WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Coronavírus MAIS SAUDE-BAHIA-SESAB-CORONAVÍRUS

:: ‘Camaçari’

Ex-prefeito é condenado a devolver mais de R$ 5,5 milhões aos cofres públicos

Ademar Delgado das Chagas

Ademar Delgado das Chagas

O ex-prefeito de Camaçari Ademar Delgado das Chagas foi condenado pela Justiça, a pedido do Ministério Público estadual, a ressarcir os cofres públicos municipais em mais de R$ 5,5 milhões. Foram determinadas também perda da função pública e suspensão dos direitos políticos por três anos.  Proferida no último dia 20, a sentença acatou ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Everardo Yunes, que apurou atos de improbidade administrativa cometidos pelo ex-prefeito nos exercícios financeiros de 2013 a 2016.

Segundo a decisão, o MP comprovou que Ademar Chagas, quando prefeito, deixou de cobrar aos permissionários do mercado municipal de Camaçari tarifas de serviços públicos usufruídos por eles, principalmente o fornecimento de água e energia elétrica. As despesas municipais com esses serviços, no período, foram de R$ 2,4 milhões com a Coelba e de R$ 3,1 milhões com a Embasa. :: LEIA MAIS »

Camaçari: Feiras Itinerantes estão suspensas

Camaçari Feiras Itinerantes estão suspensas

Foto: Tiago Pacheco

A partir desta quarta-feira (25/3) estão suspensas as Feiras Itinerantes, realizadas na Prefeitura de Camaçari, Fórum Clemente Mariani e nas localidades de Arembepe, Jauá, Barra do Pojuca, Barra do Jacuípe, Algarobas e Gleba E. As atividades serão retomadas quando for seguro para produtores e consumidores, em relação ao novo coronavírus.

Esta decisão foi tomada pela Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap) em cumprimento às medidas de combate à Covid-19 para evitar a circulação do vírus através dos produtos, agricultores e clientes. Tendo em vista que nas feiras, naturalmente, ocorrem aglomerações de pessoas. (PMC)

Jauá vai receber investimento de mais de R$ 10 milhões em obras de infraestrutura

Jauá vai receber investimento de mais de R$ 10 milhões em obras de infraestrutura

Foto: Thiago Canuto

O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, assinou as ordens de serviço para realização de várias obras de infraestrutura, esporte e lazer para toda a localidade. Ao todo, serão investidos R$ 10 milhões para reforma da praça e requalificação de todo o entorno da Lagoa de Jauá, construção de equipamentos esportivos, ações de acessibilidade, pavimentação e requalificação de 42 ruas. O anúncio foi feito em um dia simbólico: hoje completa 22 anos que a praça foi inaugurada na gestão do atual vice-prefeito, José Tude.

Através de vídeo com animação em 3D, o prefeito apresentou para os moradores o projeto que contempla a instalação no local de pisos de bloco de concreto intertravados, elaborando um layout em diversas cores, além de trechos em placas de concreto lonado com molduras em granito; construção de quioques, parque infantil e monumento em homenagem aos quatro pescadores da comunidade desaparecidos em novembro de 2012. O projeto contempla ainda uma pista de skate, uma quadra poliesportiva, um vestiário e um campo de futebol com arquibancadas.

A antiga vila de pescadores, famosa pelas praias com quebra-mar e formação de piscinas naturais, ganhará mais um importante atrativo turístico: um deck de madeira no entorno da lagoa, com elevado de acesso ao papagaio. Realizado pela Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur) e Secretaria de Turismo (Setur), o projeto já passou pela validação da comunidade, análise de dotação orçamentária e licitação. A previsão de execução das obras é de 10 meses. :: LEIA MAIS »

Prefeitura dará reajuste de 4,31% a servidores efetivos da administração direta e indireta

Prefeitura de Camaçari

Prefeitura de Camaçari – Foto: Reprodução

A Prefeitura de Camaçari concederá, já na folha do mês de janeiro, reajuste salarial de 4,31% aos servidores efetivos da administração direta e indireta do município. A porcentagem corresponde ao índice inflacionário do exercício de 2019, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Segundo a gestão, a correção atende ao previsto na Lei Municipal nº 1.579/2019 e, além dos servidores de cargos de provimento efetivo da administração direta e indireta do município, está prevista ainda para os inativos e pensionistas que tiveram seus benefícios concedidos com garantia de paridade aos servidores ativos.

De acordo com as secretarias da Fazenda (Sefaz) e da Administração (Secad), o reajuste representa o cumprimento do que foi negociado com os servidores ainda no exercício de 2019. Para o prefeito Elinaldo Araújo, o reajuste é um direito de todo servidor público e os valores repassados atendem ao que foi acordado no ano passado. :: LEIA MAIS »

Prefeito de Camaçari cobra mais investimentos da Embasa

Prefeito de Camaçari cobra mais investimentos da Embasa

Foto: Kelvi Lima

O prefeito Elinaldo Araújo recebeu, no final da tarde da última terça-feira (17), o presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A (Embasa), Rogério Costa Cedraz; o diretor de Operação e Expansão da Região Metropolitana, Carlos Ramirez; e a gerente do escritório da Embasa em Camaçari, Thaís Vieira. A reunião, convocada pelo gestor do município, teve como pauta a solicitação de mais investimentos na cidade por parte da empresa, de forma que o sistema de abastecimento de água seja ampliado, bem como o de esgotamento sanitário, para que alcance todo o território municipal, tanto Sede quanto Costa.

Ainda foi debatido no encontro o serviço de recuperação asfáltica das vias em que a Embasa realiza intervenções, especialmente àquelas em que o governo já realizou a requalificação. Além de questões operacionais, a reunião também teve espaço para falar sobre a renovação contratual entre a empresa e o município, que será pauta de outros encontros. O primeiro está agendado para o dia 14 de janeiro de 2020, às 9h, no gabinete, ocasião em que a Embasa apresentará os planos de investimentos para Camaçari e os prazos de execução deles, para que a partir daí a Prefeitura possa avaliar se manterá a gestão dos sistemas de água e esgoto da cidade sob responsabilidade da Embasa.

“Quero que todas as famílias de Camaçari vivam de forma digna e para isso é preciso garantir serviços básicos essenciais, como o fornecimento de água e a implantação da rede de esgoto, e por isso estamos dialogando com a Embasa, pois essas são coisas que não podemos abrir mão. Camaçari é uma cidade grande e representa uma importante fatia dos recursos arrecadados pela empresa, dessa forma deve receber uma atenção especial”, ressaltou o prefeito Elinaldo Araújo. :: LEIA MAIS »

Camaçari investirá mais de R$ 3 milhões por ano em Policlínica Regional

Camaçari investirá mais de R$ 3 milhões por ano em Policlínica Regional

Foto: Kelvi Lima

Na manhã da última sexta-feira (29) foi inaugurada a Policlínica Regional Metro Recôncavo Norte, situada em Simões Filho, que atenderá aos municípios de Camaçari, Conde, Dias d’Ávila, Lauro de Freitas, Mata de São João e Simões Filho. A unidade será mantida de forma conjunta entre os municípios consorciados e Governo do Estado, onde 40% serão custeados pelo Estado e 60% pelos municípios, conforme coeficiente populacional. A Prefeitura de Camaçari informou que investirá anualmente mais de R$ 3 milhões na unidade que oferecerá consultas e exames especializados à população.

Para o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, o investimento faz parte dos avanços realizados na Regulação Municipal. “Temos nossas cotas de consultas e exames garantidas na Policlínica Regional. Com isso, estamos agregando mais especialidades e um maior número de consultas e exames à disposição de nossa população”.

O secretário de Saúde, Elias Natan, explica como acontecerá a regulação dos pacientes para a Policlínica Regional. “Os usuários serão regulados normalmente como acontece com todas as especialidades em Camaçari. Eles irão até a unidade de saúde de referência e solicitarão a marcação. Aí a Regulação agendará o procedimento ou consulta nas clínicas conveniadas e rede própria em Camaçari ou aqui na Policlínica Regional. E para trazer os pacientes até aqui o município custeará a manutenção de dois micro-ônibus que farão o transporte diário dos usuários”. :: LEIA MAIS »

Senai Cimatec Park é um salto rumo ao desenvolvimento, afirma Rui Costa

Senai Cimatec Park

Foto: Manu Dias

O governador Rui Costa participou da inauguração do Senai Cimatec Park, na tarde desta segunda-feira (11), no Polo Industrial de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O complexo de inovação tecnológica e industrial está instalado em uma área de 4 milhões de metros quadrados. A inauguração faz parte da primeira etapa do complexo, que inclui 10 galpões industriais e um prédio administrativo.

Para o governador, o Senai Cimatec Park representa “a entrada da Bahia e do Brasil na disputa do novo emprego no mundo. Hoje a diferença se dá entre quem investe em pesquisa e tecnologia e quem não investe. Essa inauguração significa um passo adiante para que juntos possamos trabalhar para o desenvolvimento do conhecimento e para a criação de novas empresas a partir da tecnologia, gerando empregos, renda e crescimento econômico. É esse salto que o Brasil precisa dar, e hoje a Bahia deu um passo importante rumo ao desenvolvimento”.

O Senai Cimatec Park é um empreendimento da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) e tem investimento de R$ 80 milhões, oriundos de recursos da Confederação Nacional da Indústria (CNI), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O presidente da Fieb, Ricardo Alban, destacou a importância do Senai Cimatec Park para a formação de novos profissionais. “Nós precisamos capacitar nossos profissionais e essa é a grande expertise do Senai Cimatec: treinar a profissão do futuro. O diferencial que teremos é criar um ambiente que permita reter na Bahia a nossa inteligência e desenvolver talentos”, disse. :: LEIA MAIS »

Presidente da Câmara de Camaçari é acusado de superfaturar contrato de controle de pragas

Câmara Municipal de Camaçari

Câmara Municipal de Camaçari

O presidente da Câmara Municipal de Camaçari, Manoel Jorge de Almeida Curvelo, foi acionado pelo Ministério Público estadual em ação civil pública ajuizada nesta segunda-feira (04). O promotor de Justiça Everardo Yunes solicita que, em decisão liminar, a Justiça determine à Câmara de Vereadores a suspensão de contrato firmado este ano pelo parlamento com a empresa Larclean Saúde Ambiental Ltda. Segundo Yunes, há irregularidades no contrato, inclusive indícios de superfaturamento, que configuram atos de improbidade administrativa cometidos pelo presidente da Casa Legislativa e pela empresa.

Conforme a ação, foi firmado um contrato, com vigência até 31 de dezembro de 2019, no valor total de aproximadamente R$ 140 mil para prestação de serviços de desinsetização, desratização, descupinização e “afins” a serem executados nas áreas externa e interna da Câmara. O valor é quase 80 vezes maior que o valor gasto em 2018 (R$ 1,8 mil) para o mesmo tipo de serviço, que foi pouco superior às despesas de 2017 (R$ 1 mil). Além disso, o promotor aponta que o contrato não traz os valores unitários, específicos por metro quadrado, cobrados para cada tipo de serviço, ainda que cada um deles requeira a utilização e aplicação de diferentes produtos. O contrato também estabelece, sem qualquer estudo técnico prévio à contratação, o controle de pragas com quatro reaplicações em todas as áreas do prédio do parlamento municipal. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia