WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘BRT de Feira de Santana’

Vereadores averiguam funcionamento do BRT e tecem críticas

Foto: Anderson Dias/site Política In Rosa

Na manhã desta quarta-feira (14), uma comissão de vereadores foi averiguar o andamento do BRT. O sistema passou a operar em fase experimental assistida para a sua implantação. A comissão foi composta pelos vereadores Alberto Nery (PT), Roberto Tourinho (PSB) e Josafá Ramos (Patriota).

Na visita, o vereador Alberto Nery disse que o sistema BRT não passa de uma fraude. “Cinco anos após o início da construção do sistema, que era para entrar em operação em 18 meses, se inicia o BRT com carros velhos e convencionais que não são padronizados para sistema. Ele deveria começar com carros articulados. Todos os carros teriam que ser com ar-condicionado, coisas que não estão sendo observadas”, disse.

Nery lembrou ainda que operação está sendo feita com quatro veículos: dois da empresa Rosa e dois da São João. “Carros que não estão dentro dos padrões para atender ao BRT. As estações não tem nenhuma estrutura para receber passageiros. Não tem sanitário e nem sequer foram limpas para receber a população. Entendemos que o propósito é apenas eleitoreiro e não visa o benefício e a melhoria do sistema de transporte da nossa cidade e do povo de Feira de Santana”, afirmou.

Nery prometeu ainda provocar o Ministério Público para que cobre aquilo que está proposto no edital. “Se não tiver proposto no edital, precisa ser revisto o preço tarifário praticado e todo o sistema de transporte porque houve uma licitação e essas empresas teriam que estar operando dentro dos padrões da licitação. Se as empresas alegam que estão tendo prejuízos, compete ao poder público subsidiar os demais recursos para resolver o problema do sistema. O que não pode é a gente ter um sistema precário porque os empresários alegam que estão tendo prejuízos e o poder público não toma nenhuma providência”, declarou.

Roberto Tourinho também foi enfático em sua opinião: o sistema é uma verdadeira fraude. “A Prefeitura anuncia que chegaram quatro ônibus novos. Estive em um dos ônibus e constatei que tem quase 230 mil quilômetros rodados no quadro. A Prefeitura anunciou ainda que nos próximos 15 dias seria cobrada tarifa zero. Ou seja, estamos há 31 dias das eleições. No edital está previsto uma tarifa diferenciada quando o BRT começar a funcionar, ou seja, a tarifa será mais cara. O edital diz também que são ônibus articulados com ar condicionado. Vi ônibus comuns que vieram, inclusive, de outras cidades para dizer que está inaugurando o BRT”, disse. :: LEIA MAIS »

Líder defende Governo da acusação de vereadores oposicionistas: “É politicagem”

Vereadores em visita ao sistema BRT no terminal central – Foto: Anderson Dias/site Política In Rosa

Logo após a visita de uma comissão dos vereadores ao Sistema BRT, que entrou em operação experimental nesta quarta-feira (14), o vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM), rebateu as críticas dos colegas. Em entrevista ao site Política In Rosa, Marcos lamentou ver vereadores em plena campanha eleitoral, com um deles candidato a prefeito e outro candidato a vereador, criticar o sistema que ainda está sendo implantado em Feira de Santana, inclusive experimentalmente. “O sistema está sendo ajustado, treinando os motoristas e treinando os monitores para poder prestar esse serviço a cidade. Quem ganha com isso é a cidade, pois melhora o transporte público de nosso município”, disse.

Para Marcos, o BRT já é uma realidade em Feira de Santana. “Os ônibus e as linhas estão aí e isso que é importante. Nesse momento o que estão querendo fazer é politicagem. A oposição não está feliz em saber que o BRT vai funcionar, que o BRT está funcionando e que os ônibus vão circular. Isso incomoda quem é da oposição. Eles criticaram tanto ao longo dos anos, atrapalharam tanto e agora que estão vendo a realidade vem correndo na estação do transbordo. Isso me deixa muito entristecido e decepcionado com esses tipos de candidatos e de vereadores tentando mudar a realidade e o foco que é trazer uma qualidade melhor no transporte público de Feira de Santana”, finalizou.

Prefeitura de Feira inicia operação assistida de implantação do sistema BRT

Foto: Jorge Magalhães

Na manhã desta terça-feira (13), foram apresentados os três primeiros dos sete novos ônibus que passam a operar nesta fase experimental assistida de implantação do sistema BRT (Bus Rapid Transit) da Prefeitura de Feira de Santana, assim como ocorreu no lançamento do metrô na capital baiana.

De acordo com a Prefeitura, cerca de 70% dos usuários que utilizam o transporte público na cidade serão beneficiados com mais conforto, segurança e agilidade no percurso ao se deslocarem no Centro pelas avenidas Getúlio Vargas (Linha BRT 1) e João Durval (Linha BRT 2).

Segundo informações da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), a facilidade de embarque e desembarque do passageiro no mesmo nível nas estações elevadas através de portas laterais posicionadas do lado esquerdo dos veículos – no sentido de parada nas estações – reduzirão o tempo de frequência entre um ônibus e outro para apenas 10 minutos.

Parte da frota dos ônibus de BRT, operados pelas concessionárias Rosa e São João, estão equipados com ar condicionado, portas USB laterais nos assentos, bilhetagem eletrônica, sistema de monitoramento em tempo real por GPS e plataformas elevatórias com total acessibilidade para usuários com dificuldade ou nenhuma mobilidade. :: LEIA MAIS »

75% das obras de construção civil do sistema BRT estão concluídas, diz secretário

Secretário de Planejamento, Carlos Brito

Secretário de Planejamento, Carlos Brito – Foto: ACM

O secretário de Planejamento, Carlos Brito, destacou que o cronograma de obras do sistema BRT de Feira de Santana está bastante adiantado com a parte de construção civil feita pela Via Engenharia, cujos serviços estão concluídos em 75%. “Toda a rede de drenagem estará terminada até o mês de dezembro deste ano, sendo que 42 poços foram executados, 2.669 metros da rede de tunnel liner foram finalizadas, restando apenas 495 metros da rede em concreto para que nós possamos concretizar as obras até o Riacho do Fato”, explica.

Brito ressalta ainda que estão em fase de final o corredor da Avenida João Durval; as oito estações da Avenida Getúlio Vargas – faltando apenas detalhes para ficarem prontas; e em construção o prédio da Central de Controle Operacional do BRT, na avenida Francisco Pinto. O secretário informa ainda que os equipamentos de integração, controle e monitoramento estão com as licitações marcadas para ao próximo dia 06 de novembro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia