEM), ao fazer visitas a lideranças suas da região, criticou as condições da estrada que dá acesso a praia de Cabuçu. “Ontem em visita a praia de Cabuçu encontramos a estrada cheia de buracos.Um jovem estava no local ajudando os motoristas tampando os buracos aceitando em troca uma gratificação dos motoristas. Há vários meses ouvi em meios de comunicação de que essa mesma estrada já estava sendo recuperada. Recebemos foi a informação que a obra está parada”, reclamou Lulinha.

Cintia Machado poderá apoiar o pré-candidato a deputado federal João Roma

Cintia Machado e João Roma / montagem Política In Rosa

Cintia Machado e João Roma / montagem Política In Rosa

A vereadora Cintia Machado (PRB), em entrevista no programa Ronda Geral da Rádio Cidade FM, destacou que já tem o seu deputado federal, mas que ainda não anunciará. “Primeiro temos que conversar com os de casa. Marcamos uma reunião do nosso grupo para que eles saibam. Não posso anunciar se eles não souberem primeiro, não seria honesto. É uma pessoa boa, um nome novo, que já trabalha há muito tempo com o prefeito ACM Neto. Pode ser que seja o pré-candidato a deputado federal João Roma”, explicou. Cíntia confirmou mais uma vez que o seu apoio para deputado estadual seria para o seu tio Targino Machado.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia