WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Câmara Municipal de Feira de Santana’

Ministério Público e Prefeitura não reagem a superlotação nos ônibus, critica vereador

Vereador Professor Ivamberg (PT) – Foto: site Política In Rosa / Anderson Dias

“Autoridades municipais e mesmo o Ministério Público não estão dando a devida importância para o problema da superlotação no transporte de massa em Feira de Santana e as consequências disso para a proliferação da Covid-19 no Município”. A crítica foi feita pelo vereador Professor Ivamberg (PT), em audiência pública realizada nesta quinta (15), na Câmara Municipal de Feira de Santana, pela Comissão Especial de Especial de Combate à Covid-19 criada pela Casa. Presidente da Comissão, o vereador disse que o Governo Municipal não vem adotando medidas quanto a necessidade de retornar o total da frota de ônibus na prestação do serviço, uma das propostas aprovadas através de requerimento. Enquanto isso, o Ministério Público ainda não se posicionou sobre uma representação encaminhada pelo vereador pedindo ao órgão que acione a Justiça para garantir este direito aos usuários. “Até agora nada foi concretizado”, reclama.

Professor Ivamberg alerta ao poder público para a necessidade de que seja criado no Município um atendimento específico para pessoas com sequelas do coronavírus. Segundo ele, estudos demonstram que um grande número de acometidos da Covid-19 precisa de assistência após se recuperarem da doença, especialmente prejudicados em sua capacidade respiratória. Também reiterou advertência feita esta semana para a redução dos postos de vacinação anti-coronavírus depois que a Prefeitura determinou que as mais de 90 unidades do Programa de Saude da Família (PSF) ficariam exclusivamente voltadas para a imunização contra gripe H1N1, restando apenas 11 Unidades Básicas de Saúde para atender à outra demanda, no momento ainda mais prioritária. Ele propõe “revisão imediata” desta medida por parte do prefeito Colbert Martins Filho e do secretário municipal de saúde Marcelo Britto. :: LEIA MAIS »

Galeguinho SPA informa que existe possibilidade de se candidatar a deputado federal em 2022

Deputado estadual Angelo Almeida e o vereador Galeguinho SPA – Foto: Divulgação / Redes Sociais

O vereador Galeguinho SPA (PSB), em entrevista ao site Política In Rosa, informou que esteve com o deputado estadual Angelo Almeida (PSB) discutindo o cenário político da cidade de Feira de Santana e da Bahia. O vereador falou sobre a possibilidade de sair candidato a deputado federal nas eleições 2022.

“Existe a possibilidade de 2022 sair candidato a deputado federal. A cidade tem praticamente 400 mil eleitores e só temos dois deputados federais, no qual, pela lógica, uma cidade que pode eleger de quatro a cinco, a depender da questão da legenda. Como sou jovem e minha história de vida veio da música, conheço praticamente metade dessa Bahia. Vamos fazer um trabalho em cima disso, juntamente com a minha atuação na cidade de Feira de Santana, claro”, disse.

De acordo com Galeguinho, a deputada federal Lidice da Mata, presidente estadual do PSB na Bahia, pediu que o deputado estadual Angelo Almeida conversasse com ele sobre a possibilidade de uma candidatura a deputado federal. “Provavelmente aceite o convite de ser candidato a deputado federal nas eleições 2022”, declarou.

Ainda de acordo com Galeguinho, ele colocou seu nome a disposição do grupo político para disputar as eleições 2022. “Coloquei meu nome a disposição do grupo, eles irão fazer uma breve avaliação e enxergar qual o melhor nome para disputar nas eleições 2022”, finalizou.

Proposta de homenagem à Marielle Franco é rejeitada na Câmara de Feira de Santana

Vereador Jhonatas Monteiro (PSOL)

A proposta para a criação de uma data em homenagem à vereadora carioca Marielle Franco foi rejeitada pelos vereadores da Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta terça (13).

De autoria do vereador Jhonatas Monteiro (PSOL), o projeto previa a criação do “Dia Marielle Franco de Enfrentamento à Violência Política contra Mulheres Negras, LGBTQIA+ e periféricas” no calendário oficial de festas populares e de eventos do município, a ser comemorado no dia 14 de março.

“O que pedimos é a realização de campanhas informativas, seminários, palestras e eventos semelhantes em instituições e centros educacionais, bibliotecas, praças e outros equipamentos públicos do município para que se possa discutir a desigualdade”, disse Jhonatas no debate sobre o projeto. :: LEIA MAIS »

Vereador cobra que Governo do Estado volte ajudar a zona rural de Feira de Santana

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

“O Governo do Estado precisa voltar a colaborar e ajudar a zona rural de Feira de Santana”. A afirmação é do vereador Lulinha (DEM), que votou favorável ao requerimento que institui a Frente Parlamentar para Agricultura, Pesca, Desenvolvimento Rural e Abastecimento Agropecuário do município. A propositura foi aprovada, por unanimidade, na Câmara Municipal de Feira de Santana, na última quarta (7).

O vereador disse que considera importante a ideia da Frente Parlamentar, pelo fato de ter “um trabalho extensivo nos distritos de Feira de Santana e acompanhar as necessidades”. Disse saber o quanto a população precisa de apoio e incentivo para que a zona rural possa ser melhor atendida, e criticou o fato de que só o Município tem buscado melhorias para a área rural feirense. :: LEIA MAIS »

Galeguinho SPA sai em defesa do setor cultural: “é necessário um olhar mais empático”

Vereador Galeguinho SPA (PSB)

O vereador Galeguinho SPA (PSB) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (13), para chamar a atenção do Poder Executivo, em um tom de reflexão sobre a situação dos profissionais da cultura, músicos e donos de bares que atuam em Feira de Santana, que estão passando dificuldades devido a pandemia do novo coronavírus há mais de um ano.

Acompanhando de perto o panorama do setor, o parlamentar reconhece que a categoria está em crise. De acordo com ele, “o setor cultural não tem perspectiva nenhuma”.

“Subo na tribuna para externar como está difícil para os músicos e donos de bares da nossa cidade colocar o sustento dentro de casa. Sabemos que a categoria foi a mais afetada durante toda a pandemia, e continua sendo a mais prejudicada até hoje sem perspectiva nenhuma de retomada. A fome já está se tornando personagem principal na vida dessas pessoas”, declarou Galeguinho. :: LEIA MAIS »

Coelba pode ser proibida de cortar energia de sexta a domingo e em véspera de feriado

Vereador Correia Zezito (Patriota)

Poderá ser proibido por lei, em Feira de Santana, a suspensão do fornecimento de energia elétrica, por inadimplência do usuário, às sextas-feiras, no final de semana (sábado e domingo), em feriado e véspera de feriado. É o que versa o Projeto n° 39/2021, de autoria do vereador Correia Zezito (Patriota), em tramitação na Câmara Municipal de Feira de Santana, com primeira votação prevista para a sessão da próxima terça (13).

Segundo a proposta, os usuários deverão ser informados pela companhia responsável pelo serviço (a Coelba), sobre o possível corte, com pelo menos, 72 horas de antecedência, para os moradores da zona urbana. Já os moradores da zona rural, devem ser informados sobre o possível desligamento com antecedência de, no mínimo, sete dias. O aviso de corte, seja pessoal ou postal, deve conter prova de recebimento por parte do consumidor. :: LEIA MAIS »

Sessões da Câmara de Feira de Santana passam a acontecer de terça a quinta-feira

Foto: Divulgação / CMFS

A partir da próxima semana, as sessões ordinárias da Câmara Municipal de Feira de Santana serão realizadas de terça a quinta-feira. A mudança no Regimento Interno da Casa foi aprovada e promulgada nesta quarta-feira (07), após a apreciação do Projeto de Resolução 735/2021. A iniciativa é da Mesa Diretora, que considera a alteração do calendário semanal como uma forma de adaptação às frequentes mudanças no cronograma de trabalho, intensificadas pela pandemia da Covid-19. Isto porque, o Projeto também deixa facultado à Câmara Municipal a possibilidade de transferir as sessões para segunda ou sexta-feira.

Conforme o documento, o horário de início das sessões ordinárias deve se manter o mesmo, começando às 8:30 horas, com tolerância de 15 minutos para a formação de quórum. (CMFS)

Previsão para retorno da realização de cirurgias ortopédicas em Feira de Santana depende de contrapartida do Estado

Foto: Divulgação / CMFS

A previsão para o retorno da realização de cirurgias ortopédicas pelo município, segundo o secretário de Saúde, Marcelo Brito, está dependendo da contrapartida do Governo do Estado para destinar verba para tal fim. A informação foi obtida pela Comissão de Saúde, Assistência Social e Desporto da Câmara Municipal de Feira de Santana durante reunião com o secretário ocorrida na quarta (30/03).

“Pontuamos que é necessário que Feira realize essas cirurgias novamente, devido à grande demanda da população, e o secretário nos disse que está mantendo contato com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas. Ele ficou de dar uma previsão sobre quando destinará a verba para pagamento dos médicos, pois o município cederá, como contrapartida, a estrutura física para realização das cirurgias”, explica o vereador Emerson Minho, presidente da Comissão. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia