WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Matriculas 2020

:: ‘Entrevistas’

“Tem outros partidos da base aliada de Rui que não vão seguir com Zé Neto”, diz presidente do PSD Feira

Ex-deputado federal Fernando Torres

Ex-deputado federal Fernando Torres

O ex-deputado federal Fernando Torres (PSD), em entrevista ao site Política In Rosa, disse que o que levou ele a desistir de sua pré-candidatura a prefeito de Feira de Santana foi o bom desempenho do prefeito Colbert Martins Filho a frente da administração municipal. “Vejo que Colbert Filho merece uma nova oportunidade para governar Feira de Santana, pois está sendo um bom prefeito e o PSD de Feira de Santana irá seguir com Colbert Filho”, afirmou.

Otto Alencar

Questionado sobre se teria comunicado ao senador Otto Alencar, que é o presidente estadual do PSD, sobre a adesão do partido ao grupo do prefeito Colbert Martins Filho, Fernando Torres explicou. “Todas as decisões nós conversamos com Otto. Ele sabe que em Feira de Santana eu não tenho condições nenhuma de seguir com o PT em Feira”, justificou. Torres ainda teceu críticas ao deputado federal Zé Neto. “Aqui na cidade tem um nome do PT que é um ditador, que pensa muito em si. E o PSD de Feira não confia nele. Estou falando isso em meu nome”, disparou.

Ele ainda garantiu que Otto tentou fazer essa coligação com o PT, mas infelizmente é difícil “Otto tentou ajudar nessa convivência, mas não houve êxito. O Partido dos Trabalhadores de Feira de Santana é muito pessoal e muito na pessoa do deputado federal Zé Neto”, explicou. E fez questão de dizer que não era o único que pensava dessa forma. “Não é só o PSD, tem outros partidos da base aliada de Rui Costa que não vão seguir com Zé Neto. O projeto de Zé Neto é pessoal e não do partido”, criticou.

Oposição em Feira

O ex-deputado ainda criticou a oposição em Feira de Santana. Segundo ele, ela é muito fraca e pensa muito no lado pessoal. “O maior líder da oposição de Feira de Santana, que na verdade não é líder (Zé Neto), pensa só em si. Por isso é difícil uma vitória em cima da liderança do ex-prefeito José Ronaldo. Ronaldo ganhou várias vezes e vai continuar ganhando devido a falta de alianças que possam trazer a vitória. Por isso e por outros motivos, o PSD de Feira de Santana vai seguir com o prefeito Colbert Filho”, finalizou.

Zé Filé já tem destino: PSD

Fernando Torres e Zé Filé

Fernando Torres e Zé Filé

Ainda em entrevista ao site Política In Rosa, o ex-deputado federal Fernando Torres (PSD) falou sobre a situação do vereador Zé Filé (PROS) que sempre o apoiou como pré-candidato a prefeito de Feira de Santana e fez duras críticas ao governo do ex-prefeito José Ronaldo (DEM) e do atual prefeito Colbert Filho (MDB). “Zé Filé poderá vim para o PSD se quiser. O partido está de portas abertas para ele. Ele se elegeu pela coligação PSD e PROS, mas eu o considero do PSD. Não vejo mudança em Zé Filé, vejo continuidade se ele vir para o PSD”, disse.

De acordo com Torres, as portas da legenda estão abertas, só depende do vereador. Resta saber se Zé Filé irá apoiar quem ele sempre fez uma oposição acirrada no Legislativo feirense. A pergunta que fica é: qual será o comportamento Zé Filé, principalmente na tribuna da Casa, caso isso aconteça?

Vereador quer saber qual Secretaria é responsável pela iluminação de praças esportivas

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O vereador Lulinha (DEM), em entrevista ao site Política In Rosa, afirmou que a população está lhe cobrando melhorias na iluminação pública principalmente nas praças esportivas como campos de futebol ou quadras de esportes. “Estive em uma localidade com o secretário de Serviços Públicos Justiniano França e o diretor de Iluminação João Banha. Conversei com o secretário sobre a demanda e ele disse que a Secretaria dele não vai atender mais essa questão de iluminação pública em campos, quadras e que sua obrigação era atender as vias públicas”, disse.

De acordo com o edil, o secretário de Esporte e Lazer, Edson Borges, disse que a Secretaria também não é responsável pela iluminação pública de praças esportivas. “Tem que ver quem vai ser o responsável de agora em diante. Quem atendia essas demandas e dava manutenção a essas praças esportivas era a Secretaria de Serviços Públicos”, relatou.

Lulinha ainda sugeriu que o município crie um setor de iluminação pública para que possa dar manutenção a esses campos de futebol porque essa é uma cobrança muito grande dos desportistas e da comunidade.

“Se Humildes virar município serei candidato e farei oito dias de festa no São Pedro”, diz vereador

Vereador Zé Curuca

Vereador Zé Curuca (DEM)

O vereador Zé Curuca (DEM), em entrevista ao site Política In Rosa, disse que os moradores do distrito de Humildes estão ansiosos pela festa a qual eles esperam durante todo o ano: o São Pedro. Nessa festa que o comércio do distrito cresce, todo mundo vende e ganha a sua ajuda de custo. “Sabemos que o prefeito Colbert Martins está trabalhando. Mas os moradores sentiram-se prejudicados pela redução de três para dois dias dos festejos. Foi um prejuízo grande e não temos atrações de peso”, lamentou.

Candidatura a prefeito

O edil falou sobre a sua vontade de que a emancipação de Humildes saia do papel. “Nós, moradores de Humildes, estamos muitos ansiosos. O distrito é grande, tem mais de 30 mil habitantes, 17 mil eleitores, várias empresas na região geram emprego e renda para o distrito. E essa renda que poderia ser de Humildes vem para Feira de Santana. Cobramos do prefeito mais obras, pois o distrito merece. E se Humildes se  emancipar eu serei o candidato a prefeito com apoio dos nossos amigos, do deputado Targino Machado, do deputado federal José Nunes e quem sabe do nosso ex-prefeito de Feira José Ronaldo e do atual prefeito de Feira Colbert Martins”, acredita. E prometeu que se isso se realizar ele fará oito dias de festa no distrito.

José Carneiro diz que entende como ‘privilégio’ conceder mais dois anos de mandato a vereadores e prefeitos

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB), em entrevista ao site Política In Rosa, afirmou que a prorrogação de mandato de prefeitos e vereadores é um retrocesso. “Me elegi para exercer um mandato de quatro anos. Os prefeitos e vereadores de todo Brasil se elegeram para exercer o mandato de quatro anos. Aí vem o Congresso Nacional apresenta uma emenda tentando prorrogar os mandatos dos vereadores e prefeitos para seis anos. Se fizerem uma pesquisa junto ao povo brasileiro, será que o povo irá aprovar essa prorrogação de mandato? Claro que não. Eu entendo que seja um privilégio conceder mais dois anos de mandato aos vereadores e prefeitos de todo o país”, disse.

De acordo com o edil, o país vive uma crise política muito grande. Por esse motivo ele tem certeza de que a população não aprovaria uma ideia dessas. “Se eu fosse deputado federal apresentaria um aumento de mandato dos prefeitos e vereadores que irão se eleger em 2020 para até 2026 e aí sim seria uma proposta interessante, pois o povo brasileiro estaria votando convictos de que eles iriam exercer um mandato de seis anos. Não estaria enganando ninguém, privilegiando ninguém”, finalizou.

Oposicionista cobra resposta sobre auditoria em empresas de ônibus

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador oposicionista, Alberto Nery (PT), disse ao site Política In Rosa que não existe nenhuma auditoria sendo feita nas empresas de transporte público de Feira de Santana. “Na época o ex-prefeito José Ronaldo falava em fazer essa auditoria atendendo uma solicitação das empresas. Os seus administradores diziam que elas estavam no vermelho, tomando prejuízos e todo dia tenciona o sindicato para tentar tirar cobrador. Sempre o prejuízo só cai no mais fraco”, lamentou.

Segundo Nery, na atual gestão a auditoria foi contratada há mais de nove meses e era para ser feita em seis meses. “Vamos aguardar a conclusão dessa auditoria para verificarmos se é real que essas empresas estão tendo prejuízos”, afirmou. Nery disse ainda que a empresa Rosa vai participar para concorrer a um contrato emergencial em Vitória da Conquista garantindo que vai rodar com 30 ou 35 carros novos ou usados. “Enquanto isso, em Feira de Santana, vemos a frota reduzindo a cada dia”, completou.

Nery ainda sugere que a Prefeitura de Feira de Santana faça toda arrecadação dos recursos diários e pagar as empresas pela quilometragem rodada. “Se eles rodarem vazios ou cheios irão receber a quilometragem deles. Se houver excesso de faturamento vantagem para a Prefeitura. Se não tiver, a Prefeitura só vai subsidiar. Quando o poder público municipal tomar essa atitude acaba essa choradeira, pois a quilometragem que eles rodam ociosa a Prefeitura não vai pagar. Finais de semana há redução de frota e se eles deixarem de colocar um carro em circulação o prejuízo vai ser deles, pois irão receber pela quilometragem rodada”, sugeriu.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado Vereador Alberto Nery - Boas Festas - site Política In Rosa Luiz da Feira Natal e Ano Novo - SITE POLÍTICA IN ROSA Vereador João Bililiu - Boas Festas Vereador Ron do Povo - BOAS FESTAS Gilmar-Amorim-Boas-Festas


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia