WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Bahia’

Promotora baiana é reconhecida como uma das 100 pessoas de descendência africana mais influentes do mundo

Promotora de Justiça baiana, Lívia Maria Sant’Anna Vaz – Foto: Reprodução/MPBA

A promotora de Justiça baiana Lívia Maria Sant’Anna Vaz foi reconhecida como uma das 100 pessoas de descendência africana mais influentes do mundo. Ela foi a única brasileira com atuação no Sistema de Justiça a receber a homenagem do Mais Influente Afrodescendente (Mipad). Por conta do trabalho de combate ao racismo e à intolerância religiosa desenvolvido junto ao Ministério Público do Estado da Bahia, Lívia Vaz foi reconhecida na categoria “Mentes Jurídicas”.

Os reconhecimentos do Mipad estão inseridos na agenda da Década Internacional das Nações Unidas para Afrodescendentes, que iniciou em 2015 e seguirá apresentando estas lideranças até 2024. Eles são concedidos a grandes empreendedores de descendência africana que atuam em setores públicos e privados de todo o mundo e formam uma rede progressiva de atores relevantes para se unirem no espírito de reconhecimento, justiça e desenvolvimento da África e do seu povo.

Para Lívia Vaz, “compor a lista é sem dúvida o reconhecimento da importância do trabalho que vem sendo realizado junto ao MP da Bahia e, mais do que isso, significa um incentivo pra continuar nessa atuação de enfrentamento ao racismo e à intolerância religiosa, e promoção da igualdade racial”.

Ela acredita que um dos maiores desafios numa sociedade estruturada pelo racismo, como a brasileira, é convencer as instituições e pessoas que nelas atuam da centralidade da raça como uma questão determinante das desigualdades no país e, portanto, da imprescindibilidade da atuação do Sistema de Justiça no enfrentamento da situação. “Sem uma atuação contundente nessa seara jamais chegaremos a uma democracia efetiva no país”, alerta. :: LEIA MAIS »

Baianos criam app para flexibilizar cuidados com a saúde

Foto: Divulgação

Voltado para serviços de saúde dos mais diversos segmentos, o Agendei Saúde possibilita um maior acesso a consultas em uma plataforma na qual médicos, psicólogos, nutricionistas, entre outros, podem cadastrar suas funções, especialidades, custos, além de informações como agenda e horário. Através do sistema, os profissionais podem reduzir despesas com propaganda e serviços de marcação, o que pode baratear o preço final do atendimento. O acesso à plataforma será gratuito para os prestadores de serviços e estará disponível, no final de outubro, para os sistemas Android e iOS. Já os interessados em ter direito a um pacote personalizado de serviços em saúde, que pode custar a partir de R$ 19,90, passam por uma análise feita pela própria plataforma, na qual, baseado nas diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS) e por uma equipe de médicos, estabelece-se um conjunto de consultas que costumam ser necessárias de acordo com o perfil de cada paciente no período de um ano.

Segundo Murilo Souza, engenheiro mecânico formado pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e estudante de gestão de empresas na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em poucas palavras, é possível definir o serviço como uma plataforma para facilitar e flexibilizar o cuidado com a saúde de forma preventiva. “Realizamos desde o agendamento, passando pela consulta e acompanhamento dos indicadores do estado do paciente. Tudo isso em um sistema acessível”, destacou, reiterando que o app surgiu da necessidade que as pessoas têm de cuidar da saúde. “Apesar da necessidade, muita gente não tem condições de pagar um plano de saúde. No Agendei, a pessoa conseguirá marcar e realizar uma consulta, em pacotes que podem custar menos de R$ 10 reais/mês, valor bem mais viável do que um contrato com uma empresa de plano de saúde. Dessa forma, o paciente terá acesso, ao longo de um ano, aos médicos das mais variadas especialidades, que foram recomendados no momento de fechar o tipo de pacote mais adequado para ele”.

O trabalho foi um dos 27 projetos contemplados no programa Centelha Bahia, da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) , além de contar com apoio do Conselho das Fundações de Amparo (Confap), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e a Fundação CERTI. O Centelha vai conceder R$1,6 milhão distribuídos entre as propostas selecionadas que visam contribuir para a melhoria da qualidade de vida e do bem-estar da população baiana, bem como o avanço do Estado. :: LEIA MAIS »

Artigo: Caminhos para ser estratégico e inovador no ambiente digital

Daniele Silva

Por Daniele Silva

Formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pós-graduanda e pesquisadora em Gestão da Comunicação Digital e Mídias Sociais e atua com Comunicação Integrada na Toca Comunicação.

O ato de inovar permite que tenhamos um olhar aprimorado para novas possibilidades, nos leva a qualificar processos e destravar gargalos existentes na sociedade. A tecnologia é uma das principais aliadas dos marcos inovadores no Brasil e no mundo. Mas, além desse recurso é preciso ter atenção às estratégias de comunicação que devem ser modeladas de forma específica para cada tipo de negócio e às ações humanizadas que permitem construir um relacionamento fidelizado entre empresas e potenciais clientes. Na pós-modernidade, tais procedimentos podem contribuir para fortalecer a reputação da marca no mundo dos negócios.

Nesse contexto, estão inseridas as empresas que precisam definir claramente o modelo de negócio que desejam embarcar e atrelar a esse ponto de partida princípios como: sua missão, visão e valores. A partir disso é necessário encarar o desafio de estruturar estratégias de comunicação e inovar para alcançar o seu público de interesse. Em um mundo onde estamos em constante conexão permitida pelas telecomunicações, vale refletir que uma estratégia mal elaboradora ou comportamentos que destoam dos seus princípios podem impactar negativamente no negócio, resvalar de forma célere através de blogs, sites e redes sociais, e ser lembrado por anos em toda comunidade.

Por isso, reforço que a tecnologia oferece um suporte relevante no caminho à inovação, mas precisa ser amparada por outros pilares que contribuem para que a comunicação no ambiente digital seja efetiva. Ter um repertório nas áreas de administração, marketing e logística se faz necessário para deixar ações mais fluidas. Entender o comportamento do consumidor também é uma necessidade para as empresas que desejam se manterem inovadoras e estratégicas. Esse diagnóstico norteará as táticas que devem ser elaboradas para alcançar o seu público de interesse. Definidas essas questões é necessário adotar decisões mais técnicas que irão incidir diretamente no futuro do negócio. :: LEIA MAIS »

Da base do Governo Municipal, vereador ameaça denunciar secretário ao Ministério Público

vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (MDB)

O vereador Isaías de Diogo (MDB) denunciou, na Câmara Municipal de Feira de Santana, que uma servidora da Secretaria de Agricultura do Município estaria favorecendo candidato a vereador, através da liberação de água para famílias da zona rural. Isaías ameaça denunciar ao Ministério Público o titular da pasta, Mário Borges. “Tem uma funcionária nesta Secretaria que só libera água para quem o candidato a vereador Marcus Carvalhal, filho do Pinheiro (o superintendente de Operações e Manutenção do Município, José Pinheiro) mandar.  Para sair um carro pipa depende da autorização da irmã desse candidato.  Isso é um absurdo”, afirmou.

De acordo com Isaías, o próprio superintendente também estaria favorecendo ao filho candidato. “Já vieram me contar que (o superintendente) está fazendo conchavo para eleger seu filho. Leva melhorias para os locais e o filho diz que foi autor da obra. É a mesma pessoa que maltrata os vereadores há mais de 20 anos”.

Em mensagem ao prefeito Colbert Filho, o edil disse que o considera “homem limpo que não compactua nem defende esse jogo sujo”. :: LEIA MAIS »

Autorizada construção de Complexos Educacionais Poliesportivos em Alagoinhas e Serrinha

Foto: Divulgação / Secom

O Governo da Bahia autorizou, na última sexta-feira (16), a construção de Complexos Educacionais Poliesportivos em Alagoinhas e Serrinha, com investimento conjunto superior a R$ 5 milhões. A ordem de serviço foi assinada pelo secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, que esteve em visita aos dois municípios. Com o equipamento, os estudantes e as comunidades terão à disposição um amplo espaço para a prática da educação esportiva. Ainda está prevista a autorização do início das obras em Itapetinga.

O secretário destacou a importância do espaço para o fortalecimento da educação e prática esportiva nos municípios. “Os Complexos Educacionais Poliesportivos serão importantes para a educação esportiva dos estudantes. Mas, além disso, serão um espaço do município onde irá contemplar a realização de campeonatos e torneios e, até mesmo, eventos culturais e de entretenimento. É um equipamento para crianças, jovens e adultos, para o qual a nossa expectativa é do uso qualificado, em parceria com entidades e associações da juventude e comunidade”, afirmou.

Para o diretor do Núcleo Territorial de Educação de Alagoinhas (NTE 18), Jean Fabio Lima, este investimento mostra o compromisso do Governo do Estado com a Educação. “É fundamental este trabalho de valorização de políticas públicas para a juventude e percebemos que, mesmo neste momento pandêmico, há uma preocupação fortíssima com a educação, a cultura e o lazer nas regiões da Bahia”. :: LEIA MAIS »

Carlos Medeiros tem registro de candidatura deferido

Carlos Medeiros (NOVO)

O candidato a prefeito de Feira de Santana, Carlos Medeiros (NOVO), teve a sua candidatura deferida pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). O deferimento do registro da candidatura de Carlos Medeiros como postulante nas eleições deste ano foi publicada no DivulgaCand.

Deputado denuncia gestão de Colbert Martins ao MP por irregularidades em contrato na Educação

Deputado estadual Robinson Almeida (PT) – Foto: Cecília Oliveira

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) apresentou, nesta sexta-feira (16), denúncia ao Ministério Público Estadual contra a Prefeitura de Feira de Santana apontando irregularidades na contratação da empresa Confiança Serviços e Soluções em Mão de Obra Eireli, sediada em Salvador, para fornecimento de trabalhadores para Secretaria Municipal de Educação na Princesa do Sertão.

O parlamentar acusa a gestão de Colbert Martins (MDB) de improbidade administrativa com violação dos deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e também do princípio da economicidade. Robinson observa que o contrato, no valor aproximado de R$ 6 milhões, foi assinado na mesma semana em que o município decretou estado de calamidade e a paralisação das atividades educacionais presenciais em decorrência da pandemia do Coronavírus.

Robinson Almeida aponta para o desvio de finalidade na prática do ato administrativo e o elevado custo do contrato em meio a suspensão das aulas nas unidades escolares da rede municipal. O deputado também chama a atenção para um suposto superfaturamento e irregularidade na contratação de pessoal, com manipulação dos valores pagos aos trabalhadores. Um funcionário contratado pela terceirizada que deveria receber, pelo contrato firmado, R$ 3.356 ganha, na verdade, R$ 1.045,00, dois mil, trezendo e nove reais a menos do que o valor estabelecido no contrato assinado com a gestão do prefeito Colbert Martins Filho (MDB). Robinson Almeida também sugere ao Ministério Público avaliação sobre suposta burla à regra constitucional do concurso público, uma vez que as contratações foram formalizadas em ano eleitoral, o que pode configurar oferta de emprego público em troca de votos, o que é proibido pela legislação eleitoral. :: LEIA MAIS »

Acesso à internet por celulares está em alta, desafia pais e afeta saúde das crianças

Foto: Reprodução

A cena é cada vez mais comum no cotidiano familiar e parece ter se intensificado durante o período de quarentena: crianças e adolescentes “mergulhados” na tela do celular ou de outros dispositivos tecnológicos conectados à internet. Segundo pesquisa do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic) realizada em 2019, 58% da população infanto-juvenil brasileira, cerca de 15,6 milhões de pessoas, acessam a internet exclusivamente pelo celular.  A conectividade tem aumentado com maior mobilidade. Uma simples atitude comportamental que abre um mundo de possibilidades, mas também de riscos e problemas de saúde, seja mental ou física, psicossociais, éticos e políticos. Essas consequências do uso excessivo das ferramentas tecnológicas online foram o objeto de debate da terceira conferência, esse ano virtual, ‘O Melhor da Infância é Offline’, promovida pelo Ministério Público estadual.

O evento contou com palestras do presidente da Safernet Brasil e coordenador da Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos Thiago Tavares; da médica oftalmologista Leonora Leal e da promotora de Justiça Rosana Barbosa Cipriano, da Infância e Juventude do MP do Rio de Janeiro. A procuradora-geral de Justiça do MP baiano Norma Angélica Calvacanti fez a abertura oficial. “A pandemia fortaleceu a cultura da digitalização. Um mundo novo para todos nós. Os pais sofrem porque não sabem os limites que vão dar às crianças. Então, como aproveitar ao máximo essa cultura? É uma pergunta fundamental. Fico muito feliz de estar aqui discutindo a infância do futuro”, afirmou. A conferência teve a mediação da coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Criança e do Adolescente (Caoca), promotora de Justiça Márcia Rabelo; da coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Saúde (Cesau), promotora de Justiça Patrícia Medrado; contou ainda com participação dos promotores de Justiça Dario Kirst, com atuação contra crimes cibernéticos; Moacir do Nascimento Júnior, da Infância e Juventude e Audo Rodrigues, da área de saúde.  O evento foi organizado pelo Caoca, Cesau, Centro de Aperfeiçoamento e Estudos Funcionais (Ceaf), Centro de Apoio Operacional da Educação (Ceduc) e Núcleo de Combate ao Crime Cibernético (Nucciber). :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia