WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Fala Feira 156

:: ‘Municípios’

César Porto é eleito presidente da Câmara de Ilhéus para o biênio 2019-2020

Vereador César Porto

Vereador César Porto (PDT)

O vereador César Porto (PDT) foi eleito presidente do Legislativo para o biênio 2019-2020 na última sessão do ano, ocorrida nesta quarta-feira (12). César Porto substituirá o vereador Lukas Paiva (PSB) no cargo de presidente da Mesa Diretora. César Porto ganhou a disputa com 11 votos contra 08 do vereador Paulo Carqueija. Também foram eleitos para compor a Mesa Diretora do próximo biênio, Luiz Carlos Escuta como vice-presidente, Fabrício Nascimento como 1º secretário e Juarez Barbosa como 2º secretário.

Prefeitura implanta nova linha de ônibus entre o Terminal Central e o América Outlet

Prefeitura implanta nova linha de ônibus entre o Terminal Central e o América Outlet

Foto: Divulgação

Uma nova linha de transporte público urbano está atendendo a partir desta quarta-feira, 12, a comunidade de Feira de Santana que precisa de facilidade e segurança no deslocamento até o empreendimento comercial América Outlet, localizado na BR-324, no acesso da Av. Noide Cerqueira. Implementada pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, por determinação do prefeito Colbert Martins Filho, através da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), a nova linha 035-Outlet via Noide oferta a primeira viagem do dia às 9h, no Terminal Central, e contempla os usuários que estiverem nos pontos de ônibus localizados na Avenida Getúlio Vargas, além de percorrer toda a extensão da Avenida Noide Cerqueira. Neste trecho, especialmente, será instalado um novo ponto de integração logo após o viaduto que cruza a Avenida Eduardo Fróes da Mota (Contorno), nas imediações da academia Gold Fitness. O desembarque final do passageiro será em uma área reservada para ônibus no estacionamento do América Outlet. De segunda a sábado, o passageiro tem sete opções de horários no trajeto de ida, sendo: 9h / 12h10 / 13h30 / 15h30 / 18h / 19h40 / 21h20. Já no retorno (América Outlet para o Terminal Central) o usuário terá mais sete horários disponíveis: 10h / 12h50 / 14h15 / 16h15 / 19h / 20h30 e 22h20.

Aos domingos, quando ocorre o aumento do fluxo de visitantes ao equipamento comercial em busca de serviços, lazer e entretenimento, a exemplo das salas de cinema, os horários foram ajustados pela SMTT visando customizar o atendimento ao cidadão de acordo o funcionamento do mercado varejista. “O primeiro ônibus sai do Terminal Central às 11h30 e o ciclo de cinco deslocamentos oferta ônibus às 13h, 15h, 17h, 20h, com o último balão [retorno], às 22h, direto do ponto de ônibus instalado no estacionamento do América Outlet”, explica Rodolfo Júnior, diretor municipal de Transportes. Mais de 300 trabalhadores terão a segurança e a facilidade de sair de casa e chegar ao local de trabalho. “Priorizamos o aspecto social, bem como facilitar a mobilidade do cidadão, usuários do transporte coletivo, ao trabalho, a serviços, ao lazer e ao entretenimento”, explica o secretário da pasta, Saulo Figueiredo. Ele frisa que outras centenas de trabalhadores serão contemplados com a ampliação da oferta de ônibus, a exemplo de funcionários das diversas fábricas instaladas às margens da BR-324. As linhas 09 – Polo Industrial/Terminal Central, 02 – Humildes via Limoeiro, 32 – Limoeiro/Terminal Central e a linha 34 – Aviário via BR-324 complementam o atendimento da demanda desta região com um total de 80 ciclos de viagens por dia.

Para o superintendente do América Outlet, Marcelo Santos, a nova linha chega em um momento oportuno de aquecimento natural da economia. “Diariamente mais de duas mil pessoas circulam aqui e, aos finais de semana, esse fluxo mais do que dobra. A nova linha 35 atenderá a população que realiza as compras de fim de ano”, ressalta. :: LEIA MAIS »

Hospital Maternidade de Alagoinhas implanta técnica de redes terapêuticas para o cuidado a bebês prematuros

Hospital Maternidade de Alagoinhas implanta técnica de redes terapêuticas para o cuidado a bebês prematuros

Foto: Divulgação

O Hospital Maternidade Doutor João Carlos Meireles Paolilo, em Alagoinhas, implementou esta semana mais uma forma de cuidado humanizado para os recém-nascidos. Apostando em um recurso terapêutico que surgiu na Austrália, em 2001, e que tem sido adotado em hospitais de referência no Brasil, como o Hospital Samaritano, em São Paulo, o Hospital Estadual Rocha Faria, no Rio de Janeiro, a Santa Casa de Jaú, no interior paulista, e o Hospital Regional de Maringá, no Paraná, a Maternidade de Alagoinhas adotou a técnica de redes terapêuticas para a recuperação de bebês prematuros. Segundo especialistas, o recurso contribui para o desenvolvimento neuropsicomotor e para promover melhorias na posição flexora do recém-nascido. “A técnica visa à promoção do conforto, a melhorias na saúde e à humanização, além de proporcionar a adoção de posturas flexoras, facilitando o alinhamento da cabeça em relação ao tronco. Estudos mostram que os prematuros da ‘redinha’ têm melhores resultados quanto à frequência cardíaca, à frequência respiratória e quanto à escala de maturidade neuromuscular”, afirmou a diretora da Maternidade, Monalisa de Lima Oliveira.

De acordo com ela, as redes, que já estão sendo utilizadas no Hospital, foram confeccionadas pela mãe de uma servidora, que se voluntariou a produzir o material. O recurso terapêutico é utilizado por um período de 2 horas e apenas em bebês que não apresentem dificuldade respiratória grave. A rede – feita em tecido – é esterilizada e instalada dentro da incubadora, com acompanhamento da equipe de saúde. “O uso da técnica não diminui a importância das estratégias já preconizadas pelo Ministério da Saúde, como o método canguru, o ninho, o aleitamento materno e a presença dos pais na UTI. É só uma forma de agregar cuidados à saúde dos pequenos”, ressaltou a diretora da Maternidade. A previsão, de acordo com o Hospital Maternidade, é de que, com o aval dos pais e recomendação médica, outros bebês também possam contar com a nova técnica em Alagoinhas.

Sociedade civil elege novos representantes para Conselho da Mulher

Sociedade civil elege novos representantes para Conselho da Mulher

Foto: Jorge Magalhães

Representantes de diversos segmentos organizados da sociedade civil elegeram, na manhã desta quarta-feira, 12, os novos membros do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Feira de Santana. A votação ocorreu na Casa dos Conselhos, no bairro Kalilândia, sob a coordenação de membros da Comissão Eleitoral. A eleição é para representantes de seis segmentos. Pelo segmento de Instituições Religiosas concorrem o Dispensário Santana e Cáritas Diocesana de Feira de Santana. Já no segmento de Entidades de Classe – Sindicato Rural concorrem Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar do Município de Feira de Santana.

Pela entidade de classe – sindicato urbano, houve vacância. Para representar as Instituições de Defesa da Igualdade Racial concorre o Núcleo Cultural Educacional e Social Quilombola – Odungê. Pelo segmento de associação de mulheres estão na disputa a Associação Cristã Beneficente Nossa Senhora de Humildes (ACBNSH), o Coletivo de Mulheres (COMU), a Associação Feminina do Feira X e a Associação dos Moradores do Povoado de Tanquinho e Adjacências (Ampota). E representando as faculdades a Pitágoras.

A presidente da Comissão Eleitoral, Cassilda Miranda da Silva, considerou que a votação ocorreu em clima de tranquilidade. E para garantia do sigilo do voto, foi instalada uma cabine eleitoral para preenchimento dos votos por categoria e colocada urna eleitoral. A votação foi realizada no período da manhã. Outros sete representantes governamentais serão indicados pelo Poder Executivo. O mandato, será para o período de 2019 a 2021. Já a escolha da nova presidente, em substituição a Maria Josailma Ferreira Lima Santos, será após a posse dos conselheiros.

Segunda Câmara do TCE desaprova contas de três convênios e imputa débitos no total de R$ 191 mil

Segunda Câmara do TCE desaprova contas de três convênios e imputa débitos no total de R$ 191 mil

Foto: Divulgação

Em sessão ordinária desta quarta-feira (12.12), na qual foram concluídos os julgamentos de 19 processos, a Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) desaprovou três prestações de contas de convênios firmados por órgãos da administração estadual, sendo dois de prefeituras municipais e um de entidade, tendo ainda imputado débito no valor total de R$ 191.235,80, quantia que deverá ser ressarcida aos cofres públicos pelos gestores responsáveis, após atualização monetária e aplicação de juros de mora. A maior quantia a ser devolvida aos cofres públicos, R$ 90 mil, tem como responsável o ex-prefeito do município de Serrolândia, Paulo Rodrigues de Oliveira, em razão das irregularidades encontradas pelos auditores do TCE/BA na execução do convênio 104/2003 (Processo TCE/000977/2006), firmado pela Prefeitura daquele município com a Secretaria de Combate à Pobreza e às Desigualdades Sociais (Secomp), Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder) tendo como objeto a implementação do Projeto “Família Produtiva e Geração de Renda”.

O ex-prefeito de Candeal, José Rufino Ribeiro Tavares Bisneto, além de ter a prestação de contas do convênio 074/2006 (Processo TCE/000192/2009) desaprovada, terá que devolver aos cofres públicos a quantia de R$ 16.810,00, devido às irregularidades encontradas na execução do objeto conveniado, a “manutenção de execução das Ações e Serviços de Assistência Social de Ação Continuada da Proteção Social Básica e Especial de Média e Alta Complexidade no âmbito do Sistema Único da Assistência Social- SUAS”. E Paulo Ricardo Lipinski, responsável pelo convênio 52/2010 (Processo TCE/002574/2012), firmado pela Creche Canô Veloso com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), será obrigado a ressarcir a quantia de R$ 84.425,80 em razão das irregularidades encontradas na prestação de contas do citado convênio, que foi destinado à execução do Projeto “Despertar e Caminhar Sempre”. Ainda cabem recursos das decisões.

Centro de Zoonoses notificou 175 casos de escorpiões em residências de Feira de Santana este ano

Centro de Zoonoses notificou 175 casos de escorpiões em residências de Feira de Santana este ano

Foto: Raylle Ketlly

Acúmulo de entulhos, lixo doméstico e baratas são atrativos para os escorpiões. Só este ano, de janeiro a novembro, o Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde esteve visitando 175 residências, onde a presença do animal peçonhento foi notificada. As principais ocorrências aconteceram nos distritos de Ipuaçu e Maria Quitéria, e nos bairros Calumbi, Feira X, SIM, Conceição, Brasília, Sto. Antonio dos Prazeres, Mangabeira, Caseb, Queimadinha, Cidade Nova, Jardim Cruzeiro, Papagaio, George Américo, Tomba e Feira VII. Normalmente a população entra em contato por telefone ou pelo aplicativo 156. “Ao receber a ligação, abrimos a Ordem de Serviço e são anotados os dados da pessoa, o endereço e o telefone, o relato do aparecimento do animal na residência ou empresa e se houve agressão”, informa a bióloga Paula Trindade.

Após receber a solicitação, a equipe faz a visita no ambiente para identificação de foco do animal. “São feitas as observações e prevenções, deixamos as medidas preventivas por escrito e trabalhamos ponto a ponto no processo de educação em saúde. Nesse momento são tiradas também todas as dúvidas dos moradores”, ressalta. A limpeza do ambiente é a principal medida para evitar acidentes com o animal. Jardins e quintais limpos, grama aparada, lixos acondicionados em sacos plásticos ou outros recipientes fechados para evitar baratas e moscas que servem de alimentos para os escorpiões são algumas das orientações passadas. “Os pesticidas usados nas dedetizações não afetam os escorpiões, pois eles possuem uma estrutura quimiorreceptora, conseguindo captar no ambiente o cheiro forte do veneno e fugindo em seguida do local”, alerta.

De acordo com Paula, a ação conjunta da comunidade é muito importante. “Não adianta você tratar o seu ambiente, se o seu vizinho não faz a mesma coisa. Tem que ser uma ação conjunta, uma rua inteira acometida por escorpião, toda a rua tem que fazer o mesmo procedimento”, ressalta.

Seinfra confirma que conclusão da obra da nova ponte de Ilhéus será em agosto de 2019

Seinfra confirma conclusão da obra da nova ponte de Ilhéus em agosto de 2019

Foto: Divulgação

A comissão de acompanhamento da obra da ponte estaiada que ligará a zona sul ao centro de Ilhéus reuniu-se mais uma vez, na manhã desta terça-feira (11), para avaliar o avanço da construção, prazos de conclusão, sistemas viários e situação dos imóveis desapropriados pelo Governo do Estado no entorno da nova ponte. Representantes da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) confirmaram a conclusão da obra em agosto de 2019. A comissão começou o trabalho pela visita ao sistema viário do lado sul, seguindo depois por todo o percurso da construção, encerrando no canteiro da OAS, construtora responsável pela obra, onde aconteceu reunião de avaliação. A Seinfra informou que 65% dos serviços já foram realizados e das 90 casas desapropriadas apenas oito ainda aguardam autorização judicial para demolição.

O vice-prefeito de Ilhéus e membro da comissão de acompanhamento da obra, José Nazal Soub, disse que, entre outros assuntos, foi discutida também a necessidade de apresentação do projeto para o Município receber as pedras utilizadas na obra da ponte, que serão destinadas à contenção das orlas dos bairros São Miguel, São Domingos e Sapetinga. “O projeto deve estar aprovado e licenciado, a fim de que a Prefeitura possa dar o destino correto a este material”, explica Nazal. :: LEIA MAIS »

Programa Pé na Escola é aprovado; investimento inicial previsto é de R$ 30 milhões

Programa Pé na Escola é aprovado; investimento inicial previsto é de R$ 30 milhões

Foto: Antonio Queirós

Os vereadores de Salvador aprovaram o Projeto Pé na Escola (PL nº 291/2018), por 26 votos a 8, na sessão ordinária desta terça-feira (11). De autoria do Poder Executivo Municipal, a proposta visa ofertar cerca de 10 mil vagas para crianças em idade pré-escolar (4 e 5 anos), em parceria com instituições privadas de ensino. O investimento inicial previsto para o programa é de R$ 30 milhões, com recursos 100% municipais. As instituições selecionadas deverão funcionar em locais onde não há vagas ofertadas pela prefeitura, seja através da rede própria ou por meio de convênio. A aprovação da matéria gerou muito debate entre os vereadores. Enquanto os governistas defendiam a ampliação de vagas para o Ensino Infantil, oposicionistas cobravam que os educadores de Salvador fossem ouvidos para aprimoramento da matéria.

O líder da bancada governista, vereador e professor Henrique Carballal (PV) defendeu a proposta. “Acho que não se deve fazer oposição por oposição. O Pé na Escola garante 100% das crianças atendidas. O prefeito ACM Neto vai zerar o déficit de vagas. É muito difícil se posicionar de forma contrária diante de uma proposta como essa”, afirmou Carballal.

Por outro lado, vereadores da oposição, também ligados à educação, não pouparam o projeto de críticas. Para o presidente da Comissão de Defesa da Criança e do Adolescente da Câmara, vereador Hilton Coelho (PSOL), o Programa Pé na Escola, é uma forma da Prefeitura fugir de sua responsabilidade. “Significa o fim do concurso público para a área de educação. Terceiriza uma atividade fundamental do Estado, algo vedado pela Constituição”, lamentou.

Aliado político, Bililiu chama atenção de prefeito para atuação de secretários

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (PPS)

E os vereadores governistas continuam insatisfeitos com o Governo Municipal. Dessa vez foi o vereador João Bililiu (PPS) que em seu discurso na manhã desta terça-feira (11), na Câmara Municipal de Feira de Santana, chamou a atenção do prefeito Colbert Filho para a atuação de alguns secretários municipais. “Quero dizer ao prefeito Colbert que ele deve olhar com carinho para seus secretários. Há muitos que precisam melhorar, por exemplo, solicitei trocas de lâmpada há mais de 30 dias e nada. Uma retirada de entulho que tem uns 30 dias e nada”, disse.

“Fiz um ofício, solicitando limpeza na Praça Concórdia, perto do Marajó, a poda de árvore em Jaguara, há mais ou menos 40 dias e nada. Sou solicitado, mas nada é feito. Abra o olho Colbert, você é capaz. A população está cobrando de nós, vereadores. Nosso inverno político já começou e precisamos de cobertores”, pontuou.

Bililiu pediu mais cautela aos secretários e diretores municipais. “Secretários e diretores tirados a brabos, vamos trabalhar mais e zelar pelo nome do nosso prefeito. Estarei sempre cobrando, independentemente de sigla partidária’, finalizou.

Roberto Tourinho denuncia ônibus da empresa Rosa com placa falsificada

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PV)

O vereador Roberto Tourinho (PV) denunciou que um ônibus da empresa Rosa que toda em Feira de Santana foi apreendido pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) com placa falsificada. O ônibus roda para a Conder com o número da linha 13538. Tourinho lembrou que no Rio de Janeiro vários empresários do transporte coletivo estão na cadeia. “Quem falsifica placa de veículos geralmente são marginais. Marginais que cometem roubam bancos e matam pessoas. Estamos investigando as empresas Rosa e São João que estão fazendo o que querem na cidade de Feira de Santana. até o último dia que estiver aqui vou continuar denunciando porque os responsáveis têm que ser punidos”, afirmou.

Tourinho disse ainda que receberá outras informações sobre os crimes dos empresários e não terá receio de tornar público o que essa “corja vem fazendo na cidade de Feira de Santana”.

José Carneiro diz que ônibus foi fraudado por alguém desconhecido

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB), afirmou que o ônibus denunciado pelo vereador Roberto Tourinho (PV) que foi apreendido com placa falsificada, foi adulterado por alguém enquanto estava parado em algum local. “Não sei se é verdade, mas foi essa a informação que recebi. Não estou querendo descaracterizar a denúncia, se comprovada é ato de marginal. Mas se foi fraudado por alguém com o intuito de prejudicar a empresa e se for comprovado tem que ser punido porque é caso de polícia”, afirmou.

O vereador Alberto Nery (PT) afirmou que conversou com os empresários e que eles o informaram que os carros ficam estacionados nas proximidades do Centro de Abastecimento. “Eles disseram ainda que o que chamou a atenção foi que assim que o ônibus saiu havia um carro da SMT para fazer a fiscalização”, explicou.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia