WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mobilidade - CoronaVírus X Transporte SECOM - AÇÕES FEIRA

:: ‘Bahia’

Prefeitura de Feira pede que estado envie hidroxicloroquina

Prefeitura de Feira pede que estado envie hidroxicloroquina

Foto: Divulgação / PMFS

A Secretaria da Saúde de Feira de Santana já recebeu lote de azitromicina e pediu ao Governo do Estado que repasse os medicamentos hidroxicloroquina e dexametasona, todos usados no tratamento da Covid-19.

O prefeito Colbert Martins Filho disse que as pessoas apenas devem usar medicamentos com orientação médica. “Deve ser indicado com base na patologia”, afirmou durante o encontro virtual semanal com jornalistas.

O uso da hidroxocloroquina no tratamento da infecção desencadeou discussão mundial durante a pandemia. O dexametasona, que é um corticoide, está sendo usado como anti-inflamatório. :: LEIA MAIS »

Hospital de Campanha do Fazendão encerrará as atividades no domingo

Hospital de Campanha do Fazendão encerrará as atividades no domingo

Foto: Divulgação / Sesab

Até o próximo domingo (5), o Hospital de Campanha do Fazendão, que atende pacientes de baixa complexidade, crônicos e de longa duração sem suspeita ou confirmação de coronavírus (Covid-19), encerrará as atividades. O motivo é a boa performance da rede estadual ao absorver essa demanda.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, o hospital, que funciona no Centro de Treinamento Osório Villa Boas (Fazendão), pertencente ao Esporte Clube Bahia, cumpriu o seu papel. “A unidade atendeu cerca de 100 pacientes crônicos e de longa duração, cujo tempo de internação pode superar os 30 dias. A gestão foi exemplar, sem nenhum paciente infectado por Covid-19, mesmo com a circulação de 130 profissionais entre médicos, enfermeiros e administrativo”, afirma Vilas-Boas.

Com essa desmobilização, os equipamentos serão redistribuídos para a rede estadual. Já os profissionais, que são oriundos dos centros estaduais de referência em Prevenção e Reabilitação da Pessoa com Deficiência (Cepred), Diabetes (Cedeba) e Idoso (Creasi), retornarão para as suas unidades. :: LEIA MAIS »

Entenda a diferença entre os testes para detectar a Covid-19 e quando cada um deve ser feito

Entenda a diferença entre os testes para detectar a Covid-19 e quando cada um deve ser feito

Foto: Divulgação / Ascom

Com a quantidade de tipos de testes disponíveis para a detecção da covid-19, muita gente ainda tem dúvidas para saber as diferenças entre eles e qual é o mais indicado para cada caso. Para esclarecer essas dúvidas, a biomédica Loanda Menezes Lima Sena, especialista em análises clínicas do Laboratório Lade, explica como cada teste é feito e em quais situações eles são indicados. Ela informou que existem três tipos de testes para diagnóstico da covid-19: o RT PCR, a sorologia e o teste rápido.

“O RT PCR é um teste de biologia molecular, essa metodologia é padrão ouro para detectar a presença do material genético do vírus na secreção respiratória. É um teste que fazemos a coleta através de um swab (equipamento tipo um cotonete) no nariz e na garganta do paciente. Para esse exame a gente precisa que a coleta seja realizada nos primeiros dias de sintomas, pois é o período em que a carga viral costuma ser mais alta, então o ideal é que seja realizado entre o terceiro e o quinto dia de início dos sintomas, mas desde o início, normalmente, é possível detectar. Somente coletas realizadas tardiamente ou muito precocemente que não conseguem ter resultados determinantes, mas de uma maneira geral, esse é o padrão ouro para diagnóstico, desde que seja realizado até o sétimo dia de sintoma”, explicou.

Após o período de sete dias após o início dos sintomas, a especialista afirma que a orientação é que os testes sorológicos sejam realizados. Segundo ela, esses testes tem a sorologia propriamente dita e vão detectar a presença de anticorpos da classe IgM IgG e IgA, que são produzidos no organismo devido a infecção por coronavírus. “Nosso teste sorológico é quantitativo e vai dosar esses anticorpos no organismo do paciente. A gente aconselha que para esse exame, seja respeitada a janela imunológica, então o ideal é que esse exame seja realizado após oito dias de sintomas. Para o teste rápido também pedimos que seja realizado após os sete dias de sintomas, ele também vai detectar os anticorpos IGG e IGM, porém não vai quantificar. O teste rápido é realizado no soro e é qualitativo. Ele vai dizer se é reagente ou não reagente”, informou. :: LEIA MAIS »

Projeto Sala de Cinema da Uefs promove Cinedebate sobre ativismo, cultura e luta política

Projeto Sala de Cinema da Uefs promove Cinedebate sobre ativismo, cultura e luta política

Foto: Divulgação / Uefs

O projeto Sala de Cinema da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) promove o Cinedebate: Ativismo, Cultura e Luta Política, organizado por Alexandre Paim (DCHF/ Psicologia) e Matheus Guimarães (DTEC/ Engenharia Civil), com a programação sugerida pela professora Cida Sanches, e os convidados: GRUD – Feira de Santana e  Kleber Fonseca Simões, professor da UNEB e doutorando em História.

O evento está programado para o dia 3 de julho a partir das 15h.  O filme tema “A revolta de Stonewall”, está disponível  no link https://www.youtube.com/watch?v=cxSBW79yxjQ .  Para acessar o Google Meet do cinedebate enviar nome completo e curso ou setor da Uefs, ou instituição externa para e-mail saladecinemauefs@gmail.com. O link para acesso será enviado no dia do evento a partir das 13h. :: LEIA MAIS »

Líder do Governo pede ações mais enérgicas por parte do Governo do Estado no combate à Covid-19

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM), em seu discurso nesta terça-feira (30), na Câmara Municipal de Feira de Santana, cobrou a inauguração do Hospital Geral Clériston Andrade II (HGCA2) e pedir por “ações mais enérgicas” por parte do Governo do Estado no combate à Covid-19.

O parlamentar chamou atenção do Governo do Estado para o “momento difícil” que Feira de Santana atravessa e destacou que o HGCA2 “já era para ter sido inaugurado, porque ele é esperado há oito anos”. E opinou: “o que nos deixa preocupados, mesmo sabendo da importância do Clériston II, é que o prefeito está trabalhando sozinho para dar conta de uma cidade tão grande”.

Marcos Lima ainda reivindicou pela ampliação da testagem no município, e justificou: “existem pessoas infectadas que estão assintomáticas, por isso, precisamos aumentar o número de testagem. O Lacen, laboratório do Governo do Estado que tem capacidade para fazer milhares de testes, precisa intensificar a testagem no nosso município espalhar nos bairros e unidades de saúde para que as pessoas possam fazer. Então, esperamos que as ações que venham para Feira de Santana sejam mais enérgicas”, concluiu.

Bahia é o segundo estado que mais investe em bolsas de pesquisa científica

Entre os anos de 2018 e 2019, a Bahia se consagrou como o segundo estado que mais concede bolsas para pesquisadores científicos com recursos próprios. A Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), disputa a primeira posição no ranking nacional. Em 2018, foi a fundação que mais concedeu bolsas de estudo, já em 2019, ocupa o segundo lugar, atrás apenas da Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp). Somente no ano passado, 2302 estudantes foram contemplados, segundo dados recentes divulgados pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

A lista se refere aos benefícios concedidos aos estudantes dos cursos de mestrado e doutorado que atuam no Brasil ou no exterior. O diretor da Fapesb, Márcio Costa, celebra os resultados que posicionam a Bahia em liderança nacional. “No total de 2018, foram 2282 bolsas concedidas. Foi o maior número de estudantes contemplados por uma FAP naquele ano. Por isso, temos muito orgulho de dar continuidade a este trabalho na Fapesb sempre com o objetivo de promover a ciência, apoiando nossos pesquisadores com o retorno em forma de benefícios à sociedade”, declarou.

De acordo com a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, esses números demonstram o esforço do Governo do Estado em incentivar a pesquisa em toda a Bahia. “Cada pesquisa dessa que foi financiada pode ser a solução para diversos desafios que enfrentamos na sociedade. A Bahia possui um leque incrível de pesquisadores talentosos que precisam do nosso apoio para desenvolverem projetos que auxiliam na qualidade de vida da nossa população”, destacou, relembrando que foram pesquisadores baianos, com apoio da Fapesb, que primeiro identificaram o Zyka Vírus, além de ”sermos precursores em diversas áreas do conhecimento”. :: LEIA MAIS »

Campanha de vacinação contra gripe influenza é prorrogada até dia 24

Campanha de vacinação contra gripe influenza é prorrogada até dia 24

Foto: Divulgação / PMFS

A campanha nacional de vacinação contra a gripe influenza foi prorrogada pela terceira vez em todo estado da Bahia, em função da baixa procura pelos grupos prioritários, e segue até o dia 24 de julho. Em Feira de Santana entre os dias 23 de março e 30 de junho foram imunizados 125.450 pessoas.

Outra novidade é que a vacinação seguirá em Feira de Santana para os grupos prioritários até o dia 10/07 e posterior a esta data, a partir do dia 13/07, a vacinação será estendida aos demais profissionais que oferecem serviços essenciais como: imprensa, profissionais da limpeza urbana, funcionários de mercado, lotéricas, telégrafos, correios, embasa e entre outros.

Para serem vacinados estes profissionais devem se dirigir a uma das 101 unidades básicas de saúde ou de saúde da família e apresentar comprovante de vínculo trabalhista ativo como carteira ou contrato de trabalho, bem como documento de identidade e caderneta de vacinação caso possua. A Prefeitura de Feira ressalta que as salas de vacina possuem horário especial devido acondicionamento e climatização das doses, encerrando o expediente cerca de 15 a 30 minutos antes do horário de fechamento da unidade.

A partir do dia 20/07 a campanha será aberta para toda a população, conforme estoque disponível na unidade de saúde. :: LEIA MAIS »

Defensoria recomenda que Prefeitura de Santo Antônio de Jesus reforce fiscalização do comércio

Defensoria recomenda que Prefeitura de Santo Antônio de Jesus reforce fiscalização do comércio

Foto TV Recôncavo

Após denúncias quanto ao funcionamento usual do comércio e da feira livre de Santo Antônio de Jesus durante a pandemia do novo coronavírus, a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE|BA requereu à prefeitura informações sobre como esta vem realizando a fiscalização pública e orientando pelo reforço da mesma. Também foram dirigidas recomendações a serem implementadas com o intuito de conscientizar a população e ampliar procedimentos que minimizem os riscos de contágio da Covid-19.

A solicitação foi enviada nesta terça-feira, 30, e assinala que as denúncias apontam para o descumprimento de dispositivos previstos em decretos municipais (n° 188 e n° 190 de 2020), e normas apontadas pelas autoridades sanitárias brasileiras e internacionais, especialmente as que visam evitar aglomerações.

A DPE|BA quer saber quais as medidas estão sendo adotadas pela prefeitura para fazer garantir o cumprimento de questões como distanciamento mínimo entre clientes e funcionários dos estabelecimentos autorizados a seguir funcionando e também sobre como é certificado que comércios e estabelecimentos de serviços não essenciais permanecem fechados. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia