WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Qualifica Feira

:: ‘Municípios’

Líder da oposição critica projeto de Rui para prorrogar por mais 24 meses contratações por Reda

Deputado estadual Targino Machado

Deputado estadual Targino Machado – Foto: Divulgação

O deputado estadual Targino Machado (DEM), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), criticou o projeto de lei encaminhado pelo governo para prorrogar o período de contratações pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Hoje, o prazo máximo definido é de 48 meses, mas o governo quer a possibilidade de manter as contratações por mais 24 meses. O projeto foi publicado nesta terça-feira (12) no diário oficial do Legislativo baiano.

De acordo com Targino, o excesso de contratados por Reda já vem sendo questionado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que tem alertado para o problema. “A contratação por Reda nada mais é do que uma precarização do trabalho no serviço público. Deveria ser algo excepcional, mas o governo tem transformado numa regra. E o pior: sem critérios muito claros para fazer essa contratação por Reda”, afirma Targino.

O líder da oposição ressalta que, nos quatro anos do primeiro mandato do governador Rui Costa (PT), o estado dobrou o número de contratados por Reda. O volume de servidores por este regime subiu de 15.528 em 2015 para 34.358 no ano passado, segundo informações do TCE. “Esse assunto diz respeito diretamente à qualidade dos serviços públicos do nosso estado. Quanto menos valorizado for o servidor, menor será a qualidade do serviço. O governo que não dá reajuste aos servidores é o mesmo que tem precarizado, em larga escala, o serviço público”, critica. :: LEIA MAIS »

Secretário informa que Prefeitura gasta mais de R$ 300 mil com reposição de material elétrico furtado e depredado

Secretário informa que Prefeitura gasta mais de R$ 300 mil com reposição de material elétrico furtado e depredado

Foto: Divulgação

A subtração de fiação elétrica, depredação de lâmpadas, entre outros atos de vandalismo, no município de Feira de Santana, têm causado um prejuízo enorme ao poder público e à população. O alerta é do secretário municipal de Serviços Públicos, Justiniano França, que informou que, anualmente, a Prefeitura gasta em média R$ 320 mil com a restauração e reposição do material, “dinheiro que sai do bolso do contribuinte”.

De acordo com Justiniano, o furto e a depredação de material elétrico têm sido registrados tanto na cidade quanto na zona rural, porém os casos mais recentes dessa prática criminosa ocorreram nas avenidas Nóide Cerqueira, Ayrton Senna, Rio de Janeiro, Parque Linear, José Falcão (embaixo do Complexo Viário Deputado Dr. Miraldo Gomes), onde foram constatados furtos de cabos de cobre e danificações em caixas de passagem elétrica subterrânea e em quadros para medição de energia. “Outro crime recente contra o patrimônio público se deu na praça da Juventude, no bairro Feira VII, onde foram subtraídos reatores, cabos, conectores, disjuntores, além da depredação da caixa de passagem elétrica subterrânea”, pontuou. :: LEIA MAIS »

Vereador governista diz que tem 40 dias cobrando reposição de lâmpadas

Vereador Luiz da Feira

Vereador Luiz da Feira

O vereador Luiz da Feira em seu discurso na sessão ordinária desta segunda-feira (11), na Câmara Municipal de Feira de Santana, cobrou a reposição de lâmpadas na Sales Barbosa. O edil afirmou que “tem 30, 40 dias cobrando diretamente a Secretaria [de Serviços Públicos] e ao secretário, mas Justiniano França não resolveu nada”. Segundo ele, não apenas os vendedores ambulantes, mas também os donos de lojas estão sendo prejudicados com a escuridão do local.

“Está todo mundo clamando. Quarenta dias já, eu fui duas vezes à Secretaria, um vereador da base do governo que não resolveu esta situação. Quero saber Justiniano França, o que você tem contra Luiz da Feira” questionou

Senai Cimatec Park é um salto rumo ao desenvolvimento, afirma Rui Costa

Senai Cimatec Park

Foto: Manu Dias

O governador Rui Costa participou da inauguração do Senai Cimatec Park, na tarde desta segunda-feira (11), no Polo Industrial de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O complexo de inovação tecnológica e industrial está instalado em uma área de 4 milhões de metros quadrados. A inauguração faz parte da primeira etapa do complexo, que inclui 10 galpões industriais e um prédio administrativo.

Para o governador, o Senai Cimatec Park representa “a entrada da Bahia e do Brasil na disputa do novo emprego no mundo. Hoje a diferença se dá entre quem investe em pesquisa e tecnologia e quem não investe. Essa inauguração significa um passo adiante para que juntos possamos trabalhar para o desenvolvimento do conhecimento e para a criação de novas empresas a partir da tecnologia, gerando empregos, renda e crescimento econômico. É esse salto que o Brasil precisa dar, e hoje a Bahia deu um passo importante rumo ao desenvolvimento”.

O Senai Cimatec Park é um empreendimento da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) e tem investimento de R$ 80 milhões, oriundos de recursos da Confederação Nacional da Indústria (CNI), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O presidente da Fieb, Ricardo Alban, destacou a importância do Senai Cimatec Park para a formação de novos profissionais. “Nós precisamos capacitar nossos profissionais e essa é a grande expertise do Senai Cimatec: treinar a profissão do futuro. O diferencial que teremos é criar um ambiente que permita reter na Bahia a nossa inteligência e desenvolver talentos”, disse. :: LEIA MAIS »

José Carneiro critica TVE pela transmissão do pronunciamento do ex-presidente Lula

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

A TV Educativa da Bahia (TVE), canal público vinculado ao governo do estado e a TV Brasil, mobilizou, no último sábado (09), sua programação e redes sociais para exibir o pronunciamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Lula) em São Bernardo do Campo, cidade do ABC paulista. Quem repercutiu o acontecimento foi o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), durante a sessão ordinária desta segunda-feira,11.

Em sua fala, Rocha lembrou que a emissora é uma estatal mantida pelo Governo do Estado e tem como principal função difundir a cultura do estado, cobrindo as festas populares, bem como ajudar na formação do telespectador. Quanto a transmissão do ex-presidente Lula, o presidente do Legislativo feirense externou seu repúdio. “A TVE não pertence ao PT, não está ali para servir a partido algum. A missão é informar a população baiana. Lula fez um discurso inflamado de ódio, criticou o atual governo de Jair Bolsonaro e atacou o plano econômico de Paulo Guedes. Isso foi uma verdadeira falta de vergonha, uma atitude descabida”, comentou.

Carneiro ratificou que é a favor da democracia e não se opõe a qualquer manifestação política. “Não sou contra o ato político organizado pelo PT. O que eu acho incoerente é a inclinação política que a TVE vem tendo nos últimos anos. Se ela fosse uma emissora privada tudo bem, mas não é. Deixo aqui meu repúdio a essa atitude imoral”, finalizou.

Teixeira de Freitas: Secretário de Saúde pede exoneração

Secretário de Saúde de Teixeira de Freitas, Fabiano Marily

Secretário de Saúde de Teixeira de Freitas, Fabiano Marily – Foto: Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (11), o secretário de Saúde de Teixeira de Freitas, Fabiano Marily, protocolou no gabinete do Prefeito, a solicitação de exoneração do cargo “em face de decisão de caráter eminentemente pessoal e de compromissos inadiáveis”.

Fabiano agradeceu a confiança depositada em sua pessoa e informou que tem certeza que contribuiu ao máximo possível com a Administração. A exoneração dele saiu nesta terça-feira (12).

De acordo com o decreto do prefeito, o chefe de gabinete, Drº Hebert Fernandes Chagas, assume a pasta interinamente.

MPF aciona prefeito por sonegação de impostos

Improbidade administrativa

Imagem ilustrativa: Istock

O Ministério Público Federal (MPF) moveu ação de improbidade administrativa, em 21 de outubro, contra o prefeito de Araci (BA), Antônio Carvalho e Silva Neto, e o diretor de Recursos Humanos do município, José Washington Ferreira da Silva. Os agentes públicos prestaram declarações falsas à Receita Federal para adiar às próximas gestões o recolhimento das contribuições previdenciárias dos funcionários públicos do município entre 2013 e 2018, causando prejuízo de R$ 36.102.359,72, contando apenas multas e juros em função dos atos ilícitos que praticaram. A fraude foi descoberta pela Receita Federal, após os agentes do órgão realizarem fiscalização no município.

Segundo o MPF, com base nos valores dos salários dos seus servidores públicos, o município, como empregador, preenche mensalmente as chamadas Guias de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIPs) e as envia à Receita, que recolhe as contribuições previdenciárias a partir dos números informados nestes documentos. Além de informar o valor total das contribuições, o município deve indicar os eventuais saldos que tenha junto à Receita. Caso o valor total das contribuições e os saldos para compensar estejam incorretos, o município deve enviar guias retificadoras. Neto e Silva preencheram as guias de abril de 2017 a junho de 2018 com valores bem menores do que os devidos, alegando ter pago valores a maior em relação ao período compreendido entre março de 2013 e dezembro de 2016. O que as investigações da Receita apuraram, contudo, foi que o município não havia realizado pagamentos a maior.

A Receita Federal coleta automaticamente os valores das contribuições baseadas nas guias originais, e não nas retificadas. O valor não coletado neste primeiro momento tem seu pagamento parcelado e adiado, e sobre isso são aplicados juros e multas. Como desde 2013 os acionados vêm prestando informações incorretas nas GFIPs, e enviando guias retificadoras em seguida, a dívida cresceu ininterruptamente. :: LEIA MAIS »

Herzem Gusmão tem reunião com ACM Neto

Herzem Gusmão tem reunião com ACM Neto

Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (11), o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, esteve em Salvador, onde participou de reunião com o prefeito ACM Neto para tratar de pautas importantes. Entre os assuntos discutidos, esteve a reversão da área do aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, que teve sua doação à União revogada pelo decreto número 19.688, de 07 de agosto de 2019.

Além disso, foram abordados, ainda, temas como a Embaixada do Brasil em Israel e o Colégio Cívico Militar. Sobre este último assunto, a Prefeitura de Vitória da Conquista protocolou junto ao Ministério da Educação proposta para adesão ao Programa Nacional das Escolas Cívico-militares após consulta pública realizada junto aos pais dos alunos da Escola Municipal Professora Maria da Conceição Meira Barros que decidiram pela adesão por unanimidade. :: LEIA MAIS »

Acordo suspende cobrança abusiva de “aviso de irregularidade” na Zona Azul

O Município de Eunápolis e a Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda. (Sinart) firmaram hoje, dia 11, acordo com o Ministério Público estadual no qual se comprometeram a sanar cobrança abusiva em estacionamento rotativo  (Zona Azul) implementado no centro do município. O cumprimento do acordo resultará na extinção da ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Catharine Rodrigues de Oliveira Matos em junho deste ano, que pedia a suspensão da cobrança, considerada por ela indevida por ferir os direitos do consumidor.

Conforme a ação, motoristas da cidade estavam sendo penalizados pela Sinart por meio de “aviso de irregularidade”, cobrando-lhes taxa de pós-utilização no valor de R$ 10, em caso de carros, e R$ 6 para motocicletas, toda vez e assim que estacionavam na zona azul sem adquirir créditos prévios. A cobrança era realizada no ato do estacionamento pelos consumidores, sem que fiscais ou placas lhes informassem sobre a possibilidade de aplicação da penalidade prevista em cláusula de contrato com o Município – cuja suspensão foi pedida na ação. Segundo a promotora Catherine Matos, a cobrança da tarifa de regularização também nunca poderia ter sido realizada pela Sinart, pois não caberia a ela exercer poder de polícia. :: LEIA MAIS »

Projeto que altera Lei Municipal sobre sons urbanos é aprovado

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (Patriota)

Na manhã desta segunda-feira (11), a Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, em segunda discussão e por maioria dos presentes, o Projeto de Lei de nº  130/2019, de autoria do vereador Marcos Lima (Patriota), que altera dispositivos à Lei Municipal n° 3.736/2017, que dispõe sobre sons urbanos, fixa níveis e horários em que será permitida sua emissão, possibilita doação e destruição de equipamento(s) sonoro(s) e dá outras providencias. Os vereadores Edvaldo Lima (PP) e Roberto Tourinho votaram contrário à matéria. Já a edil Eremita Mota (PSDB) se absteve da votação.

De acordo com o artigo 1° da proposição, o caput do artigo 8°, da Lei n° 3.736, de 12 de setembro de 2017, passa a ter a seguinte redação: “Artigo 8º – Verificada a infração a qualquer dispositivo estabelecido nesta Lei, o órgão competente da Prefeitura, independentemente de outras sanções cabíveis, aplicará os seguintes procedimentos e penalidades: I – notificação; II -advertência; III – multa; IV – interdição; V – embargo e demolição; VI -apreensão; VII – doação e destruição de equipamentos sonoros”. :: LEIA MAIS »

Feira de Santana recebe duas mil doses da vacina pentavalente

Feira de Santana recebe duas mil doses da vacina pentavalente

Foto: Raylle Ketlly

Duas mil doses da vacina pentavalente, que se encontram em desabastecimento nacional, foram recebidas pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Saúde, na última quinta-feira, 07. O quantitativo representa 70% do fornecimento de rotina. As doses se encontram disponíveis nas 12 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e sendo distribuídas de forma gradativa para as 20 Unidades de Saúde da Família (USF) dos distritos a partir desta segunda-feira, 11. Neste primeiro momento, aqueles que precisam atualizar a caderneta vacinal da criança devem se dirigir a uma dessas UBS ou USF, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h e as salas de vacina das 8h às 16h30. Os locais foram definidos a partir de uma estratégia elaborada pela Secretaria de Saúde para atender a demanda diante da redução e desabastecimento do fornecimento da vacina.

De acordo com a supervisora da Vigilância Epidemiológica, Neuza Santos, até o momento não há previsão para recebimento de novas doses. “Entramos em contato com o Núcleo Regional Centro Leste, que nos fornece as vacinas, e nos informou que também não tem essa informação”, afirma.

A falta da vacina em diversas regiões do país foi motivada por um desabastecimento nacional, após reprovação do controle de qualidade por parte da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), impedindo assim a distribuição dos lotes por parte do Ministério da Saúde. :: LEIA MAIS »

TRE realizará “Tributo a Nelson Mandela”

Tributo a Nelson Mandela

Foto: Reprodução

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) realizará no próximo dia 18 de novembro o “Tributo a Nelson Mandela”. O evento, que pretende promover reflexões em torno do Dia da Consciência Negra (20 de Novembro), acontece no auditório do tribunal, a partir das 17h. A ocasião deverá reunir estudantes, advogados, magistrados e demais interessados na programação que, inclui palestras ministradas por grandes nomes do Direito nacional e internacional. Para o presidente do Eleitoral baiano, desembargador Jatahy Júnior, “o TRE-BA, como um tribunal garantidor da lisura, do pleito democrático e da vontade advinda do cidadão através do sufrágio popular, não poderia deixar de fazer um evento para destacar o Dia da Consciência Negra”. Historicamente, o Dia da Consciência Negra – data da morte de Zumbi dos Palmares – representa a resistência à escravidão no período da colonização do Brasil.

Programação

O evento contará com três momentos principais, protagonizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski; pelo professor Mark Tushnet, de Direito Constitucional e de História do Direito da Universidade de Harvard; e pelo professor Edvaldo Brito, que é também advogado tributarista e político.

A apresentação do tema Consciência Negra ficará a cargo do professor Edvaldo Brito, também conhecido por sua luta antirracista. Voto-condutor e relator da constitucionalidade das cotas raciais no STF, o ministro Lewandowski é também um dos palestrantes mais aguardados do evento, que contará ainda com aula magna do professor de Direito da Harvard Law School, Mark Tushnet. :: LEIA MAIS »

12° Conferência Estadual de Assistência Social discutirá financiamento público e participação social

Entre os dias 12 a 13 de novembro, acontece em Salvador a 12ª Conferência Estadual de Assistência Social da Bahia. O evento, realizado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) e pelo Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS-BA), será realizado no Hotel Fiesta, em Salvador. A abertura oficial será na terça-feira (12) e contará com a presença do secretário da SJDHDS e presidente do CEAS-BA, Carlos Martins. O evento, que tem como tema “Assistência Social: Direito do Povo, com Financiamento Público e Participação Social” e reunirá representantes do governo e sociedade civil organizada para debater e definir diretrizes da Política de Assistência Social do Estado e o aperfeiçoamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

O público estimado é de 900 participantes, entre conselheiros, delegados municipais e estaduais, técnicos e convidados. Desde agosto, foram realizadas as Conferências Municipais de Assistência Social em todos os territórios de identidade da Bahia, em preparação para a Conferência Estadual – processo que envolveu milhares de profissionais da área socioassistencial na Bahia. :: LEIA MAIS »

Mais de 4.500 famílias podem ter Bolsa Família bloqueado

Mais de 4.500 famílias podem ter Bolsa Família bloqueado

Foto: Divulgação

Para não perder o benefício do programa Bolsa Família, 4.560 famílias devem comparecer a uma Unidade de Saúde da Família (USF) ou Unidade Básica de Saúde (UBS) até no máximo o próximo dia 5 de dezembro. A medida da Prefeitura de Feira de Santana visa a atualização do acompanhamento da saúde dos beneficiários, uma das condicionalidades para continuar tendo acesso aos recursos.

Conforme alerta o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Pablo Roberto Gonçalves, quem não comparecer para o acompanhamento da saúde poderá ter o benefício bloqueado. Ele observa que as 4.560 famílias somam 23.075 beneficiários, com valores que variam de R$ 41,00 a R$ 89,00.

Pablo Roberto informa que todos os beneficiários do Programa Bolsa Família e seus dependentes devem realizar o acompanhamento de saúde, obrigatoriamente, duas vezes por ano. “As crianças menores de 7 anos devem ser pesadas, medidas e atualizar a caderneta de vacinação e as mulheres de 14 a 44 anos devem ser pesadas e medidas e se forem gestantes, devem seguir o calendário de consultas do pré-natal”, alertou. :: LEIA MAIS »

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia