WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia







Bahia inicia elaboração dos Inventários de Gases de Efeito Estufa

Foto: Divulgação / SEMA

A Bahia inicia nesta quarta-feira (14), às 9h, a elaboração dos Inventários de Gases de Efeito Estufa (GEEs). Trata-se de um passo importante para a construção do Plano Estadual de Enfrentamento às Mudanças Climáticas, uma vez que este instrumento representa a linha de base sobre a qual irão incidir as metas de redução da emissão desses gases e as ações de mitigação e adaptação para o enfrentamento às alterações do clima no estado. A elaboração dos inventários integra as medidas adotadas pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) para atualizar a Política de Mudanças Climáticas do Estado da Bahia, instituída em 2011.

O contrato com a ONG Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI), financiado pelo Ministério Público do Estado da Bahia, por meio da Promotoria Regional de Meio Ambiente da Costa do Cacau, será assinado durante a 4a Reunião Ordinária do Fórum Baiano de Mudanças Climáticas Globais e de Biodiversidade, presidido pelo secretário de Meio Ambiente, João Carlos Oliveira. No mesmo dia, às 14h, o Grupo de Trabalho formado para esta finalidade já inicia os trabalhos junto com o ICLEI.

Um Inventário de emissões diretas e indiretas de gases de efeito estufa é a forma de quantificar o volume e as fontes de emissão de GEEs em um determinado território, seja de uma empresa, atividade, evento, processo, unidade, produto ou de um país, estado e cidade. A metodologia utilizava na Bahia para fazer esta quantificação tem por base procedimentos e práticas recomendadas por protocolos internacionais, como o GHG Protocol e outras normas, como a ISO 14064. Após esta quantificação se obtém como resultado final a quantidade de toneladas de gases, principalmente de carbono, emitidas pelas principais atividades econômicas da localidade, no caso, do estado. :: LEIA MAIS »

Vendas do varejo baiano crescem 1,6% em fevereiro

As vendas no comércio varejista baiano registraram crescimento de 1,6% em fevereiro de 2021, frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais. Os dados, divulgados nesta terça-feira (13), foram apurados pela Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – realizada em âmbito nacional – e analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).

“Este resultado aponta um crescimento do varejo baiano acima do nacional, cuja expansão foi de apenas 0,6 %, na mesma base de comparação. Vale destacar que estes dados foram influenciados pelo crescimento no mercado de trabalho, uma vez que nos meses de janeiro e fevereiro foram criados 33,3 mil empregos formais no Estado da Bahia, resultado superior aos 25,4 mil do mesmo período de 2020”, ressalta o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

Em relação a igual mês do ano anterior, quando ainda não havia pandemia do coronavírus, as vendas no Estado da Bahia recuaram 5,0%. No acumulado do ano, a taxa foi negativa em 3,8%. Estes resultados refletem os efeitos da segunda “onda” de contaminação pelo coronavírus. A incidência de novos casos de Covid-19 levou a necessidade de adoção de medidas mais restritivas. :: LEIA MAIS »

Proposta de homenagem à Marielle Franco é rejeitada na Câmara de Feira de Santana

Vereador Jhonatas Monteiro (PSOL)

A proposta para a criação de uma data em homenagem à vereadora carioca Marielle Franco foi rejeitada pelos vereadores da Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta terça (13).

De autoria do vereador Jhonatas Monteiro (PSOL), o projeto previa a criação do “Dia Marielle Franco de Enfrentamento à Violência Política contra Mulheres Negras, LGBTQIA+ e periféricas” no calendário oficial de festas populares e de eventos do município, a ser comemorado no dia 14 de março.

“O que pedimos é a realização de campanhas informativas, seminários, palestras e eventos semelhantes em instituições e centros educacionais, bibliotecas, praças e outros equipamentos públicos do município para que se possa discutir a desigualdade”, disse Jhonatas no debate sobre o projeto. :: LEIA MAIS »

Abertos 20 novos leitos para atendimento a pacientes com Covid-19 na região norte

Hospital São Francisco – Campo Formoso – Foto: Divulgação / Sesab

Com a atenção voltada à ampliação do número de leitos exclusivos para atendimento de pacientes com Covid-19, 10 leitos de terapia intensiva (UTI) e 10 clínicos foram abertos no Hospital São Francisco, do município de Campo Formoso, no norte da Bahia, nesta terça-feira (13). A ativação dos leitos foi feita por meio de contratualização entre a unidade municipal e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Com estes, já são mais de 3.400 leitos disponibilizados na Bahia, entre clínicos e de terapia intensiva, apenas para tratamento de pacientes com o novo coronavírus. “Continuamos com os esforços em reduzir a taxa de ocupação de leitos para que os pacientes sejam atendidos com o suporte necessário”, comenta o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. :: LEIA MAIS »

Vereador cobra que Governo do Estado volte ajudar a zona rural de Feira de Santana

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

“O Governo do Estado precisa voltar a colaborar e ajudar a zona rural de Feira de Santana”. A afirmação é do vereador Lulinha (DEM), que votou favorável ao requerimento que institui a Frente Parlamentar para Agricultura, Pesca, Desenvolvimento Rural e Abastecimento Agropecuário do município. A propositura foi aprovada, por unanimidade, na Câmara Municipal de Feira de Santana, na última quarta (7).

O vereador disse que considera importante a ideia da Frente Parlamentar, pelo fato de ter “um trabalho extensivo nos distritos de Feira de Santana e acompanhar as necessidades”. Disse saber o quanto a população precisa de apoio e incentivo para que a zona rural possa ser melhor atendida, e criticou o fato de que só o Município tem buscado melhorias para a área rural feirense. :: LEIA MAIS »

Galeguinho SPA sai em defesa do setor cultural: “é necessário um olhar mais empático”

Vereador Galeguinho SPA (PSB)

O vereador Galeguinho SPA (PSB) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (13), para chamar a atenção do Poder Executivo, em um tom de reflexão sobre a situação dos profissionais da cultura, músicos e donos de bares que atuam em Feira de Santana, que estão passando dificuldades devido a pandemia do novo coronavírus há mais de um ano.

Acompanhando de perto o panorama do setor, o parlamentar reconhece que a categoria está em crise. De acordo com ele, “o setor cultural não tem perspectiva nenhuma”.

“Subo na tribuna para externar como está difícil para os músicos e donos de bares da nossa cidade colocar o sustento dentro de casa. Sabemos que a categoria foi a mais afetada durante toda a pandemia, e continua sendo a mais prejudicada até hoje sem perspectiva nenhuma de retomada. A fome já está se tornando personagem principal na vida dessas pessoas”, declarou Galeguinho. :: LEIA MAIS »

Abastecimento de água será suspenso temporariamente em bairros e distritos de Feira de Santana 

A Embasa informa que, para possibilitar a conexão de novos trechos na rede distribuidora em função das obras de duplicação da Av. Rubens Francisco Dias, será preciso suspender temporariamente o abastecimento de água nos bairros Parque Ipê e Papagaio e nas localidades de Mantiba, Candeal I e II, Santa Quitéria e parte do distrito da Matinha, amanhã (14), a partir das 7 horas da manhã.

Os serviços devem ser concluídos no início da noite da própria quarta-feira (14), quando o fornecimento de água será retomado gradativamente.  Moradores de imóveis com reservação adequada não devem sentir os efeitos da interrupção. A Embasa recomenda o uso econômico da água armazenada nos reservatórios domiciliares, evitando usos que possam ser adiados. (Ascom)

Deputado José Nunes promove audiência com lideranças do interior na Assembleia Legislativa

Foto: Divulgação / Ascom

O deputado federal José Nunes esteve em audiência no gabinete do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Adolfo Menezes. Participaram do encontro, Gabriel Nunes, filho do deputado, os prefeitos Jai do município de Barrocas e Drº Lei de Encruzilhada, e o ex-prefeito de Rafael Jambeiro, Naldinho.

Na reunião, foram debatidas importantes demandas e realizações para as respectivas cidades.

O parlamentar José Nunes sempre foi um defensor das pautas municipalistas e acredita que a parceria com o presidente da ALBA pode trazer mais representatividade para as necessidades do interior. “Adolfo, assim como eu, tem raízes no interior e conhece a realidade dos pequenos municípios baianos que lidam com questões diferentes das grandes cidades do nosso estado”, pontuou o pessedista.

Gabriel Nunes enfatizou a importância de ouvir os prefeitos e lideranças municipais, sobretudo, no enfrentamento do coronavírus. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia