WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-semana de empreendorismo

:: ‘Notícias Política de Feira de Santana’

Bairro Alto do Papagaio receberá um investimento de mais de R$ 300 mil

Bairro Alto do Papagaio receberá um investimento de mais de R$ 300 mil

Foto: ACM

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, na manhã desta segunda-feira (09), deu ordem de serviço para o início das obras de pavimentação de cinco importantes ruas do Bairro Alto do Papagaio. De acordo com o gestor, dentro de seis meses, a 5M Construtora assegura que os 7.720 metros quadrados de calçamento a paralelepípedo estarão devidamente concluídos. Trata-se de um investimento de R$ 305.085,42 que beneficiará as ruas José Wilton, Pirassunguense, 14 de Jauá, Catanduva e Votoporanguense. Importante vetor de desenvolvimento urbano do Município, a Rua Francisco Rubens Dias ( Estrada dos Coqueiros, ou simplesmente Estrada Velho do Papagaio, como foi popularizada) dá acesso a todas estas artérias, e,  de acordo com o mandatário, deverá, futuramente,  ser duplicada e integrada às avenidas Fraga Maia e  Ayrton  Senna. (Secom)

Criação de Conselho Municipal das Cidades em Feira é solicitado

Vereadora Gerusa Sampaio

Vereadora Gerusa Sampaio (DEM)

A vereadora Gerusa Sampaio (DEM) em seu pronunciamento na Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta segunda-feira (09), falou sobre a Audiência Pública realizada na última quinta-feira (05) no Legislativo feirense. O evento discutiu a prestação dos serviços de educação para os moradores dos residenciais do Programa Minha Casa Minha Vida.

Gerusa parabenizou a assistente social, Elanny Alves, que criou a Associação de Líderes Representantes dos Residenciais Minha Casa, Minha Vida. Para Gerusa, a atitude de Elanny foi louvável, pois facilita o diálogo entre a comunidade e o Poder Público, ela também informou que encaminhou para a Prefeitura uma indicação solicitando a criação do Conselho Municipal das Cidades.

Regulamentação dos aplicativos de transporte poderá ser discutida em Feira

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (Patriota), em seu discurso na sessão ordinária da última quarta-feira (04), na Câmara Municipal de Feira de Santana, sugeriu uma discussão sobre a regulamentação do transporte alternativo intermediado por aplicativos.

Marcos informou que uma Lei que possibilita o cadastramento e acompanhamento dos motoristas que trabalham pelo aplicativo foi aprovada em Salvador, e a cidade de Feira de Santana precisa tomar medidas semelhantes. “Temos conhecimento e informações de que mais de 8 mil veículos já circulam em Feira de Santana com aplicativos. Então, nós devemos, como poder público e legislativo, estar discutindo as questões desse transporte na cidade.  O que não podemos é deixar sem controle”, disse. :: LEIA MAIS »

Região Metropolitana de Feira de Santana poderá sair do papel

Região Metropolitana de Feira de Santana poderá sair do papel

Foto: ACM

Determinados a tirar a Região Metropolitana de Feira de Santana do papel, prefeitos e secretários dos municípios que a integram se reuniram no Parque de Exposição João Martins da Silva, na manhã desta quinta-feira, 5, quando esboçaram algumas estratégias preliminares para obter a regulamentação definitiva do Governo do Estado.

Criada há oito anos pela Lei Complementar Estadual, um dos objetivos da RMFS é organizar um modelo de gestão voltado a atender as demandas comuns dos municípios de Feira de Santana, São Gonçalo, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Tanquinho e Amélia Rodrigues. Para que as cidades/membros possam capitar recursos da União para investir em obras de infraestrutura, saneamento básico, saúde e educação, por exemplo, a Região Metropolitana precisa criar um fundo destinado a administrar estes recursos.

Outra medida considerada estratégica pelo prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, autor do projeto que originou a criação oficial da RMFS, é a implantação de uma agência de desenvolvimento, composta de técnicos das mais variadas áreas, destinados a elaboração de projetos que venham a suprir as necessidades comuns da região. :: LEIA MAIS »

Pastor Tom avalia governo de Colbert Filho e diz: “precisa melhorar muito”

Deputado estadual Pastor Tom - Foto site Política In Rosa

Deputado estadual Pastor Tom – Foto: site Política In Rosa

O deputado estadual Pastor Tom (PSL) esteve, na manhã desta quarta-feira (04), fazendo uma visita a Câmara Municipal de Feira de Santana. Em entrevista ao site Política In Rosa, Tom fez uma análise a possível candidatura de Dayane Pimentel (presidente do partido PSL) ou do marido dela, Alberto Pimentel, a Prefeitura. “Eu estou no PSL. Estou vendo algumas entrevistas de Alberto Pimentel onde se intitula como pré-candidato a prefeito. Nada contra da candidatura de A, B ou C no PSL, mas se eu entender que as pesquisas pontuam meu nome, é lógico que eu vou sair candidato. Não tenho dificuldade nenhuma de sair do PSL e entrar em outro partido”, afirmou.

Segundo Pastor Tom, se o povo entender e aclamar pelo seu nome, ele não tem nenhuma dúvida de sua candidatura. “E repito: se o PSL não me der legenda, não tem problema. Sairei com muita harmonia e irei pra outro que vai me dar. Não estou amarrado. Se o PSL vai me colocar candidato a prefeito não sei, só sei que estou nas mãos do povo”, completou.

Sobre a escolha do nome do PSL para a Prefeitura, Pastor Tom  diz que entende que esse processo é democrático e não tem dúvida que vai ter “a mão do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho”. “O que não podemos perder é a Prefeitura de Feira para o governador Rui Costa”, relatou.

Avaliação do governo de Colbert Filho

Pastor Tom ainda fez uma avaliação sobre o governo do atual prefeito, Colbert Filho (MDB). Por não ter o costume de “ficar em cima do muro”, Tom acredita que o Governo precisa melhorar. “Qualquer gestor precisa se relacionar, abrir um diálogo. Não se faz política sem conversar e sem se reunir. Tem alguns meses que estou pedindo uma audiência com o prefeito e não consigo. Como se faz política desse jeito? Como vai agregar dessa forma? Fica difícil. Precisa melhorar muito”, disparou.

Ainda segundo o deputado, algumas pessoas não têm coragem de falar a verdade e reclamam que “está com medo de perder o emprego”. “Só que na hora de decidir pode tomar uma bola nas costas. Continuo no grupo de José Ronaldo, mas para prefeito é aquele que for melhor nas pesquisas entre nós para ser o candidato”, finalizou.

Anderson Dias

Município construirá creche para filhos de camelôs do Shopping Popular, anuncia líder do Governo

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (Patriota)

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (Patriota), em seu discurso na sessão desta terça-feira (03), informou que o Município de Feira de Santana construirá uma creche para filhos de camelôs que trabalharão no Shopping Popular. “Eu e o vereador Luiz da Feira estávamos com o prefeito no último anúncio de obras, no bairro Santo Antônio dos Prazeres, aonde dez ruas serão pavimentadas e depois o acompanhamos até o Parque de Exposição para vermos como estão as obras e no caminho falamos sobre a necessidade de uma creche para os filhos de pais e mães que irão para o Shopping Popular. O prefeito pediu que fizéssemos uma indicação ao Governo e nós fizemos”, pontuou.

Em aparte, o vereador Luiz da Feira (PPL) agradeceu ao prefeito pela promessa da construção da creche. “Serão para crianças de 1 a 5 anos, pois nem todas as mães podem pagar para que seus filhos sejam cuidados enquanto elas trabalham. Estamos lutando pelos pais e mães de família. Obrigado prefeito, por estar ajudando os camelôs de Feira de Santana”, disse.

O líder governista também agradeceu a disponibilidade do prefeito em atender ao pedido dos edis. “O prefeito me autorizou fazer o anúncio. A creche será próxima ao Shopping Popular. A ideia foi acatada de pronto pelo prefeito e isso será bom para os camelôs e crianças. Parabéns ao prefeito, que acatou nossa indicação”, finalizou.

Presidente da Câmara de Feira pede informações sobre o Shopping Popular

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

O Requerimento de nº 160/2019, de autoria do vereador e presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro (PSDB), que pede ao prefeito Colbert Martins da Silva Filho a viabilização de documentos e informações sobre o Shopping Popular, foi aprovado, na sessão desta terça-feira (03), em votação única e por unanimidade dos presentes, com abstenção do vereador Cadmiel Pereira (PSC).

O presidente do Legislativo feirense solicita do chefe do Poder Executivo Municipal: “cópia do contrato entre a Prefeitura Municipal de Feira de Santana e a empresa do Grupo UAI, responsável pela operação do empreendimento, bem como a minuta do contrato da Parceria Público-Privada (PPP) e os camelôs.

José Carneiro também indaga se, atualmente, existe venda de espaço no estacionamento para atividade comercial ou se há perspectiva para futura venda. :: LEIA MAIS »

Colbert Filho terá audiência com ministro da Saúde

Colbert Martins Filho

Foto: Jorge Magalhães

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, viajou no início de noite desta terça-feira (03), para Brasília. Colbert informou que manterá contatos diversos com ministérios e também com deputados federais. Ele deu destaque para uma audiência agendada com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, prevista para as 13 horas desta quarta. “Esta audiência é representativa para Feira de Santana. Temos vários temas relacionados à área de saúde do nosso município para tratar e o encontro, diretamente com o ministro, será com certeza de muita relevância”, diz o prefeito. Aproximando-se o final do exercício, Brasília é cada vez mais estratégica para a gestão das grandes cidades.

Com a experiência de deputado federal e do longo período que passou na capital da República, atuando no Congresso Nacional, Colbert entende que não se deve “deixar para fim de ano a solução de questões que se encontram na administração municipal e que dependem muito de contatos e ações de órgãos da União”. :: LEIA MAIS »

A perspectiva é que a Expofeira gere um volume de negócios em torno de R$ 8 milhões

Abertura oficial da Expofeira 2019

Abertura oficial da Expofeira 2019 – Foto: Valdenir Lima

O prefeito da cidade de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, abriu oficialmente, na tarde do último domingo (01), a edição número 44 da Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2019). O evento vai até o próximo dia (08). A perspectiva é que a Expofeira gere um volume de negócios em torno de R$ 8 milhões.

O secretário municipal de Agricultura, Joedilson Freitas, prevê que até o próximo dia 8 de setembro o Parque de Exposição João Martins da Silva seja visitado por 150 mil pessoas. “Foi uma determinação do prefeito Colbert Martins Filho que nos empenhássemos para garantir essa nova roupagem no Parque de Exposição”, afirmou.

Para Colbert Filho, a expectativa é que o volume de negócios supere o ano passado, em virtude da melhora na economia nacional. Também destacou um dos principais espaços de entretenimento da Expofeira, o Caminho da Roça.  “O que eu espero é que haja uma exposição tranquila, organizada e que não tenha nenhum tipo de violência”, afirmou o prefeito.

Uma das novidades da Expofeira 2019 é a melhoria na iluminação do Parque de Exposição, que este ano é 100% com lâmpadas de LED. A Secretaria de Comunicação colocou em um espaço painéis mostrando as obras do governo do prefeito Colbert Filho. O local também é destinado aos profissionais de imprensa que cobrem o evento, onde terão acesso à internet. :: LEIA MAIS »

Vereador lamenta situação da Expofeira: “Não tinha nada de novo”

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT), fez a sua avaliação da Expofeira 2019. Nery esteve no último domingo (01) na festa com o deputado federal Zé Neto. “É lamentável. A exposição de animais tinha diversos pavilhões completamente vazios. Não tinha nada de novo. Feira de Santana merece uma atenção melhor. Peço ao prefeito Colbert Martins Filho que avalie a possibilidade de terceirizar uma parte do parque, a que fica no fundo. Ao menos assim as pessoas terão a possibilidade de fazer eventos grandes. Precisamos fazer uma discussão ampla sobre a Expofeira”, disse ao site Política In Rosa.

Eremita Mota demonstra preocupação com cortes na Educação

Vereadora Eremita Mota

Vereadora Eremita Mota (PSDB)

A vereadora Eremita Mota (PSDB) subiu a tribuna nesta segunda-feira (02), na Câmara Municipal de Feira de Santana, para tratar de um assunto delicado. A vereadora falou sobre os recorrentes cortes de verbas para a educação. “Foram ao todo R$ 914 milhões em políticas específicas para o seu desenvolvimento. E ontem aconteceu mais um corte. O que ajudava os alunos medalhistas das Olimpíadas de Matemática. Eles recebiam R$ 400,00 como ajuda do Governo assim que ingressava no nível superior”, lamentou.

Segundo a vereadora, o conceito de educação está ameaçado em todos os lugares. Aqui em Feira de Santana não é diferente. “Como presidente da Comissão de Educação e Cultura da Casa estou realizando visitas nas escolas municipais já que a educação básica é o alicerce para qualquer indivíduo crescer e ser bem sucedido. É ela que vai deixar o aluno pronto para enfrentar os cursos que querem fazer e suas profissões específicas”, explicou.

Eremita ainda destacou a importância de se trazer a sociedade para participar de todo esse processo. “Mas eu entendo que às vezes por conta da labuta dos pais e mães de família eles não têm condição dessa participação e há aqueles que têm o interesse e não são convidados para participar”, afirmou. Para a vereadora, é daí que vem uma das falhas no sistema escolar. :: LEIA MAIS »

Contas da Prefeitura do exercício financeiro de 2017 é aprovada

Contas da Prefeitura do exercício financeiro de 2017 é aprovada

Foto: Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (02), a Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, em discussão única e por maioria dos presentes, o Projeto de Decreto Legislativo de nº 042/2019, de autoria da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização do Legislativo feirense, que opina pela aprovação, porque regulares, porém, com ressalvas, das contas da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, relativas ao exercício de 2017. O vereador Roberto Tourinho (PV) votou contrário à matéria e o edil Zé Filé (PROS) se absteve da votação.

De acordo com o artigo 1º da proposição, ficam aprovadas as contas da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, correspondentes ao exercício financeiro de 2017, de responsabilidade do gestor José Ronaldo de Carvalho, que tramitaram no Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, no processo nº 0346e18, resultando no Parecer Prévio, publicado no Diário Oficial Eletrônico do Tribunal supracitado, no dia 12/06/2019, em que neste ato é acatado.

O artigo 2º diz que este Decreto Legislativo entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Vereador que teve o nome pichado na Câmara diz: “É perseguição”

Vereador Edvaldo Lima

Vereador Edvaldo Lima (PP)

O vereador Edvaldo Lima (PP), em entrevista ao site Política In Rosa, falou sobre a pichação com o seu nome e o do presidente da República Jair Bolsonaro. O prédio anexo da Câmara Municipal de Feira de Santana amanheceu pichado com palavras de baixo calão direcionados a Edvaldo e a Bolsonaro. “Vejo essa pichação como uma perseguição a mim e ao presidente da República Jair Bolsonaro. Devido a minha fé vejo como uma intimidação, uma ameaça e tudo isso contra o presidente da República e a minha pessoa”, disse.

Ao mesmo tempo em que afirma que a pichação dizia respeito a ele e ao presidente, de forma contraditória, Edvaldo voltou a afirmar que era também contra todos os vereadores que aprovaram por unanimidade o Título de Cidadão Feirense a Jair Bolsonaro. “O presidente da República é uma autoridade máxima e precisa ser respeitado. Esta Casa precisa ser respeitada. Não aceito ameaça de siglas de gangues. Já estamos com os vídeos e imagens que foram levadas para polícia. Os culpados serão descobertos e punidos na forma da lei”, relatou.

Coodenador da Polícia Civil fala sobre a pichação na Câmara de Feira

Coordenador Regional de Polícia, delegado Roberto da Silva Leal

Coordenador Regional de Polícia, delegado Roberto da Silva Leal.

O Coordenador Regional de Polícia, delegado Roberto da Silva Leal, foi entrevistado pelo programa Levante a Voz, ancorado pelo radialista Luiz Santos para falar sobre o ato de pichação na Câmara Municipal de Feira de Santana. “É um de dano ao patrimônio público. Além de verificar o que foi pichado pode ter havido outra conduta atípica. Por exemplo, ameaça, calúnia, injúria ou difamação. Primeiro vamos averiguar a identificação dessas pessoas que fizeram a pichação. O crime é de ação pública condicionada e a pena pode ser entrede 2 a 4 anos de prisão. Na maioria desses crimes, além de existir algumas obrigações que a pessoa acaba assumindo, pode ser feito um acordo com o Ministério Público para o cumprimento de medidas sem que haja a reclusão”, afirmou.

Ainda Segundo Leal, pode haver uma idenização, pois o órgão público terá ter despesas para fazer a limpeza do local e isso pode ser cobrado do autor. Se for um crime de calúnia, injúria e difamação e a pessoa quiser entrar com uma ação civil por danos morais é possível também”, concluiu.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia