WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Novas obras

:: ‘Salvador’

Intervenções em ruas de Salvador custarão mais de R$ 124 milhões

Intervenções em ruas de Salvador custará mais de R$ 124 milhões

Foto: Manu Dias

O governador Rui Costa esteve no bairro do Comércio, nesta segunda-feira (14), para visitar as obras de infraestrutura urbana que integram o projeto ‘Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador’. Com investimento total de mais de R$ 124 milhões, o projeto contempla a pavimentação de vias, requalificação de calçadas e melhoria da acessibilidade em mais de 300 ruas da capital baiana. Conduzidas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), as obras são realizadas de forma simultânea em 11 bairros que integram o Centro Antigo de Salvador. Somente na região do Comércio e Calçada 53 vias passam por intervenções, sendo que 35 delas já foram concluídas, 11 estão em fase de execução e outras sete ainda terão as obras iniciadas.

Rui percorreu a pé sete ruas do bairro do Comércio, que já tiveram os serviços concluídos e destacou a importância do projeto para a cidade. “Estamos fazendo um investimento em cinco lotes, o primeiro é este que estamos visitando hoje, aqui no Comércio, onde já fizemos 35 ruas. Nos outros lotes temos obras até os bairros da Liberdade, Politeama, Saúde, Tororó, enfim, todo o chamado Centro Antigo. É um investimento importante, que revitaliza as vias urbanas, passeios, calçadas, ruas, vielas. O objetivo desse investimento é trazer as pessoas para freqüentar de volta essa região, atrair investimentos de empresários e grandes hoteis”, afirmou o governador.

Segundo o diretor do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), Maurício Mathias, os bairros do Comércio e Calçada integram o lote 1 do projeto. “O grande objetivo deste projeto é requalificar as ruas, valorizando o patrimônio e oferecendo melhor acessibilidade aos turistas que frequentam esta região. A melhoria já é visível e as pessoas conseguem caminhar pelo Comércio de forma confortável e segura”, explica.

Petista critica empresa vencedora de contrato para prestação de serviço a Sesab

Vereador Luiz Carlos Suíca

Vereador Luiz Carlos Suíca (PT)

Na última quinta-feira (10), o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) criticou atrasos salariais, de benefícios e não pagamento de 13º pela Globo, empresa que ganhou o contrato da prestação de serviço da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) para o setor de portaria. Segundo o vereador, a empresa não tem responsabilidade com o trabalhador terceirizado e destacou a atuação do Sindicato dos Trabalhadores em limpeza pública, asseio, conservação, jardinagem e controle de pragas intermunicipal (Sindilimp-BA) neste processo. “A empresa Globo presta serviço para a Sesab com a contratação de profissionais terceirizados no setor de portaria. Há seis meses salários vêm sendo atrasados, assim como vale-transporte e vale-alimentação. O Sindilimp-Ba está acompanhando toda essa demanda”, detalhou Suíca.

O edil também criticou a postura das empresas que não cumprem com a legislação e disse que é preciso maior fiscalização. “Temos de cobrar e garantir que os trabalhadores e trabalhadoras tenham seus direitos reconhecidos e cumpridos pelas empresas que prestam serviço para o estado. É assim que o Sindilimp-BA atua, e é assim que vamos continuar fazendo durante esse ano. Precisamos acompanhar de perto e fiscalizar, já que os órgãos competentes para isso não conseguem dar conta da demanda”, concluiu.

Vereador chama atenção para acúmulo de lixo e poluição em praias

Foto: Divulgação

Quem passou por alguma praia da capital baiana neste verão pode ter se deparado com um fenômeno comum, mesmo nas regiões mais remotas da orla de Salvador: o lixo. Embora a prefeitura venha realizando limpezas nas praias soteropolitanas o problema tem se repetido.

Pensando em alertar e conscientizar a população, o vereador Sabá (PV) chamou a atenção para o caso. “No verão as praias são o destino predileto das pessoas, principalmente em uma cidade como Salvador. Muitos querem aproveitar o espaço natural para nadar, relaxar, praticar esportes, tomar sol, dentre outras coisas, mas é necessário ter cuidado com o lixo que é produzido no local. Além de interferir na beleza das praias, que são cartões postais da nossa cidade, o lixo deixado na areia também acaba prejudicando a vida marinha, uma vez que parte dos dejetos que não são recolhidos acabam carregados para o fundo do mar. Gastos altos com a limpeza por parte dos órgãos púbicos, perda do potencial turístico causada pela alteração estética e pela contaminação do ambiente também são consequência deste mau comportamento. É necessário que as pessoas se conscientizem e não deixem sujeira nas praias”, alertou o parlamentar.

De acordo com Sabá, a questão ainda se estende à saúde pública, pois a propagação de doenças também está ligada a poluição. “Outro fator que contribui para a degradação das praias é a presença de animais que contaminam a areia com fezes e urina e a presença de pombos, que são atraídos pelos restos de alimentos. Existe ainda a água residual contaminada por esgoto e despejada no mar e a falta de banheiros públicos em praias turísticas, ambos contribuem para a falta de qualidade da água”, finalizou.

Vereadora quer isenção de IPTU para portador de doenças graves

Vereadora Ireuda Silva (PRB)

Vereadora Ireuda Silva (PRB)

A vereadora Ireuda Santos (PRB) propõe que o Executivo Municipal conceda isenção de IPTU para portadores de doenças graves, incapacitantes e doentes em estágio terminal. A proposta foi apresentada à Mesa Diretora da Câmara de Salvador através do Projeto de Lei nº 322/18. “Somado com outros benefícios concedidos, a isenção do IPTU pode fazer a diferença na batalha pela vida. Este projeto visa proteger e preservar condições básicas, levando em conta as dificuldades encontradas pelas famílias que possuem algum ente querido acometido por doenças graves ou em estado terminal”, afirma Ireuda Silva.

Como exigência para usufruir do benefício de isenção o candidato deve fazer o pedido à Prefeitura de Salvador e apresentar um laudo que comprove sua condição de saúde. Conforme o projeto, o portador de doenças graves não deve exercer nenhum tipo de atividade informal e não deve possuir imóvel cujo valor de locação e condomínio ultrapasse R$2.500 mensais.

Caged aponta geração de 2.133 novos empregos em Salvador só em novembro

Salvador registrou, em novembro deste ano, a criação de 2.133 empregos formais. Um resultado que representa mais de 60% de todo o emprego gerado no conjunto dos municípios da Região Metropolitana e que superou novamente os dados alcançados pelo Estado como um todo, com 964 novas vagas. Os números foram divulgados na noite de quinta-feira (20) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Como aconteceu em nível nacional, o setor do comércio foi o que mais contribuiu para o resultado positivo observado no mês de novembro também em Salvador, com a criação de 1.304 ocupações formais. O setor de serviços, por sua vez, gerou 613 postos de trabalho e o segmento da construção civil foi responsável pela criação de 251 empregos formais. “São números que expressam o esforço conjunto dos agentes econômicos soteropolitanos para superar a crise dos últimos anos. Nesse sentido, destaca-se a Prefeitura, que vem implementando, desde 2017, o programa Salvador 360, com um conjunto de intervenções estruturantes que visam estimular os investimentos na cidade e promover o desenvolvimento econômico”, afirmou o secretário de Desenvolvimento e Urbanismo, Sérgio Guanabara.

De janeiro a novembro do ano corrente foram criados na cidade 7.892 postos formais. Em dezembro, a expectativa é que os números sejam ainda mais positivos, sobretudo em função do Festival Virada Salvador, que vai movimentar algo em torno de R$500 milhões na economia da cidade, segundo levantamento feito pela Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). Cerca de 90% dos leito dos principais hotéis da capital já estão reservados. “Os empregos nesse período são gerados em todos os setores, formais e informais, o que serve para demonstrar o peso que o turismo tem na geração de emprego e renda em Salvador. Nossa expectativa é a melhor possível para todo o Verão”, declarou o titular da Secult, Cláudio Tinoco.

Sidninho é o novo líder da oposição na Câmara de Salvador

Vereador Sidninho

Vereador Sidninho (Podemos

O vereador Sidninho (Podemos) foi escolhido para liderar a bancada de oposição da Câmara Municipal de Salvador durante o período legislativo de 2019. A composição da minoria na Casa foi definida em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (21).

O vice-líder e segundo vice-líder serão os vereadores Suíca (PT) e Toinho Carolino (Podemos), respectivamente. Sidninho assume o posto da vereadora Marta Rodrigues (PT), que liderou os oposicionistas em 2018.

Prefeitura e Sebrae assinam protocolo para gestão do Centro de Inovação

Prefeitura de Salvador

Prefeitura de Salvador

O Centro Municipal de Inovação Colabore, que está sendo construído pela Prefeitura no Parque da Cidade, terá parceria com o Sebrae Bahia na gestão do espaço, voltado para o incentivo de ações para o desenvolvimento de projetos sustentáveis e de impacto social e inovadores para a cidade. O protocolo de intenções foi assinado pelo prefeito ACM Neto e o superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, nesta quinta-feira (20), no Palácio Thomé de Souza. Os detalhes do espaço foram apresentados pelo secretário de Cidade Sustentável e Inovação (Secis), André Fraga. Com previsão de entrega para março de 2019, o Colabore terá 700m² e será voltado para microempresas, microempreendedores individuais (MEIs), startups ou pessoas que possuem projetos de impacto positivo para Salvador.

O lugar terá, ao todo, oito módulos, sendo dois reservados para coworkings públicos, com 64 estações de trabalho. A expectativa é de que sejam atendidas, em média, mil pessoas por mês. “O IPTU Amarelo e o Colabore são duas iniciativas que, mesmo sendo de universos distintos, colocam Salvador na linha de frente do que há de mais moderno produzido no Brasil e no mundo”, pontuou o prefeito. Os usuários do Colabore ainda terão acesso a escritórios compartilhados, auditório, cafeteria, salas de reunião e incubadora de impacto social, com capacidade para dar suporte a cerca de 12 projetos. A proposta é que o centro também ofereça cursos de capacitação na área de inovação e empreendedorismo social periodicamente para promover a qualificação dos profissionais acolhidos no espaço.

De acordo com o superintendente do Sebrae Bahia, o Colabore já está sendo visto como um projeto-piloto pela entidade e deverá ser inovador também na área de startup social. “Há uma carência das pessoas da periferia que têm uma ideia, mas não sabem como desenvolvê-las. Esse vai ser mais um projeto que trará não apenas mais um degrau na área de inovação em Salvador, mas que também possibilitará à população em geral ter acesso a startups e a tecnologias modernas. Esse núcleo será uma forma dessas pessoas entrarem nesse universo”, afirmou Khoury. A estrutura será produzida a partir de contêineres reutilizados e contará com diversas outras ações sustentáveis. Além de cobertura vegetal e aproveitamento da ventilação cruzada, o local terá sistema de reaproveitamento de água das chuvas, painéis solares fotovoltaicos para a geração de energia solar e bicicletário, para estimular o uso do transporte alternativo. :: LEIA MAIS »

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif ZÉ NETO - BOAS FESTAS - BANNER SITE - POLÍTICA IN ROSA - 500X500PX - FINAL Deputado José Nunes Boas Festas 2018 RON DO POVO Luiz da Feira Boas Festas Gerusa Boas Festas 2018 Vereador Bililiu Natal e Ano Novo Gilmar Amorim Boas Festas


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia