WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Legislativo feirense’

“Se conseguir fazer desembarque na estação do BRT renuncio meu mandato”, diz vereador

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT), na audiência pública que aconteceu na manhã desta sexta-feira (17) na Câmara Municipal de Feira de Santana e que discutiu o sistema de transporte coletivo urbano, questionou sobre os pisos de desembarque feito na estação do BRT. Segundo Nery, os pisos são altos e, portanto impossível de acontecer o embarque e desembarque de passageiros, já que os ônibus têm um piso mais baixo.

“Em relação ao piso das estações, eu conheço tanto quanto o secretário o sistema do BRT no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba. O que está proposto aqui em Feira de Santana não atende. Eu desafio e providencio um veículo articulado para botar na base e se conseguir fazer o desembarque eu renuncio o meu mandato de vereador”, disse Nery.

Audiência pública aponta falhas no sistema transporte coletivo

Audiência Publica sobre Transporte Coletivo Urbano de Feira de Santana

Foto: Vicen Ferreres

A manhã inteira de debates sobre o transporte coletivo urbano de Feira de Santana resultou em uma conclusão simples: o sistema tem problema e o BRT ainda é uma incógnita para a maioria dos feirenses. Foi nesta sexta-feira (17), na Audiência Pública realizada pela Câmara Municipal, por iniciativa da Comissão Obras, Urbanismo, Infraestrutura, Agricultura e Meio Ambiente. A condução dos trabalhos ficou a cargo do vereador Roberto Tourinho, que também preside a comissão.

O processo de recuperação judicial para buscar o equilíbrio, a concorrência desleal do transpor clandestino e a situação crítica encontrada pelas empresas foram apontadas Claudinei Aparecido Castanha, consultor técnico e economista da empresa Rosa, que admitiu algumas dificuldades pelo fato de não ter sido atingida a demanda de usuários prevista inicialmente.  Ele disse que a média de reserva técnica de frota é de 5 a 10% e a Rosa está com 7%. Sobre a operação do sistema BRT, o técnico afirmou que Inicialmente o sistema iria funcionar com a frota e as linhas existentes. “O contrato prevê e as empresas vão cumprir, quando as obras forem concluídas, mas vai ser necessário uma racionalização”, explicou Claudinei Castanha, antecipando que terá que ser feito um estudo para modificação de algumas linhas, desativação de outras e criação de novas. “Vamos cumprir os deveres e cobrar os direitos”, declarou.

O advogado Carlos Daniel Rolfissen, da empresa São João, assegurou que o contrato, que tem prazo de 15 anos, será cumprido até o final e para isso defendeu a viabilidade financeira do sistema. “Feira de Santana passou a ter a frota mais nova do país”, disse, citando a licitação das vans, realizada pela Prefeitura Municipal, para acabar com a concorrência desleal. “Vamos continuar em Feira de Santana”, pontuou.

Os secretários

A Audiência Pública contou com a participação de três secretários municipais, que falaram sobre as ações governamentais para a melhoria do sistema de transporte coletivo e o andamento das obras do BRT. João Marinho Gomes Júnior, titular da Secretaria de Administração, destacou a preocupação com a lisura da licitação, lembrando que seis empresas foram habilitadas e, por questões judiciais, o processo durou seis meses. “Mas não houve nenhuma irregularidade”, atestou.

Sobre o BRT, o secretário de Planejamento, Carlos Brito, informou que foi necessário fazer uma reprogramação, para concluir as obras em dezembro, mas ainda haverá um atraso de aproximadamente dois meses, por causa do período de chuvas – junho, julho e agosto. Brito disse que quando o assunto dá mídia o povo faz estardalhaço, mas assegurou que “o governo está muito confortável para tirar dúvidas e às ordens para qualquer questionamento”.

Ainda em defesa do governo, o secretário de Transporte e Trânsito, Saulo Figueiredo, disse que a realidade de desequilíbrio econômico não é somente em Feira de Santana e citou situações similares em Salvador e no Rio de Janeiro. “O grande problema que temos não é só o transporte clandestino, mas a necessidade de otimização das linhas”, disse, destacando que “as vans irregulares bagunçam o trânsito, cobram menos e atraem as pessoas”. Saulo Figueiredo afirmou ainda que a frota 100% acessível, o que só ocorre, segundo ele, em 5% das cidades da Bahia. “Feira está entre as 10 cidades com tarifas mais baixas e a primeira que terá Wi-fi nos ônibus”, anunciou. Sobre as condições da frota, o secretário informou que a média nacional da idade dos ônibus é seis anos e a média em Feira de Santana é três anos e meio. :: LEIA MAIS »

“Sindicatos e associações só assistem os agricultores que são ligados ao PT”, denuncia vereadora

Vereadora Neinha

Vereadora Neinha (PTB)

A vereadora Neinha (PTB) destacou o sofrimento dos agricultores da zona rural de Feira de Santana. Segundo Neinha, as dificuldades enfrentadas pelos moradores da zona rural não têm sido debatidas de maneira adequada. “Nesse fim de semana fui visitar meus pais no distrito de Bonfim de Feira e vi como a situação está precária. Existem os sindicatos e associações, porém estes só assistem os agricultores que são ligados ao partido do PT. Isso está errado, é muita injustiça. A terra foi presente de Deus e todos têm direito de desfrutar dela. O dever dos sindicatos é auxiliar todos. As irregularidades vão acabar. Venho aqui levantar mais uma vez essa bandeira e garanto que tudo vai se regularizar. Estarei acompanhado de perto”, garantiu.

“Se fosse pelo seu mérito você não estaria vereador hoje”, diz líder do Governo para Cadmiel

Lulinha e Cadmiel

Lulinha (DEM) e Cadmiel (PSC) / montagem Política In Rosa

O vereador e líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Lulinha (DEM), após seu projeto de lei 714/18 que suprime e acrescenta dispositivos do artigo 46 do Regimento Interno ser reprovado, disparou contra o seu colega Cadmiel Pereira (PSC). Lulinha acusou Cadmiel de entrar com uma proposta idêntica a sua fazendo com que se pareça uma briga política. “Desde que ele entrou nesta Casa não me aceita como líder do Governo. Se ele quiser a liderança, pode pegar. O senhor quer ser sábio demais, inteligente demais porque estudou, mas não é assim que se consegue as coisas. A pessoa tem que ser humilde”, afirmou.

Ainda de acordo com Lulinha, Cadmiel conseguiu o seu mandato não por mérito próprio, diferente dele que trabalhou pelo povo que o colocou como vereador. “O senhor sabe como chegou a esta Casa. Se fosse pelo seu mérito não estaria vereador hoje”, disparou.

Tom declara apoio a Irmão Lázaro para o Senado

Tom declara apoio a Irmão Lázaro para o Senado

Vereador Tom, Irmão Lázaro e Nau Santana.

O vereador e candidato a deputado estadual, Pr.Tom (PATRI), declarou na tarde desta quarta-feira (15) apoio ao deputado federal Irmão Lázaro (PSC) em sua candidatura para o Senado Federal. Lázaro também garantiu que dará o seu apoio a Tom. Outro candidato ao Senado que conta com a ajuda de Tom é Angelo Coronel (PSD).

José Carneiro pede extensão do projeto “Luz para Todos” em Tiquaruçu

Vereador José Carneiro Rocha

Vereador José Carneiro Rocha (PSDB)

Na sessão desta quarta-feira (15), da Câmara Municipal de Feira de Santana, foi aprovado, em votação única e por unanimidade dos presentes,  o Requerimento de nº 154/2018,  de autoria do vereador José Carneiro (PSDB),  que solicita da  gestora de Atendimento Regional da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), Cleriane Rodrigues, a extensão de rede do projeto “Luz para Todos” para o povoado da Caatinga, no distrito de Tiquaruçu, na casa de dona Vera, que fica próximo à residência de Tâmiles de Jesus Silva.

“Fiasco”, diz Alberto Nery sobre encontro de José Ronaldo

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT) considerou um “fiasco” o encontro promovido pelo candidato do Democratas ao Governo do Estado, José Ronaldo de Carvalho, na última segunda-feira (13), em uma casa de shows em Feira de Santana. O edil criticou a ausência do prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, e do candidato a Senador Jutahy Magalhães.

“Não acredito que os vereadores desta Casa acreditam que existe de José Ronaldo ganhar a eleição para o Governo do Estado. Fizemos um evento no Parque de Exposição e reunimos mais de 30 mil pessoas. Os vereadores acreditam mesmo que ele irá derrotar o nosso governador? Colocaram o ex-prefeito na guilhotina. Jutahy não veio, ACM Neto não veio. Não tinha um deputado federal presente. Tinha um João de Roma, um forasteiro. Vendo as fotos do evento percebemos que foi um fiasco”, criticou.

Vereador acusa governistas de comprar quentinha e dar transporte a participantes de eventos

Vereador Carlito do Peixe

Vereador Carlito do Peixe (DEM)

O vereador Carlito do Peixe (DEM) não ficou em silêncio e rebateu as críticas feitas pelo vereador Alberto Nery (PT) sobre o encontro promovido pelo candidato do DEM ao Governo do Estado, José Ronaldo de Carvalho. Carlito garantiu que o público presente no evento não foi obrigado, “como acontece nos eventos do PT”.

“Não diria que para uma segunda-feira, em horário de trabalho, aquilo foi um fiasco, como disse o nobre colega Alberto Nery. Foi um evento com casa cheia, as pessoas que lá estiveram foram de boa vontade e por apoio ao projeto de José Ronaldo para o Governo da Bahia. Quem tem o Governo na mão usa a máquina para comprar quentinhas, água e lotação para obrigar as pessoas a comparecer e lotar eventos. Aguardem que vocês irão ver a vitória”, afirmou justificando as ausências de ACM Neto e Jutahy Magalhães Junior. “Eles já tinham outros compromissos agendados”, concluiu.

Vereadores com partidos na base de Rui apoiam Ronaldo

Marcos Lima (PRP), Edvaldo Lima (PP) e Ron do Povo (PTC) - montagem Política In Rosa

Marcos Lima (PRP), Edvaldo Lima (PP) e Ron do Povo (PTC) – Montagem: Política In Rosa

A Câmara Municipal de Feira de Santana tem três vereadores que estão em partidos que fazem parte da base do Governo do Estado apoiam o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho que concorre nas próximas eleições ao cargo de governador. São eles: Marcos Lima (PRP), Edvaldo Lima (PP) e Ron do Povo (PTC). Não se sabe se os partidos cobram dos seus componentes com mandato a fidelidade partidária. Ao que parece não. Os três não fazem nenhuma questão de esconder de que lado estão.

Coligação de Rui

Ao todo 14 partidos compõem a coligação da chapa que tem como candidato a reeleição o governador Rui Costa. PT, PSB, PSD, PP, PC do B, PR, PDT, PRP, PMB, PTC, PMN, Podemos, Avante e Pros já garantiram o apoio a Rui.

Resultado do concurso da Câmara será divulgado no dia 22

Câmara Municipal de Feira de Santana

Câmara Municipal de Feira de Santana

O resultado do concurso público da Câmara Municipal de Feira de Santana será publicado no próximo dia 22 de agosto no Diário Oficial Eletrônico do Município, bem como no endereço eletrônico do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) responsável pela realização do certame. A nomeação dos candidatos aprovados dentro do número de vagas ofertadas obedecerá à estrita ordem de classificação, ao prazo de validade do Concurso Público e às disposições legais pertinentes. O processo de convocação para nomeação dos candidatos aprovados aos cargos será realizado através de publicação em jornal de circulação local, responsável pelas publicações das matérias oficiais do Poder Legislativo e correspondência oficial.

PUBLICAÇÕES

Na próxima quarta-feira (15) serão publicados: o Ato e resultado da análise de recursos contra o resultado preliminar da avaliação de aferição dos afrodescendentes e indígenas; o Ato e resultado definitivo da avaliação de aferição dos afrodescendentes e indígenas e a classificação preliminar do concurso público. Na quinta-feira (16) haverá a apresentação de recursos contra a classificação preliminar do concurso público. No dia 20, será encaminhado à Casa o resultado final e homologação do concurso público para publicação do diário oficial.

Por falta de quórum, sessão na Câmara de Feira é encerrada

Câmara de Feira encerra sessão por falta de quórum-foto-Política In Rosa

Câmara de Feira encerra sessão por falta de quórum / Foto: Política In Rosa

Às 8h45 o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador José Carneiro (PSDB) abriu a sessão desta segunda-feira (13) para logo em seguida encerrá-la. O motivo? Não havia quórum. Apenas cinco vereadores estavam presentes: Ron do Povo (PTC), Carlito do Peixe (DEM), Tom (PATRI), Gerusa Sampaio (DEM) e ele próprio.

O Regimento Interno da Casa exige que 1/3 dos vereadores estejam presentes, ou seja, sete deles. “Ainda demos a tolerância de 15 minutos. A sessão teria que ser aberta às 8h30. Fiz a minha parte e o meu papel de presidente cumprindo o Regimento e encerrando a sessão”, afirmou.

O presidente destacou ainda o grande número de vereadores que são candidatos a deputado e que a ausência pode ser em decorrência disto, muito embora Tom e Gerusa estavam presentes. “Cada vereador tem consciência dos seus compromissos e se não estão presentes tem os seus motivos e razões”, disse, justificando a ausência de alguns vereadores. Aos demais, Carneiro garantiu que cortaria o ponto, exceto os que apresentarem as devidas justificativas.

“Ao fazer parte de um grupo não vendi a minha alma e nem calei a minha voz”, dispara Tourinho

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PV)

O vereador Roberto Tourinho (PV) afirmou, em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, que nunca mudou o curso da sua trajetória política, ou seja, nunca se elegeu por uma coligação e no curso do mandato aderiu a qualquer que fosse o governo. “Se existe alguém que tem lado sou eu. Estou no meu sétimo mandato de vereador e durante seis deles fui vereador de oposição do primeiro ao último dia. Na última eleição o meu partido apoiou o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, mas isso não me tirou o direito, o raciocínio e muito menos a minha independência de me posicionar nessa Casa. Eu sou aliado, não sou alienado. Eu penso e tenho as minhas posições”, disparou.

Tourinho lembrou ainda que quando ficou insatisfeito com o ex-prefeito José Ronaldo fez questão de protocolar em seu gabinete uma solicitação em que o deixava a vontade para exonerar os poucos cargos que o pertencia. “O meu mandato é muito maior do que cargos que possam ter”, completou. Ele ainda ressaltou que é aliado do atual prefeito, Colbert Martins, mas que é ate o dia em que entender que deve se portar desta forma sem com isso lhe tirar o direito de divergir. “Não cheguei a esta Casa por causa de prefeito ou deputado. Cheguei principalmente pelo meu trabalho político e pelos amigos que tenho. Isso me dá a liberdade de votar como eu devo votar. Ao fazer parte de um grupo não vendi a minha alma e nem calei a minha voz”, explicou.

“Não mordo e assopro ao mesmo tempo”, diz José Carneiro

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

Após o discurso do vereador Roberto Tourinho (PV), dizendo que “é aliado político e não alienado” e que por isso age de acordo com a sua consciência na vida pública, o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB) parece que enviou não uma indireta, mas uma direta para o colega. Na sequência da fala de Tourinho, Carneiro disparou. “Quero dizer a quem interessar possa que não mordo e assopro ao mesmo tempo”.

E ainda fez uma observação, essa já se dirigindo diretamente ao colega. “O senhor não ficou a vida na oposição. O senhor se elegeu com o prefeito José Falcão e não fez oposição a ele”. Tourinho explicou que quando tomou posse em seu primeiro dia de mandato como secretário e assim que voltou a Casa já o fez como oposição. “Eu participei do Governo, por isso não fiz oposição”, explicou.

Não satisfeito, José Carneiro voltou a rebater. “O senhor também participou do Governo José Ronaldo como secretário”. E Tourinho mais uma vez não fugiu ao debate. “Participei do Governo porque participei da campanha, não fui candidato a vereador e fui convidado. Como também tive e tenho a total liberdade para dizer o que eu penso e o que eu acho”. Carneiro garantiu que também goza da mesma liberdade.

Líder do Governo espera verbas do Fundo Partidário para campanha

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Lulinha (DEM), falou sobre suas expectativas para as próximas eleições. O vereador, que é candidato a deputado estadual,  tratou da distribuição de verbas oriundas do Fundo Partidário. “Espero que dessa vez não destinem verbas apenas para as candidaturas de deputado federal e lembrem o vereador que os candidatos a deputados estaduais também precisam de recursos para suas campanhas”, concluiu.

Segurança dos pedestres e motoristas faz com que vereador faça solicitação de sinaleira

Vereador Ron do Povo

Vereador Ron do Povo (PTC)

O vereador Ron do Povo (PTC) informou que solicitou, por meio de indicação ao Governo Municipal, a instalação de uma sinaleira de trânsito na avenida Eduardo Fróes da Mota, no trecho entre os bairros São João e Mangabeira. O edil destacou a necessidade de garantir a segurança dos pedestres e motoristas que trafegam naquele trecho.

“Fui procurado pela comunidade, que está revoltada após morte de uma moradora em um acidente ocorrido naquele local. Eles falaram da intenção de organizar um protesto e eu pedi que tivessem calma e me comprometi a interceder por essa questão. Fiz a indicação ao Governo Municipal e amanhã estarei em audiência com  o prefeito Colbert Martins e estarei reforçando o pedido por esse equipamento”, afirmou, convidando os colegas vereadores a se unirem em prol da população.

Vereador governista sugere que o Shopping Popular leve o nome de Waldir Pires

Vereador Gilmar Amorim

Vereador Gilmar Amorim (PSDC)

O vereador Gilmar Amorim (PSDC) apresentou uma indicação de sua autoria sugerindo que o Shopping Popular que está sendo construído no Centro de Abastecimento de Feira de Santana leve o nome do ex-governador Waldir Pires (In memoriam). “Essa é uma justa homenagem a esse grande homem que fez muito pelo nosso Estado. Fiz a indicação para que o Governo Municipal dê ao Shopping Popular, essa grandiosa obra, o nome de Waldir Pires como reconhecimento pelo que fez pela Bahia. Nada mais justo e merecido”, justificou.

Zé Chico desiste e Gerusa é a nova representante do DEM na disputa para deputada federal

Zé Chico e Gerusa Sampaio-montagem Política In Rosa

Zé Chico e Gerusa Sampaio – Montagem: Política In Rosa

Falando sobre a desistência do pré-candidato a deputado federal Zé Chico (DEM), que contava com o seu apoio, a vereadora Gerusa Sampaio (DEM) que iria concorrer ao cargo de deputada estadual afirmou que foi chamada para ser a representante do seu partido em Feira de Santana pelo ex-prefeito e candidato ao Governo do Estado, José Ronaldo de Carvalho. “Feira de Santana ficou sem um candidato para o Democratas. José Ronaldo me chamou e pediu que fosse eu a candidata à deputada federal por Feira de Santana. E aceitei essa missão”, afirmou. Gerusa foi muito parabenizada pelos seus colegas que destacaram que ela tem a real chance de eleição pelo trabalho que realiza.

“Proposta indecente”, diz Tourinho sobre chamado para Gerusa ser candidata a deputada federal

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PV)

Fazendo uma análise da candidatura da vereadora Gerusa Sampaio (DEM) a deputada federal, o vereador Roberto Tourinho (PV) pontuou algumas dificuldades que a candidata deverá enfrentar. “Para candidata a deputado estadual seriam necessários 45 mil votos. Para federal, a senhora vai precisar de 80 mil votos. Fica uma dica, comece pegando o apoio dos vereadores desta Casa, ligados ao seu líder, e que ainda não têm candidatos definidos”, sugeriu.

Tourinho lembrou ainda que em 2010, Colbert Filho foi candidato a deputado federal pela oposição e na eleição seguinte saiu candidato aliado de José Ronaldo e teve uma queda expressiva na votação. “Tenha cuidado. Esses candidatos que vêm de fora, são trazidos pelos líderes. Essa proposta que lhe fizeram é indecente”, alertou.

Gerusa era candidatura a deputada estadual e, na opinião de Tourinho, com reais chances de conseguir a sua eleição. Com a desistência de Zé Chico, o DEM ficou sem candidato a deputado federal e o ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho pediu que Gerusa ocupasse esse espaço que ficou vago.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia