WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Destaque1’

77 cidades baianas passarão a contar com os Sistemas de Reconhecimento Facial e de Placas

Foto: Carol Garcia/GOVBA

77 cidades baianas passarão a contar com os Sistemas de Reconhecimento Facial e de Placas, que integram o ‘Projeto Vídeo Polícia’, lançado em 2018, e que agora será ampliado para a Região Metropolitana e interior do estado. A ordem de serviço foi assinada, nesta terça-feira (27), pelo governador Rui Costa e pelo secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino. Desde o lançamento, a tecnologia já foi responsável pela prisão de 211 procurados pela Justiça.

O investimento, avaliado em aproximadamente R$ 665 milhões, inclui a prestação de serviço através do consórcio vencedor da licitação, o conglomerado Oi SA e Avante SA, por cinco anos. Na primeira fase da expansão, a tecnologia chegará a 39 cidades da Região Metropolitana e do interior até o final deste ano. Os demais municípios terão os sistemas implantados até o final de 2022.

“É a expansão de uma tecnologia em larga escala, sendo utilizada para localizar foragidos, socorrer pessoas e diria também para servir de apoio às funcionalidades das cidades em casos de atendimentos de emergência. Em 2018 tivemos o projeto piloto, agora, nessa expansão do reconhecimento Facial e de Placas, nosso foco inicial é direcionado para grandes cidades”, declarou o governador, Rui Costa.

A expansão do projeto prevê a instalação de 4.095 câmeras, priorizando a implantação nos municípios com maior quantidade de habitantes, índices criminais, entre outras condições. Diferentemente da primeira contratação, que foi feita com a aquisição das câmeras, a ampliação do sistema adotará a implantação de pontos de imagens, o que permite a atualização dos equipamentos à medida em que a tecnologia avance, sem novos custos para o Estado. :: LEIA MAIS »

Bahia tem mais de 900 mil eleitores filiados a partidos políticos

Foto: Divulgação/TRE-BA

A Bahia possui 963.402 eleitores filiados a partidos políticos em todo o estado, segundo estatísticas da Justiça Eleitoral. Os dados são de maio de 2021. Das 34 legendas registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Partido dos Trabalhadores (PT) é o que tem mais filiados: 85.816. Em seguida, estão o Democratas (DEM), com 81.148 pessoas, e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), com 78.348 integrantes.

Já o Partido Republicano Progressista (PRP), o Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e a Unidade Popular (UP) são as agremiações políticas com menos filiados. Os PRP e o PHS têm 19 membros, cada, enquanto a UP possui 83 membros.

Como se filiar

De acordo com a Lei das Eleições (Lei n° 9.504/1997 – artigo 9, caput), a filiação partidária é pré-requisito para se candidatar a cargo eletivo. A filiação é um vínculo estabelecido entre o filiado e o partido político. É quando o eleitor aceita e adota o programa de determinada agremiação partidária, passando a fazer parte dela. :: LEIA MAIS »

Mais de R$ 6 milhões são investidos em fardamento escolar para as aulas semipresenciais

Na foto: Geovana Souza

Como parte das ações voltadas para a segunda fase do ano letivo, que começou nesta segunda-feira (26), com o ensino semipresencial, a Secretaria da Educação do Estado investiu mais de R$ 6,1 milhões na aquisição de fardamento escolar. O material já foi distribuído para as escolas, por meio dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE), para a entrega aos estudantes.

O superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar da Secretaria da Educação, Manoel Calazans, disse que o novo fardamento também amplia a segurança dos estudantes quanto aos protocolos sanitários. “Nós adquirimos dois milhões de máscaras de proteção individual, mediante doação da Secretaria de Planejamento do Estado (Seplan), e desde o ano passado adquirimos as novas camisas, cerca de 900 mil, visando as aulas semipresenciais. É um fardamento a mais e isso também vai ampliar a segurança dos estudantes, pois é possível lavar e fazer a troca entre um dia e outro de aulas na escola”, afirmou.

Geovana Souza, 17 anos, estudante do Centro Educacional Monteiro Lobato, em Firmino Alves, já recebeu o novo fardamento e falou sobre a importância de se seguir os protocolos sanitários. “Receberemos fardas, máscaras e garrafinhas, um grande auxílio para nos adaptarmos ao novo normal. Espero que os estudantes de toda a rede se conscientizem sobre a importância de voltar presencialmente e que entendam que é mais um passo para que tudo se normalize. Depois de um semestre inteiro estudando por telas, me sinto ansiosa para esta nova modalidade de ensino”. :: LEIA MAIS »

“100% da responsabilidade de urbanização, tratamento e o cuidado daquela área da Lagoa Grande é do Governo do Estado”, diz vereador

Vereador Pedro Américo (DEM)

O vereador Pedro Américo (DEM), em pronunciamento na última terça-feira (20), na Câmara Municipal de Feira de Santana, falou a respeito da atual situação da região da Lagoa Grande, no Bairro Rocinha. Pedri falou também sobre o requerimento nº 120/2021 apresentado por ele à Prefeitura que solicitava a adoção de questões como a documentação do processo licitatório relativa ao andamento das obras, de responsabilidade do Governo do Estado, através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER).

Pedro Américo disse que recebeu a resposta por parte da Prefeitura quanto ao requerimento. “Ele trata de um assunto importante para todos os vereadores desta Casa, que é o problema da região da Lagoa Grande, na Rocinha. Esse problema vem, há muitos e muitos anos, sendo postergado, e a gente precisa encontrar uma solução concreta já”, disse.

De acordo com o vereador, o Governo do Estado, através da CONDER, vem dando desculpas desde a época que eu fui coordenador da Defesa Civil e fazia atendimentos ali. “Quando chovia a rede de esgoto e a água suja entrava na casa das pessoas e ainda entra. E a principal responsabilidade que a CONDER tinha que fazer a rede de esgoto da região e o tratamento da lagoa. Sequer foi feito o cuidado de fato com a lagoa e isso está provado em todos os documentos ambientais”, disse.

Ainda de acordo com Pedro, a licença ambiental solicitada pela empresa mostrava todo o projeto e estabelecia todas as prioridades desde a implantação de equipamentos comunitários, a infraestrutura urbana, as áreas verdes e praças, o esgotamento sanitário e a drenagem de águas fluviais nos pontos críticos da bacia de afluência da Lagoa Grande. “Então, 100% da responsabilidade de urbanização, tratamento e o cuidado daquela área é do Governo do Estado da Bahia”, ressaltou.

Pedro Américo ainda advertiu que esse direito tem sido negado aos moradores da Rocinha, Caseb e Parque Getúlio Vargas. “Nós temos que a todo tempo cobrar isso. O prefeito Colbert Martins fez, a partir do requerimento que foi um pedido nosso, a cópia de todo o processo ambiental que inclusive vence agora em dezembro de 2021. E não é possível que mais uma vez o Governo do Estado atrase a obra para que possa fazer algum tipo de maquiagem buscando de novo as eleições de 2022”, falou. :: LEIA MAIS »

Mais de 200 municípios baianos não registraram óbitos decorrentes da Covid-19 em julho

Foto: Divulgação / Sesab

Até esta quinta-feira (22), 202 municípios baianos não registraram óbitos decorrentes da Covid-19 no mês de julho. Na avaliação do secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, isso é uma vitória para a sociedade e reflexo da imunização.

De acordo com o secretário, “a Bahia ultrapassou a marca de 6 milhões de vacinados com a primeira dose ou dose única de imunizante contra a Covid-19. Isso representa mais de 53% da população baiana com 18 anos ou mais. Outros indicadores positivos se apresentam, como uma queda de até 77% nas internações de pessoas acima de 60 anos, quando comparado os meses de março e junho deste ano”, destaca Vilas-Boas.

Na avaliação do titular da pasta da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “os dados comprovam a eficácia da vacinação, mas isso só está sendo possível graças ao planejamento estadual na aquisição de insumos para a aplicação das vacinas e a logística de distribuição em até 24 horas para os 417 municípios. Os gestores municipais também estão de parabéns ao criarem estratégias para vacinar rapidamente”, analisa o secretário.

Confira abaixo a lista completa dos municípios que não registraram óbitos relacionados à Covid-19: :: LEIA MAIS »

Feira de Santana ganhará Centro Pós-Covid para tratar sequelas da doença

Secretário de Saúde de Feira de Santana, Marcelo Britto – Foto: Divulgação / PMFS

O secretário de Saúde de Feira de Santana, Marcelo Britto, anunciou que a cidade ganhará um Centro de Tratamento Pós-Covid. A Coordenação da unidade será do cardiologista e ex-secretário de Saúde, Edval Gomes. “Esse é um equipamento especializado novo, uma novidade no Brasil e que poucas cidades dispõe dele. É especifico para atender as eventuais sequelas que o Covid-19 tem. São sequelas muito novas até mesmo para a medicina que ainda está estudando as especialidades, quais são as consequências técnicas, como recuperar essas pessoas de forma a minimizar esses riscos”, informou.

Conforme o secretário de Saúde, a unidade terá uma equipe grande de fisioterapeutas, clínica médica, neurologia, psiquiatria, dentre outras especialidades como psicologia e nutrição. “Teremos todas essas equipes para recuperar essas pessoas que, por acaso, tenham tido qualquer tipo de consequência da doença”, disse.

O secretário ainda disse que uma outra novidade é que as pessoas que estão em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de forma grave já estarão agendadas para atendimento no local no momento da alta. “Tendo alta já vai ter o dia para comparecer e verificar se teve alguma sequela ou problema”, comunicou. :: LEIA MAIS »

Com investimento de aproximadamente R$ 12 milhões, Governo entrega ônibus escolares para 43 municípios

Foto: Carol Garcia / GOVBA

Na manhã desta quinta-feira (22), o governador do Rui Costa, acompanhado do secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, realizou mais uma entrega de ônibus escolares para prefeituras baianas. Desta vez, foram 43 ônibus e 12 territórios de identidade do estado beneficiados. O ato de entrega foi na Secretaria da Educação, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), onde estiveram presentes representantes de cada município contemplado.

O investimento para a aquisição desses veículos foi de aproximadamente R$ 12 milhões. Para o governador, esses ônibus requalificam o transporte escolar em todo o estado, principalmente, neste momento de retomada das aulas presenciais. “Esses veículos dão um suporte importante aos alunos, principalmente para aqueles que mais precisam e que moram longe da sua escola. Esses são os que mais precisam das aulas presenciais, muitas vezes pela falta de infraestrutura em suas casas, a falta de internet, computador ou smartphone para acompanhar as aulas remotas. Por isso, estamos dando continuidade nestas entregas aos municípios e ajudando as famílias a não perderem a esperança na Educação como instrumento transformador de suas vidas”, afirmou Rui Costa.

São 43 ônibus modelo ORE 1 (Ônibus Rural escolar), com capacidade para 29 lugares. Todos os veículos dispõem de Dispositivo de Poltrona Móvel (DPM) para embarque e desembarque de pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência física.
De acordo com o secretário Jerônimo Rodrigues, os ônibus são equipamentos que possibilitam que os alunos da rede pública cheguem às unidades escolares com conforto e segurança “O transporte escolar é uma ferramenta estratégica para a educação do estado”, destacou. :: LEIA MAIS »

Trabalhadores da Educação de todas as idades serão vacinados contra Covid-19

Foto: Divulgação / Sesab

Está garantida a imediata vacinação contra a Covid-19 para trabalhadores da Educação a partir de 18 anos, desde que estejam na ativa. A decisão será publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (23), conforme deliberação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) da Bahia, que é uma instância do Sistema Único de Saúde (SUS) e reúne os 417 municípios e o estado.

A proposta do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, foi aprovada por unanimidade e vem atender a um pleito formulado pela Secretaria de Educação. “Cerca de 4 mil trabalhadores com idade inferior a 40 anos não tinham recebido nenhuma dose da vacina contra a Covid-19, impossibilitando o pleno retorno as aulas em parte dos 417 municípios da Bahia”, afirma o secretário. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia