WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Bahia’

“Na segunda quinzena de fevereiro ou início de março”, diz prefeito de Salvador sobre volta às aulas

Foto: Matheus Morais

Durante o início do terceiro dia de vacinação na capital baiana, no bairro de São Caetano, nesta quinta-feira (21), o prefeito Bruno Reis falou sobre a possibilidade de retorno das atividades escolares em Salvador, após pressão do setor que representa as escolas particulares.

Segundo Bruno, a estimativa dos representantes era para que o retorno das aulas fossem no início do mês de fevereiro. No entanto, ele descartou essa possibilidade e afirmou que irá avaliar a decisão, a depender dos números de casos e de internações de Covid-19 na cidade.

“Está tendo, na verdade, vai iniciar a pouco, uma reunião da nossa equipe de governo com os representantes das escolas particulares, onde estarão sendo discutidos os protocolos e discutindo essa previsão de retorno para que, em seguida, eu possa junto com o governador, tomar essa decisão. Em uma reunião que eu realizei com eles ainda no final de dezembro, fui claro ao colocar para eles que ainda precisava de pelo menos um mês para se organizar. Diferente das escolas públicas, que nós já temos os nossos alunos, as escolas particulares têm que anunciar a matrícula, até porque os pais só vão realizar a matricula quando tiverem uma certeza de retorno”, disse o prefeito, que revelou não haver, ainda, data concreta de retorno, mas que estuda algo para a segunda quinzena de fevereiro ou início de março. :: LEIA MAIS »

Bahia busca conter avanço da Covid-19 em municípios das regiões Sul e Sudoeste

Foto: Ascom / Sesab

Com o objetivo de conter o avanço de novos casos do coronavírus (Covid-19) e ampliar o giro-leito nas Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) dos hospitais municipais e contratados, o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, se reuniu nesta quarta-feira (20), com seis secretários municipais de saúde das regiões Sul e Sudoeste.

No encontro virtual com secretários de Vitória da Conquista, Guanambi, Barra da Estiva, Jequié, Itabuna e Ilhéus, o titular da pasta estadual da Saúde solicitou um empenho maior dos gestores para reduzir o ritmo de crescimento da Covid-19.

“Nos últimos cinco dias, tivemos um crescimento médio superior a 1% em algumas localidades, o que é preocupante. Além disso, peço um esforço adicional para fiscalizarem suas equipes e reavaliarem o perfil dos pacientes internados nas UTIs, pois há relatos de pessoas que ficam internadas por um tempo maior do que o necessário, impossibilitando que novos pacientes sejam admitidos”, afirma Vilas-Boas. :: LEIA MAIS »

Prefeito de São Gonçalo dos Campos apresenta situação financeira do município à população

Foto: Felipe Garcia

O prefeito de São Gonçalo dos Campos, Tarcisio Pedreira, esteve reunido com os servidores públicos e a comunidade a fim de apresentar a situação financeira do município e a proposta de pagamento para o salário do mês de dezembro que não foi pago pela gestão passada. A reunião ocorreu nessa quarta-feira (20), no Paço Municipal. Na oportunidade, foram disponibilizados os extratos bancários, saldos e dívidas deixadas no dia 31 de dezembro do ano anterior, além dos recursos que entraram na conta da Prefeitura de São Gonçalo dos Campos neste mês.

Tarcisio afirma que, nesta sexta-feira (22), o valor pago à folha de dezembro será proporcional ao saldo que foi deixado pela gestão anterior e o salário de janeiro será pago no próprio mês corrente com o recurso que é destinado para esse período. “Estamos fazendo toda a economia necessária, trabalhando com o mínimo possível para que o município consiga ficar adimplente.”, pontuou.

Ele mostrou que a dívida com a folha de pagamento dos servidores é cerca de R $3 milhões, mas o saldo deixado corresponde a metade desse valor e pode estar comprometido com outros pagamentos já empenhados pelo governo passado.  “Só a dívida com a União é de R $100 milhões. No CAUC, que funciona como o Serasa do município, faltam cinco itens para comprovar e ainda disseram durante a live, no período da campanha, perante a população, que a cidade estava adimplente e que eu encontraria a casa arrumada, sem dívidas.”, desabafou. :: LEIA MAIS »

Fábrica da Pirelli vai usar coco seco como fonte de energia

Foto: Jorge Magalhães

Resíduos do coco seco vão ser aproveitados como fonte de energia na fábrica da Pirelli, em Feira de Santana. Há algum tempo, a sugestão foi feita pelo prefeito Colbert Martins Filho, considerando o grande volume da fruta que é comercializado em Feira e região, e a previsão é que possam ser consumidas até mil toneladas de coco mensalmente.

Em parceria com a Empresa de Energia de Portugal (EDP), considerada líder mundial de energia renovável e há 20 anos atuando no mercado brasileiro, a Pirelli já instalou na unidade feirense uma caldeira biomassa, investindo cerca de R$ 10 milhões, segundo informações do diretor da fábrica no município, Edilson Dias Conceição.

Ele deu a notícia da concretização do projeto, denominado Green Energy, hoje (20) numa reunião online com o prefeito Colbert Martins, o diretor de Relações Institucionais da Pirelli, Mário Batista, e com gestores da EDP.

“Esse é um projeto com influência social, ambiental e econômica. Fico muito feliz que a Pirelli tenha acatado minha sugestão, pois em apenas uma feira-livre, da Estação Nova, são comercializados 60 mil cocos. Isto significa que teremos resíduos suficientes para abastecer a caldeira”, comemora o prefeito. :: LEIA MAIS »

“É extremamente importante que a Prefeitura veicule campanhas de combate à desinformação em relação às vacinas”, diz vereador

Vereador Jhonatas Monteiro (PSOL)

Após as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 chegarem em Feira de Santana e, com isso, o início da vacinação, o vereador Jhonatas Monteiro (PSOL) usou suas redes sociais para informar que essa é uma vitória da ciência e do SUS. “As primeiras doses de vacina contra a Covid-19 chegaram hoje em Feira, o que é vitória da ciência e do SUS. Porém, além da pequena quantidade, é ainda visível a fragilidade dos planos de vacinação nas diferentes esferas de governo. Esse é o caso de Feira de Santana”, disse.

Jhonatas relatou que não existem ainda previsões sólidas para a vacinação da população, bem como sobre o impacto disso na redução da taxa de transmissão. “Portanto, medidas como distanciamento social e uso de máscara continuam necessárias. A pandemia infelizmente ainda não acabou”, alertou.

O edil completa dizendo que é extremamente importante que a Prefeitura veicule campanhas de combate à desinformação em relação às vacinas. “Em especial para evitar tumultos e aglomerações, a população deve ser muito bem informada sobre os termos e prazos em que a vacinação acontecerá no nosso município”, explica. :: LEIA MAIS »

Deputado propõe mudanças em limites territoriais de Piripá e Tremedal

Deputado estadual Osni Cardoso

Deputado estadual Osni Cardoso – Foto: Divulgação

O deputado estadual Osni Cardoso (PT) deu entrada, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), em projeto de lei que modifica os limites territoriais dos municípios baianos de Piripá e Tremedal. Para tanto, o PL (Nº 24.045/2020) apresentado pelo parlamentar ainda revoga integralmente o §16 e o §21 do Art. 1° da Lei 14.089/2019, além de alterar o IV e o V, §19 do Art. 1º da mesma legislação.

Segundo o legislador, que preside a Comissão Especial na ALBA que trata de Assuntos Territoriais e Emancipação, a proposta tem como objetivo retificar uma incongruência legislativa contida na Lei Estadual n° 14.089 de 29 de abril de 2019, que provoca a omissão legal em relação à definição dos limites territoriais entre os municípios de Piripá e Tremedal. “Em relação ao município de Presidente Jânio Quadros, a alteração legislativa proposta causa nenhuma mudança no traçado deste município, ela simplesmente adequa as suas coordenadas aos limites com os municípios entre Piripá e Tremedal, ora definidos”, explica Osni Cardoso.

Segundo o petista, para oferecer maior segurança jurídica da delimitação legal de ambos os territórios municipais, a arquitetura do projeto foi gestada conjuntamente pela equipe técnica da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), do IBGE e dos dois gestores municipais. “O texto traz dois memoriais descritivos dos contornos territoriais, contemplando os perímetros completos de Piripá e Tremedal, facilitando desta forma a compreensão de todos os cidadãos e entidades públicas e privadas interessadas em conhecer os referidos delineamentos municipais, complementados pelos respectivos mapas”, anotou o deputado. :: LEIA MAIS »

Ron do Povo quer instalação de ponto de vacinação no Legislativo feirense

Foto: Divulgação / Ascom

O vereador Ron do Povo (MDB) protocolou nesta terça-feira (19), na Câmara Municipal de Feira de Santana, uma indicação para que seja instalado um ponto de vacinação no Legislativo feirense para imunização da população contra a Covid-19. Segundo Ron, o motivo do seu pedido se dá pela importância da Casa e sua contribuição para a saúde e cidadania dos seus munícipes.

Bahia garante regularização ambiental de povos e comunidades tradicionais

Foto: Divulgação / Sema

As secretarias estaduais do Meio Ambiente (Sema) e de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) selaram, nesta terça-feira (19), o compromisso do estado da Bahia com a promoção de políticas públicas de regularização ambiental e desenvolvimento sustentável dos povos e comunidades tradicionais. O Termo de Acordo de Cooperação Técnica (ACT) foi assinado pelos secretários da Sema, João Carlos Oliveira, e da Sepromi, Fabya Reis, e pela diretora-geral do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Márcia Telles.

O ACT vai permitir um melhor alinhamento entre as ações dos órgãos na regularização ambiental por meio da inscrição dos territórios tradicionais no Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir). Além disso, está garantido o monitoramento do cadastramento, assistência técnica e possibilidade de acesso a créditos financeiros. A Sema, com interveniência do Inema e apoio da Sepromi, coordenará os processos de regularização ambiental, fortalecendo as políticas públicas e garantindo os direitos culturais, sociais, ambientais e territoriais das populações tradicionais.

“As ações da Sema sempre foram pautadas na inclusão dos povos e comunidades tradicionais, mas faltava um elo institucional com a secretaria que trata diretamente sobre a temática, que é a Sepromi. Então, com essa assinatura garantimos que os projetos e programas da Sema sejam potencializados por meio de cooperação técnica e possíveis descentralizações de recursos, para que o estado possa avançar em outras iniciativas que beneficiem as populações tradicionais”, destacou João Carlos Oliveira.

Para Fabya Reis, o ACT fortalece ainda mais as ações integradas entre as secretarias, conforme orientações do próprio governador Rui Costa. “O acordo tem o objetivo de pensar as políticas de desenvolvimento para as comunidades tradicionais da Bahia, reforçando, sobretudo, a política de regularização fundiária, uma vez que é importante a preservação do meio ambiente das áreas de reservas que envolvem em grande medida as áreas das comunidades tradicionais”, afirmou. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia