WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Novas obras

:: ‘Alagoinhas’

Fase educativa da Zona Azul será iniciada hoje

A Prefeitura de Alagoinhas inicia, nesta segunda-feira (14), ações educativas de orientação sobre a Zona Azul, sistema que estabelece a rotatividade de veículos em estacionamento de vias e espaços públicos em áreas comerciais e de grande fluxo, com o objetivo de promover o uso igualitário das vagas. O trabalho educativo sobre o funcionamento da Zona Azul será realizado por meio de panfletagem e conversa com os condutores para explicar, na prática, como fazer uso do sistema. De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), toda a viabilidade técnica para o funcionamento da Zona Azul já está sendo finalizada. “É tudo muito novo, um sistema rotativo de primeiro mundo, e precisamos orientar os condutores ao máximo. Para isso, teremos operadores nas ruas para tirar todas as dúvidas e todas as áreas estão sendo devidamente sinalizadas”, comunicou o superintendente da SMTT, Raimundo Nonato.

A Zona Azul começa a operar em caráter definitivo a partir do dia 13 de fevereiro. Nas 25 áreas incluídas, o sistema funcionará de segunda à sexta, das 8h às 18h e aos sábados, das 8h às 13h. O prazo máximo de estacionamento na mesma vaga será de 2 horas, podendo ser prorrogada, no máximo, por mais 2 horas, não excedendo o prazo permitido de 4 horas em uma mesma vaga. Serão disponibilizadas na primeira fase, 970 vagas de carros e 395 vagas de motos. O valor a ser cobrado para carros será de R$2,50, para as primeiras 2h, sendo que após esse tempo, será cobrado R$2,50 a cada 60 min, respeitando o período máximo de 4h.  Às motocicletas será cobrada uma tarifa de R$ 0,80 para as primeiras 2 horas, e uma taxa R$ 0,80, a cada 60 min, respeitando período permitido de permanência. O sistema não funcionará aos domingos e feriados.

Joaquim Neto anuncia construção de Hospital Municipal e da nova maternidade de Alagoinhas

Joaquim Neto

Prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto.

Antigo anseio da população de Alagoinhas e um dos compromissos de campanha assumidos pelo prefeito Joaquim Neto, a construção do Hospital Municipal foi anunciada na manhã desta segunda-feira (07). Outro projeto destacado foi a construção de uma nova maternidade municipal, que funcionará anexo à unidade hospitalar.

De acordo com o prefeito, as obras serão realizadas em parceria com a iniciativa privada. “Estamos em fase de finalização dos projetos e já temos alguns locais selecionados para a instalação dos empreendimentos, que vêm para solucionar tanto os problemas de atendimento aos casos de baixa complexidade, quanto de superlotação e falta de estrutura que afetam a maternidade, hoje responsável por 100% dos partos de pacientes de Alagoinhas e de mais de 33 municípios realizados via Sistema Único de Saúde (SUS), explicou o prefeito.

Também nesta segunda-feira foi anunciada outra importante obra para o município, desta vez, na área de Saneamento Ambiental. Com investimentos na ordem de R$ 2 mi, ainda este ano, a Lagoa da Fonte dos Padres passará por serviços de despoluição e será beneficiada com a construção de um parque público.

Pacote de obras de mais de 50 milhões será lançado

Joaquim Neto

Prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto.

O prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto, vai lançar, nesta quinta-feira (20), um “pacote de obras” de mais de R$ 50 milhões, que pretende iniciar já em janeiro de 2019. O anúncio faz parte do Programa “Alagoinhas Renova”, que abrange obras de infraestrutura, pavimentação, drenagem pluvial e acessibilidade, esgotamento sanitário, urbanização, Saúde, Educação, construção e requalificação de praças, gestão de resíduos sólidos e construção de unidades sanitárias. Os recursos são provenientes de recursos próprios, emendas parlamentares, repasses do Orçamento Geral da União (OGU), Finisa, Programa Federal Avançar cidades e o anúncio será feito no Hotel Plaza, às 18h.

Hospital Maternidade de Alagoinhas implanta técnica de redes terapêuticas para o cuidado a bebês prematuros

Hospital Maternidade de Alagoinhas implanta técnica de redes terapêuticas para o cuidado a bebês prematuros

Foto: Divulgação

O Hospital Maternidade Doutor João Carlos Meireles Paolilo, em Alagoinhas, implementou esta semana mais uma forma de cuidado humanizado para os recém-nascidos. Apostando em um recurso terapêutico que surgiu na Austrália, em 2001, e que tem sido adotado em hospitais de referência no Brasil, como o Hospital Samaritano, em São Paulo, o Hospital Estadual Rocha Faria, no Rio de Janeiro, a Santa Casa de Jaú, no interior paulista, e o Hospital Regional de Maringá, no Paraná, a Maternidade de Alagoinhas adotou a técnica de redes terapêuticas para a recuperação de bebês prematuros. Segundo especialistas, o recurso contribui para o desenvolvimento neuropsicomotor e para promover melhorias na posição flexora do recém-nascido. “A técnica visa à promoção do conforto, a melhorias na saúde e à humanização, além de proporcionar a adoção de posturas flexoras, facilitando o alinhamento da cabeça em relação ao tronco. Estudos mostram que os prematuros da ‘redinha’ têm melhores resultados quanto à frequência cardíaca, à frequência respiratória e quanto à escala de maturidade neuromuscular”, afirmou a diretora da Maternidade, Monalisa de Lima Oliveira.

De acordo com ela, as redes, que já estão sendo utilizadas no Hospital, foram confeccionadas pela mãe de uma servidora, que se voluntariou a produzir o material. O recurso terapêutico é utilizado por um período de 2 horas e apenas em bebês que não apresentem dificuldade respiratória grave. A rede – feita em tecido – é esterilizada e instalada dentro da incubadora, com acompanhamento da equipe de saúde. “O uso da técnica não diminui a importância das estratégias já preconizadas pelo Ministério da Saúde, como o método canguru, o ninho, o aleitamento materno e a presença dos pais na UTI. É só uma forma de agregar cuidados à saúde dos pequenos”, ressaltou a diretora da Maternidade. A previsão, de acordo com o Hospital Maternidade, é de que, com o aval dos pais e recomendação médica, outros bebês também possam contar com a nova técnica em Alagoinhas.

Shopping Popular de Alagoinhas será inaugurado

Shopping Popular de Alagoinhas

Shopping Popular de Alagoinhas

Os vendedores ambulantes do município de Alagoinhas terão um espaço fixo e adequado para desenvolverem suas atividades. Nesta sexta-feira (23), às 17h, o prefeito Joaquim Neto fará a entrega do Novo Shopping Popular Liliu Alfaiate, situado na Praça Graciliano de Freitas, Centro. Construído ao lado do galpão onde hoje funciona o camelódromo, o local possui estrutura padronizada, wi-fi e câmeras de segurança. Segundo o prefeito, mais de 50 comerciantes que atualmente ocupam o camelódromo e uma área do Calçadão próxima ao prédio da prefeitura serão realocados.

SAAE é contemplado com programa federal Avançar Cidades

SAAE Alagoinhas

SAAE Alagoinhas

As obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC I e II) e Saneamento para todos, que elevarão a capacidade de atendimento sanitário de Alagoinhas de 14% para 35%, chegam à fase final. Embora o salto percentual seja histórico, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) Alagoinhas já pensa além. A continuidade das intervenções de infraestrutura que visam melhorar a saúde e o bem-estar da população já está elaborada e assegurada, agora com a obtenção de R$ 12.889.008,88 em verbas federais, através do programa federal Avançar Cidades.

O projeto, aprovado pelo Ministério das Cidades, contempla a ampliação do sistema de esgotamento sanitário que atenderá Nova República e parte de Santa Terezinha, com quatro estações elevatórias, cerca de 29.485 metros de rede coletora, 1.980 ligações intradomiciliares e 10.308 metros de interceptor para Estação de Tratamento da Bacia da Fonte dos Padres, em Narandiba. “O sistema beneficiará diretamente mais de sete mil pessoas com a coleta e o tratamento adequado dos esgotos”, explica a diretora geral Maria das Graças Reis. “Haverá, ainda, a diminuição das doenças de veiculação hídrica e da contaminação do rio Catu perto dos bairros atendidos, bem como a redução de esgotos a céu aberto”, completa.

Têm-se, por fim, também a expectativa da geração de empregos diretos e indiretos.

Após sucessivos golpes de terceirizadas, funcionários da Prefeitura têm as verbas rescisórias quitadas

Prefeitura de Alagoinhas

Prefeitura de Alagoinhas

A Terceirização é a técnica de contratar serviços, que está presente nos segmentos tanto da esfera privada ou pública, e consiste na possibilidade de contratar terceiros para a realização de atividades que não constituem o objeto principal da empresas a exemplo dos serviços de limpeza e de vigilância. Com esta modalidade de contratação, a administração pública visa, também, a aplicação de forma racional dos recursos, de forma que os resultados coincidam com os interesse, no entanto, é muito comum funcionários que trabalham em empresas terceirizadas não receberem seus direitos trabalhistas.

De acordo com a Prefeitura, em Alagoinhas esses casos têm sido recorrentes ao longo dos anos, com o desrespeito sistemático aos direitos trabalhistas de milhares de colaboradores contratados por meio deste regime : atrasos de salários, do 13º, das férias não pagamento das verbas rescisórias do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). “Essas empresas atrasam pagamentos dos direitos, não recolhem os encargos sociais como o previdenciário (INSS), FGTS, e perto do fim do contrato, simplesmente desaparecem sem honrar os contratos”, comenta Edivaldo Rocha, coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza de Alagoinhas (Sindlimp-Agreste).”Tivemos esse tipo de problemas com diversas empresas a exemplo da Laserv, da  Fácil, e da Qualiserv”, acrescenta o coordenador.

Ainda de acordo com a Prefeitura de Alagoinhas, a boa notícia é que no dia 20 de outubro deste ano, a Rod Transporte e Serviços EIRELI rompeu o ciclo de “calotes”, realizando o pagamento de todas as verbas rescisórias aos seus 430 funcionários. A empresa, que foi contratada em caráter emergencial, será substituída pela MAP Sistemas de Serviços LTDA . De acordo com Edvaldo Rocha, as homologações das rescisões contratuais serão iniciadas já nesta quarta-feira (07). “O município tem o dever de fiscalizar e acompanhar o cumprimento dos compromissos com os funcionários destas empresas e em Alagoinhas, elas sempre foram um grande problema, gerando muito prejuízos para a economia do município. A quitação desses pagamentos, sem dúvida, é uma grande vitória”, destacou o prefeito Joaquim Neto.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif ZÉ NETO - BOAS FESTAS - BANNER SITE - POLÍTICA IN ROSA - 500X500PX - FINAL Deputado José Nunes Boas Festas 2018 RON DO POVO Luiz da Feira Boas Festas Gerusa Boas Festas 2018 Vereador Bililiu Natal e Ano Novo Gilmar Amorim Boas Festas


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia