WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Notícias Política de Feira de Santana’

Candidato a prefeito pelo Novo, Carlos Medeiros, diz que pesquisa eleitoral mostra desejo de renovação política

Carlos Medeiros

Carlos Medeiros – Foto: Divulgação / Ascom

O candidato a prefeitura de Feira de Santana pelo Partido Novo, Carlos Medeiros, avaliou positivamente a pesquisa de intenção de voto divulgada na manhã desta quinta-feira (10) pelo Jornal A Tarde. Segundo ele, ter o nome na lembrança das pessoas, mesmo sendo um novo nome na política e sem ser um rosto conhecido, é muito bom.

“Meu nome apareceu acima de deputados em exercício e pessoas que estão no mundo da política e isso é excelente. Isso só mostra que o trabalho que já começamos de pré-campanha está sendo feito de uma maneira consistente e a vontade de renovação política de Feira de Santana está imensa”, avaliou.

Carlos Medeiros lembra que a campanha ainda não começou efetivamente e mesmo sendo um nome novo ele já aparece na espontânea em 3ª lugar, considerando apenas os nomes que estão na disputa eleitoral deste ano. :: LEIA MAIS »

Feira de Santana: Zé Neto tem 29% dos votos contra 22% de Colbert Filho

Feira de Santana Zé Neto tem 29% dos votos contra 22% de Colbert Filho

Foto: Gustavo Bezerra / Jorge Magalhães

Postulante à prefeitura de Feira de Santana, o deputado federal Zé Neto (PT) tem 29% das intenções de voto, contra 22% do atual prefeito Colbert Martins Filho (MDB), que tenta a reeleição, aponta levantamento de A TARDE, realizado pela Potencial Pesquisa. Como a margem de erro é de 4 pontos percentuais, há uma situação de empate técnico.

Em seguida, aparecem o ex-deputado estadual e radialista Carlos Geilson (Podemos), com 9% e o vereador Beto Tourinho (PSB) com 5%. O empresário Carlos Medeiros (Novo), o deputado estadual José de Atimateia (PRB) e a deputada federal Dayane Pimentel (PSL) têm 2% das intenções de voto, cada. E a presidente do PSOL de Feira, Marcela Prest, obteve 1%. Outros 11% não sabem em quem votarão e 1% não quis responder. Os que informaram voto em branco ou nulo somam 16%.

Mantido o atual cenário, Feira poderia ter um segundo turno na eleição para a prefeitura depois de 24 anos – a última vez em que isso ocorreu foi em 1996, na disputa entre José Falcão e Josué Mello.

“Promete ser uma disputa acirrada. A gente não sabe o que pode acontecer. O Colbert tem a prefeitura na mão, o que pode lhe dar alguma vantagem. Por outro lado, a rejeição do Colbert é um pouco maior. Pelos números, ele parece ter uma avaliação que não é das melhores. Pode haver um cansaço, pelo grupo político estar há muitas gestões no poder”, afirma Zeca Martins, diretor da Potencial Pesquisa.

Colbert tem a segunda pior rejeição, com 54% dos entrevistados dizendo que não votariam nele de jeito nenhum. Ele perde apenas para Arimateia, que tem 59% de rejeição. Geilson e Dayane aparecem com rejeição de 52%. Empatado tecnicamente com o prefeito nas intenções de voto, Zé Neto tem a menor rejeição entre os postulantes (39%).

Colbert e Zé Neto são também os dois postulantes à prefeitura mais conhecidos, com respectivamente 2% e 5% dos entrevistados dizendo que não os conheciam suficientemente para opinar. :: LEIA MAIS »

PSL Feira oficializa candidatura de Dayane Pimentel à Prefeitura

PSL Feira oficializa candidatura de Dayane Pimentel à Prefeitura

Foto: Divulgação / Ascom

O partido PSL em Feira de Santana oficializou, nesta quarta-feira (09), a candidatura da deputada federal Dayane Pimentel à Prefeitura de Feira de Santana. O candidato a vice-prefeito escolhido foi o professor Sérgio Passos.

A convenção do partido ainda oficializou 32 candidatos à Câmara Municipal de Feira de Santana, sendo 10 mulheres e 22 homens.

Governo do Estado abandona Centro de Cultura Amélio Amorim, critica vereador

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador Marcos Lima (DEM), em discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, criticou a “situação de abandono” do Centro de Cultura Amélio Amorim, equipamento pertencente ao Governo do Estado.

O edil cobrou providências do governador Rui Costa. “O cidadão que de Feira de Santana que passa pela avenida Presidente Dutra vê um Centro Cultural abandonado, sucateado e isto é lamentável”.

Ele também criticou a falta de saneamento básico na Lagoa Grande, obra tocada pela Conder, órgão do governo baiano. “O saneamento básico tão esperado, tão desejado pelos moradores do Caseb, ainda não foi feito, mesmo com a cobrança de tantos vereadores nesta tribuna, representando aquele bairro”. :: LEIA MAIS »

Justiniano França é o novo secretário de Educação de Feira de Santana

Justiniano França

Justiniano França – Foto: Jorge Magalhães

O vereador licenciado Justiniano França (DEM) foi nomeado nesta terça-feira (08) para o cargo de Secretário Municipal de Educação de Feira de Santana. Ele foi nomeado através do Decreto Individual de Nº 690/2020.

Justiniano que recentemente estava exercendo a função de secretário de Serviços Públicos, agora ocupa a secretaria de Educação no lugar do advogado Marcelo Neves. Neves deixou o cargo no último sábado (05).

Justiça determina que alimentação seja distribuída aos alunos de Feira de Santana em até dez dias

Liminar determina que alimentação seja distribuída aos alunos de Feira de Santana em até dez dias

Foto: Agência Brasília

Duas semanas após ajuizar uma Ação Civil Pública – ACP para garantir a alimentação aos alunos da rede municipal de ensino de Feira de Santana, a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA teve parte do seu pedido concedido através de liminar. Em audiência realizada por videoconferência, ficou determinado que o Município inicie esta distribuição em até 10 dias, sob pena de multa caso haja atraso no cumprimento do prazo.

Desde que as aulas foram suspensas no município há quase seis meses, devido à pandemia do novo coronavírus, os mais de 51 mil de estudantes da rede municipal estão sem acesso à merenda escolar. De lá para cá, a Defensoria tentou resolver esta situação de forma extrajudicial e através de expedição de diversos ofícios para a Prefeitura Municipal, que justificou falta de verba suficiente para a distribuição. Diante do impasse, a Instituição resolveu ajuizar a ACP no dia 16 de agosto.

“A alimentação escolar é indispensável, principalmente para os alunos de baixa renda, não sendo aceitável mais um mês sem que tais estudantes tenham acesso a merenda, vez que para a grande maioria é a única fonte de alimentação equilibrada em termos nutricionais e extremamente necessária ao desenvolvimento físico e psicológico das crianças e adolescentes”, explicou a defensora pública Sandra Falcão, que atua na unidade da Defensoria em Feira de Santana (onde está sediada a 1ª Regional da Instituição) e ajuizou a ação.

Audiência

Realizada por videoconferência pela 1ª Vara da Infância e Juventude da comarca de Feira de Santana, a audiência aconteceu ontem, 3, e contou com a participação virtual da Defensoria Pública, do Ministério Público e do Município de Feira de Santana, representado pelo seu subprocurador. :: LEIA MAIS »

Marcelo Neves deixa o cargo de secretário municipal de Educação

Marcelo Neves

Marcelo Neves – Foto: Divulgação / PMFS

O advogado Marcelo Neves deixou na manhã deste sábado (05), o cargo de secretário municipal de Educação de Feira de Santana. Ele explica que sua saída se dá “de maneira tranquila, atendendo a razões profissionais” e que isto “não representa qualquer tipo de ruptura com o governo municipal”. Ele também agradeceu pela confiança e oportunidade de exercer um cargo tão importante em sua terra natal.

Marcelo Neves, que assumiu a Seduc em agosto de 2019, deixa a função com a sensação de ter dado o melhor de si para desempenhar a função que considera “mais desafiadora” até o momento em sua carreira como gestor. “Tenho consciência de ter assumido num período bastante crítico para toda a humanidade, não apenas para o Brasil nem para Feira de Santana. Num contexto ainda mais delicado para a Educação pública. No entanto, durante todo o meu percurso procurei garantir que todas as questões da pasta fossem encaradas com seriedade e a sensibilidade necessárias para a boa gestão educacional”, observa.

Bem articulado, o advogado feirense Marcelo Neves acumula vasta experiência em cargos de gestão pública. Ele foi superintendente da Sudene, Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste, no período entre 2016 e 2018; atuou como juiz conciliador no Tribunal de Justiça da Bahia e durante oito anos foi superintendente administrativo da União dos Municípios da Bahia, UPB. Foi também secretário parlamentar da Assembleia Legislativa da Bahia.

Deixa o cargo para encarar um novo desafio profissional. “Por outro lado, vou continuar próximo de Feira de Santana, grande parte da minha vida é ligada ao município, minha família vive aqui… Nunca vou me desligar de Feira”, aposta. :: LEIA MAIS »

Vereador diz que escassez de produtos e alta de preços levam empresas a desistir de obras da Prefeitura

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O vereador Lulinha (DEM) em seu pronunciamento na última quarta-feira (02), na Câmara Municipal de Feira de Santana, disse que a dificuldade para encontrar determinados produtos, a exemplo do paralelepípedo, e o aumento de preços sobre alguns itens da construção civil, como o cimento, tem motivado empresas vencedoras de licitação a fazer distrato com a Prefeitura (desistir da obra).

Segundo Lulinha, os valores declarados no processo licitatório ficam defasados diante dos aumentos, durante a obra ou mesmo antes dela ser iniciada. “As empresas justificam que ‘não vale a pena fazer’. Com a desistência da primeira colocada, é convocada a segunda, e assim sucessivamente. Caso se esgotem as tentativas de substituição, o poder público precisa promover uma nova licitação”. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia