WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mobilidade - CoronaVírus X Transporte SECOM - AÇÕES FEIRA

:: ‘Câmara Municipal de Feira de Santana’

Vereador denuncia precariedade das estradas e ruas do município

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PSB)

O vereador Roberto Tourinho (PSB) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (29), para relatar a “situação de abandono” das estradas e ruas do município, dando destaque para as vias da zona rural.

O parlamentar citou que, ao visitar o distrito de Humildes durante o final de semana, encontrou estradas danificadas que atrasaram o seu trajeto. Ele acrescentou que a situação se repete nos demais distritos e em diversos povoados como Caroara, Pau Seco e Doutor.  E declarou: “são poças de lama, atoleiro e buracos que fazem com que pequenos roteiros durem mais de 40 minutos”.

Roberto Tourinho também afirmou ter identificado condições precárias em ruas do bairro Asa Branca, Campo Limpo, Subaé e SIM. “Buracos, lama, crateras e moradores completamente ilhados. Quem transita em uma avenida como a Artêmia Pires – que leva a uma grande quantidade de condomínios – tem ficado perplexo com a quantidade de buracos”, descreveu. :: LEIA MAIS »

Vereador relata dificuldade para conseguir atestado de óbito

Vereador Edvaldo Lima

Vereador Edvaldo Lima (MDB)

O vereador Edvaldo Lima (MDB) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta segunda-feira (29), para questionar a Secretaria Municipal de Saúde: “Como procede quando alguém falece dentro da própria residência de causas naturais, depois das 18 horas?”.

O parlamentar narrou o caso de uma idosa, de 95 anos, que faleceu em casa e os familiares só conseguiram o atestado de óbito, após recorrer a ele. “A senhora faleceu depois das 18 horas. Os familiares ligaram para o SAMU, mas informaram que não era lá e que deviam recorrer a policlínica, pois é responsabilidade do médico dar o atestado. Quando chegaram na Policlínica do Tomba, receberam a resposta que só no dia seguinte as 08 horas da manhã para conseguir o atestado. E quando ligaram para funerária, eles informaram que não podem tocar no corpo sem o atestado de óbito emitido pelo médico. Os familiares ficaram sem saber como prosseguir, com o corpo da idosa na cama, e precisaram recorrer ao vereador”, contou.

Ele afirmou que quando ligou para Secretaria de Saúde para interceder “não fui bem recebido pelo telefone e fui obrigado a agir de forma mais dura”.  “A Secretaria de Saúde tem responsabilidade de conduzir, de orientar as unidades de saúde, o médico de plantão tem obrigação de dar o atestado”, declarou . :: LEIA MAIS »

Vereador quer abrir CPI para investigar empresas de transporte público

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT), em seu discurso na sessão virtual realizada pela Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta segunda-feira (22), anunciou que pretende abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades nas empresas de transporte público que atuam no município.

Nery reforçou a necessidade de averiguar as informações contratuais das empresas em CPI, porque “tivemos 300 trabalhadores demitidos e vemos, todos os dias, as pessoas postando sobre os veículos extremamente lotados porque a empresa disponibilizou o mínimo da frota na rua. Houve uma auditoria solicitada pelo prefeito em 2018, que nós não sabemos o fim, mas, eu queria comunicar aos meus colegas vereadores que darei entrada ao pedido de CPI para que nós possamos apurar e fazer um raio-x realidade do sistema de transporte da nossa cidade, porque da forma em que ele está sendo conduzido, a qualquer momento a população pode ficar sem transporte”, justificou.

Vereador diz que vai entrar com ação no MP para anular sessão por videoconferência

Vereador Edvaldo Lima

Vereador Edvaldo Lima (MDB)

O vereador Edvaldo Lima (MDB), em entrevista ao programa Levante a Voz da Rádio Sociedade News, informou que irá pedir a anulação da sessão ordinária por videoconferência que aconteceu nesta terça-feira (16). “Cheguei a Câmara de Vereadores hoje pela manhã e fui tomado como surpresa. Não fui comunicado oficialmente e nem por nenhum meio de comunicação que a sessão ordinária seria por videoconferência. Quando cheguei que fui comunicado por meus colegas que estavam presentes na sessão por videoconferência e que eu deveria abrir através de um link para participar, caso contrário, não participaria da sessão”, informou Edvaldo.

De acordo com o edil, o Legislativo feirense é um órgão público e tudo tem que ser oficializado em documento. Quando não é oficializado em documento, isso traz má fé. “Estou aqui condenando a postura do presidente em exercício, Alberto Nery (PT), que não fez comunicação para este vereador e se fez para os demais, eu não tomei conhecimento. Quero deixar claro que irei entrar com uma ação no Ministério Público solicitando a anulação da sessão ordinária desta terça-feira (16)”, declarou.

Ainda de acordo com o edil, ele tem várias indicações na Casa e não teve como debater, pois não teve acesso a sessão. “Isso não pode acontecer. A Câmara de Feira parece que está virando a casa de mãe chica”, finalizou.

Edvaldo publicou portaria em suas redes sociais

O que causa estranheza é que o vereador disse não ter conhecimento da realização das sessões por videoconferência e ao mesmo tempo em uma das suas redes sociais a portaria da Casa da Cidadania estava publicada. Ao que parece quem publicou nas redes sociais do vereador esqueceu de avisar a ele ou ele mesmo não confere de perto as suas publicações.

Câmara de Feira realizará sessão por videoconferência

Câmara Municipal de Feira de Santana

Câmara Municipal de Feira de Santana

A Câmara Municipal de Feira de Santana publicou uma Portaria assinada pelo presidente interino do Legislativo, vereador Alberto Nery (PT), avisando que entre os dias 16 e 30 de junho as sessões ordinárias seriam realizadas de forma virtual, ou seja, por meio de videoconferências no Google Meet. A decisão foi tomada considerando o grande aumento de casos da Covid-19 no município, a medida visa reduzir a possibilidade de contágio e salvaguardar a saúde dos funcionários, servidores e vereadores.

Estarão presentes no plenário, o presidente interino da Câmara, o 2º vice-presidente – vereador Marcos Lima – e o 1º secretário da Casa – Cadmiel Pereira. A população pode acompanhar as sessões pela transmissão ao vivo, realizada pela TV Câmara ou buscar pelo canal do Youtube: “Ascom Câmara Feira”.

Mais um vereador de Feira de Santana com coronavírus

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

Após o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (MDB), testar positivo para o coronavírus, outro edil confirma que fez o exame e testou positivo. O vereador foi Lulinha da conceição (DEM).

“Fiz na semana passada o exame do coronavírus e, nesta quarta-feira (03), recebi o resultado positivo. Estou em casa isolado, com poucos sintomas e pedindo a Deus para que eu possa vencer essa luta. Peço que fiquem em casa”, disse Lulinha ao site Política In Rosa.

Presidente da Câmara de Feira faz exame e é diagnosticado com Covid-19

Vereador José Carneiro Rocha

Vereador José Carneiro Rocha (MDB)

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro (MDB), usou suas redes sociais para informar a comunidade de que foi diagnosticado com o Covid-19. O presidente disse que não está sentindo nenhum sintoma da doença, mas que obedeceria as recomendações das autoridades sanitárias.

“Segunda-feira (01) saí da Câmara e fui fazer o teste do Covid-19. Nesta quarta-feira (03) recebi o resultado e, comprovadamente, estou infectado com coronavírus. Não sinto absolutamente nada, mas vou fazer o que os profissionais de saúde orientam e determinam, vou me isolar”, disse.

José Carneiro diz que declaração de Isaías foi infeliz

Vereador José Carneiro Rocha

Vereador José Carneiro Rocha (MDB)

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro Rocha (MDB), falou ao site Política In Rosa sobre as declarações do vereador Isaías de Diogo de que alguns edis estão insatisfeitos com o líder do Governo, Marcos Lima (DEM). “Declaração infeliz. Essa é uma prerrogativa exclusivamente do prefeito Colbert Filho. Pode não está sendo bom para Isaías, mas está sendo útil para o prefeito. Então, eu acho que ele foi muito infeliz e tem que respeitar que essa decisão não é dele, nem minha nem de ninguém. É do Poder Executivo”, declarou.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia