WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Seminário





Emec emite nota informando que Anchieta Nery está vivo

O Hospital Emec divulgou na tarde de hoje (28) uma nota à imprensa informando o real estado de saúde do ex-secretário de Comunicação, Anchieta Nery, que não teria falecido como foi informado nesta segunda-feira (27). Confira a nota:

nota emec

Fonte: Diário da Feira

Vereador pede doação de órgãos para indivíduo fuzilado

doação de orgaosPronto, indivíduo fuzilado agora tem que doar órgãos. Ao menos na visão do vereador David Neto (PTN). Ele falava sobre o brasileiro Rodrigo Gularte, executado nesta terça-feira (28) na Indonésia. Rodrigo foi condenado por tráfico de drogas e teve seu pedido de clemência rejeitado.

Vamos ver o que é necessário para que uma pessoa doe órgãos. Primeiro, querer ser doador. As demais são:

  • Ter identificação e registro hospitalar;
  • Ter a causa do coma estabelecida e conhecida;
  • Não apresentar hipotermia, hipotensão arterial ou estar sob efeitos de drogas depressoras do Sistema Nervoso Central;
  • Passar por dois exames neurológicos que avaliem o estado do tronco cerebral. Esses exames devem ser realizados por dois médicos não participantes das equipes de captação e de transplante;
  • Submeter-se a exame complementar que demonstre morte encefálica, caracterizada pela ausência de fluxo sangüíneo em quantidade necessária no cérebro, além de inatividade elétrica e metabólica cerebral;
  • Estar comprovada a morte encefálica. Situação bem diferente do coma, quando as células do cérebro estão vivas, respirando e se alimentando, mesmo que com dificuldade ou um pouco debilitadas. Observação: Após diagnosticada a morte encefálica, o médico do paciente, da Unidade de Terapia Intensiva ou da equipe de captação de órgãos deve informar de forma clara e objetiva que a pessoa está morta e que, nesta situação, os órgãos podem ser doados para transplante.

Ou seja, um indivíduo morto por fuzillamento não doa órgãos. Doar órgãos é legal, deve sim ser uma ação inerente ao ser humano, mas da forma certa. Sem mais.

Vereadores chamam policiamento da Micareta de “pouco ajuda” e “obrigação”

Foto: Valdenir Lima

Foto: Valdenir Lima

Os vereadores governistas tem criticado duramente a ajuda do governo do estado na realização da Micareta de Feira de Santana. Ok, não fazem nada mais do que o seu papel na discussão política. É obrigação do governo do estado ceder o policiamento como disse o vereador José Carneiro (PSL). Sim, concordo que seja. Mas chamar de pouca ajuda como o vereador Roque Pereira (PTN) chamou aí também já é demais. Foram 11 mil homens nas ruas fazendo a segurança dos que estavam na festa. Houve momentos em que havia mais policiais do que foliões. E negar isso é negar o óbvio. E como disse a vereadora Eremita Mota (PDT): sejamos mais coerentes.

Jornalismo feirense em luto: morre Anchieta Nery

Anchieta Nery

Anchieta Nery

Morreu ontem (27) o jornalista e ex-secretário de Comunicação Social do Município Manuel Anchieta Nery de Souza, no Hospital Emec, em virtude de um Acidente Vascular Cerebral, ocorrido na última terça-feira (21). Anchieta também passou pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, fez carreira no jornalismo tendo exercido o cargo de editor-chefe do antigo Feira Hoje, além de ter sido professor da Universidade Estadual de Feira de Santana.

Não tive o prazer da convivência ou de trabalhar com ele, mas enquanto fazia faculdade de Jornalismo na UNEF, lembro-me que assisti uma palestra sua. Se não me engano no primeiro semestre e a convite da professora Antoniela Devanier. Agora imaginem o que é para uma jovem de seus 23 anos ver a prática do jornalismo em sua frente. E sonhar em um dia viver tudo aquilo que ele vivia. Foi uma experiência fantástica! E me perguntaram: “Conseguiu entender alguma coisa que ele falou?” Eu ri e respondi: “Não sou boba nem nada, sentei bem ao lado dele. Entendi tudo!”

E em um mundo tão carente de bons profissionais, éticos e morais, perder Anchieta Nery acreditem, é perder muito.

Vereador pede sindicância para investigar denúncia do prefeito Furão

Prefeito Furão e Naron Vasconcelos

Prefeito Furão e Naron Vasconcelos

Repercutiu e muito na Câmara de Vereadores de Feira de Santana a denúncia do prefeito de São Gonçalo dos Campos, Antônio Dessa, mais conhecido como Furão, de que o diretor de Eventos da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, Naron Vasconcelos, estaria extorquindo os donos de trio pedindo R$ 1.500,00 para que eles fossem colocados na rua. O vereador Edvaldo Lima (PP) afirmou que o prefeito José Ronaldo tem que instalar uma sindicância para apurar o caso já que se trata de uma imoralidade se realmente isso aconteceu. O vereador José Carneiro (PSL) tentou colocar panos quentes. Disse que se trata de dois homens de bem brigando entre si e que provavelmente eles resolverão o contratempo, como já estão. Segundo Carneiro, ambos prometeram ir a Justiça para resolver o caso. Mas garantiu: se comprovada culpa o prefeito tomará providências. Vamos esperar os desdobramentos.

PL da Terceirização é criticada por vereador petista

pl 4330O vereador Alberto Nery (PT) mostrou toda a sua revolta contra projeto de lei de nº 4330, mais conhecido como PL da Terceirização. O vereador ressaltou o perigo que esse projeto pode ser para a classe trabalhadora. O vereador ainda lembrou que a proposta existe há dez anos e que somente agora, com o deputado Eduardo Cunha (PMDB) presidindo a Câmara Federal, é que ela foi colocada em votação. “Esse projeto vai permitir que empresas contratem outras empresas para que, essas sim, contratem os trabalhadores com baixos salários, tirando assim os seus direitos”, reclamou.

PL 4330

A proposta foi aprovada nesta quarta-feira (8) e regulamenta os contratos de terceirização. O texto autoriza o uso de serviços terceirizados em qualquer atividade das empresas. Hoje, apenas as atividades-meio, como limpeza e segurança, podem ser terceirizadas. Agora, o projeto será encaminhado diretamente para votação no Senado.

Em todo o país no dia de hoje há manifestações contra o projeto. Centrais sindicais e sindicatos de todas as categorias. A promessa é de parar o país caso o projeto seja aprovado em segunda discussão. Campanhas nas redes sociais para que a presidente Dilma Rousseff vete o projeto já começam a serem feitas. Pelo jeito a população não acredita muito que esse projeto não seja aprovado.

Vereador promete ir a Justiça contra beijaço

Foto: Reprodução | Acorda Cidade

Foto: Reprodução | Acorda Cidade

A agonia envolvendo os LGBT vai continuar. É o que promete o vereador Edvaldo Lima (PP). Como? O beijaço terá consequências. E essas mais graves, judiciais. Edvaldo pediu que a Casa entrasse com uma ação contra o GLICH, Grupo Liberdade Igualdade e Cidadania Homossexual de Feira de Santana, organizador do protesto. E caso isso não acontecesse, ele mesmo pediria a sua assessoria jurídica que o fizesse. Essa história ainda vai dar muito pano para a manga.

Geilson cobra fim de obras da Rua Calamar

Rua Calamar: obras começaram há dois anos e estão inacabadas.

Rua Calamar: obras começaram há dois anos e estão inacabadas.

E o vereador Lulinha (PEN) ficou em maus lençóis. É que o deputado estadual Carlos Geilson (PTN) disse que seria necessário uma sessão de descarrego na Rua Calamar para que finalmente as obras sejam acabadas. A fala do deputado se deu após um dos seus carros cair na valeta da rede pluvial. Geilson não estava no carro na hora do acontecimento.

Lulinha é morador da rua e pediu ao deputado José Nunes colocasse uma emenda parlamentar para que a obra fosse realizada. Dois anos após o seu início, o saldo é uma morte (o operário Ricardo Santos Conceição, de 22 anos, morreu depois de ser soterrado em uma obra de esgotamento pluvial), a saída de uma empresa, a entrada de outra e uma obra inacabada.

Antes tarde do que nunca: movimento LGBT vai a Câmara

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

E os LGBT mostraram a cara. Mesmo que tardiamente. Mas mostraram. Estiveram hoje na Câmara Municipal de Feira de Santana só após 13 dias. O vereador Marcos Lima (PRP) é o autor de uma moção de censura à cena do beijo lésbico protagonizado pelas atrizes Fernanda Montenegro e Nathália Timberg, ambas com 85 anos de idade que foi exibida no dia 16 do mês de março na novela Babilônia da Rede Globo de Televisão.

Palavras de ordem como “eu beijo homem, beijo mulher, tenho direito de beijar quem eu quiser”, “menos moção de repúdio e mais política pública para as minorias”, “o estado é laico” e “aqui não é igreja” era entoadas enquanto, por exemplo, o vereador Edvaldo Lima (PP), um, dos ferrenhos críticos ao movimento, tentava discursar. Prometerem um beijaço. Só vi alguns selinhos. Não sei o motivo. Dois policiais ficaram atentos à movimentação. Pode ser que tenha sido por isso.

Ela passou em 9 universidades americanas. E é feirense. Orgulho!

A jovem esteve em Harvard, nos EUA, para apresentar pesquisa  (Foto: Arquivo Pessoal)

A jovem esteve em Harvard, nos EUA, para
apresentar pesquisa (Foto: Arquivo Pessoal)

Pense num orgulho? Pois é, é o que sentimos de Georgia Gabriela da Silva Sampaio. Uma jovem de apenas 19 anos, mas que dá na cara de muita gente que se acha inteligente por aí. E humilde. O que faz toda a diferença. Georgia esteve na Câmara Municipal de Feira de Santana pedindo a colaboração e apoio para que ela consiga realizar o sonho de estudar em uma universidade americana. E tenho certeza que receberá.

Georgia criou um kit para diagnosticar a endometriose, de forma mais rápida e um custo inferior e foi premiada em um programa que incentiva projetos inovadores de empreendedorismo social promovido por alunos da universidade norte-americana.

A estudante passou por um processo seletivo que se assemelha ao nosso vestibular e foi aceita em nove universidades americanas: Stanford University, Minerva, Duke University, Northeastern University, Middlebury College, Yale University, Columbia University, Dartmouth College e Barnard College.  E pasmem: ainda está na lista de espera de outras duas.

É ou não é para matar qualquer feirense de orgulho? Que exemplo desse menina…

Jogo do Bahia x Flamengo murchou manifestação em Feira de Santana

Foto: Ed Santos

Foto: Ed Santos

“Se não tivesse o jogo do Bahia x Flamengo a manifestação estaria mais cheia”. Essa foi o diagnóstico do vereador Roque Pereira (PTN) para que poucas pessoas tenham ido à manifestação em Feira de Santana. Segundo alguns meios de comunicação, centenas de pessoas estiveram nas ruas. Achou pouco? O vereador Correia Zezito (PTB) disse que estava recebendo chamados do colega acima para ir à rua participar também dos protestos. Sua resposta? “Eu estava no ar condicionado vendo a seleção baiana jogar”. Correia é torcedor doente do Bahia. Hoje mesmo ele estava com uma gravata com o símbolo do time. É mole ou quer mais?

HEC: Instituto não cumpre com cláusulas contratuais, acusa Beldes

HECO vereador Beldes Ramos (PT) admitiu que os pagamentos a Fundação Professor Martiniano Fernandes (IMIP) estão suspensos por parte do governo estadual. O IMIP acusa do governo de dever R$ 22.174.240,00 referente às faturas do governo do estado dos meses de dezembro, janeiro, fevereiro e março. O instituto alega ainda, em nota a imprensa, que a falta de repasses já ocasionou a suspensão das cirurgias eletivas e, a partir desta terça-feira (7), também estão suspensas as marcações de consultas. Além disso, há o risco de que na próxima segunda-feira (13) as atividades ambulatoriais também parem de funcionar. Mas segundo o vereador a empresa não está cumprindo com o que está em contrato.

“A empresa IMIP assumiu a gestão do HEC em junho de 2013, mas, desde o início do vínculo, não cumpre as metas estabelecidas. A título de exemplo, acentue-se que são ofertados atualmente 154 leitos, quando o contrato previa uma operação completa de 280 leitos. O descumprimento de metas foi identificado pela atual gestão da SESAB em janeiro de 2015, ocasionando um processo administrativo e aplicação de multa, com base no contrato de origem, da ordem de R$ 900 mil, bem como a sinalização de novas deduções devido à baixa produtividade constatada na unidade. Paralelamente, a Sesab fixou o prazo de 45 dias, para que fosse ativado o serviço de cirurgia cardíaca pediátrica e expandida a ocupação dos demais leitos inativos. O não cumprimento das metas contratuais resultará, por lógico, na não renovação do contrato respectivo, cuja vigência se encerra em 31 de maio de 2015. A SESAB já deu início ao processo de seleção de novo prestador”, diz a Sesab em nota.

E nesse quiproquó sobra pro lado mais fraco da corda: os pacientes.

Críticas às manifestações contra derrubada das árvores da Getúlio já começaram

getulioO vereador Tom (PTN) criticou de todas as formas que poderia e que não poderia as pessoas que estão fazendo manifestações contra a derrubada às árvores na Av. Getúlio Vargas para a implantação do BRT. Maperaê minha gente, pode fazer manifestação contra o governo federal e não pode fazer manifestação em defesa das árvores? Não concordar com a posição das pessoas é totalmente compreensível (é um direito que cabe ao vereador e a qualquer outro cidadão). Fazer o seu papel de governista e defender o prefeito e o seu projeto do BRT também. Agora chamar segmentos de pessoas que estão organizadas em prol de um objetivo comum de “mixurucas” já é demais. E não é papel de um legislador. Vamos devagar vereador…

Dia do Jornalista

Stage LightsJornalista por amor, vocação e ideologia. Essa sou eu. Karoliny Dias.

Quem fortalece a democracia merece reconhecimento e valorização

Neste 7 de abril homenageamos os profissionais que são os principais responsáveis pela apuração dos fatos e livre circulação de informações de interesse público, base essencial da democracia. E mais do que isso, exortam a categoria a cerrar fileiras em ampla mobilização para que a Câmara dos Deputados aprove a Proposta de Emenda Constitucional 206/2012, a PEC do Diploma, fundamental para a valorização e dignificação de nossa profissão.

O intento patronal em explorar trabalhadores, precarizar relações de trabalho e controlar desregradamente o acesso à profissão de Jornalista, a produção e difusão de informações e a propriedade dos meios de comunicação teve apoio na decisão proferida pelo STF em 2009, que retirou da regulamentação profissional a exigência de formação superior específica para o exercício do Jornalismo.

A decisão atropelou o disposto constitucional que assegura o exercício de qualquer profissão, desde que atendidas as qualificações estabelecidas em lei. Também produziu o absurdo de, a pretexto de garantir a liberdade de expressão, permitir que qualquer pessoa, sem qualquer preparo, possa requerer no Ministério do Trabalho o registro profissional de jornalista.

A insurgência dos jornalistas brasileiros, com o protagonismo de sua Federação Nacional e dos 31 Sindicatos da categoria, o apoio de diversas entidades da área e da sociedade brasileira, encontrou rápida guarida no Congresso Nacional. Parlamentares apresentaram propostas para corrigir o equívoco da instância máxima do Judiciário e reafirmar o direito da categoria ter sua regulamentação e a exigência do diploma de curso superior de Jornalismo como regra de acesso qualificado à profissão, não permitindo que isso se confunda com cerceamento à liberdade de expressão.

Passados longos 3 anos de debates, o Senado da República aprovou em 2012, por ampla maioria, a Proposta de Emenda Constitucional 33/09, agora convertida para PEC 206/2012 em sua tramitação na Câmara dos Deputados. Hoje, os jornalistas brasileiros solicitam dos deputados federais a imediata aprovação desta PEC, cientes de que, mais do que atender à reivindicação de uma categoria profissional, nosso parlamento está atendendo ao clamor da sociedade brasileira pelo direito à informação qualificada, democrática e ética.

No Dia do Jornalista, a categoria reafirma sua postura histórica de defesa da liberdade de expressão, seu papel de informar à sociedade, buscando a diversidade e a pluralidade de opiniões, e seu compromisso com o aprofundamento do processo democrático no Brasil.
Brasília, 7 de abril de 2015.

FENAJ

Levante a Voz - Todos contra a Dengue Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia