WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Coronavírus MAIS SAUDE-BAHIA-SESAB-CORONAVÍRUS

:: ‘Feira de Santana’

Prefeitura de Feira é solicitada a informar sobre alimentação de alunos durante suspensão de aulas

Prefeitura de Feira de Santana foto Jorge Magalhaes

Prefeitura de Feira de Santana – Foto: Jorge Magalhães

Com o objetivo de assegurar o fornecimento de alimentos aos alunos da rede municipal de ensino de Feira de Santana no contexto da suspensão das aulas em virtude da pandemia de Coronavírus, a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA solicitou à Prefeitura do município que preste informações sobre as medidas que estão sendo efetivadas para garantir este direito.

A Defensoria quer saber ainda se a administração do Município irá efetuar este fornecimento provendo cestas básicas para as famílias, como vem realizando outras prefeituras, e se caso seja essa a solução adotada, como será feita a entrega.

No ofício a DPE/BA salienta que a alimentação escolar é direito legal dos alunos da educação básica pública e missão do Estado. Além disso, assinala que o direito constitucional à educação engloba o dever do Estado de garantir atendimento ao educando por meio de programas suplementares de alimentação. :: LEIA MAIS »

Prefeitura realiza desinfecção em unidades de saúde e ambientes públicos

Prefeitura realiza desinfecção em unidades de saúde e ambientes públicos

Foto: ACM

As unidades de saúde de Feira de Santana e ambientes públicos, a exemplo de praças, estão sendo submetidas ao serviço de sanitização de ambientes, um processo de desinfecção que reduz até 98,9% de agentes causadores de infecções, alergias e doenças respiratórias. Esta é uma das medidas de enfrentamento ao coronavírus, autorizadas pelo prefeito Colbert Martins Filho. O trabalho está sendo realizado pela empresa GPragas Controladora.

Nesta segunda-feira, 6, o serviço foi realizado na Unidade de Saúde da Família Frei Luiz Alberto Lemos Rodrigues, situada no povoado Candeal II, distrito de Matinha. O prefeito Colbert Filho, que é médico por formação, observa que o trabalho de desinfecção é uma das ações mais importantes de prevenção a Covid-19. “Este trabalho está sendo realizado na cidade há alguns dias em logradouros públicos, equipamentos municipais situados em bairros e no centro da cidade, e agora chega aos distritos. Vamos contemplar todos os distritos através deste serviço que é essencial no enfrentamento e controle desta doença”, salientou. :: LEIA MAIS »

Comércio de Feira de Santana ficará fechado até dia 13 de abril

Prefeitura de Feira de Santana foto Jorge Magalhaes

Prefeitura de Feira de Santana – Foto: Jorge Magalhães

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, decidiu, neste domingo (05), manter o comércio de rua, bares e restaurantes da cidade fechados até dia 13 de abril devido a pandemia do novo coronavírus. Colbert também prorrogou a suspensão das aulas das redes pública e privada, shoppings, galerias e demais locais que podem causar aglomeração de pessoas seguirão fechados até o dia 20 de abril. “Estamos pensando primeiramente em salvar vidas”, disse Colbert Filho em suas redes sociais.

Prefeitura de Feira pode usar estrutura do SESC para ações de enfrentamento ao coronavírus

Colbert Martins Filho

Prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho – Foto: Divulgação / PMFS

A Prefeitura de Feira de Santana pode usar a estrutura das instalações da unidade do SESC, na rua Guaratatuba, 345, Tomba, para implementar ações emergenciais de enfrentamento e controle ao coronavírus. A disponibilização do equipamento foi confirmada ao prefeito Colbert Martins Filho pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio), na tarde desta sexta-feira, 03.

A decisão reitera o apoio da Fecomércio às medidas de contenção e prevenção para enfrentamento do Covid-19, adotadas nesta cidade pelo Governo Municipal. E também reforça a decisão da instituição em apoiar a Campanha Nacional de Vacinação de Idosos, que está em curso na cidade. :: LEIA MAIS »

Targino Machado crítica contratos milionários da Prefeitura de Feira com única associação para área da saúde

Deputado estadual Targino Machado

Deputado estadual Targino Machado – Foto: Divulgação / Ascom

Em tempos de ajuste de contas e contenção de gastos por conta da crise causada pela Pandemia do Coronavírus em todo o mundo, a Prefeitura de Feira de Santana resolveu ir na contramão de todos. Através do Diário Oficial do Município, o prefeito da cidade, Colbert Martins, confirmou um novo contrato com a Associação de Proteção a Maternidade e a Infância de Mutuípe e realizou um aditivo em outros dois com a mesma associação para serviços na área de saúde. E os valores assustam. É o que informa o deputado estadual Targino Machado.

De acordo com o deputado, neste novo contrato, a associação receberá o valor de R$ 25.487.661,29, que corresponde ao terceiro contrato com a gestão do município. Nos doze meses deste vínculo, a empresa será responsável pela contratação de pessoal na Fundação Hospitalar de Feira de Santana.

Ainda de acordo com o deputado, já nos aditivos, a associação receberá: R$ 15.950.673,16 (contrato n° 59420191111) e R$ 5.344.120,14 [contrato nº 66920191111). No total, a citada empresa receberá mais de quarenta e cinco milhões de reais – os serviços prestado pela mesma não têm ligação com o combate à Covid-19.

Para se ter uma ideia, a Secretaria de Saúde de Mutuípe teve um orçamento anual, em 2018, próximo dos nove milhões de reais – um valor muito inferior aos 45 milhões de reais de contratos com a prefeitura de Feira de Santana. “Como surgiu a Associação de Proteção a Maternidade e a Infância de Mutuípe no município? Será que ela presta serviço, também, em Mutuipe, ou essa é uma empresa, também, arranjada pela organização criminosa que criou a Coofsaúde?”, questionou o deputado estadual Targino Machado. :: LEIA MAIS »

Feira: Alberto Nery propõe cancelar aumento salarial de vereadores

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

Diante da Pandemia do Coronavírus, governantes e políticos de todo o mundo têm buscado alternativas de combate à doença que já causou milhares de mortes. O vereador Alberto Nery (PT) defende que a Câmara Municipal de Feira de Santana também adote medidas com esse objetivo. O edil vai apresentar indicação com medidas de redução de despesas que se adequem à realidade do cenário atual.  “Estamos vivendo um momento crítico. A Pandemia já vitimou milhares de pessoas pelo mundo e tem causado danos irreparáveis na Economia. Aprovamos nesta quinta-feira (02) projeto de lei enviado pelo Executivo que proíbe cortes de luz e água, e aumento abusivo de produtos e serviços durante o período de Calamidade Pública. Além disso, a verba do orçamento impositivo foi completamente direcionada às ações do Coronavírus, o que totaliza mais de 5 milhões de reais.  Mas além de amparar a população que está sofrendo com os impactos, é preciso que todos, sem exceção, se adequem a esse triste cenário”, explica Nery.

Para o oposicionista, o Legislativo feirense deve suspender algumas iniciativas que resultem em economia de dinheiro público. “A minha sugestão é que sejam suspensas já agora em 2020, sessões solenes e viagens para congressos. A economia pode ser devolvida ao Poder Público Municipal para que este, a direcione para ações de saúde, sob a fiscalização do legislativo”, defende.

O aumento de salário dos vereadores aprovado para ser implementado na próxima legislatura, é outro ponto que deve ser cancelado de acordo com Nery. “A crise econômica indica que teremos um caminho longo para recuperação. Nesse período, toda e qualquer ação que represente redução de gastos públicos é necessária. Por isso não faz sentido um aumento de salário que já é maior do que média brasileira”, argumenta. :: LEIA MAIS »

Licitações públicas da Prefeitura de Feira passam a funcionar em locais distintos

Licitações públicas da Prefeitura de Feira passam a funcionar em locais distintos

Foto: Divulgação / PMFS

Como forma de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19), a Secretaria Municipal de Administração está descentralizando o funcionamento do setor de licitação. Atualmente, as licitações da Prefeitura funcionam no prédio da secretaria, vizinho ao Centro de Atendimento ao Feirense (CEAF), na avenida Sampaio.

Segundo o secretário de Administração, Sebastião Cunha, desde quinta-feira, 2 de abril, as licitações estão sendo realizadas no Teatro Municipal Margarida Ribeiro e também no auditório do CEAF. “O nosso salão é pequeno e as pessoas ficavam muito aglomeradas. Então o prefeito nos pediu uma alternativa e resolvemos fazer essa transferência de local”, afirmou o secretário.

Ele disse ainda que para isso acontecer foi feita uma parceria com a Fundação Egberto Costa, administradora do teatro. O funcionamento das licitações nesses locais é por tempo indeterminado. :: LEIA MAIS »

Secretaria do Meio Ambiente constata morte de peixes na Lagoa Grande

Secretaria do Meio Ambiente constata morte de peixes na Lagoa Grande

Foto: Divulgação / PMFS

Uma quantidade expressiva de peixes da espécie tilápia-do-nilo foi encontrada morta na Lagoa Grande, no bairro Rocinha. Na manhã desta quarta-feira, 1º, os moradores do entorno acionaram a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam) para informar o que havia ocorrido.

“É provável que os fatores abióticos (influências que acontecem de fora para dentro do manancial provocado pela mudança do clima, pluviosidade, incidência da luz solar, entre outros) tenham alterado os parâmetros da água, a exemplo do pH (potencial hidrogiônico), OD (oxigênio dissolvido),  temperatura e a turbidez”,  afirma o chefe do Departamento de Educação Ambiental, João Dias.

João Dias explica que essas alterações provavelmente resultaram na morte daqueles peixes. “Tilápia-do-nilo é uma espécie sensível, que foi introduzida naquele manancial. Os peixes nativos, por sua vez, como são mais resistentes, não foram atingidos”, afirma. Na Lagoa Grande são encontrados ainda espécies de piabas, traíras, camboatá e muçum. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia