WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


185 anos de Feira de Santana

:: ‘Alagoinhas’

Prefeitura assina termo de adesão e Alagoinhas recebe novos veículos escolares

Prefeitura assina termo de adesão e Alagoinhas recebe novos veículos escolares

Foto: Divulgação

Alagoinhas deu um novo passo rumo a avanços na mobilidade e na educação: com termo de adesão assinado nesta quarta-feira (12), a população já pode esperar a chegada de 5 novos ônibus, que devem compor a frota escolar. O recurso, da ordem de R$ 1.110.864, é do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a Prefeitura entra com uma contrapartida de R$ 85.702. “Estamos muito felizes em saber que os veículos contribuirão efetivamente para os nossos alunos. São ônibus que chegam para atender a população e fazem parte do compromisso da gestão Joaquim Neto. Então, além de patrimônio público, são equipamentos que vêm para somar nesse processo de transformação, garantindo o acesso de estudantes às unidades de ensino. Comunidades que não eram atendidas poderão contar agora com transporte escolar de qualidade. Nosso intuito é proporcionar essa cobertura a alunos de toda a rede municipal”, enfatizou o secretário municipal de educação, Fabrício Faro.

Segundo Fabrício, o fato do município ter sido contemplado com os veículos também é reflexo da projeção de Alagoinhas no cenário baiano. “Estamos sempre insistindo, buscando, nos articulando, enquanto governo, para trazer melhorias para a educação em Alagoinhas. A chegada dos novos ônibus só reverbera o empenho que temos tido na busca por recursos e o comprometimento do nosso prefeito. O sentimento é muito bom ao ver nossa cidade prestigiada”, afirmou Faro.

O transporte escolar de Alagoinhas foi um dos desafios que o secretário de educação assumiu quando iniciou a gestão. Em 2017, os coordenadores do setor refizeram os 67 trechos de roteiros de ônibus escolares do município. Antes disso, a situação chegou a ser tão precária que ganhou destaque no noticiário nacional. O poder público precisou de novos planejamentos para recuperar o setor e assegurar o transporte de alunos da rede municipal.

Em junho de 2017, a população comemorou a chegada de um novo “amarelinho”, totalmente adaptado para receber alunos cadeirantes, fruto das articulações do governo municipal junto ao Ministério da Educação. Agora, em 2018, o avanço é ainda maior. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (SEDUC), os novos veículos devem chegar em um prazo de 60 dias, e a população poderá contar com os ônibus circulando junto à frota escolar ainda este ano. Com o incremento, a SEDUC deverá contar com 25 veículos de transporte escolar no município. “Se pensarmos em 3 turnos, são mais 600 alunos beneficiados com a chegada dos 5 novos ônibus”, ressaltou Fabrício Faro. As comunidades contempladas e as rotas dos 5 novos ônibus ainda estão sendo discutidas pelo setor de transporte escolar e a secretaria informou que a intenção é que esses veículos agreguem para contemplar prioritariamente as comunidades que ainda não eram atendidas.

Guarda Municipal de Alagoinhas será comandada por uma mulher

Renata Fortaleza

Foto: Arquivo Pessoal

A Guarda Civil Municipal de Alagoinhas (GCM) tem, a partir desta terça-feira (11), o comando de Renata Fortaleza. A nomeação se deu após Allan Mattos ter encaminhado, nesta segunda-feira (10), ao prefeito Joaquim Neto, o seu pedido de exoneração do comando da instituição por motivos pessoais. A solicitação foi aceita pelo prefeito, que na oportunidade, destacou o seu empenho durante o período em que esteve à frente da corporação. Renata Fortaleza é psicóloga credenciada pela Polícia Federal, possui Pós-Graduação em Saúde Mental e Atenção Psicossocial e tem obtido grande destaque no município no comando das operações da Patrulha Maria da Penha, criada pela atual gestão em setembro de 2017, como parte das ações afirmativas voltadas à defesa dos direitos das mulheres.

Para a presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Mulheres de Alagoinhas, Juci Cardoso, a nomeação de Fortaleza é uma grande notícia para as mulheres, não só de Alagoinhas como de todo o estado. “Fortaleza é uma referência de luta para o movimento de mulheres de todo estado.  Temos agora como comandante da Guarda, uma pessoa comprometida com as demandas da população como um todo, que tem executado, com muita sensibilidade, um excelente trabalho frente à Patrulha Maria da Penha e contribuído, de forma eficaz, no debate sobre a violência doméstica e familiar em todo o território”, comemorou. “É preciso reconhecer a coragem e o compromisso do prefeito Joaquim Neto em reconhecer a grande profissional que ela é. A criação da Patrulha já foi um grande avanço da sua  gestão, e a nomeação de Renata mostra que está valendo luta, significa que estamos conseguindo alcançar os objetivos pelos quais todas lutamos, ocupando espaços que antes eram só dos homens.”, finalizou Juci Cardoso.

Com 14 anos de corporação, Renata Fortaleza  também é responsável pela Formação do Núcleo de Atenção Básica psicológica da GCM, fez parte da formação do projeto do Ministério da Justiça para a compra das viaturas da GCM e é integrante do Comitê Interinstitucional de Segurança Pública (CISP).

Vereadores pedem instalação de duas CPI’s em Alagoinhas

Câmara Municipal de Alagoinhas

Câmara Municipal de Alagoinhas

Dois requerimentos constaram na sessão da última quinta-feira (06) na Câmara Municipal de Alagoinhas. O primeiro, de nº 046/2018 e de autoria dos vereadores João Henrique, Thor de Ninha Lula da Silva, Caio Ramos, Anderson Baqueiro, José Carlos Lins (Pastor Lins), Edilson Ferreira (Duy do Frango), Darlan Lucena e Luciano Sérgio Lula da Silva, pede a criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O objetivo desta CPI seria investigar e apurar responsabilidade de um possível superfaturamento nos contratos de prestação de serviços de transportes escolar ocorrido na Secretaria de Educação (SEDUC) da cidade nos anos de 2017 e 2018. Segundo o requerimento, esse contrato trouxe significativos e graves danos financeiros ao município, citando o relatório de número 201701274, da Secretaria Federal de Controle Interno da Corregedoria Geral da União (CGU).

O segundo requerimento, esse de nº 049/2018 e de autoria dos vereadores Luciano Almeida, Jorge Gonçalves (Jorge da Farinha), Ozeas Menezes, José Cleto (Cleto da Banana), Juracy Ferreira do Nascimento, Raimunda Florêncio, Raimundo Santos (Gode), Luciano Sérgio Lula da Silva e Thor de Ninha Lula da Silva, requer também a instalação de uma CPI. Essa com o objetivo de investigar supostas irregularidades na Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) no que tange aos serviços de locação de veículos, contratos de aluguel, aplicação dos recursos oriundos das infrações de trânsito “multas”, dentre outros, no período de 2009 a 2018.

Guarda Municipal é reconhecida como órgão de segurança pública

Guarda Municipal é reconhecida como órgão de segurança pública

Foto: Divulgação

A Guarda Civil Municipal (GCM) agora faz parte do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), passando a ser reconhecida como órgão policial. Instituído pela Lei Federal nº13.675, de 11 de junho de  2018, o Susp foi criado com o objetivo de combater o crime organizado de forma mais eficiente, por meio da  integração dos serviços da Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil (PC), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, guardas municipais, agentes penitenciários, agentes socioeducativos e peritos. O sistema estabelece a integração de dados de inteligência e sobre criminalidade, a padronização da formatação de informações, a troca de conhecimentos técnicos e a execução de operações conjuntas entre os órgãos de segurança pública, respeitando os limites de suas atribuições constitucionais e legais.

De acordo com o comandante da GCM de Alagoinhas, Allan Matos, a sanção do Susp representa uma vitória para a categoria ” Trata-se de um reconhecimento aos serviços da guarda no âmbito da segurança pública. O efetivo já realiza  operações conjuntas com outros órgãos, no entanto, a partir de agora, teremos acesso ao compartilhamento de informações estratégicas e contaremos com um aporte de recursos federais para serem usados em cursos, treinamentos e na aquisição de equipamentos , o que vai trazer avanços significativos para a segurança pública do município”, informou Matos.

Violência faz Alagoinhas elaborar ações estratégicas para segurança nas unidades de saúde

Prefeitura de Alagoinhas

Prefeitura de Alagoinhas

A Prefeitura de Alagoinhas, preocupada com a integridade física dos funcionários e usuários das Unidades de Saúde da Família, elaborou medidas preventivas para inibir novos atos criminosos. Durante uma reunião realizada entre a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) e a Guarda Civil Municipal (GCM) foram deliberadas ações estratégicas, como intensificação de rondas em todos os postos de saúde e, nas unidades que apresentam maiores índices de vulnerabilidade haverá efetivo fixo da GCM. A conversa contou com a participação de representantes das equipes de cada unidade de saúde, do secretário de saúde, Moacir Lira e do Comandante da Guarda, Allan Matos. “A segurança pública é de responsabilidade do estado, na figura institucional da Polícia Militar, de todo modo, nós estamos preocupados com a situação e prestaremos suporte reforçando a segurança nos locais mais críticos. Não podemos ficar alheios a isso e vamos atuar dentro das nossas possibilidades”, afirma Allan Matos.

Para além das medidas emergências a Secretaria Municipal de Saúde e a Guarda Civil Municipal discutiram a viabilidade de criação da Ronda SUS, que seria o direcionamento de uma guarnição e veículo específico para realizar as vistorias e rondas nos postos de saúde. “Precisamos pensar em proteger a todos e, por isso, nosso olhar está lá na frente e não só cuidar de maneira emergencial. Entendemos que a segurança pública não é de responsabilidade da SESAU ou da Guarda, mas também compreendemos que podemos e devemos colaborar, visto que a região tem enfrentado uma onda de violência constante”, diz Moacir Lira.

Outro direcionamento oriundo da discussão foi a solicitação de uma audiência pública para tratar da segurança em Alagoinhas e região, ainda sem data definida.

Alagoinhas é um dos seis municípios do Brasil contemplados pelo programa Nova Escola

Alagoinhas é um dos seis municípios do Brasil contemplados pelo programa Nova Escola

Foto: Roberto Fonseca

Quem pensa que matemática, sala de aula e método de ensino fazem parte de um conjunto de regras engessadas, não atraentes e difíceis de trabalhar com os alunos pode até ter tido uma experiência negativa com a disciplina no ambiente escolar, mas ainda não teve contato com o programa colaborativo que utiliza a inovação, a prática pedagógica, o plano de aula e o compartilhamento como formas de impactar positivamente o processo de ensino-aprendizagem. É com foco na construção de uma rede colaborativa, que produza conteúdos de qualidade para os educadores brasileiros, de modo a garantir a aprendizagem de todos os estudantes, que a Associação Nova Escola tem convidado profissionais das Secretarias de Educação com redes de Educação Infantil e Ensino Fundamental para participar do programa. O objetivo principal da iniciativa é promover o desenvolvimento através da aplicação de planos de aula produzidos e revisados por professores experientes de todo o país.

No Brasil, apenas 6 cidades foram contempladas inicialmente pelo programa. Despontando como parte de mais uma iniciativa pioneira, Alagoinhas foi um dos 2 municípios baianos a contar com a implantação desses planos de aula, ao lado de Andaraí – entre os 417 municípios do estado. “Esses planos são feitos por professores, esse é o diferencial. Elaborados por quem entende da realidade da sala de aula. Eles contemplam do 1° ao 9° ano e estão alinhados à base nacional comum curricular. Hoje a formação é para o uso de planos de aulas de matemática”, explicou Daiana Gonzalo, de São Paulo, que veio à cidade para ministrar uma atividade a coordenadores da rede municipal.

Segundo Keite Lima, coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação, embora não esteja sendo desenvolvido em todas as unidades de ensino de Alagoinhas, o Nova Escola tem trazido outras perspectivas para os professores. “Com essa avaliação, a Nova Escola está vendo se os planos acontecem efetivamente em sala de aula, se os planos impactam no processo de aprendizado dos estudantes”, pontuou.

No município, 29 unidades escolares estão sendo beneficiadas pelo programa. Na manhã desta quarta-feira (15), as facilitadoras se reuniram com coordenadores e diretores de 10 escolas para tratar sobre o uso pedagógico dos planos, a forma de elaboração e os conceitos de matemática que servem de base para esses planos. “A ideia é que os coordenadores repliquem depois dentro da escola essa oficina que eles vão fazer aqui hoje. E esses planos são pensados em um formato para desenvolver a mentalidade matemática do aluno. Não é mais só uma sequência de exercícios para o aluno resolver de forma automática. É para trazer um novo pensamento em relação à matemática, porque muitos alunos relatam que não gostam da disciplina, que matemática é difícil. Todo plano de aula estimula esse raciocínio. Ele é muito focado no processo e não apenas no resultado”, afirmou Gonzalo. :: LEIA MAIS »

Hospital Regional Dantas Bião terá um investimento de quase R$ 6 milhões

Hospital Regional Dantas Bião terá um investimento de quase R$ 6 milhões

Foto: Divulgação

O secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, esteve na manhã desta quarta-feira (08) em Alagoinhas para apresentar as futuras intervenções que acontecerão no Hospital Regional Dantas Bião. De acordo com Fábio, a unidade terá 10 novos leitos de UTI e nova emergência. O projeto contempla também as áreas de internação pediátrica e administrativo. As obras serão licitadas até o final ano. Serão investidos cerca de R$ 5.650 milhões em aproximadamente de dois mil metros quadrados. Haverá readequação do fluxo de atendimento, implantação do Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) e modificações na estrutura a fim de compatibilizar com o novo perfil assistencial.

Maioria dos vereadores de Alagoinhas declaram apoio à reeleição de Rui Costa

Maioria dos vereadores de Alagoinhas declaram apoio à reeleição de Rui Costa

Vereadores de Alagoinhas em reunião com Rui Costa.

Acompanhados dos deputados Joseildo Ramos (PT), Alex Lima (PSB), João Carlos Bacelar (PODE) e do ex-prefeito de Alagoinhas, Paulo Cézar Simões (PRP), onze vereadores eleitos do município de Alagoinhas declararam, na tarde desta quinta-feira (19), apoio político e eleitoral à candidatura de reeleição do governador Rui Costa (PT). O número representa a maior parte da Casa Legislativa, que hoje conta com 17 edis.

“A ação é resultado da união das principais forças políticas da cidade, inclusive as de atual oposição, em prol da campanha. Embora parte do coletivo ainda dê sustentação à administração municipal, que é conduzida pelo prefeito Joaquim Neto (DEM), os vereadores garantiram durante a reunião que irão hipotecar o seu apoio à recondução de Rui Costa ao cargo por acreditarem na sua capacidade administrativa”.

Além dos vereadores da cidade correligionários do governador, Luciano Sérgio (PT) e Thor de Ninha (PT), e do dirigente do Sindipetro e pré-candidato a deputado estadual Radiovaldo Costa (PT), também declararam apoio os vereadores Anderson Baqueiro (SD), Caio Ícaro (REDE), José Cleto (PTC), Darlan Lucena (PRP), Gode (PR) e João Henrique Paolilo (PODE). Os edis Duy do Frango (PMN), Ozeas Menezes (PRP) e Bebé (PTC) não puderam comparecer à reunião, mas também confirmaram sua posição junto ao governador do Estado.

SMTT diz economizar mais de R$ 200 mil por ano com pregão de locação de veículos

SMTT Alagoinhas

SMTT Alagoinhas

A Prefeitura de Alagoinhas, por intermédio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), realizou pregão para locação de veículos e diz ter alcançado uma economia de 61,3% no novo contrato, o que representa uma contenção de R$ 209.491,80 por ano. Segundo o superintendente Luiz Fernando, tal economia significa maior capacidade de investimentos em serviço para a cidade. “A SMTT não pode trabalhar apenas para manter o custeio da entidade, é preciso enxugar as despesas para que cada vez mais possamos aumentar a capacidade de investimentos e serviços para a sociedade”.

Reflexo desta economia são os investimentos em sinalização horizontal e vertical na cidade, implementação de ciclofaixas, realização de ações educativas para o trânsito e campanhas, como, por exemplo, Maio Amarelo. Prova deste compromisso é o investimento de R$ 229.709,84 com sinalização em Alagoinhas, correspondendo a 90% de cobertura, o que significa mais segurança no trânsito.

Ausência de Zé Neto causa estranheza em evento

Policlínica Regional de Saúde em Alagoinhas Foto site Política In Rosa

Policlínica Regional de Saúde em Alagoinhas / Foto: Política In Rosa

O deputado e líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Zé Neto (PT), que é sempre acostumado a ir aos eventos do governador Rui Costa, não esteve presente na inauguração da Policlínica Regional de Saúde em Alagoinhas. Causou grande estranheza da ausência do deputado no evento.

Alagoinhas: Policlínica Regional de Saúde é inaugurada

Policlínica Regional de Saúde em Alagoinhas Foto Política In Rosa

Policlínica Regional de Saúde em Alagoinhas / Foto: Política In Rosa

Cada vez mais regionalizada, a saúde baiana ganhou a sexta Policlínica Regional de Saúde, inaugurada nesta sexta-feira (8) em Alagoinhas, cidade do nordeste do estado. O governador Rui Costa apresentou para a imprensa, autoridades e convidados cada detalhe do equipamento, que funciona na Rua Coronel Filadelfo Neves, ao lado do Fórum e da Câmara Municipal. A Policlínica tem investimento total de mais de R$23 milhões, entre obras civis, equipamentos, mobiliários e 10 micro-ônibus que farão o transporte dos pacientes dos municípios da região, integrantes do Consórcio Público Interfederativo de Saúde do Litoral Norte e Agreste Baiano. “Eu digo com muito orgulho: pode existir uma clínica ou uma policlínica particular na Bahia igual a essa, mas melhor vocês não vão encontrar nenhuma, nem na infraestrutura, nem na quantidade de exames, nem na qualidade dos equipamentos. Eu sou grato aos prefeitos e prefeitas que aqui estão, que acreditaram nesta proposta. Até dezembro nós vamos ter 18 no estado e a Bahia vai se consolidando como a referência em investimento público na saúde”, declarou Rui sobre a estrutura da Policlínica.

Moradores de Acajutiba, Alagoinhas, Aporá, Araçás, Aramari, Cardeal da Silva, Catu, Crisópolis, Entre Rios, Esplanada, Inhambupe, Itanagra, Itapicuru, Jandaíra, Ouriçangas, Pedrão, Rio Real e Sátiro Dias serão atendidos na Policlínica, que oferece 18 especialidades médicas, exames como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia, colonoscopia, entre outros. “A população agora vai ter de graça, pelo SUS, todos os exames que a saúde precisa, encaminhados a partir da saúde básica, dos postos de saúde e com atendimento com hora marcada”, afirmou o secretário de saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. A unidade tem capacidade para realizar 450 procedimentos por dia, sendo 5560 exames por mês.

Assim como nas demais unidades, a manutenção da Policlínica de Saúde da região de Alagoinhas será custeada por meio da parceria entre os municípios, que assumem 60% dos custos mensais, e o Estado arca com o pagamento de 40% das despesas. Ainda neste semestre o Governo do Estado vai inaugurar duas novas unidades em Valença e Santo Antônio de Jesus. Outras sete policlínicas já receberam autorização para o início das obras civis e cinco equipamentos já estão em funcionamento em Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê, Jequié e Feira de Santana.

Mais entregas

Durante o ato de inauguração da Policlínica, o governador realizou a entrega de 12 ambulâncias para as cidades de Alagoinhas, Itapicurú, Cicero Dantas, Olindina, Rio Real, Entre Rios, Esplanada, Itaberaba, Ribeira do Pombal e Jandaíra. Rui também entregou viaturas, motos e uma unidade móvel para reforçar a frota das cidades de Alagoinhas, Catu, Entre Rios e Cipó. Também houve entrega de equipamentos médicos como aparelhos de eletrocardiograma, Raio-X, sala de parto, sala de odontologia, kit de unidade básica de saúde, kit de estabilização, entre outros.

Tesouro Nacional melhora Classificação de Risco de Alagoinhas

A classificação de risco do município passou da nota C para B, de acordo com relatório da Secretaria do Tesouro Nacional. O índice, chamado pela STN de Capacidade de Pagamento (CAPAG), avalia se a cidade dispõe de recursos suficientes em caixa para honrar obrigações já contraídas e define se os estados e municípios estão aptos a receber garantias da União quando buscarem financiamentos.

Entes federativos bem avaliados podem acessar empréstimos a juros mais baixos. As notas do CAPAG variam de A a D, sendo que A e B permitem que o estado ou município receba as garantias da União; C e D, não. “O Plano de Recuperação, no qual foram adotadas práticas de eficiência, transparência e austeridade, devolveu a capacidade de liquidez, o que está sendo extremamente importante para a cidade” disse o secretário municipal de Planejamento (SEPLA), Tácio Lobo,  ressaltando as medidas tomadas pela administração no ano passado.

“O município recuperou a credibilidade não só com o Tesouro Nacional, mas também com seus fornecedores. Organizamos as contas, e hoje representamos um município muito mais seguro financeiramente”, completou.

SAAE reforça necessidade da economia de água durante paralisação dos caminhoneiros

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) Alagoinhas informa que, apesar da paralisação dos caminhoneiros ter entrado em sua segunda semana, a autarquia tem trabalhado com planejamento para assegurar o abastecimento. A autarquia reforça que o tratamento e distribuição não estão afetados, mas afirma que os usuários precisam economizar água, uma vez que não se sabe até quando permanecerão os bloqueios nas estradas e a escassez de combustível.

Vale ressaltar que, como medida preventiva, apenas os serviços emergenciais estão sendo priorizados. O SAAE pede a compreensão de todos os usuários no racionamento de água e garante que suas equipes estão empenhadas em fazer com que a população tenha um serviço prestado como deve ser: com o máximo de respeito e qualidade possível. A Prefeitura Municipal de Alagoinhas (PMA) instaurou, no sábado (26), a Comissão de Gerenciamento da Crise. A comissão foi montada com o objetivo de monitorar, avaliar e, sobretudo, dar celeridade às medidas emergenciais já em andamento para redução dos impactos da paralisação.

Secretaria de Educação comunica suspensão das aulas nas escolas municipais

Secretaria de Educação comunica suspensão das aulas nas escolas municipais

Alagoinhas

A Secretaria Municipal de Educação (SEDUC) de Alagoinhas, informa que diante da continuidade da greve dos caminhoneiros, as aulas nas escolas municipais de Alagoinhas serão suspensas em virtude de: desabastecimento dos transportes escolares que inviabiliza o deslocamento dos estudantes; insegurança em relação ao deslocamento nas rodovias do estado, devido ao bloqueio das estradas; diminuição da frota de ônibus urbanos em decorrência da falta de combustível; dificuldades dos servidores em abastecer seus veículos.

Daremos ampla divulgação sobre o retorno das aulas, assim que as condições para as atividades escolares forem estabelecidas. Em momento de regularização da situação, discutiremos um novo calendário a fim de cumprir os 200 dias letivos.

Audiência pública é realizada para apresentar LDO 2019

Audiência pública é realizada para apresentar LDO 2019

Alagoinhas

A Prefeitura Municipal de Alagoinhas, através da Secretaria de Planejamento e Orçamento (SEPLA), realizou, nesta quinta-feira (10), uma audiência pública na Câmara de Vereadores para apresentar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2019. Cumprindo o Art. 4º da Lei de Responsabilidade Fiscal, o Projeto de Diretrizes Orçamentárias vai integrar o anexo de metas fiscais do planejamento municipal e, segundo o secretário da pasta, Tácio Lobo, além da transparência, o objetivo é abrir um canal de comunicação entre o poder executivo e a comunidade para discutir ações orçamentárias da gestão.

“Seguindo a rotina que a gente implantou desde o ano passado das audiências públicas, de prestação de contas para a população, melhoria da nossa transparência, através também do novo portal, que a gente lançou, a gente mais uma vez vem aqui prestar contas à população desse projeto que está sendo entregue à Câmara no dia 15 de maio. São peças às vezes muito técnicas, mas a gente tenta colocar de uma forma cada vez mais simples, com uma linguagem transparente”, explicou o secretário de planejamento.

Segundo ele, um dos pontos principais da LDO é a definição de prioridades da gestão pública municipal. O plano estruturante prevê prioridades entre ações que já estão sendo executadas pela prefeitura, como o fortalecimento da atenção básica à saúde, a ampliação da rede de assistência social, o fomento à inclusão digital e o desenvolvimento da agricultura familiar, entre outras metas elencadas. O intuito, de acordo com a SEPLA, é que o documento permita a projeção de receita e o cálculo de valores ficais para preservar a saúde financeira do município e promover avanços de caráter social, humano, econômico, urbano e rural.

A Secretaria informou que os dados apresentados foram derivados tanto do trabalho da equipe técnica quanto das audiências públicas já realizadas, e comunicou que, nos próximos meses, vai divulgar um calendário de audiências para discutir também a Lei Orçamentária Anual (LOA), imprescindível para o desenvolvimento do plano plurianual (PPA).

Alagoinhas: Prefeito vai à Brasília em busca de recursos

Joaquim Neto

Prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto.

O prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto, visita Brasília esta semana para apresentar os resultados das obras de infraestrutura e também para buscar recursos para o município. O gestor municipal pleiteia junto ao Ministério das Cidades a inclusão de Alagoinhas no Programa Avançar Cidades, deste modo, a capacidade de investir em obras de saneamento básico é potencializada, dando ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) condições de ampliação do sistema de esgotamento sanitário.

Esta é uma possibilidade que Joaquim Neto tem a perspectiva de alcançar, “é muito importante para nós angariar verba para o saneamento. Queremos entregar qualidade de vida e saúde para a população e isso começa também pelo saneamento”, explica. Com relação à cultura, o prefeito busca patrocínio para a realização dos festejos juninos na cidade junto à Caixa. Joaquim Neto visita a vice-presidência do banco a fim de discutir possibilidades de investimento no evento que movimentará a economia local. “Realizar o São João é valorizar nossa cultura e, mais, trazer visibilidade para o turismo, além de aquecer o comércio local. Precisamos pensar estrategicamente para encontrar alternativas de desenvolvimento para Alagoinhas e a realização deste evento é uma delas”, aponta.

Alagoinhas é destaque em Seminário de Desenvolvimento Territorial do Litoral Norte e Agreste Baiano

 

Alagoinhas tem recebido destaque estadual em diversas áreas, como acontece no campo de desenvolvimento econômico. Símbolo disso foi ter sido escolhida como sede para o Seminário de Desenvolvimento Territorial do Litoral Norte e Agreste Baiano, organizado pelo Colegiado Territorial do Litoral Norte e Agreste Baiano, com apoio do Projeto Bahia Produtiva, executado pela CAR/SDR.

O evento realizado no Hotel Absolar reuniu 64 representantes das Comissões Municipais de Sustentabilidade Territorial (COMUST) de 16 dos 20 municípios que compõem o território, além de representantes das entidades beneficiárias do Projeto Bahia Produtiva. A escolha da cidade como sede é fruto de uma agenda positiva elaborada e aplicada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (SEDEA). O objetivo do seminário foi discutir temas relacionados ao desenvolvimento dos Municípios do Território Litoral Norte e Agreste Baiano, cumprindo a Lei 13.214/2014, tendo em vista o papel de controle social e acompanhamento da execução das políticas públicas voltadas para o território.

O seminário contou ainda com a participação de Ivan Leite, representante da Secretaria de Desenvolvimento Rural  (SDR/CAR), da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão (Rural-BAHIATER) e do Serviço Territorial de Apoio a Agricultura Familiar (SETAF), bem como dos técnicos da CAR Edimare Costa, Wallace Nascimento e Ubiramar Souza. Atualmente, Alagoinhas, por intermédio da SEDEA conta com um representante na coordenação do Colegiado de Desenvolvimento Territorial (CODETER), Deivison Santana.

Alagoinhas: Joaquim Neto dá posse aos novos secretários

Joaquim Neto dá posse aos novos secretários

Prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto e seus novos secretários

Em seu gabinete na manhã desta segunda-feira (16), o prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto, recebeu a imprensa, vereadores e equipe administrativa municipal para dar posse aos novos secretários, Gustavo Carmo, que fica à frente da Secretaria Municipal de Comunicação e Manoel Cardoso, à frente da Secretaria de Relações Institucionais (SECRI). Os dois são grande aposta do gestor para fazer as intermediações necessárias e colaborações estratégicas.

Dando início à cerimônia de posse o prefeito falou sobre sua alegria pela nova composição de seu secretariado. “É com muita alegria e responsabilidade que estamos implantando uma nova cara, dando novo oxigênio a nossa gestão”, disse. Durante seu discurso o gestor municipal comentou sobre suas escolhas pelos nomes de Gustavo Carmo e Manoel Cardoso, “Gustavo é jovem na idade e veterano na política e na administração, em seu DNA tem a marca registrada a política de Alagoinhas e por isso o convidamos”, explicou o prefeito.

Ainda dependendo de liberação da Assembleia Legislativa, o futuro secretário de governo, Marco Antunes, ainda não tomou posse, fazendo-o em breve, tão logo seja cedido pela Assembleia.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia