WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-CRQM

:: ‘Destaque1’

Deputado denuncia negligência com abastecimento de água em Candeal e cobra ações emergenciais

Deputado Targino Machado

Deputado Targino Machado (PPS)

Após receber correspondência do vereador de Candeal, Robério Vieira, o deputado estadual Targino Machado (PPS), subiu à tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) desta segunda-feira (12), para falar sobre a insensibilidade do governador ao demorar de inaugurar a obra de abastecimento de água do município, construída e concluída há 3 anos para atender a povoados da região. Para o parlamentar, está faltando agilidade e sensibilidade do Governador Rui Costa, já que a população está sendo prejudicada.

“Pense num absurdo e na Bahia há precedentes. As comunidades rurais de Quatro Estradas, Chapada, Macaco, e Serra Lisa, todas no município de Candeal, estão à míngua de água para beber, embora o Governo do Estado tenha concluído a obra de extensão de água que visa abastecer os povoados retrocitados e, pasmem senhores, até hoje não inaugurou a obra, numa prova de desperdício de dinheiro público e falta de sensibilidade e humanidade do governador Rui Costa para com o povo sofrido do semiárido baiano. Recebi correspondência do vereador Robério Vieira cobrando providências e assim o faço cobrando agilidade do governador Rui Costa”.

Vereador Alberto Nery denuncia invasão de área pública

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

“Feira de Santana parece uma terra sem lei”. Assim, o vereador Alberto Nery (PT) definiu o município, ao apresentar mais uma denúncia de invasão de área pública na cidade, durante pronunciamento na Câmara nesta segunda-feira (12). Dessa vez, de acordo com o edil, uma empresa privada se apropriou de uma área pública, a Praça São Félix, localizada no bairro Conceição,  iniciando uma obra sem qualquer indicação de autorização da prefeitura. “Fomos procurados por moradores da região do loteamento Parque Santa Bárbara e ao chegarmos no local, verificamos os tapumes cercando a área pública da Praça São Félix e adesivos de identificação da construtora. Os adesivos não tem qualquer sigla ou número de autorização, ou de  alvará da Prefeitura. Agora eu pergunto: qual o interesse que uma empresa privada tem em fazer uma obra pública com recursos próprios e sem autorização?”, indagou o vereador.

Ainda de acordo com Nery – que também é membro da Comissão de Obras, Urbanismo e Infraestrutura da Casa – após a mobilização dos moradores a empresa fixou um outro adesivo informando que levaria a casa dos moradores o projeto da obra. “Além de estranho isso é ilegal. Onde estão os fiscais da prefeitura que não foram até o local para impedir  a continuidade de uma obra irregular, sem autorização e em área pública? Queremos um posicionamento da Prefeitura. Também peço que o presidente leve o fato ao conhecimento do Ministério Público, porque também há relatos de que os moradores estão sendo intimidados por um cidadão da empresa que vai até o local armado”, cobrou.

Em aparte, o presidente da Câmara, José Carneiro, afirmou já ter informado a prefeitura sobre a situação. “Eu fico ainda mais surpreso em saber que a prefeitura já tem conhecimento da invasão e os tapumes continuam lá. Já fizemos a denúncia em uma área na Santa Mônica e foi jogado no hall do esquecimento. Outro exemplo denunciado aqui, é de uma área na lateral do Clube Cajueiro. Não podemos admitir essa omissão. Sugiro que a Comissão vá até lá para buscarmos uma solução efetiva junto aos órgãos competentes. Feira não pode ser “terra de ninguém”, onde qualquer pessoa mure área pública e fique por isso mesmo”, finalizou o vereador.

Vereador pede fim de gratificações para cargos comissionados

Vereador Rodrigo Moreira

Vereador Rodrigo Moreira

Na sessão ordinária dessa quarta, (07), o vereador Rodrigo Moreira (PP) ressaltou o projeto de lei de sua autoria que prevê o fim de pagamento da gratificação por Condição Especial de Trabalho (CET) para os cargos comissionados da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista. Segundo ele, é contraditório que a gestão gaste valores consideráveis com gratificações de comissionados ao mesmo tempo em que prega austeridade nas contas públicas, corta horas extras e não paga em dia o terço de férias de servidores efetivos.  “Que austeridade é essa que só serve para os servidores? Que austeridade é essa que só serve para aquele que ganha mil reais?”, questionou.

O edil apresentou alguns dados. Segundo ele, um cargo comissionado de agente de patrimônio tem o salário base de R$ 2.138,00 e recebe uma gratificação no mesmo valor, dobrando o salário. Já um coordenador de serviços auxiliares, também comissionado, ganha R$ 4.276,00 de salário base e acumula mais R$ 2.530,00 de gratificação. Outro exemplo é o de coordenador de urbanismo: são R$ 4.276,00 de salário base, mais mil reais de vantagens e R$ 4.273,00 de gratificação. “Não dá. Aqui a gente não quer tirar CET de servidor. Mas, o cargo comissionado, o cargo político. Já que a prefeitura fala em austeridade, fala em jogar duro, em recursos públicos escassos, vamos começar a cortar na carne”, advertiu.

Moreira frisou que é preciso coragem para votar o projeto e alertou que a prefeitura gasta mais de R$ 1 milhão, por ano, somente com os comissionados. Ele assegurou que a lei é necessária para manter o equilíbrio na gestão. “E vamos voltar a dar hora extra para o gari. Vamos voltar a dar hora extra para o agente patrimonial. Porque eu sei que tem creche que o agente patrimonial sai e deixa as crianças soltas porque vence o horário dele que é de oito horas. Ele teria que ficar mais duas, mas não fica porque não tem hora extra”, disse. Para Rodrigo Moreira, pagar gratificação para comissionado é uma prática é vergonhosa, enquanto “servidores estão passando fome, sem as duas horas extras e o seu terço de férias”.

Fim da Blitz do IPVA – O vereador afirmou que é contra esse tipo de blitz e defendeu intervenções que avaliem as condições de uso dos veículos. O edil explicou que entrou na justiça com duas ações pedindo também o rebaixamento dos valores de guincho e de diária do pátio. Ele frisou que o governo estadual abaixou o valor do guincho para R$ 250,00 e R$ 70,00 para a diária. Moreira disse que continuará a batalha pelo fim das blitzs e também para que os valores caiam para preço de mercado.

“X9, covardes, cafajestes, mentirosos, filhos do cão”, dispara vereador

vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (PSC)

O vereador Isaías de Diogo (PSC), em entrevista ao site Política In Rosa, afirmou que dentro da Câmara Municipal de Feira de Santana existe um X9, nome dado a quem faz fofoca, o chamado leva e traz. O vereador destacou que não sabe quem é que faz a fofoca para o prefeito José Ronaldo, mas prometeu que assim que souber revela o nome.

“A demora para revelar quem é o X9 é só eu descobrir. Suspeito de alguns nomes, mas quando é ainda suspeita não se pode falar. Quando eu descobrir esse filho do cão, eu falo. Essa pessoa está no lugar errado. Tudo que acontece nessa Casa ela leva para o prefeito José Ronaldo de forma diferente. Eu já disse aqui que não tenho medo do prefeito. Eu o respeito. Não aceito que covardes para puxar o saco do prefeito faça esse tipo de coisa. Cafajestes, mentirosos”, disparou. Questionado pelo site Política In Rosa sobre quem seria esse X9, Isaias foi claro. “É um vereador mesmo que quer fazer média com o prefeito, puxar o saco e fazer média falando mentiras”, finalizou.

Líder do Governo diz que a Lagoa Grande está sendo depósito de esgoto

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O vereador e líder do Governo, Lulinha (DEM), em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta quarta-feira (07), denunciou que a Lagoa Grande está sendo depósito de esgoto e pediu a fiscalização da Vigilância Sanitária no local.

“Estão jogando esgoto na lagoa e dizendo que estão fazendo a drenagem. O Governo do Estado gastou milhões naquela obra e não faz a rede de esgoto daquelas residências, permitindo que os dejetos sejam descartados na lagoa. De dia é tudo lindo, mas à noite é um mal cheiro que ninguém aguenta. Como fazem uma obra tão bonita sem drenagem? Nossa lagoa está sendo contaminada”, denunciou Lulinha.

Em aparte, o vereador João Bililiu (PPS) disse ter ficado feliz com o discurso de Lulinha e que a obra já deveria estar pronta. “Era para ficar pronta em menos de dois anos e já se foram cinco. Zé Neto disse que a obra estava quase pronta, mas não sei como se até o momento não foi construída nenhuma bacia, como prometido”, pontuou.

Presidente da Comissão de Saúde fala sobre visita a obras de ampliação do HGCA

Vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (PSC)

Uma comissão de vereadores foi visitar as obras de ampliação da emergência no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) que alguns deles chamam de ”puxadinho”. Em entrevista ao site Política In Rosa, o vereador Cadmiel Pereira (PSC), presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Feira de Santana, destacou que o diretor da unidade, José Carlos Pitangueira, informou a eles que o local passaria de pouco mais de 200 leitos para 345. “Seria um acréscimo de 72 leitos. É uma boa reforma com o prazo de execução de seis meses e que custará pouco mais de R$ 5 milhões”, afirmou.

Cadmiel disse ainda que a engenheira Michele Natividade responsável pela obra fez a apresentação a todos onde eles puderam ver os operários trabalhando. “Mas achar que é uma boa obra não muda nossa posicionamento político de que o governador Rui Costa fez uma promessa que não cumpriu, a construção de um novo hospital geral para a cidade. Aumentar 72 leitos não dará conta da demanda que é gravidade de media e alta complexidade para Feira de Santana e mais 126 municípios”, completou.

Nery diz que colegas saíram “convencidos e satisfeitos” de obra no HGCA

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador petista Alberto Nery também participou da visita as obras de ampliação da emergência no Hospital Geral Clériston Andrade. Ele era um dos vereadores que compunham uma comissão designada pelo presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB), para ir à unidade de saúde.

Nery disse ao site Política In Rosa que tentou mostrar aos colegas que o HGCA passa por uma reforma e ampliação e não a construção de um novo hospital. “Acho que todos eles saíram convencidos e satisfeitos da execução que terá novos leitos para a nossa cidade, trazendo uma melhora das instalações e prestando um bom atendimento. Ainda assim o HGCA não parou mesmo com a obra estando de vento em popa”, ressaltou. A previsão de entrega da obra é para julho.

A única, ainda de acordo com o vereador, que não saiu satisfeita foi à vereadora Neinha (PTB), mas isso não o preocupa. “Nosso papel foi demonstrar a realidade para que essa situação não esteja sendo usada na Casa como politicagem”, finalizou.

“Centro Industrial do Subaé está abandonado pelo Governo do Estado”, denuncia vereador

Centro Industrial do Subaé

Centro Industrial do Subaé (CIS)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC) em seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana na sessão desta terça-feira (06), afirmou que o Centro Industrial do Subaé (CIS) está abandonado pelo Governo do Estado.

Cadmiel lamentou a falta de incentivos para o setor e cobrou providências por parte do Governo do Estado. “Muitas empresas deixaram de se instalar Centro Industrial do Subaé por falta de incentivos. O CIS está abandonado, são ruas esburacas, sem iluminação e tomadas pelo lixo e sujeira”, denunciou.

Ainda segundo o edil, foi estabelecido um valor que deveria ser pago pelos empresários instalados no complexo para realização de melhorias na infraestrutura do local. “Os empresários passaram a pagar mais para ter o asfalto, mas as ruas continuam esburacadas. Foram realizadas várias reuniões, as entidades que representam a classe empresarial se mostraram contrárias à cobrança, mas nada foi feito”, criticou.

Ex-prefeito é denunciado por desvio de verbas do Fundeb

Ex-prefeito de Ruy Barbosa, José Bonifácio Marques Dourado

Ex-prefeito de Ruy Barbosa, José Bonifácio Marques Dourado

O Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta terça-feira (06), rejeitou as contas do ex-prefeito de Ruy Barbosa, José Bonifácio Marques Dourado, relativas ao exercício de 2014 e o denunciou por desvio de mais de R$ 7 milhões de verbas do Fundeb. O relator, conselheiro substituto Antônio Carlos da Silva, multou o gestor em R$67 mil pelas irregularidades apuradas durante a análise técnica das contas e em razões de gastos excessivos com pessoal. E determinou a restituição aos cofres municipais da quantia de R$63.754,14, com recursos pessoais, em razão da ausência de comprovação da execução de serviços de consultoria e assessoria tributária pela empresa GS Serviços de Assessoria Técnica e Consultoria (R$40 mil) e despesas ilegítimas com multas e juros (R$23.754,14).

Diante das gravíssimas irregularidades apuradas na aplicação de recursos do Fundeb, objeto inclusive de operação da Polícia Federal denominada de Águia de Haia, o relator também determinou o encaminhamento do parecer prévio ao Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, à Justiça Federal e à Polícia Federal, para adoção das medidas cabíveis, já que os indícios apontam o cometimento de vários crimes contra a administração pública, inclusive crime de corrupção. O ex-prefeito ainda terá que promover o ressarcimento à conta específica do Fundeb da quantia de R$1.705.520,50, com recursos pessoais, diante das irregularidades apuradas na relação contratual entre a prefeitura e as empresas Ktech Key Tecnology Gestão e Comércio de Software e Kells Bellarmino Mendes, nos meses de janeiro a outubro de 2014.

A equipe técnica do TCM concluiu pela existência de direcionamento na contratação das empresas do grupo liderado por Kells Belarmino Mendes, no período de 2010 a 2015, inclusive com pagamentos 84% acima dos valores contratados. Além disso, houve a realização de pagamentos referentes a serviços não executados ou executados de forma aquém ao licitado, no montante de R$1.064.000,00, e a majoração dos preços licitados pela Prefeitura de Ruy Barbosa, o que resultou em um superfaturamento/sobrepreço provenientes dos processos licitatórios PP025/2010, PP013/2011 e PP023/2013, no expressivo montante de R$7.856.627,12, durante todo o período de agosto de 2010 a junho de 2015.

Fora o desvio de recursos do Fundeb, a relatoria identificou que o ex-prefeito extrapolou o limite de 54% previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal para a realização de despesas com pessoal, vez que os gastos representaram 56,16% da receita corrente líquida do município. Cabe recurso da decisão.

Mais de 20 municípios já estão inscritos para o Fórum de Cidades Digitais em Feira de Santana

Mais de 20 municípios já estão inscritos para o Fórum de Cidades Digitais em Feira de Santana

Fórum de Cidades Digitais em Feira de Santana

A primeira edição do encontro de cidades digitais no Centro-Norte baiano para tratar de tecnologia, visando promover melhorias no atendimento aos cidadãos, já tem grande adesão por parte dos gestores públicos da região. Até o momento, representantes de mais de 20 municípios estão inscritos para o I Fórum de Cidades Digitais da Região de Feira de Santana, que será realizado no dia 22 de março, no Teatro do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), em Feira de Santana. Gratuito para servidores públicos, o evento, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura Municipal de Feira de Santana, tem como objetivo principal levar informações e soluções voltadas à modernização das administrações públicas.

Conforme destaca o diretor da RCD, José Marinho, a necessidade de se ter maior controle de gestão é o que tem motivado cada vez mais as Prefeituras a investirem em sistemas e infraestrutura de rede. “Não existe outro caminho para gerar receitas, reduzir custos e atender melhor a população se não pelo uso estratégico da tecnologia. O Fórum vem no sentido de promover a troca de experiências, facilitando o contato também com fornecedores interessados em levar inovações para essas localidades”, afirma Marinho.

A programação completa do Fórum, que inclui a apresentação de projetos em andamento nos municípios, políticas públicas e soluções de mercado, está disponível pelo http://forum.redecidadedigital.com.br/. A iniciativa tem o patrocínio da 1Doc e apoio do Sebrae-BA.

Salvador sediou no final do ano passado evento direcionado para a região metropolitana da capital, reunindo representantes de 30 municípios. Em 2018, a RCD realiza, em parceria com Prefeituras e Associações de Municípios, encontros semelhantes, direcionados principalmente para pequenos e médios municípios, nos Estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. “É a demanda social por municípios mais conectados, transparentes e eficientes. As cidades digitais e inteligentes também são mais atrativas para receber investimentos público e privado”, completa o diretor da RCD.

Economia baiana encerra 2017 com alta de 0,4%

Economia baiana encerra 2017 com alta de 0,4%

Construção da Ferrovia Oeste-Leste – Luiz Eduardo Magalhães / Barreiras
Na foto: Soja
Foto: Alberto Coutinho

De acordo com Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan), o Produto Interno Bruto (PIB) baiano registrou avanço de 0,7%, na comparação do quarto trimestre de 2017 com igual período de 2016, e encerrando o ano com alta de 0,4%. Considerando a série com ajuste sazonal (4º trimestre de 2017 em comparação com o 3º trimestre do mesmo ano), a variação também ficou em 0,4%.

Quando comparado ao mesmo período do ano anterior, o PIB da Bahia apresentou resultado positivo de 0,7% no quarto trimestre de 2017. De acordo com os cálculos realizados pela SEI, o desempenho no último trimestre do ano dos três setores da atividade econômica foi negativo para Agropecuária (-10,3%) e para Indústria (–2,2%) e positivo para Serviços (2,5%). Essa combinação de fatores resultou em uma ascensão de 0,7% do Valor Adicionado da economia baiana. Outro fator determinante na repercussão da taxa do PIB foi a alta de 0,9% dos Impostos sobre produtos.

Frente ao ano de 2016, a economia da Bahia em 2017 apresentou um leve crescimento (0,4%), após dois anos com quedas. O Valor Adicionado foi de 0,5% e os impostos apresentaram queda de 0,7%. Apesar da contração no quarto trimestre de 2017, o setor agropecuário terminou o ano crescendo 15,1%). Os principais cultivos do estado foram determinantes para a variação em 40,7% da safra de grãos – soja (57,7%), feijão (84,8%), café (41,1%). Já os produtos cana de açúcar (-49,6%) e cacau (-27,6%) contribuíram para que o setor não alcançasse uma taxa maior.

O setor de serviços – setor com maior peso na economia (71,0%) – registrou alta de 0,7%, onde as maiores variações positivas foram observadas nos segmentos de comércio (2,8%), e atividades imobiliárias (1,2%). A expansão desse setor é reflexo da queda na taxa de juros, do aumento do consumo das famílias, aumento da massa de rendimentos e do resgate do FGTS por parte da população.

O industrial registrou queda em todas as quatro atividades que compõem o setor. O fraco desempenho dessas atividades refletiu no Valor Adicionado da indústria com queda de 3,3%. As maiores retrações foram observadas na Extrativa (-11,0%) e Eletricidade e água (-7,5%). Além dessas atividades a indústria de transformação que representa 54% do setor, caiu 2,1%, puxada pela metalurgia (-26,6%) e produtos derivados do petróleo (-10,9%). A atividade da construção civil também sentiu os efeitos macroeconômicos da economia nacional e retraiu 2,9%.

“Muita gente vai queimar a língua e nós vamos provar nossa inocência”, dispara Wagner

Jaques Wagner na inauguração do Disep em Camaçari

Inauguração do Disep em Camaçari

Na inauguração do Disep, Distrito Integrado de Segurança Pública, em Camaçari, o ex-governador e atual secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia, Jaques Wagner, mandou um claro recado aos seus oposicionistas. “Governei oito anos a Bahia em nenhum caso de corrupção. Provarei isso na hora certa para tapar a boca de muitos gaiatos que não tem o que dizer e fica tentando afrontar os outros”, disparou Wagner na presença de Elinaldo Araújo, prefeito de Camaçari e componente do Democratas. Wagner ainda agradeceu ao apoio que recebeu de diversas pessoas, em especial aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff e ao governador Rui Costa. Ele concluiu sua fala tranqüilizando aos eleitores. “Fiquem tranquilos que apressado como cru. Muita gente vai queimar a língua e nós vamos provar nossa inocência”.

Solla promete apoiar Beldes Ramos em sua pré-candidatura a deputado estadual

Jorge Solla e Beldes Ramos

Jorge Solla e Beldes Ramos

Ao que parece a pré-candidatura para deputado estadual do ex-vereador Beldes Ramos (PT) está praticamente confirmada. Ao menos para o deputado federal Jorge Solla (PT). Solla patrocinou uma publicação sua em uma rede social em que se disse feliz em receber Beldes em seu escritório o apresentando como pré-candidato. “Ele trará uma renovação pela esquerda com a experiência de quem já foi vereador e soube representar muito bem o povo de Feira de Santana. Beldes sabe que tem nosso apoio nesta caminhada que, não tenho dúvidas, culminará numa candidatura vitoriosa. Estamos juntos na luta”, promete Solla.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia