WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Notícias Política de Feira de Santana’

Dos 20 vereadores que são candidatos à reeleição, dez tem mais de R$ 200 mil em bens declarados

Câmara Municipal de Feira de Santana

Câmara Municipal de Feira de Santana

O site Política In Rosa fez um levantamento das declarações de bens dos vereadores de Feira de Santana da atual legislatura que irão concorrer à reeleição nas eleições 2020. Vale destacar que o vereador Roberto Tourinho (PSB) não foi incluído porque é candidato a prefeito. Os dados foram retirados na última sexta-feira (25) do sistema DivulgaCand dos patrimônios declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por cada um deles. Confira a lista com os valores dos bens declarados pelos candidatos à reeleição na ordem dos valores declarados em bens.

Valor total dos bens declarados pelos vereadores que concorrerão a reeleição:

1 – Alberto Nery (PT) – R$ 1.268.901,60 total em bens.

2 – Marcos Lima (DEM) – R$ 801.000,00 total em bens

3 – José Carneiro (MDB) – R$ 619.667,96 total em bens

4 – Eremita Mota (PSDB) – R$ 618.757,42 total em bens.

5 – Gerusa Sampaio (DEM) – R$ 579.990,00 total em bens.

6 – Ron do Povo (MDB) – R$ 495.417,63 total em bens

7 – Edvaldo Lima (MDB) – R$ 487.569,96 total em bens

8 – Zé Filé (PSD) – R$ 390.000,00 total em bens.

9 – Lulinha (DEM) – R$ 300.186,82 total em bens

10 – Isaías de Diogo (MDB) – R$ 245.081,12 total em bens

11 – Fabiano da Van (MDB) – R$ 180.381,12 total em bens

12 – Gilmar Amorim (MDB) – R$ 179.880,06 total em bens

13 – Cadmiel Pereira (DEM) – R$ 137.000,00 total em bens.

14 – Neinha (DEM) – R$ 104.000,00 total em bens

15 – Eli Ribeiro (Republicanos) – R$ 75.000,00 total em bens.

16 – Zé Curuca (DEM) – R$ 56.994,35 total em bens

17 – SGT Josafá Ramos (Patriota) – R$ 18.790,00 total em bens.

18 – João Bililiu (PSD) – R$ 11.301,70 total em bens.

19 – Luiz da Feira (PROS) – R$ 3.500,00 total em bens.

20 – Carlito do Peixe (DEM) – Nenhum bem declarado.

“Dizem que existe secretário de Governo. Eu nunca vi”, diz Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (DEM)

O vereador Cadmiel Pereira (DEM) afirmou na última terça-feira (22), na Câmara Municipal de Feira de Santana, que matérias e requerimentos que irão tramitar no Legislativo feirense tem que ser desde o primeiro horário discutido, conversado e apresentado aos edis os argumentos. De acordo com Cadmiel, esse diálogo é muito importante para os vereadores saberem ou terem noção de qual é o sentimento do Governo referente a tramitação da matéria.

“Dizem que existe secretário de Governo. Eu nunca vi. Pelo menos não tem relação com a Câmara. Se tem secretários municipais que podem estar articulando e vendo os projetos de lei que estão na Casa, isso seria muito importante”, disparou.

Pré-candidatos de Feira de Santana e Serra Preta são orientados a usar máscaras e evitar aglomeração

O Ministério Público eleitoral recomendou aos pré-candidatos a cargos políticos nos municípios de Feira de Santana e Serra Preta que utilizem máscaras nas vias públicas e evitem aglomerações. Segundo a recomendação, expedida no último dia 17 pela promotora de Justiça Nayara Barreto, os atos de pré-campanha e de propaganda eleitoral que geram aglomeração, como comícios, carretas, passeatas e reuniões, devem atender a todas as medidas sanitárias de combate à Covid-19 previstas na legislação, a exemplo do distanciamento físico, e podem ser inclusive proibidos pela Justiça eleitoral, em favor dos eventos virtuais.

A recomendação também foi encaminhada às respectivas Prefeituras Municipais, para que disponibilizem equipes de fiscalização, inclusive da Vigilância Sanitária, para fiscalizar, orientar e notificar, diariamente, os pré-candidatos que não estiverem cumprindo os termos dos Decretos Estadual e Municipais, quanto à utilização de máscaras de proteção e proibição de aglomerações.  Conforme o documento, a desobediência pode resultar na condução dos pré-candidatos à Delegacia, para abrir procedimento investigatório sobre eventual descumprimento ao artigo 268 do Código Penal. (MP)

Confira o patrimônio que os candidatos a prefeito de Feira declararam ao TSE

ELEIÇÕES 2020 - SITE POLÍTICA IN ROSA

ELEIÇÕES 2020

O site Política In Rosa fez um levantamento das declarações de bens dos candidatos a prefeito de Feira de Santana nas eleições 2020. Os dados foram retirados nesta quarta-feira (23) do sistema DivulgaCand dos patrimônios declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por cada um deles. Confira a lista das declarações dos candidatos em ordem alfabética.

Veja o Partido/Coligação:

PSB

Beto Tourinho (PSB) – R$ 222.325,35 total em bens.

Vice – Angelo Almeida (PSB) – R$ 385.988,77 total em bens.

 

COLIGAÇÃO “#MUDAFEIRA”

Carlos Geilson (PODEMOS) – R$ 716.820,34 total em bens.

Vice – Deibson Cavalcanti (CIDADANIA) – R$ 178.000,00 total em bens.

 

COLIGAÇÃO “NOVO”

Carlos Medeiros (NOVO) – R$ 1.297.756,93 total em bens.

Vice – Louise Novais (NOVO) – R$ 2.378.819,37 total em bens.

 

COLIGAÇÃO “TRABALHO CONSTANTE”

Colbert Martins Filho (MDB) – R$ 895.895,70 total em bens.

Vice – Fernando de Fabinho (DEM) – R$ 296.908,79 total em bens. :: LEIA MAIS »

Vereador analisa apresentar projeto de lei que reduza despesa em transferência de imóvel

Vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (DEM)

Uma lei que possa baixar os valores do ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) e do laudêmio (percentual que incide somente sobre o valor do imóvel, sem contar benfeitorias), para ajudar na regularização fundiária em Feira de Santana. A ideia está sendo amadurecida pelo vereador Cadmiel Pereira (DEM).

O vereador manifestou essa intenção em pronunciamento na Câmara Municipal de Feira de Santana sobre as dificuldades que as pessoas enfrentam, no município, para fazer a transferência de posse de um imóvel.  “Infelizmente muitas pessoas não têm condições para fazer a transferência da posse de uma residência porque o valor é alto, 2% de ITBI e 4% do laudêmio”. Ele pede o auxílio da administração municipal, que deve “criar uma possibilidade para que os moradores possam legalizar o bem que construíram”.

Um dos exemplos da necessidade de interferência da Prefeitura é a situação das casas localizadas na comunidade conhecida como CONDER, nesta cidade, onde muitos proprietários estão encontrando dificuldades para conseguir escriturar seus imóveis. :: LEIA MAIS »

Município deve realizar censo da população surda, defende vereador

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PSB)

O vereador Roberto Tourinho (PSB) em pronunciamento nesta segunda-feira (21), na Câmara Municipal de Feira de Santana, defendeu a realização de um censo para identificar o número de pessoas surdas em Feira de Santana. O edil ressaltou que é fundamental para que esta população receba o apoio necessário do poder público e os devidos investimentos com vistas a acessibilidade a serviços específicos.

Segundo Roberto Tourinho, o município enfrenta várias carências, em se tratando de políticas públicas para este segmento, dentre as quais uma Central de Intérprete de Libras.

No Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, comemorado hoje, Roberto Tourinho ratificou a importância de facilitar, assegurar e garantir os direitos desses cidadãos e criticou pronunciamentos do Governo Municipal, em meio à pandemia da Covid-19, sem a participação do intérprete de Libras. :: LEIA MAIS »

Ex-secretário, vereador diz que pasta municipal estaria orientada a não atender suas indicações

Vereador Eli Ribeiro

Vereador Eli Ribeiro (Republicanos)

Sem mencionar nomes, o vereador Eli Ribeiro (Republicanos) fez uma queixa no Legislativo feirense, esta semana, em relação a postura de determinada secretaria da Prefeitura de Feira de Santana.

De acordo com Eli, assessores do seu gabinete lhe informaram que funcionários da referida pasta municipal teriam recebido ordens para não atender a pedidos feitos pelo vereador, mesmo se tratando de reivindicações da comunidade. “Foram orientados a não receber minhas indicações, apesar dos 20 anos em que caminhamos juntos”, lamenta o vereador.

Eli Ribeiro observa que a solicitação de soluções para problemas do povo não é algo que deva ser misturado com política. “Vou verificar, pois não acredito que isso vem do prefeito Colbert Martins”, assinala.

Valer ressaltar que, por muitos anos, o edil fez parte do grupo político que se encontra no poder e chegou a estar licenciado da Câmara para ocupar o cargo de secretário de Habitação, na atual gestão.

Esclarecimentos do líder do Governo

Quanto às queixas apresentadas por Eli Ribeiro, o líder da bancada governista, Marcos Lima (DEM), esclareceu que não há nenhuma ordem por parte de Colbert Martins para que as solicitações do membro do Republicanos sejam evitadas, em qualquer secretaria.

Marcos lembrou que o parlamentar “sempre fez parte da base” e garantiu que o Governo Municipal irá atender às demandas por ele apresentadas, na medida do possível.

Carlos Geilson anuncia Deibson Cavalcante como seu candidato a vice-prefeito

Carlos Geilson anuncia Deibson Cavalcante como seu candidato a vice-prefeito

Foto: Divulgação / Ascom

O candidato a prefeito de Feira de Santana, Carlos Geilson (PODEMOS), anunciou nesta quarta-feira (16), por meio de uma publicação nas redes sociais, que o servidor público e administrador Deibson Cavalcante (Cidadania) irá compor a chapa junto a ele como candidato a vice nas Eleições 2020.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia