WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Conversor Digital

:: ‘Câmara Municipal de Feira de Santana’

Para Justiniano, o Legislativo feirense tem cumprido o seu papel

Vereador Justiniano França Em entrevista à TV Câmara, o vereador Justiniano França (DEM) fez uma avaliação positiva dos três anos e meio da 17ª legislatura da Câmara Municipal de Feira de Santana, embora tenha ficado um ano e dois meses de licença, em virtude de ter assumido o cargo de secretário municipal de Serviços Públicos.

“Percebemos que a Câmara tem cumprido com o seu papel não só de legislar, mas, sobretudo, de estar próxima da população, encaminhando os desejos da comunidade para o Executivo Municipal, que têm sido muito bem atendidos pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho”, afirmou o edil, acrescentando que o Legislativo feirense tem honrado o seu compromisso e os vereadores estão nessa vanguarda de buscar atender os anseios dos munícipes.

Questionado sobre as atividades que realiza durante o recesso parlamentar, que vai de 1º a 31 de julho, Justiniano disse que, nesse período, ele trabalha intensamente nas comunidades.

“O recesso se dá apenas da questão das sessões ordinárias e demais sessões, mas o papel nosso, nesse período, aumenta cada vez mais, porque nós estaremos mais nas comunidades ouvindo, para que possamos atender as suas reivindicações”, ressaltou o democrata.

Com relação ao último semestre da atual legislatura, Justiniano declarou que, além das suas atribuições dentro do Legislativo, ele continuará próximo da população e atento às suas necessidades.

“O último semestre da legislatura fica nessa condição de estarmos agindo na Câmara, mas também na busca de estarmos mais próximos da comunidade. Intensificamos o nosso contato com a comunidade, por conta do processo eleitoral, e a nossa expectativa é de que possamos estar mais abertos para ouvir e também receber as proposições da comunidade e transformar isso em propostas para o nosso mandato”, concluiu.

 

Eli Ribeiro avalia trabalho do vereador como fundamental para a comunidade

Vereador Eli Ribeiro (PRB)O edil Eli Ribeiro (PRB), em entrevista à TV Câmara da Casa da Cidadania, destacou o trabalho realizado pelo vereador, avaliando como de suma importância para a população. Ele salientou ainda que o período de recesso parlamentar é de muito trabalho para os vereadores.

Inicialmente, Eli Ribeiro parabenizou o trabalho realizado pela TV Câmara na divulgação das atividades legislativas. “Primeiramente, eu quero parabenizar o trabalho da TV Câmara, que faz a cobertura dos nossos trabalhos”, disse.

Em seguida, o edil avaliou positivamente o primeiro semestre deste ano e ressaltou que o vereador é um importante elo entre a comunidade e o poder público. “Durante todo esse período de trabalho, várias indicações fizemos, várias obras foram realizadas em Feira de Santana. É o que eu sempre falo: o vereador ele tem papel fundamental em sua cidade, vereador é o colaborador da cidade e está lado a lado da comunidade, por isso digo que foi muito proveitoso esse período”, acredita.

Para Eli Ribeiro, o período do recesso parlamentar é o momento do vereador se aproximar ainda mais da comunidade. “Nesse recesso, nós não teremos recesso. A Câmara vai estar fechada, o gabinete vai estar aberto e nós vamos trabalhar. O vereador aproveita esse recesso para poder ter mais oportunidade de estar perto do seu público. Neste mês de recesso será um mês de muito trabalho e, com certeza, Feira de Santana pode esperar muito empenho do seu vereador”, pontuou.

 

Câmara Municipal lamenta falecimento do ex-procurador Carlos Lucena

ex-procurador geral do município de Feira de Santana, o advogado Carlos LucenaA Câmara Municipal de Feira de Santana lamenta o falecimento do advogado e ex-procurador-geral  do Município de Feira de Santana, Carlos Lucena, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico. Lucena esteve internado no Hospital Geral Clériston Andrade durante cerca de 15 dias, mas foi a óbito na manhã desta sexta-feira (8), no Hospital Geral do Subúrbio, em Salvador, onde havia sido transferido, na tarde da última quinta-feira (7).

Carlos Lucena atuou como procurador-geral  do Município no período de 1994 a 23 de dezembro de 2013. Com muitos serviços prestados à comunidade, o advogado era membro da Maçonaria, na condição de grão-mestre e já atuou ainda como ex-governador do Rotary.

Beldes vai propor descentralização dos recursos do Fundeb

Vereador Beldes Ramos (PT)O vereador Beldes Ramos (PT), durante entrevista à TV Câmara da Casa da Cidadania, informou que, logo após o recesso parlamentar, apresentará um projeto de lei que trata da descentralização da verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para as escolas municipais.

“Após o recesso, nós temos dois projetos importantíssimos, um trata-se da educação, onde eu proponho que os recursos do Fundeb sejam descentralizados para as unidades escolares. Veja bem, hoje nós temos a merenda escolar, nós temos a aquisição de materiais de expediente para as escolas, elas são adquiridas num global pela Secretaria e, depois, distribuídas para as escolas. O que eu quero é que as escolas possam ser unidades executoras, onde elas possam adquirir a merenda, adquirir o seu material de expediente sem precisar que a Secretaria faça uma grande licitação”, explicou.

Para o edil, caso seja sancionada, a lei vai agilizar o trâmite burocrático. “Isso vai otimizar a logística, porque vai dispensar aí a questão da distribuição de carros, de pessoal, para poder distribuir para as escolas e vai dar autonomia às escolas para poderem adquirir o seu material com maior rapidez e eficiência”.

O outro projeto que Beldes pretende apresentar versa sobre tombamento de bens culturais.  “É uma lei que já existe, mas estamos debruçados sobre ela, para poder atualizá-la, para que atenda as necessidades e características de Feira de Santana”, informou.

Sobre a avaliação do mandato no primeiro semestre deste ano, o petista acredita que o seu trabalho foi positivo, tendo em vista a apresentação de proposições importantes, assistência às comunidades, participação de discussões sobre assuntos de interesse público, como o BRT de Feira de Santana, situação de “abandono” das praças e “deficiência” na assistência obstétrica.

Em seguida, o vereador Beldes Ramos se queixou da construção do shopping popular de Feira de Santana no local proposto pelo Governo Municipal.

“Nós tivemos temas muito salutares para debater, e cobramos também do poder público para poder resolver as situações de Feira de Santana, uma cidade muito delicada no sentido de desenvolvimento, um desenvolvimento sem respeitar as origens, sem respeitar a cultura, como é o caso da construção do shopping popular num espaço do setor do artesanato, onde existe ali o último resquício cultural de Feira de Santana”, alertou o petista, afirmando que “sem nenhum respeito”, a Prefeitura pretende demolir o espaço do artesanato, situado no Centro de Abastecimento.

Ele fez questão de ressaltar que não tem nada contra o shopping popular. “Acho que o shopping popular deve ser construído, vai servir para organizar o centro comercial de Feira de Santana, mas existem outras localidades, como por exemplo, no fundo do SAC, onde funciona a Feira do Rolo, que pode ser construído sem poder prejudicar a cultura de Feira de Santana, como é o setor de artesanato”, disse.

 

Descrédito com classe aumenta compromisso do político com a população, diz Gerusa

Vereadora Gerusa Sampaio A vereadora Gerusa Sampaio (DEM), em entrevista a TV Câmara, fez uma avaliação do primeiro semestre 2016 e os trabalhos do legislativo feirense. Para Gerusa, o Brasil vive um momento de crise de confiança na classe política, o que faz com que o compromisso do político aumente. “O brasileiro hoje está descrente dos políticos e por isso temos que fazer a diferença e não desanimar. Sabemos que existem os bons e maus profissionais em todas as áreas e com os político não é diferente”, ressaltou a vereadora.

Câmara não altera expediente durante recesso parlamentar

Câmara Municipal de Feira de SantanaO atendimento ao público nos gabinetes dos vereadores, situados no Edifício do Legislativo Feirense Vereador Dival Figueiredo Machado, não ficou alterado durante o recesso parlamentar, que vai de 1º a 31 de julho. Nesse período, todos os setores do prédio anexo funcionam normalmente  das 7h30 até às 17 horas. Já o prédio principal da Câmara Municipal de Feira de Santana continua em seu habitual horário, da 7h30 até às 13h30.

Vereador pede que não se confunda a opinião dos evangélicos

Vereador Eli Ribeiro (PRB)O vereador Eli Ribeiro (PRB), que é também pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, disse que não confunde a sua religião com trabalho de vereador. Eli pediu que não se confundisse todos os evangélicos da Casa já que cada um tem sua forma de agir e sua opinião. “Sou vereador de Feira de Santana e não de uma classe. Sou vereador de todos, evidente que como vereador vou defender a minha bandeira, mas não quero dizer que com isso sou contra a bandeira de ninguém”, disse.

Karoliny Dias

 

Deputado critica vereadores feirenses por repercussão de matéria falsa

c92de896-3443-4f3c-ad79-c5c3407c079eO deputado federal Jean Wyllys teceu duras críticas aos vereadores feirenses por terem acreditado em uma matéria fictícia que roda pelas redes sociais de que o deputado estava entrando com um projeto de lei para retirar da bíblia partes consideradas como homofóbicas. É obvio que isso é impossível de acontecer. A matéria foi publicada na coluna de Lauro Jardim, no Jornal O Globo.

13563574_1102493003155293_1176924948_n

Em entrevista ao programa Jornal da Manhã da Rádio Jovem Pan, o deputado lamentou a falta de preparo dos vereadores feirenses e ressaltou que a população não merece o legislativo que tem.

Explicações  

A chefe da Assessoria da Comunicação da Câmara de Vereadores, Kamylla Medeiros, informou que o vereador autor da “denúncia” foi informado de que a matéria era falsa e não existia. Mesmo assim, Edvaldo insistiu que ela fosse publicada no site oficial da Casa, como aconteceu causando toda a repercussão negativa. Ele ainda queria fazer uma moção de repúdio à mesma.

Karoliny Dias

Nota de Esclarecimento

camara-de-feiraA Câmara Municipal de Feira de Santana vem através desta esclarecer que na sessão ordinária da última segunda-feira (27), assim que o vereador Edvaldo Lima (PP) cogitou a possibilidade de dar entrada em uma moção de repúdio contra o deputado federal Jean Wyllys (PSOL), pelo suposto projeto que visa suprimir trechos na Bíblia considerados homofóbicos, alguns vereadores e a Assessoria de Comunicação da Casa,  de imediato, lhe alertaram sobre a inveracidade da notícia. Partindo deste pressuposto, a votação da moção foi abortada.

Embasa participa de audiência pública na Câmara de Vereadores de Feira de Santana

embasaEm audiência pública realizada nessa quinta-feira (30) na Câmara de Vereadores de Feira de Santana, o superintendente de operações norte da Embasa, Raimundo Bezerra Neto, e o diretor de operações do interior, José Ubiratan de Matos, falaram sobre os serviços prestados pela Embasa e o processo de contratualização com o município. A audiência foi solicitada pelo vereador Pablo Roberto da Silva, da Comissão de Reparação, Direitos Humanos, Defesa do Consumidor e Proteção à Mulher da Câmara de Feira.

Os representantes da Embasa detalharam investimentos concluídos e em andamento que somam um montante de R$ 280 milhões feitos, a partir de 2007, para melhorar e ampliar a infraestrutura de abastecimento de água e esgotamento sanitário em Feira de Santana. Estes investimentos permitiram um aumento de 163% no atendimento com água potável e de 245% na cobertura de esgotamento sanitário.

“A audiência foi uma excelente iniciativa, pois permitiu que vereadores e sociedade conhecessem os investimentos que a Embasa tem feito para colocar Feira de Santana entre as cidades com maior cobertura de abastecimento de água e esgotamento sanitário e também o nosso compromisso com a crescente melhoria na prestação dos serviços. Temos indicadores importantes, com 98% de cobertura fornecimento de água e 60% de cobertura com coleta e tratamento de esgoto doméstico, com perspectivas de avançar mais”, avaliou o diretor de operações do interior da Embasa, José Ubiratan Cardoso.

Contratualização – Os representantes da Embasa esclareceram como será feito o processo para uma nova contratualização entre a empresa e o município, já que o contrato de concessão vigente vence este mês. O novo modelo de contratação será o chamado Contrato de Programa, documento que prevê todas as condições para prestação dos serviços, conforme a legislação de saneamento vigente, substituindo o atual contrato de concessão.

De acordo com as leis do saneamento, a assinatura do Contrato de Programa deve ser precedida por um conjunto de estudos e documentos, como o estudo de viabilidade técnica e econômica (EVTE) e o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), que deve ser elaborado pela Prefeitura. “Temos que passar por várias etapas para chegar à assinatura do Contrato de Programa. Inicialmente, estamos apoiando a elaboração do Plano de Saneamento e, enquanto o plano ainda está sendo feito, propomos ao município firmar um convênio de cooperação, instrumento provisório para manter a legalidade da prestação do serviço”, explicou o diretor José Ubiratan Cardoso.

 

Edvaldo pede nova estação para agregar vans e ônibus

Vereador Edvaldo Lima (PP)Reclamando do trânsito de Feira de Santana, o vereador Edvaldo Lima (PP) ressaltou que em cada ponto da cidade tem um ponto de vans para cidades vizinhas. “No Feiraguay, as vans de São Gonçalo já fez uma mini estação rodoviária. Já fiz uma indicação ao governo para que faça um local exclusivo para que existam esses pontos desafogando o trânsito da cidade”, disse. Na mesma indicação, Edvaldo disse que não tem mais como a estação rodoviária ficar dentro da cidade, pedindo um local adequado. “Nessa nova estação poderia agregar inclusive esses pontos de vans para outras cidades”, explicou.

Karoliny Dias

 

Nery garante que irá até o fim com processo sobre aterramento de nascente da Lagoa Subaé

Vereador Alberto NeryNa despedida do primeiro semestre, o vereador Alberto Nery (PT) rechaçou as críticas que tem circulado pela cidade de Feira de Santana de que essa era a pior legislatura da Câmara Municipal de todos os tempos. Nery destacou que os vereadores que ali estavam foram escolhidos pelo povo. “Por isso o processo de eleição é democrático, por que as pessoas têm o direito de fazer suas escolhas”, ressaltou.

Lagoa Subaé

Nery ainda falou sobre a situação com o supermercado Atacadão que está aterrando umas das nascentes da Lagoa Subaé. “Não vamos deixar que esse processo seja jogado para debaixo do tapete. Vamos lutar até o fim”, disse.

Karoliny Dias

 

Vereador fala sobre acordão que teria sido feito sobre assuntos polêmicos

Vereador Correia ZezitoO vereador Correia Zezito (PSL), “revoltadíssimo”, afirmou que tenta o tempo inteiro acertar, mas recebe críticas principalmente na imprensa feirense. “Boatos dão conta de que a Câmara Municipal está se calando sobre a Sustentare e a Lagoa Subaé e que foi feito um acordão. Desconheço essa situação e quero dizer que nunca recebi dinheiro algum”, disse.

De acordo com Correia, essas falas são para “queimar” alguns vereadores. Ele ainda culpou os eleitores pela corrupção instalada no Brasil por que vende seus votos, pois é esquecido por quatro anos e irá vender de novo esse ano. “Envergonhado que ando, não sei nem se serei mais candidato”.

Karoliny Dias

De volta: Ronny preside sessão nesta quarta-feira

Presidente da Câmara de Feira de Santana, vereador Ronny O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Ronny (PHS), está de volta a Casa. Ronny presidiu a sessão na manhã desta quarta-feira (29) e já enfrentou entreveros. Houve uma forte discussão em cima do adiamento da audiência pública que discutiria o Plano Municipal de Cultura. Esse adiamento foi pedido pelo vereador Edvaldo Lima (PP) e teria sido concedido pela presidente da Comissão de Educação e Cultura, a vereadora Eremita Mota (PSDB).

Repercutiu negativamente o adiamento no meio cultural feirense, causando várias manifestações, inclusive com a ida de representantes a Casa neste último dia de sessões desse primeiro semestre. Consultado o Regimento Interno da Casa verificou-se que era necessário que o pedido fosse referendado pela presidência da Casa, o que não aconteceu. Após várias discussões, o presidente informou que estava mantida a audiência pública. “Até então a audiência não está cancelada”, explicou.

Karoliny Dias

 

Isaias fala sobre próximas eleições e pede atenção dos eleitores

 “Todos nós somos funcionários do povo e se estamos aqui é para cumprir com suas obrigações. Eu estou cumprindo com a minha”. Foi assim que o vereador Isaias de Diogo (PSC) começou o seu discurso na manhã desta terça-feira (28) na Câmara Municipal de Feira de Santana. Não se sabe o motivo da sua fala, mas Isaias estava sendo sarcástico com alguém. Isaias ainda falou também sobre as próximas eleições onde as pessoas viram “santas” e prometem o que não podem cumprir. O vereador falava de pré-candidatos. “Se preparam também para comprar o voto, comprar o eleitor. Quero chamar a atenção da Justiça para isso. Quem se sentir ameaçado denuncie”, disse.

Desafio

O vereador Roque Pereira (DEM) lembrou que ele mesmo já denunciou Isaias quando ainda não era vereador e pediu que ele tivesse coragem de fazer o mesmo. “O senhor tem que ter coragem de dar nome aos bois, até mesmo para pessoas inocentes não serem pré-julgadas. Nosso papel é denunciar publicamente dando nome da associação ou dos pré-candidatos a vereador”, disse.

Karoliny Dias

Violência contra a mulher e tráfico é tema de discurso de vereador

Vereador Eli Ribeiro (PRB)Mais uma vez falando sobre violência, o vereador Eli Ribeiro (PRB) ressaltou que quatro mulheres estão envolvidas em crimes que aconteceram nesse final de semana em Feira de Santana. Duas foram assassinadas e outras duas presas com drogas. “É alarmante e preocupante a situação de violência contra as mulheres. Fico indignado quando vejo casos como esses com mulheres que são indefesas”, disse, falando sobre as mortes. Sobre as duas que foram presas, Eli lamentou o seu envolvimento com drogas sendo tão jovens.

Karoliny Dias

 

Audiência Pública vai discutir os serviços prestados pela Embasa em Feira de Santana

Embasa FeiraA Câmara Municipal de Feira de Santana realiza no dia 30 de junho, às 14 horas, no Plenário da Casa da Cidadania, uma Audiência Pública para discutir os serviços prestados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) na cidade.

De acordo com o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, vereador Pablo Roberto (PHS), a audiência vai tratar sobre o contrato do município de Feira de Santana com a Embasa, que vence no dia 30 de julho. “Após 20 anos de contrato, sabemos que não cabe mais uma renovação. Já solicitei à prefeitura informações de quais providências estão sendo tomadas referente ao término deste contrato. A população precisa saber qual modalidade será adotada de agora por diante”, declarou.

Outro ponto que deverá ser bastante discutido durante a audiência é o cumprimento da Lei Nº 326/2016 que reduz em 40% o valor da taxa de esgoto cobrado pela Embasa. A Lei, de autoria do vereador Pablo Roberto, já está em vigor, mas não vem sendo efetivada. “Não podemos aceitar que uma Lei que beneficia a população e que foi aprovada pela Câmara de Vereadores não seja cumprida. A Procuradoria da Câmara vai encaminhar um ofício à Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) cobrando a fiscalização”.

Eremita diz que foi escoltada pela PM por causa de eleitores de Marcos Lima

Eremita Mota e Marcos LimaParticipando da inauguração do posto de saúde no bairro Calumbi, a vereadora Eremita Mota (PSDB) ressaltou que não costuma participar de inaugurações, mas foi a convite de moradores da localidade. “Estive lá por que tenho lideranças no Calumbi, pessoas que são meus amigos e procuro ser sempre atenciosa com eles, respeitando sempre meu adversário. Nunca precisei conversar e nem provocar atritos com ninguém pelo voto”, disse, ressaltando que é vizinha do vereador Carlito do Peixe (DEM) e sempre houve respeito mútuo.

Eremita disse que saiu quase escoltada pela Polícia Militar por causa de eleitores do vereador Marcos Lima (PRP), que gritavam seu nome enquanto a seguia. “Não sei se foi mandado. Digo ao vereador que não se faz política assim. Estou no terceiro mandato e não preciso provar mais nada. Estou aqui sem precisar puxar saco de prefeito e nem estar em inaugurações de obras”, destacou.

Resposta

O vereador Marcos Lima, em resposta a colega, afirmou que respeita a vereadora e jamais haveria nenhum pedido de intimidá-la por sua parte. “Outros vereadores estiveram presentes e nenhum se queixou de intimidação. Se houve alguma coisa não foi vinda deste vereador por que não é de meu caráter. Mas se a senhora tiver algum problema com moradores de lá não é de minha competência, não tenho como adivinhar”, justificou.

Karoliny Dias

 

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia