WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Intereduc SECOM - HGCA2





Eremita Mota lamenta atraso do MEC em dar diretrizes as escolas públicas durante a pandemia

Vereadora Eremita Mota - Foto Karoliny Dias

Vereadora Eremita Mota – Foto: Karoliny Dias

Falando sobre como a educação tem sido tratada com a pandemia, a vereadora Eremita Mota (PSDB) lamentou o atraso do Ministério da Educação no lançamento de diretrizes para as escolas públicas durante a pandemia. O MEC homologou um conjunto de diretrizes para orientar instituições de ensino da educação básica e superior sobre as práticas que devem ser adotadas durante a pandemia somente no início de junho. A pandemia começou em março deste ano no Brasil.

A vereadora ressaltou que as escolas particulares deram um jeito de se adequar a nova realidade dando aulas online para seus estudantes. Diferente do que aconteceu com as escolas públicas que dependem das determinações do Ministério da Educação para tomar atitudes. “Somente em junho o MEC tomou uma atitude e anunciou suas diretrizes. É um descaso do poder público com a educação pública. Os alunos que dependem da gratuidade são os mais prejudicados, lamentavelmente. São a grande maioria e ficaram desestimulados com a situação”, completou.

Eremita, que é presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Municipal de Feira de Santana, disse ainda que está fazendo visitas e tem constatado que muitas delas estão sem ensino. “Estive em mais ou menos 20 casas neste final de semana e em nenhuma delas os alunos estão tendo acesso ao ensino. Governar para pobre é difícil. São sempre eles os mais prejudicados. Mesmo colocando as diretrizes atrasadas do MEC em prática, como professora, eu sei que os alunos não terão como colocar os trabalhos atrasados em prática. Se viesse antes haveria um êxito melhor”, afirmou. :: LEIA MAIS »

Colbert lembra morte de liderança histórica de Feira de Santana

José Falcão da Silva

José Falcão da Silva – Foto: Reprodução / PMFS

Quando ainda não existia a ultrassonografia, José Falcão da Silva, expert em “tiradas” espirituosas, costumava dizer: “De barriga de mulher grávida, cabeça de juiz e urna, ninguém sabe o que sai”. Ontem, 5, completou 23 anos que o bancário, advogado, ex-vereador, ex-prefeito e ex-deputado federal morreu, pouco tempo depois de conquistar o terceiro mandato como chefe do Executivo de Feira de Santana.

“Tive a oportunidade de uma convivência próxima com José Falcão, pois durante muito tempo ele foi correligionário político do meu pai. Inegavelmente, foi uma liderança política que merece sempre ser lembrada na história de Feira de Santana”, destaca o prefeito Colbert Martins Filho.

Apelidado carinhosamente como “Zé Festinha”, José Falcão da Silva começou na política em 1962, se candidatando a deputado, mas não conseguiu a eleição. Quatro anos depois, foi eleito vereador, sendo o mais votado do MDB. Falcão conquistou o primeiro mandato de prefeito em 1972 e conseguiu o segundo mandato em 1982. :: LEIA MAIS »

Prefeito de Santo Antônio de Jesus é multado pelo TCM

TCE E TCM

TCM

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou parcialmente procedente termo de ocorrência lavrado contra o prefeito de Santo Antônio de Jesus, André Rogério de Araújo Andrade, em razão da contratação de servidores sem a prévia realização de concurso público. A decisão foi proferida na sessão desta quarta-feira (05/08), realizada por meio eletrônico. O conselheiro Raimundo Moreira, relator do processo, multou o gestor em R$ 5 mil.

Os conselheiros do TCM determinaram, ainda, que o gestor promova a realização de concurso público para os 304 cargos ocupados por servidores temporários, contratados sem qualquer espécie de seleção pública. Eles exercem os cargos de professor, telefonista, motorista, enfermeiro, agente administrativo, médico, técnico/auxiliar da área de saúde, serviços gerais, assistente social e psicólogo.

Para a relatoria, os documentos apresentados pelo gestor não descaracterizaram as irregularidades relacionadas a alguns cargos noticiados, tais como professores, enfermeiros, médicos, assistentes sociais e psicólogos, uma vez que o caráter de excepcionalidade dessas contratações não foi devidamente justificado, pois tais cargos deveriam ser ocupados por servidores efetivos. :: LEIA MAIS »

Osba lança processo seletivo para aulas de ensino à distância

Como forma de compartilhar seus conhecimentos musicais com a comunidade, a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) expande as atividades de extensão e lança a ‘Academia Virtual da Osba’, projeto de aulas de ensino à distância ministradas por integrantes da orquestra. A iniciativa é voltada a musicistas e músicos em formação que queiram se aperfeiçoar na prática de instrumentos orquestrais.

São oferecidas 95 vagas para 13 modalidade de instrumento: violino (29), viola (9), violoncelo (10), contrabaixo (5), flauta (4), oboé (7), clarinete (3), saxofone (2) fagote (4), trompa (3),trompete (8), trombone (5), tuba (2) e percussão (4). As inscrições deve ser feitas até o dia 23 de agosto, exclusivamente neste link. O processo seletivo ocorrerá por meio do exame de um vídeo musical enviado pelo candidato.

A valorização da diversidade étnica, social e de gênero é uma premissa do edital de seleção, que destinará 40% das vagas à promoção da inclusão. Dessas, metade serão reservadas para mulheres e metade serão reservadas para pessoas autodeclaradas negras (pretas e pardas) ou indígenas e que estejam em situação de vulnerabilidade econômica. As informações detalhadas e condições para a inscrição podem ser lidas no edital, disponível neste link. :: LEIA MAIS »

Vereador denuncia sucateamento da Guarda Municipal

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PSB)

“A Prefeitura de Feira de Santana recebeu quatro viaturas doadas pela Polícia Rodoviária. Até hoje as viaturas permanecem no guincho em que chegaram, ao invés de estarem servindo à comunidade através da Guarda Municipal”. A denúncia foi feita pelo vereador Roberto Tourinho (PSB) durante sessão ordinária desta terça-feira (04), na Câmara Municipal de Feira de Santana. Segundo o edil, os guardas municipais têm trabalhado em situações precárias. “O que vemos hoje é o verdadeiro sucateamento da Guarda Municipal, que hoje nem sequer conta com veículos oficiais e padronizados para rodar e precisam rodar com veículos particulares. Para se ter uma ideia, muitos estão até sem farda”, denunciou.

Tourinho denunciou o descaso da prefeitura municipal com a categoria, diante de direitos básicos. “O ticket alimentação dos servidores da Guarda era de dez reais há muitos anos. Este ano, a prefeitura aumentou para onze reais. Apenas um real a mais. Isto é lamentável!”, afirmou. :: LEIA MAIS »

Feira de Santana: Estudo vai apresentar soluções para alagamentos de ruas

Estudo vai apresentar soluções para alagamentos de ruas

Foto: Divulgação / PMFS

A ordem de serviço para que a Fundação Escola Politécnica da UFBA inicie os levantamentos técnicos para a elaboração do Plano Diretor de Drenagem e Manejo das Águas Pluviais Urbanas de Feira de Santana deverá ser assinado nos próximos dias, pelo prefeito Colbert Filho.

Complexo, o estudo vai apresentar, entre muitas outras, soluções para os problemas de alagamentos de ruas, bem como aqueles que afetam as três bacias hidrográficas do município – Pojuca, Jacuípe e Subaé. A sociedade será ouvida, em audiências públicas, para a sua elaboração. A participação da sociedade civil organizada é importante porque os técnicos dedicarão atenção especial às análises das propostas apresentadas pelos cidadãos, conhecedores das realidades locais.

O secretário de Planejamento, Carlos Brito, definiu o Plano como marco importante para a cidade, que vai permitir um maior conhecimento sobre este setor. “Este será um instrumento básico de desenvolvimento sustentável focado na tomada de decisões sobre a adoção de infraestrutura para o manejo das águas das chuvas”, afirmou. “O que se busca é preparar a cidade para o futuro. E vamos conseguir”, pontuou Brito. :: LEIA MAIS »

Marcelle Moraes propõe criação da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal

Vereadora Marcelle Moraes

Vereadora Marcelle Moraes – Foto: Agência CMS

A vereadora Marcelle Moraes (sem partido) sugeriu ao Executivo Estadual por meio do Projeto de Indicação nº 87/19 a criação da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal, através da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP). “A Delegacia Eletrônica de Proteção Animal criará um canal único que fará a distribuição online das ocorrências diretamente às delegacias mais próximas do local dos fatos”, explicou a parlamentar.

“O projeto visa proporcionar a agilidade nas denúncias e nas averiguações dos crimes contra animais, tais como: tráfico, comércio proibido, criação clandestina, abatedouros ilegais, empresas que fazem testes ilegais em animais, espancamento, abandono, atropelamento, negligência (animais sem água ou comida, com corrente curta), envenenamento ou qualquer outro ato previsto em lei e tipificado como crime”, consta no documento. :: LEIA MAIS »

Ex-vereador é nomeado novamente na Secretaria Municipal de Educação

Beldes Luis Pereira Ramos

Ex-vereador Beldes Ramos – Foto: Divulgação

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, através de Decreto Individual de Nº 630/2020 resolveu nomear mais uma vez Beldes Luis Pereira Ramos, para o cargo de Chefe da Divisão de Apoio ao Magistério, da Secretaria Municipal de Educação, símbolo DA-2. Conforme a publicação do Diário Oficial do Município desta quarta-feira (05), ele substitui Carlos José Almeida São Leão.

Beldes já foi vereador na cidade de Feira de Santana pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e já havia sido nomeado no ano passado para o mesmo cargo.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia