WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


SÃOJOÃO-BAHIATURSA PMFS-PROCON

:: ‘Morro do Chapéu’

Em Morro do Chapéu, Rui celebra 500 viagens ao interior com entregas

Em Morro do Chapéu, Rui celebra 500 viagens ao interior com entregas

Foto: Manu Dias

Em visita ao município de Morro de Chapéu, na Chapada Diamantina, o governador Rui Costa chegou à marca de 500 viagens pelo interior da Bahia com uma intensa agenda de trabalho nesta segunda-feira (15). O dia foi marcado pela entrega de obras e investimentos para a agricultura, infraestrutura e abastecimento de água. Desde que assumiu o Governo do Estado, em janeiro de 2015, Rui já visitou 255 municípios de diferentes regiões baianas, com a média de uma cidade visitada a cada três dias. “Vim celebrar a marca das 500 viagens realizando diversas entregas, porque o ritmo continua o mesmo e a vontade de trabalhar pela Bahia é ainda maior. Espero que, ao longo desses próximos anos, a gente consiga fazer o dobro de viagens feitas até aqui pelo interior do estado”, comentou o governador.

A viagem 500 começou com a entrega da restauração e pavimentação de 73 quilômetros da BA-144, no trecho que liga Morro do Chapéu a Várzea Nova e ao povoado de Lages do Batata, em Jacobina. De acordo com Rui, os investimentos realizados na área da infraestrutura, com a pavimentação e recuperação de rodovias, ajudam no desenvolvimento das pessoas e das cidades. “O bom tráfego nas estradas facilita o escoamento da produção agrícola, o transporte de mercadorias e o próprio deslocamento de moradores e visitantes das regiões. Essa facilidade no acesso é o que faz os municípios crescerem e se desenvolverem economicamente”, ressaltou.

Com investimento de mais de R$ 28 milhões, as obras na BA-144 beneficiam 227 mil moradores das cidades de Irecê, Morro do Chapéu, Várzea Nova, Jacobina e Umburanas. “Esse tem sido um dos destaques da gestão de Rui, no primeiro mandato foram construídos e recuperados mais de cinco mil quilômetros de rodovias que conectam todas as regiões da Bahia. É um investimento expressivo para melhorar a qualidade de vidas das pessoas. Um total de R$1,7 bilhão”, afirmou o secretário estadual de Infraestrutura (Seinfra), Marcus Cavalcanti .

Também na área da infraestrutura, o governador Rui Costa autorizou a Seinfra a iniciar obras de pavimentação da rodovia de acesso à passagem urbana de Barra da Estiva e obras de asfaltamento, construção do pátio de manobras e do estacionamento de aeronaves no Aeródromo de Morro de Chapéu. Um investimento somado de mais de R$ 2,7 milhões.

Morro do Chapéu é acionado pelo MP por manter “lixões” em funcionamento

Morro do Chapéu é acionado pelo MP por manter “lixões” em funcionamento

Foto: Divulgação

O Município de Morro do Chapéu foi acionado ontem, dia 30, pelo Ministério Público estadual por manter “lixões” funcionando em seu território. Eles estão localizados perto de fazendas produtoras de hortifrútis e lá foram encontrados resíduos hospitalares e da construção civil, restos de animais abatidos e catadores de material reciclável trabalhando em situação degradante, sem quaisquer equipamentos de proteção. As irregularidades são apontadas em duas ações civis públicas ajuizadas pelo promotor de Justiça Pablo Almeida. O promotor informou que em apenas um dia, no último 6 de setembro, o MP identificou três “lixões” em funcionamento no município.

Nas ações, é solicitado à Justiça que determine ao Município, em decisão liminar, o fechamento de qualquer “lixão” localizado fora da sede municipal, concentrando o depósito do lixo em apenas um local; que declare as áreas dos “lixões” desativados como contaminadas, visto o acúmulo de gás metano; e realize as adequações no “lixão” que ficará ativo, como controle da quantidade e do tipo de resíduo depositado. O promotor também solicita à Justiça que determine a aprovação, em caráter de urgência, de Plano Municipal de Gestão dos Resíduos Sólidos, a realização de cadastramento dos catadores de lixo de baixa renda, o fornecimento de atendimento médico e exames com vistas a apurar e acompanhar o estado de saúde deles, bem como sua inclusão provisória em programas assistenciais.

Segundo Pablo Almeida, o quadro de “extrema gravidade” vem se arrastando há anos em Morro do Chapéu, apesar das recomendações emitidas pelo MP e pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), cujo relatório constatou que o depósito final do lixo ocorre sem qualquer critério técnico no município, além da realização de incineração ilegal dos resíduos. As irregularidades também foram constatadas pelas vistorias realizadas pelas equipes da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI).

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia