WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mobilidade - CoronaVírus X Transporte SECOM - AÇÕES FEIRA





Em uma semana, Feira de Santana registra mais de 730 casos confirmados do coronavírus

Coronavírus

Foto: Divulgação/PMFS

Com base nos dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana, o site Política In Rosa fez um levantamento sobre a quantidade de casos confirmados do novo coronavírus em Feira de Santana que compreende o período de 15/06 a 21/06/2020.

Veja a quantidade de casos confirmados durante a semana:

Casos confirmados no dia 15/06: 20

Casos confirmados no dia 16/06: 112

Casos confirmados no dia 17/06: 151

Casos confirmados no dia 18/06: 115

Casos confirmados no dia 19/06: 169

Casos confirmados no dia 20/06: 71

Casos confirmados no dia 21/06: 95

Total: 733 casos confirmados na semana

Barraqueiros serão transferidos para praça de alimentação do HGCA 2

Barraqueiros serão transferidos para praça de alimentação do HGCA 2

Foto: Divulgação / Ascom

Os 11 barraqueiros que trabalham em frente ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, serão transferidos para a praça de alimentação do HGCA 2 na próxima terça-feira (23). A novidade, que era aguardada ansiosamente por pais e mães de família que trabalham há mais de 20 anos no local, foi confirmada ontem (19) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Junto a diretora administrativa da Sesab, Janaina Lima, o deputado federal Zé Neto se reuniu com proprietários das barracas para definir a mudança para o novo espaço, que será inaugurado no dia 29 deste mês. “A nossa intenção é realocar esses trabalhadores informais de forma pacífica e ordenada, trazendo mais comodidade e segurança para eles. O governador Rui Costa e o secretário Fábio Vilas-Boas tiveram bom senso nessa questão, reconhecendo que o Hospital Geral Clériston Andrade 2 será uma grande conquista para Feira e região”, afirma Zé Neto. (Ascom)

Prefeitura abre inscrições para cursos do projeto de Incentivo à Graduação

A Prefeitura de Feira de Santana está com as inscrições abertas para os cursos de graduação e pós-graduação do projeto social de Incentivo à Graduação (IG) do Qualifica Feira. A iniciativa do Governo do prefeito Colbert Martins Filho, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), visa a oferta de bolsas de estudos para cursos com descontos de até 70% em instituições de ensino superior conveniadas.

Os interessados em participar do programa podem se inscrever pela internet, através do link do Qualifica Feira, no site www.qualificafeira.ba.gov.br. Lá o candidato escolhe a opção do curso e da instituição de ensino que lhe interessa.

O chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), Pedro Américo, ressalta que o projeto IG do Qualifica Feira tem como público alvo cidadãos feirenses que possuem o NIS (Número de Inscrição Social), que já concluíram o ensino médio ou graduação de nível superior, funcionários públicos municipais e seus dependentes diretos (pai, mãe, filho e cônjuge). :: LEIA MAIS »

MP pede explicações técnicas para flexibilização da abertura do comércio em Feira de Santana

Ministério Público Estado da Bahia

Ministério Público Estado da Bahia

O Ministério Público estadual solicitou ao prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, que informe tecnicamente o que motivou a flexibilização das medidas restritivas ao comércio local. Ontem, dia 17, o promotor de Justiça Audo Rodrigues encaminhou ofício ao prefeito e solicitou, que no prazo de 72 horas, seja enviado ao MP relatório, laudo técnico ou estudo equivalente, que tenha sido utilizado como base para a flexibilização prevista em decreto publicado na segunda-feira (15).

“Em que pese o avanço de todos os índices relativos à Covid-19 no Município – inclusive aqueles utilizados pelo Poder Público como norteadores das decisões de políticas públicas – as restrições de abertura do comércio foram flexibilizadas”, registra Audo Rodrigues. Ele solicitou ainda que seja informada a taxa semanal do aumento do número de casos registrados no município, nos últimos 30 dias; a taxa semanal do número de mortes por Covid-19 nos últimos 30 dias; a taxa de letalidade da doença na cidade; a prevalência da Covid-19 na população local; o grau de isolamento social no município, organizado semanalmente, desde março de 2020; a taxa de aumento dos casos suspeitos, organizada semanalmente, desde março de 2020; e a taxa de ocupação de leitos de UTI destinados à Covid-19 no Município. :: LEIA MAIS »

Procon fiscaliza farmácias para identificar aumentos abusivos em medicamentos

Procon fiscaliza farmácias para identificar aumentos abusivos em medicamentos

Foto: Divulgação / Procon

A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/Fsa) foi as ruas de Feira de Santana para verificar os preços praticados pelas farmácias em medicamentos com alta demanda neste período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Segundo o Procon, alguns estabelecimentos foram notificados e tem até 48h para prestarem informações sobre os preços praticados entre os meses de abril e junho deste ano. As medicações constatadas são a Azitromicina, Hidroxicloroquina, Ivermectina, Predinisona e as vitaminas D e C + Zinco.

Com os dados, o órgão poderá constatar se houve alta abusiva nos valores. De acordo com o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, é vedado ao fornecedor elevar o preço de produtos e serviços sem que haja um justo motivo – aumento de custos – que seja capaz de refletir no preço final. Esses custos devem ser compromados por meio de documentos. :: LEIA MAIS »

Justiça determina banco devolver R$ 150 milhões ao Estado da Bahia

A pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE), o juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Salvador Manoel Ricardo D’Ávila determinou que o Banco do Brasil devolva ao Tesouro Estadual cerca de R$ 150 milhões referentes à parcela do mês de maio de um contrato de financiamento do Estado da Bahia com o banco.

A decisão acata, em parte, o pedido da PGE que, diante da repercussão mundial ocorrida por conta da pandemia do Covid-19, situação que ensejou a declaração do estado de calamidade pública, repercutindo fortemente no quadro econômico do estado da Bahia, solicitou a suspensão e prorrogação do vencimento das parcelas de maio e novembro de 2020 do financiamento, para serem relocadas para o final do contrato, sem imposição de multa e qualquer restrição cadastral ou qualquer forma de bloqueio.

Responsável pela demanda, o procurador do Estado Jamil Cabus apontou como causa do pedido a situação superveniente e imprevisível causada pela pandemia do Covid-19, o déficit na arrecadação de tributos e também o aumento extraordinário de despesas com a área de saúde para combate a disseminação do coronavirus e tratamento dos pacientes acometidos pela doença, que não estavam previstas no orçamento. :: LEIA MAIS »

STJ manda trancar queixa-crime de Maurício Barbosa contra Targino Machado

Deputado estadual Targino Machado

Deputado estadual Targino Machado – Foto: Divulgação

O Superior Tribunal de Justiça determinou, nesta terça-feira (16), o trancamento de uma queixa-crime movida pelo secretário da Segurança Pública do Estado da Bahia, Maurício Barbosa, contra o deputado estadual Targino Machado (Democratas) devido a um discurso feito pelo parlamentar no plenário da Assembleia Legislativa (AL-BA) em 2017.

Em decisão monocrática, o ministro Jorge Mussi considerou que, “da leitura da norma constitucional em apreço, verifica-se que os parlamentares não respondem civil e penalmente pelas opiniões, palavras e votos proferidos no exercício do mandato”. Mussi cita o artigo 53 da Constituição Federal: “Os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos”.

“No caso dos autos, consta da queixa-crime que as ofensas nela narradas foram proferidas pelo paciente, Deputado Estadual, da tribuna do Plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, e se relacionam a fatos por ele investigados no âmbito da Secretaria de Segurança do Estado da Bahia, ou seja, guardam relação direta com o exercício do seu mandato, o que enseja o reconhecimento da atipicidade de sua conduta”, escreveu o ministro. :: LEIA MAIS »

Prefeito de Feira diz estar preocupado com situação do ano letivo

Prefeito de Feira diz estar preocupado com situação do ano letivo

Foto: Divulgação / PMFS

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, afirmou estar preocupado com a possibilidade da perda do ano letivo, situação que considera gravíssima, em conjunto com a pandemia do novo coronavírus. As aulas foram suspensas há três meses. “Crianças das primeiras letras ainda não tiveram aulas. A recuperação deverá ser rápida, porque o apagão educacional está acontecendo em todo o país, que é um desafio”, afirmou. Para ele, o reflexo desta situação será sentida dentro de uma década, por toda uma geração que está no momento passando por estas dificuldades.

Ele argumentou que o município está buscando alternativas, porque a educação terá que se reinventar completamente. “Aulas presencial e à distância deverá ser equilibrada”. Colbert Filho ainda disse que está-se buscando o que fazer para que conteúdo de ensino seja acessado e, uma das possibilidades, será ofertar maior dados de internet para que a maioria das famílias que não tem condições de oferecer esta plataforma para que seus filhos estudem. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia