WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Vozes da Terra Gospel 2018

:: ‘Feira de Santana’

FIEB pede em campanha que empresários façam ao menos uma contratação em janeiro

FIEB pede em campanha que empresários façam ao menos uma contratação em janeiro

Foto: Abnner Kaique

Apenas uma contratação. É o que sugere aos empresários uma campanha para que organizações de todos os portes e setores, no início de janeiro, assinem a carteira de um desempregado. A campanha “Empregue mais um: empresários unidos contra o desemprego”, foi bem recebida pelos empresários que foram ao seu lançamento. Feira é a segunda cidade onde foi lançada – a primeira foi Salvador. A iniciativa da FIEB (Federação da Indústria do Estado da Bahia) foi lançada nesta terça-feira, em Feira de Santana, município que tem mais de 25 mil CNPJs, segundo a Associação Comercial e Empresarial local. A FIEB pediu a imprensa apoio à ideia que nasceu de uma história que aconteceu em Salvador, há alguns anos, quando uma empresa do setor de cosméticos e funcionários adotaram um adolescente. “Lhes demos um emprego e mudamos a sua vida”, diz o empresário Carlos Bartuck, que levou a ideia para a FIEB, que a apresentou para outras federações do país, com boa receptividade. Ele disse esperar, pelos resultados iniciais, que a ideia vai contagiar o empresariado, mesmo sabendo das condições adversas que o setor vem enfrentando nos últimos dois anos. Para o dirigente da FIEB, João Baptista Ferreira, o empresariado vai responder positivamente ao chamado da classe e que a sua concretização está ao alcance dos empreendedores.

O secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, observa que o projeto tem como objetivo fazer justiça social e gerar novas oportunidades. “Beneficia pessoas e a cidade”. Luiz Mercês, da Mersan, disse que é momento dos empresários fazerem a parte dele – gerar empregos e tornar positivo os índices apresentados pelo CAGED. “Quem está desempregado sabe o que é isso”. O empresário Edson Piaggio disse que a classe também é responsável pela retomada dos índices positivos do emprego. E se comprometeu a “fazer parte desta onda”.

Câmara escolhe os melhores da imprensa feirense

Câmara escolhe os melhores da imprensa feirense

Foto: Divulgação

Foram escolhidos na manhã desta quarta-feira (21) os melhores da imprensa feirense que fazem a cobertura da Câmara Municipal de Feira de Santana. Os vencedores receberão o Troféu Arnold Ferreira Silva em data a ser divulgado no plenário da Casa da Cidadania. Veja quem são os vencedores:

 

Jornal Impresso: Folha do Estado

Repórter de Jornal: Walace Almeida

TV Web: TV Caldeirão

Repórter de TV Web: Josse Paulo Pereira Barbosa (Paulão)

Televisão: TV Subaé

Repórter Televisão: Poliana Rodrigues

Rádio Web: Rádio H1

Repórter de Rádio Web: Edicarlos Silva (Bomba)

Rádio: Sociedade

Repórter de Rádio: Raphael Marques

Sites e Blogs: Rota da Informação

Pastor Tom volta a fazer duras críticas às cooperativas e diz que está sofrendo ameaças

Vereador Tom

Vereador e deputado estadual eleito, Pastor Tom (Patri).

O vereador e deputado estadual eleito, Pastor Tom (PATRI), voltou a fazer graves denúncias sobre as cooperativas que operam em Feira de Santana. Tom criticou os salários pagos aos funcionários, o não repasse de direitos trabalhistas como o 13º salário e informou que encaminhará um requerimento ao Ministério Público de Feira de Santana solicitando uma investigação nas cooperativas.

“As cooperativas são verdadeiras quadrilhas que ganham forças em nossa cidade. Isso tem que ter fim. Estou tomando as devidas providências. Estou sofrendo ameaças, tive a minha vida devassada, mas não tenho medo de morrer. Se for para morrer defendendo os interesses do povo, morrerei feliz. O sistema de cooperativa prestou até um tempo. Em outras cidades as cooperativas foram substituídas por empresas que garantem os direitos dos trabalhadores. Estamos nos movimentando”, ressaltou.

Líder do Governo diz que muitos feirenses dependem das cooperativas

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

Respondendo as críticas do vereador Pastor Tom (PATRI) e ressaltando que com isso não fazia a defesa das cooperativas, o líder do Governo, vereador Lulinha (DEM), afirmou que muitas pessoas na cidade dependem e brigam por uma vaga em cooperativas da cidade. “Não estou defendendo as cooperativas. Estou defendendo os cidadãos que nelas trabalham. Haveria muitos desempregados em nossa cidade hoje se não existisse as cooperativas”, afirmou. Lulinha disse ainda que futuramente o Governo Municipal poderia ver se conserta o fato de que os funcionários não recebem direitos trabalhistas com a entrada de empresas.

Oposicionista diz que tem pessoas “ficando ricas em cima do trabalho dos outros”

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador oposicionista, Alberto Nery (PT), abordou a atuação das cooperativas em Feira de Santana. Segundo o vereador, elas foram criadas para não terem fins lucrativos e os valores arrecadados devem ser divididos igualmente entre os cooperados, mas isso não é o que acontece. “Quem gere os valores arrecadados são os presidentes das cooperativas. Precisamos levar a denúncia ao MP, pois têm pessoas ficando ricas em cima do trabalho dos outros. O atual Governo Municipal não mudou nada em relação à atuação das cooperativas no governo passado e isso não vai mudar. Nós, enquanto fiscalizadores, é que devemos fazer a denúncia”, disse.

Programa Mais Médicos oferece vagas para Feira de Santana

Denise Mascarenhas

Secretária de Saúde, Denise Mascarenhas.

Para garantir a assistência dos atendimentos feitos pelas equipes de Saúde da Família, o Ministério da Saúde publicou nesta terça-feira (20), o novo edital do Programa Mais Médicos. Em Feira de Santana, nove vagas estão sendo ofertadas para repor o quadro ocupado pelos médicos cubanos. As inscrições podem ser feitas a partir desta quarta-feira (21) através do site maismedicos.gov.br, e encerram no próximo domingo, 25. De acordo com critérios estabelecidos pelo Ministério, os profissionais devem ser brasileiros com CRM Brasil ou diploma revalidado.

O Programa Mais Médicos conta com 24 profissionais atuantes em Feira de Santana, desses 14 são brasileiros, oito cubanos, um cubano com diploma revalidado e um mexicano. “Como um médico cubano já tinha retornado a seu país de origem antes do anúncio do governo, deixando uma vaga em aberto para contratação, soma-se assim nove vagas para o edital”, informa a Secretária de Saúde, Denise Lima Mascarenhas. De acordo com a secretária, todas as decisões tomadas acerca da contratação dos novos médicos estão sendo acompanhadas pelo Governo Municipal. “Nós temos hoje 115 equipes de Saúde da Família, nessas apenas oito médicos cubanos. Não é um número que trará impacto na assistência, visto que durante o processo de contratação, estaremos suprindo as vagas com profissionais do município”, ressalta a Secretária de Saúde.

Angelo Almeida diz que ainda não foi convidado pelo governador para assumir nenhum cargo

Angelo Almeida e Alberto Nery. Foto Política In Rosa Anderson Dias

Angelo Almeida e Alberto Nery. Foto: Política In Rosa / Anderson Dias

O deputado estadual Angelo Almeida (PSB) esteve na manhã desta terça-feira (20) visitando a Câmara Municipal de Feira de Santana. Nas eleições de outubro deste ano o deputado não conseguiu a sua eleição. Questionado pelo site Política In Rosa se já havia sido convidado pelo governador Rui Costa para assumir algum cargo, Angelo afirmou que não. “Até o momento houveram apenas duas discussões com os partidos que compõem o Governo Rui Costa. Na primeira reunião o governador apresentou dados importantes da necessidade de se fazer mudanças na máquina administrativa do Estado e a tarde outra com os deputado de mandato e também com os eleitos. Não foi aberta ainda nenhuma tratativa de discussão da composição do Governo”, afirmou.

Ainda segundo Angelo, Rui havia explicado apenas as medidas que seriam adotadas para que o Estado da Bahia continuasse adimplente, diferente de 18 estados do Brasil que não pagam em dias salários e aposentados. O governador falou também sobre os critérios que seriam estabelecidos para a eleição do próximo presidente da Assembléia Legislativa. “É obvio que o meu partido no momento adequado discutirá quais são os despachos do PSB e a diretriz da legenda no sentido de assegurar esse mandato. Vai depender naturalmente das novas construções que serão feitas para compor o Governo”, completou.

Leite Fome Zero é distribuído para famílias em Feira de Santana

Leite Fome Zero é distribuído para famílias em Feira de Santana

Foto: Divulgação

Cerca de três mil famílias de baixa renda de Feira de Santana recebem leite do programa Leite Fome Zero, através de parceria da União com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso). A distribuição é realizada através de convênios com 37 associações e creches espalhadas pelo município, contemplando pessoas cadastradas no Número de Inscrição Social (NIS). O secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira, ressalta a importância do programa visando garantir um complemento na alimentação de crianças de famílias de baixo poder aquisitivo. E reafirma o empenho do Governo Municipal para garantir a manutenção do benefício por entender a importância do alcance social.

O coordenador do programa, Nivaldo de Jesus, explica que o alimento é destinado às crianças com idade entre 2 a 7 anos e cujas famílias possuem renda per capta de um quarto de salário mínimo. O leite distribuído através do programa é do tipo C, rico em gordura. E o produto é entregue às entidades cadastradas, responsáveis pelo repasse para as famílias cadastradas. “Justamente por isso não é recomendado para crianças com menos de dois anos de idade”, frisou.

Corrida de rua reúne centenas de pessoas

Corrida de rua reúne centenas de pessoas

Foto: Gabriel Sena

Com o objetivo de incentivar a prática de esportes, a 1ª edição da Corrida de Rua “Vumbora”, que aconteceu na manhã do último domingo (18), na Avenida Nóide Cerqueira, em Feira de Santana, reuniu 327 participantes que acordaram cedo em busca de saúde e bem estar. A avenida ficou fechada das 06:30 às 10:30 e a largada estava marcada para às 08:00 horas. Momentos antes do início da corrida, a chuva deixou o trajeto de 5 km molhado, mas não dificultou o percurso dos participantes. Promovida pelo Centro Médico dos Remédios e patrocinada pela Caixa, a corrida mobilizou pessoas de todas as idades, entre elas estava o senhor Rosalvo, de 64 anos, que ficou entre os primeiros colocados.

O grande vencedor foi o atleta Givaldo, que recebeu a medalha de 1º lugar. Ele elogiou a estrutura do evento e garantiu que participará novamente no próximo ano. “Agradeço a todos que fez parte do evento, estão de parabéns”, disse.

Vereador atribui crescimento da violência ao descaso do Estado

Vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (PSC)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC) repudiou o crescimento dos índices de violência no município e atribuiu a culpa na falta de investimentos por parte do Governo do Estado. O edil, indignado, lamentou a realidade da segurança pública, apontando o fechamento de Bases Comunitárias de Segurança e módulos policiais na cidade. “É estarrecedor ver que estamos chegando ao fim do ano e Feira de Santana segue prestes a fechar o ano como um dos municípios mais sangrentos do estado da Bahia. São quase 300 homicídios só em 2018. Isso é reflexo do descaso de um governo covarde. O Governo inaugurou Bases Comunitárias de Segurança e já estão fechadas as unidades do Feira X e da Conceição, módulos policiais encontram-se fechados, as viaturas recebem R$ 20 para abastecimento para fazer rondas durante o dia. Isso é uma piada”, protestou.

Cadmiel culpou o Governo do Estado. “Estamos vivendo um ciclo onde não temos mais segurança. Se espremer os números vai sair apenas sangue e homicídios. O trabalhador sai de sua casa e não sabe se vai voltar. Deixo aqui o meu repúdio a essa situação”, concluiu.

“Fernando Torres vem aí”, diz Zé Filé sobre Prefeitura de Feira de Santana

Vereador Zé Filé

Vereador Zé Filé (PROS)

O vereador Zé Filé (PROS) disse ter certeza de que este governo está chegando ao fim. “Fernando Torres vem ai. Se essa administração que ai está há 20 anos continuar, Feira de Santana vai acabar. O povo está sofrendo, não tem água, não tem comida, não tem lazer”, finalizou.

Lourdes Santana sobre Dia Nacional da Consciência Negra: “Esse dia traz a lembrança do sofrimento e luta do negro”

Lourdes Santana-foto Política In Rosa Anderson Dias

Lourdes Santana – foto: Política In Rosa / Anderson Dias

A passagem do Dia Nacional da Consciência Negra comemorado neste dia 20 de novembro foi tema de uma entrevista do site Política In Rosa com Lourdes Santana, presidente do Núcleo Odungê e presidente do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento das Comunidades Negras e Indígenas. Lurdinha, como é mais conhecida, disse que esse dia traz a lembrança do sofrimento e luta do negro principalmente na posição em que ainda se encontra dentro da sociedade brasileira. “Estamos no pior patamar. Temos o pior ensino, a pior saúde e  nossos direitos não são respeitados. Fazemos parte da margem da pobreza. Temos que refletir porque ainda não nos vêem da forma que devem nos ver. Temos direitos que não são respeitados. O principal deles é a educação”, lamentou.

Estudantes concluintes refletem sobre carreira profissional durante a Feira das Profissões

Estudantes concluintes refletem sobre carreira profissional durante a Feira das Profissões

Foto: Divulgação

A reta final do ensino médio muitas vezes representa momentos de tensão na vida dos estudantes do 3º ano que se deparam com cobranças, expectativas e indecisões. No intuito de abrir os horizontes dos pré-vestibulandos, foi realizada na última terça-feira, 13, a Feira das Profissões, no Cine Teatro da Praça CEU da Cidade Nova. Estudantes do 9º ano do Colégio Monsenhor Mario Pessoa e do 3º ano do Colégio Luiz Viana assistiram a explanação de possibilidades no campo profissional, com a participação de convidados voluntários. A iniciativa partiu da estudante de direito e estagiária da Biblioteca do CEU da Cidade Nova, Gleyce Sena. “Nosso objetivo, que era plantar a sementinha do futuro, foi atingido. A gente tem um projeto aqui na biblioteca que se chama visita guiada e a gente traz esses alunos pra fazer essa visita, apresentando como é que funciona. E no primeiro encontro eu percebi que alguns alunos tinham uma mentalidade fechada, no sentido de que a condição social determina o que eles poderiam ser. E isso ai fez com que fomentasse essa ideia da Feira de Profissões”, relatou.

A advogada Taiara Lima contou que mesmo com baixo poder aquisitivo, o estudo sempre foi prioridade para seus pais. Estudou maior parte do tempo em escola pública e muito cedo resolveu que queria ser advogada. Ao concluir o ensino médio tentou o vestibular de direito algumas vezes, mas não desistiu, quando conseguiu foi aprovada logo em 3 faculdades. Gabriela Behrmann transmitiu para os alunos o quanto é importante estudar, independentemente de ter o ensino superior. Para ela, não existe outro caminho qualquer que seja a profissão escolhida. “Tanto para seguir carreira de jogador de futebol, médico, nutricionista ou advogado, o conhecimento é fundamental e deve ser buscado da melhor forma”. “A gente não pode ser lagarta, ficar só se arrastando e achando que o mundo tá ali naquele plano, a gente tem que ser borboleta, olhar o horizonte e perceber que o mundo tá além aquilo ali”, completou. :: LEIA MAIS »

Mais de 200 mulheres já foram beneficiadas com cirurgia de gigantomastia

Mais de 200 mulheres já foram beneficiadas com cirurgia de gigantomastia

Foto: Divulgação

Mais de 200 mulheres feirenses já foram contempladas, desde 2010, com cirurgia reparadora de mama através do Programa Municipal de Tratamento das Gigantomastias realizado no Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher. Único no país, o programa é totalmente custeado pelo Poder Público Municipal através da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS) e atende exclusivamente mulheres que residam na cidade. Além disso, a prioridade são pacientes que estejam em situação de vulnerabilidade econômico-social, além de ser mãe, maior de idade e com mamas com peso superior a 4 quilos, critérios da triagem bianual.

Segundo o coordenador do programa, o médico cirurgião-plástico César Kelly VillaFuerte Velez, após a retirada do excesso das mamas “as mulheres se sentem renovadas e passam a ter uma vida muito melhor, uma autoestima e uma vida sexual completamente melhoradas”. O médico pontua também que a iniciativa municipal é um exemplo a ser seguido por outras prefeituras do Brasil. “Os estados já poderiam ter seus próprios programas, pois trata-se de um problema de saúde pública e tem como diferencial proporcionar apoio às mulheres”, salienta César Kelly.

Presente ao evento de celebração realizado no mezanino do HIPS, na manhã da última terça-feira (13), o prefeito Colbert Martins Filho assegurou a continuidade do programa e ressaltou a seriedade dos critérios para a seleção das pacientes. “A Prefeitura faz todo o esforço e atende todas as mulheres que buscam essa cirurgia especial não ofertada em outros hospitais, a exemplo do Estado. Além disso, respeitamos os critérios de seleção e entendemos que esses recursos do município devem ser aplicados com as mulheres daqui de Feira para que elas tenham uma vida normal, digna”. Em dezembro do ano passado mais de 150 mulheres participaram da triagem no Hospital da Mulher e 60 foram selecionadas para a realização da mamoplastia redutora. :: LEIA MAIS »

Atrasos nos repasses de có-financiamentos do Estado é tema de reunião de Colegiado

Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado da Bahia (Coegemas)

Foto: Reprodução

O Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado da Bahia (Coegemas) discute, nesta segunda-feira (19) durante reunião mensal, a questão do atraso nos repasses de co-financiamentos do Estado com os Municípios. O secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso) de Feira de Santana, Ildes Ferreira estará presente durante a reunião, que será realizada no período da manhã. Já no período da tarde, o secretário Ildes Ferreira participa da reunião mensal de membros da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), também em Salvador, para deliberar sobre o projeto “Meninas que ocupam” e apresentação do Fórum de Combate à Violência Contra Pessoa com Deficiência.

Durante a reunião também vai discutir sobre panorama de acompanhamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no estado da Bahia e ainda a Casa Abrigo da Mulher.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia